Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Mike Weiss

Dicas sobre o Tibet

Posts Recomendados

Prezados Mochileiros,

 

Aproveitei a pergunta de uma amiga do forum e estou postando aqui porque tenho certeza de servirá também para outros

 

Fui para o Tibet em Julho sim... foi FENOMENAL, ou até mais do que isso... o lugar é realmente tudo que promete e mais um pouco.

É cliché falar das montanhas nevadas, das pequenas vilas, dos lagos, da energia e da história de Lhasa, da curiosidade e alegria do povo tibetano... do fôlego que falta pela altitude e pelas vistas absurdas... mas eu divago...

 

Recomendo ir ao Tibet o mais rápido possível. Parece coisa de maluco, mas não é Veneza que está desaparecendo... e sim Lhasa. Os lugares por lá mudam do dia para a noite... é não há volta, os chineses estão invadindo tudo e dizimando uma cultura tão bonita que é a tibetana! Simplesmente vá! Dê um jeito de ir agora!!! É complicado, não nego... mas vale a pena.

 

Voltando para as dicas:

Pesquisei sobre as agências de turismo e notei que é um cartel. É uma zona!!! rs rs

Em resumo: fechei com o Hostel Sim's Cozy já recomendado aqui no forum e que parece ser um dos grandes intermediadores... o preço foi excelente (mas o serviço vou contar logo abaixo, foi terrível), e aqui fica a principal dica. Feche o seu pacote SEM INCLUIR HOTEIS NEM REFEIÇÕES NEM OS BILHETES DE ENTRADA. Isso vai economizar um bom dinheiro.

 

Em segundo lugar: se estiver viajando sozinho, tente achar alguém num hostel em Chengdu que esteja disposto a fazer o mesmo percurso que você. Eu fechei o pacote para duas pessoas para 8 dias por 1200 USD, ou seja.... 600 dolares por pessoa. Incluindo:

emissão do permit, entrega do mesmo no aerporto em Chengdu (onde fiz conexão), carro para todos os dias da viagem inclusive pickup and drop no aeroporto de Lhasa, motorista e guia (obrigatório).

 

O permit leva em média 15 dias para ser aprovado em condições normais. Cheque sempre como anda a condição da emissão dos permits... pode levar mais tempo!

Em segundo lugar: é preciso ter emitido e colado no passaporte um visto para a China válido para o mesmo tempo que estiveres no Tibet. Pelamordedeus não vá até a Embaixada Chinesa dizendo que precisa de um visto para a China mainland porque você vai para o Tibet...

 

A emissão desse permit específico é feita pela agência com quem você fecha contrato para o carro/guia etc... eles geralmente só entram com o pedido do visto depois que você deposita o dinheiro na conta deles, portanto não feche com qualquer agência! Em geral não aceitam cartão de crédito... é só depósito internacional SWIFT ou via Western Union. Verifique qual das opções é mais barata para enviar.... geralmente o swift é mais complicado mas mais econômico. Ou pague diretamente à agência em yuans se você estiver em Chengdu, por exemplo.

 

O que não estava incluído no meu pacote: acomodação, refeições nem as entradas que são bem salgadas e custam:

Potala Palace Y200, Jokhang Temple Y85, Sera Monastery Y55, Drepung Monastery Y50, Norbulingka Palace Y60, Yamdrok Lake Y40, Glaciar Karola Y100, Pelkor Chode Y60, Gyantse Dzong Y30, Tashilunpo Monastery Y80 e por aí vai...

 

Se você escolher o roteiro até a fronteira com o Nepal o preço deve subir para 800 dólares sem acomodação e ingressos. O roteiro dentro do Tibet fica a sua escolha... muita gente vai para o Tibet para visitar somente Lhasa, fica uns 3 ou 4 dias por lá... eu acho uma pena, porque há muita coisa incrível fora de Lhasa - por isso, já que está no inferno, abraça o diabo!

 

O que eu achei imperdível: Lhasa... óbvio, fique por lá por pelo menos 3 ou 4 dias. O caminho para Gyantse é absurdo... o lago Yamdrok, o Karola Glacier... depois em Shigatse o Monastério Tashilumpu entre outros. Recomendo ir ao lago Namtso só depois de estar acostumado com a altitude, no caminho passamos pelo Nagela pass e fiquei com uma p... dor de cabeça durante o resto do dia.

 

Não recomendo: Termas de Yangbachen... o hotel é caro, comida ruim e a água das piscinas é absurdamente quente. Talvez fosse o dia em que eu estava lá... mas era impossível para qualquer pessoa entrar ali e não sair sem pele! hahahah Além de tudo, uma usina de energia cobre a vista para as montanhas nevadas... bola fora dos chinos!

 

Se chegar de trem: não esqueça de levar o papel higiênico.... como em qualquer lugar na china! rs Há inclusive privadas estilo ocidental nos trens...

Indo de avião, a maioria dos vôos para Lhasa partem muito cedo de Chengdu. Meu vôo chegou depois da meia-noite e decidi dormir no aeroporto mesmo... não caia na balela, muita gente vai te procurar para oferecer hotel dizendo que o aeroporto fecha às 2, 3 ou 4 da manhã... é mentira, não fecha!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

continuando...

 

Na chegada em Lhasa o motorista/guia ficarão te esperando fora da área de chegadas do aeroporto... fora do estacionamento onde os ônibus estão! Eu já estava pensando que o guia não tinha aparecido no aeroporto... mas é simplesmente porque eles não tem autorização para chegar até o estacionamento dos ônibus (e, claro... os motoristas dos ônibus tiram oportunidade dessa situação e te oferecem transporte para o seu hotel por um preço nada módico) felizmente eu vi o meu guia gritando do outro lado antes de embarcar na furada.

 

Em Lhasa fiquei no Sonam Youth Hostel e gostei, o preço é bom, o lugar é limpo e os quartos são relativamente bons. Uma boa área comum com mesa do lado de fora etc etc... infelizmente só havia chineses, NENHUM estrangeiro. Atenção: fiz a reserva também no Shigatse Tseyang Hostel da HI em Shigatse e eles não aceitam estrangeiros! Por isso, sempre ligue para o hostel para verificar se eles aceitam estrangeiros ou não... pois eles devem estar habilitados a produzir um papel que é dado para seu guia registrá-lo diariamente no Tourism Bureau, e alguns hostels e hoteis mais simples não o fazem. Aliás... olho aberto também com os couchsurfers porque a maioria deles ali está no CS para ganhar dinheiro apenas, pois acabam cobrando pela estadia e pela documentação que deve ser entregue ao guia. Por esse motivo acabei ficando nos hostels e hoteis simples mesmo.

 

No dia da chegada você será levado pelo seu motorista até o seu hotel... geralmente dão a desculpa (e foi o que aconteceu conosco) que você não pode fazer nada demais e deve se ambientar a altitude. É papo para não gastarem gasolina/tempo deles! Pura balela... saia para explorar Lhasa sozinho e reconhecer o terreno! No começo fiquei apreensivo pois sabia que não poderia andar sem guia, mas depois acabei vendo um ou outro turista (durante todo o dia não devo ter visto mais que 4 estrangeiros) andando sem guia... relaxei. O que não deve fazer é entrar nos templos maiores e mais famosos sem guia... a polícia (que está em TOOOODA parte de Lhasa) poderá questionar... mas como eu não estava muito contente com a minha agência - chamada Om Tours, já imaginava que se fosse pego pela polícia sozinho seria a agência quem seria punida. Felizmente não tive a certeza do que acontece, mas desafiei muito... acabei andando por todos os lugares do Tibet sem o guia, explico mais sobre isso...

 

Nosso guia nos abandonou no primeiro dia pois disse que deveríamos no máximo andar em volta do hostel... felizmente andamos MUITO além do hostel, pegamos ônibus local que é bom e custa só 1 yuan. No segundo dia ele teve que madrugar para comprar o bilhete do Potala Palace. Aqui vai mais uma dica... se você vai para o Tibet durante o mês de Julho, peça a sua agência comprar o seu bilhete com dois dias de antecedência no mínimo... quase que não conseguimos bilhetes para entrar no Potala Palace, que é absurdamente indispensável, o local é o coração do Tibet... absurdo, absurdo, não perca! Depois de comprar o bilhete ele nos deixou no famoso Jokhang temple, deu umas explicações básicas e disse que estava cansado e vazou... passamos o resto do dia sozinhos novamente, o que foi excelente!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Andamos tanto sozinhos por Lhasa que chegamos a conclusão que não é necessário pagar pelo carro com guia por lá... chegamos a ir de onibus também até o Drepung Monastery, que fica a uns 15km de Lhasa... andamos a noite, passamos várias vezes pelos detectores de metais da polícia espalhados pela cidade e nunca fomos abordados. Por isso, se for possível e se a agência der desconto, diga que não precisa de carro em Lhasa!

 

Pule os restaurantes ao redor da Barkor... principalmente os que se dizem vegetarianos ou de comida "western"! O Tibet tem comida boa demaaais. O Restaurante Tashi por exemplo é uma instituição... excelente! Recomendo também o Yak Noodle e o famoso chá de manteiga da Nunnery de Lhasa, o lugar é milenar e recebi tantos sorrisos que saí de lá com a barriga cheia e a alma lavada (não é o lugar mais limpo, não levaria a minha avó OK)?

 

Verifique antecipadamente se não há nenhum festival no Tibet durante a sua estadia. Se você não tiver acertado isso quando do fechamento do roteiro com a agência, eles poderão vetar a ida ao festival... acabou que a nossa agência era tão relapsa (assim como o guia) que acabei indo sozinho para a corrida de cavalos anual de Gyantse (o maior festival deles). VALE MUITO a pena! O pessoal faz um desfile com todas aquelas fantasias... música e claro, a corrida de cavalos que é hilária! O festival tem mais de 500 anos... é um dos mais bonitos do Tibet!!! Tenha atenção ao cálculo do festival pois é realizado sempre no quarto mês lunar do calendário tibetano... rs por isso o melhor é perguntar para algum local antecipadamente sobre a data exata da realização do mesmo!

 

Fora essas, são ainda muitas as dicas... fica o início da conversa aqui e se alguém tiver alguma dúvida, estou acompanhando o tópico! Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boas dicas para a atual situação do Tibet! Tive sorte de ir em uma epoca que não havia necessidade nenhuma de ficar com guia ou mostrar roteiro. Só fechei o permit com o Sims guesthouse e a primeira noite no hostel. O restante foi por conta e também andei muito de onibus indo ate os monasterios e não havia esta quantidade de policiais que voces viram por lá, mas ja havia esta invasão chinesa. :(

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é Hekinha... principalmente em Lhasa há estações de polícia a cada 250 metros, sim... 4 por cada 4Km na área urbana. Na entrada de parques, das principais ruas como a Barkhor e dos templos há sempre detectores de metal. Isso é em Lhasa, nas outras cidades é mais relaxado.

Fora isso, é obrigatório que um guia credenciado faça o registro de cada noite sua nos hotéis do Bureau de Turismo de cada região... e na estrada também há vários checkpoints onde deve-se mostrar a documentação e onde também é anotada a hora de chegada e comparada no próximo check para que não se passe do limite de velocidade.

 

A minha história no Tibet é daquelas de contar numa roda de amigos... é bem longa, mas culminou com o nosso guia dizendo que não queria mais viajar conosco (sério, o cara era louco... nós sempre fizemos questão de trata-lo muito bem), isso foi quando dissemos que queríamos parar para tirar uma foto entre Gyantse e Shigatse perto de um tempo... o cara pirou e ficou ali mesmo, disse que não entrava mais no carro. rs O motorista ficou desesperado, ficaram ali uns 5 minutos em discussão e acabamos seguindo sozinhos para Shigatse somente com o motorista, o que gerou um problema pois não tínhamos nenhum guia para registrar o nosso check-in no bureau de turismo de Shigatse... foi adrenalina até o final pois era um sábado e se não nos registrássemos teríamos que voltar para Lhasa (longe, por sinal)... em contato com a agência e com 5 minutos para o Bureau de Turismo fechar, aparece o maluco do guia e faz o nosso registro. Dali para frente ele foi um coadjuvante na viagem... não falou mais nada, não apresentou mais nada e tudo que ele fazia era ocupar um lugar no carro e assinar a [email protected] dos permits. Nós decidíamos o roteiro, os horários e visitávamos todos os lugares com independência, sozinhos! Foi lindo, felizmente foi um mal que veio para o bem!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mike, muito obrigada por compartilhar esta experiência linda. Suas dicas, juntamente com as da Heka estão me ajudando e muito!!!

Essa agencia era uma porcaria mesmo hein??? Credo!!!

Mas, como vc disse... No fim foi até melhor!!! Rsrs

Vou voltar aqui muitas outras vezes... Agüenta as perguntas! Hahahaha!

Grande abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nossa que guia louco! Mas como disseram há males que vem para o bem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Louco, louco mesmo... tive que acabar rindo demais da situação porque teve muita coisa sem nexo... mas a liberdade de andar sozinho pelas cidades e pelos lugares todos foi fenomenal, por isso não reclamo.

 

No último dia sim, conversei com o gerente da Om Tours e expus todas as falhas... ele ficou um tanto preocupado e desde lá o Sims Cozy Hostel está "tentando"? me restituir 200 USD... olhem só a resposta que recebi hoje:

 

Thanks for your e-mail.

Could I please have both for the Western Union and your Visa card. I don't know which option works.

I am sorry for my lazy working.

 

Kevin

 

ahahah.. Western Union card??? rs rs Lazy working??? cada uma viu...

 

Mas valeu a pena... fotos no meu facebook

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kkkkkkk sensacional a resposta!

Estou trocando e-mail com eles Mike... Como quero ir em outubro e estou sozinha, acho que será a opção mais econômica!!! Rs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

kkk, o ingles deles não é dos melhores. Mas pelo menos eles vão te ressarcir parte do valor, o que acho que demonstra a preocupação do Sims GH. Nos conte depois se realmente conseguiu o reembolso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...