Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

maritortorella

Primeiro Mochilão: 29 dias sozinha na Bolívia e Peru

Posts Recomendados


DIA 11 – Cusco e Valle Sagrado

Levantei às 8h e fui tomar café. Fiquei conversando com um menino de Brasília enquanto esperávamos o guia vir nos buscar. Subimos no ônibus e, gente, que parto pra sair. Demorou pra caramba porque eles tavam com outro ônibus também e tava dando alguma confusão. Lá pelas tantas eles me fizeram trocar de ônibus pq eu era única que falava espanhol e precisava dar lugar pra quem só falava inglês. Fui pro busão do guia que só falava espanhol, mas no fim foi bom pq ele era uma figura. Enquanto esperávamos comprei um monte de porcarias com uma dessas senhoras que fica vendendo guloseimas na rua. Muitas balas de Coca (ai q sdd) e água por S/. 8.

 

Fomos primeiro pras ruínas de Pisaq, no caminho paramos em umas lojinhas pro pessoal ir no banheiro e tomar chá de coca, e depois pra tirar fotos da paisagem. Durante a ida, passávamos por vários povoados e casinhas, o guia explicava sobre a maneira como as casas são construídas e alguns símbolos usados, tipo os boizinhos e a cruz que tem no telhado de quase todas as casas; ele também contou um pouco da história da chicha morada e o significado dos panos coloridos nas janelas. Já falei que voltei apaixonada pela cultura andina? Chegando em Pisaq, o guia juntou o grupo pra dar explicações sobre o lugar e depois deu um tempinho pra gente explorar por conta própria. Olha, em 1h não dá pra fazer muita coisa, ir por conta própria pode ser mais negócio. Passado o tempo, eu estava voltando pro ônibus e passei pelas cholitas vendendo artesanato. Comprei um jogo de xadrez inca (que já andava de olho desde La Paz) por S/. 10. Sériooooo, muito baratooo, mais barato que na Bolívia até (os das lojas de Cuszo são bem carinhos). Subi no ônibus bem feliz com a minha nova aquisição. Partimos em direção a Ollantaytambo.

 

Pisac_17072013-DSC_4193.jpg.5518b20e0a00445a288df53cb5b0fa34.jpg

Pisac_17072013-DSC_4206.jpg.cda3fc4e6a7d8395dd8f6cda5f309d57.jpg

Pisac_17072013-DSC_4211.jpg.aefa17771a03c4013c300ad22727f3ae.jpg

No meio do caminho paramos pra almoçar em um restaurante muuuuuito bom, estilo buffet livre (incluido no valor do passeio). Comi demaaaaais, primeira refeição ogra da viagem. De bucho cheio, continuamos viagem. Calor e uma véia mala do meu lado. Até que ficamos bastante tempo em Ollantaytambo, pelo menos umas 3 horas. Ollanta é incrível, muito legal mesmo. Não vou dar muitos detalhes nem de Pisaq e nem de Ollanta porque acredito que vocês devem ver, viver e ouvir a histórias desses lugares por si mesmos. Até porque, não tem a mesma magia.

 

Ollantaytambo_17072013-DSC_4226.jpg.62a85c0787d02f48ac7fd987a82e6e9f.jpg

Ollantaytambo_17072013-DSC_4237.jpg.51ec183c3a4313906d2fdbc249803bc5.jpg

Ollantaytambo_17072013-DSC_4294.jpg.f603f2ed72886b950542b0aaeba27d41.jpg

Ollantaytambo_17072013-DSC_4301.jpg.d50577903fbf65993a69d7215624e74c.jpg

O guia nos deixou escolher entre visitar Chinchero e ficar mais tempo em Ollanta. Escolhemos ficar em Ollanta. No caminho de volta pra Cuzco, passamos por Chinchero, mas só olhamos por fora, entramos em uma casa ali perto que funciona como um tear cooperativo. As mulheres que trabalham ali ensinaram pra gente como se limpa a lã de alpaca e todo o processo de tingimento e produção da tecelagem. Os produtos artesanais de alpaca são caros porque a produção é trabalhosa, dependendo da peça elas levam cerca de 45 dias pra terminar, trabalhando 6h por dia. O trabalho é lindo, se eu tivesse mais dinheiro teria comprado tudo hehehe. Mas comprei só uns chaveirinhos por S/. 10 no total.

 

Chinchero_Tecelagem_17072013-DSC_4321.jpg.daf7d4f7b86de1856e202d39754bcad3.jpg

Chegamos em Cuzco às 19h. Voltei pro hostel, tomei um banho e fui pro bar, e não é que tinha uma gauchada reunida? Tava praticamente em casa. A Amanda e o Marcelo são namorados e estavam mochilando juntos. Eles contaram que no primeiro dia em La Paz foram em um restaurante, estavam somente eles e mais 2 pessoas no restaurante; a Amanda pendurou a bolsa na cadeira e quando foi pegar não estava mais lá. Foram-se câmera, dinheiro e remédios controlados. Por sorte ela esqueceu de colocar a carteira com os documentos na bolsa, mas até descobrir isso foi toda uma burocracia. Mais um porto-alegrense se juntou ao grupo, atraído pelo som do nosso português. Eu não lembro o nome dele, por isso chamaremos ele de Rodrigo hehehehe (lembro que trabalhava na Ambev e tava hospedado no Pariwana, mas o nome eu não lembro). As 3 meninas de SP chegaram logo depois (fugidas do hostel-creche hehehehe ::lol4:: ).

 

Lá pela 1h, só eu e o Rodrigo fomos guerreiros e partimos pro Mama Africa. Eles não pedem documento nem nada pra entrar, a festa é beeem mochileira (tênis, camiseta...) e bem divertida, toca TODO tipo de música que vocês possam imaginar (de “Morro do Dendê” a eletrônica). Música brasileira é um sucesso. Uma long neck de Cusqueña custa S/.11. Ficamos um tempo ali e depois fomos pro Mithology, na outra quatra. Eram umas 3h quando eu resolvi ir embora (sou velha e preciso das minhas horas de sono hehehehe), peguei um táxi até o hostel (é perto, mas pra não voltar a pé sozinha, preferi pegar o táxi), S/.6 a corrida. No meio do caminho o motorista começou a me oferecer drogas e eu fiquei CA-GA-DA. Falei que não tava me sentindo bem e era melhor não arriscar. Na hora que ele parou na frente do hostel, eu voei pra fora do táxi e esqueci minha bolsinha de moedas dentro :cry: Bora dormir.

 

OBS: tem um lugar chamado The Temple, onde tem festa toda noite. Eu não sei onde fica, mas todas as noites, depois que o bar do WR fecha (lá pelas 2h), duas vans do The Temple ficam esperando a galera na frente do hostel pra levar pra festa de graça, e quando a festa termina (lá pelas 7h) eles trazem de volta. Eu não fui porque a velha de 80 anos que mora dentro de mim não quis hehehehehehe, mas deu pra perceber que a galera se acaba por lá, e rola de tudo. Esse lugar é um dos culpados de o pessoal não conseguir ir embora de Cuzco, eles se acabam lá e no dia seguinte não conseguem sair da cama pra fazer nada hahahahaha.

 

- Gastos e endereços

Xadrez Inca: S/.10 em Pisac

Cusqueña no Mama Africa: S/. 11

Táxi do Mama Africa até o WR: S/.6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mari, pergunta sobre roupas...

Eu moro no RJ e meias de lã e segunda pele aqui é o olho da cara!! Casaco eu já comprei na decatlon (boas promoções!).

Dá pra comprar isso lá em cusco, principalmente meia de lá, gorro, luvas...?

Você usou o que por baixo da calça jeans, só uma meia de lã, ou meia de lá + segunda pele...??

Tava querendo comprar em cusco... pq começo por cusco, faço o caminho inverso ao seu... vale a pena?

beijocas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Calordello vc compra tudo isso em cusco. Artigos de lã no Peru são bem em conta. Em cusco tem um mercado de artesanato na Av. Del sol, quase em frente ao sítio de qorikancha, que vc encontra tudo. Tem na freirinha de pisac, se for fazer o vale sagrado, são os lugares mais em conta. Pechinche bastante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Calordello, olha, não me preocupei muito com roupas técnicas.

Por baixo do jeans eu usava meia-calça mesmo, de nylon, fio 80. Ou então uma calça de lã.

Tu vai encontrar muita roupa boa pro frio em Cuzco ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alectus, e em La Paz? começo por lá e tinha pensado justamente isso, deixar para comprar tudo isso por la mesmo!!!! Levar do Brasil só o básico!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Alectus, e em La Paz? começo por lá e tinha pensado justamente isso, deixar para comprar tudo isso por la mesmo!!!! Levar do Brasil só o básico!!!

 

Mesmo que tu leve tudo, não vai resistir e vai comprar alguma coisa por lá. hehehehehe sério

Em La Paz tudo é muito barato. E tem muita coisa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...