Ir para conteúdo
pespis

mensagem importante para quem vai ao PICO PARANÁ-ATENÇÃO

Posts Recomendados

Nelson, o Dílson não cuida da montanha, apenas da fazenda dele.

Me diga no que a liberação da trilha vai prejudicar a segurança, visto que o Dílson apenas anota o nome e cobra a passagem. Mesmo com todo o "cuidado" do Dílson existe muito lixo na montanha, alguma vez o Dílson foi buscar este lixo? Ou cobrou das pessoas que o tragam de volta?

E lembrando que quem faz resgate na trilha é o Corpo de Bombeiro, ou você já viu o Dílson alguma vez subir a montanha pra buscar alguém?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ô lôco...

 

Fiz questão de citar pois amanhã depois o cidadão acaba vindo aqui e apaga o post, assim fica eternizado o registro...

 

Boa tarde, Dílson, espero que o IAP saiba cuidar das pessoas e se prontificar a qualquer hora do dia e principalmente a noite para socorre-las em dificuldade, cuide de seus carros enquanto as pessoas fazem as trilhas de dia e a noite, ponha freio naqueles mais afoitos, lembre os de que a montanha não tem iluminação pública e cada curva da trilha, também não tem farmácia e boteco (mas talvez algum do IAP monte a sua lanchonete na montanha, para angariar fundos para instituição tão sucateada).

Mas agora vamos ter que dormir armados para não ser surpreendidos com vagabundos que terão acesso mais fácil para assaltar os transeuntes que gostam de curtir a natureza a exemplo do Pico Marumbi, trilha do Itupava e Anhangava, vamos ter estupros de moças que mesmo acompanhadas serão molestadas por animais, quero dizer dementes, pois os animais não estupram seres humanos, são só vitimas dos seres humanos, quero ver se o IAP terá roupas para por nas pessoas que forem assaltadas que costumeiramente os assaltantes deixam nus suas vitimas. Bacana parabéns para o idiota que conseguiu esta façanha, vamos ver se ele vai acampar com a mãe dele a esposa as irmãs e as filhas também, vamos ver se sai vivo das trilhas, um grande parabéns para os idealizadores desta conquista. a não esqueçam de por um posto da Força Verde com uma ambulância do SAMU , para ficar um pouco mais seguro, quando tiver VERBA para isto, se não tiver VERBA fecha e pronto assim como vários parques estaduais que no papel funcionam, mas no local é bom nem se aproximar, para não ser mangueado ou coisa parecida ou pior... .

 

Nelson

 

Olha Nelson, respeito a tua posição, ainda que ela seja falaciosa. Infelizmente nota-se nela também uma grande carga de desilusão com as instituições, em especial o IAP. Quem sabe (segundo esta sua linha de raciocínio aqui externada, pelo menos) não devemos também privatizar todos os serviços públicos, já que muitos deles não funcionam mesmo. A começar pela polícia, corpo de bombeiros, o próprio SAMU que você cita, isso sem falar nos parques estaduais e federais. ::toma::::putz::

 

Seria até um argumento válido este seu se o Dilson realmente fizesse alguma coisa mais efetiva pelo montanhista e pela montanha do que apenas cobrar o ingresso e, como ele mesmo disse, deixar de plantar pinnus no seu terreno. O Otávio já mencionou e eu também em post anterior e DUVIDO que a questão segurança sofra qualquer tipo de alteração com a nova configuração de acesso ao PP e região. Ademais, segundo você, se alguém for pro Marumbi, Itupava ou Anhangava não volta mais para casa sem ser num saco preto, violentado ou no mínimo assaltado. Fico pensando a que ponto chegamos com esta mídia imbecil, alarmista e alienada que faz com que cidadãos fiquem tão amendrontados... Talvez seja um golpe, uma grande campanha subliminar para fazer as pessoas irem em massa apenas aos shoppings mesmo, estimular sua face consumista e futil, afinal nos shopppings (e nas cidades em geral) estamos totalmente seguros, não há assaltos, violência sexual ou mesmo homicídios ::quilpish::

 

Ou talvez eu esteja muito fora da casinha mesmo, pois faço Itupava de 5 a 6 vezes por ano, fora outras tantas em trajetos próximos ao percurso dele, isso sem falar no Marumbi e Anhangava, inclusive à noite, por vezes até acampando em pontos isolados da selva e nunca me aconteceu nada. Que risco, já pensou?! Será que sou tão sortudo assim? Ou seria doido varrido mesmo? Não sei. Pior é que faço estas coisas e ainda levo minha mãe pro mato levaria minha esposa se ela gostasse) e certamente levarei minha filha quando ela crescer um pouco mais. Devo ser caso de internação!!!

 

Já ouvi relatos de assaltos, vários à mão armada, gente voltando pelada e descalsa de trilha. Violência sexual, nos 25 anos que frequento a região, soube apenas de 2 episódios no Caminho do Itupava, o mais recente em 2004, seguido de duplo homicídio, mas isso é coisa que não ocorre nos centros urbanos... Nem por isso a região da Serra da Baitaca e Marumbi deixa de ser frequentada, aliás trata-se da área natural inserida em parques estaduais com a segunda maior visitação do Paraná, perdendo apenas para o Parque Estadual de Vila Velha. Talvez eu não seja o único fora da casinha.

 

Se o Dilson fosse realmente um pouco mais interessado pela situação da área ele talvez tivesse mais aliados do que tem hoje, e com argumentos melhores. De qualquer forma fique tranquilo pois ele continuará ali para lhe servir com seu boteco e estacionamento, pois o que foi liberado é apenas o acesso. Quem sabe, conversando bem, ele monte até mesmo uma estrutura de resgate para que você se sinta mais tranquilo ao ir para as montanhas. Ele, sendo esperto como é vai continuar (e agora aprimorar) as estruturas de apoio ao visitante, afinal vai ter que ampliar as receitas mensais com outras fontes de renda que não os ingressos cativos que vendia para quem queria ingressar na trilha. O único senão é que provavelmente ficará mais caro deixar o carro estacionado ali.

 

Sds!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu caro GV, você foi muito sagaz em suas afirmações e penso que elas chegaram bem perto da realidade que enfrentaremos nos próximos anos (pois essa história de desapropriação ainda vai longe).

 

Infelizmente, como ser humano acuado de medo que sou, acredito que a questão de segurança vá piorar sim, talvez não ao extremo como citou o nelson, mas a partir do momento que for de graça.

 

Tudo que é de graça é feito de forma medíocre, ainda mais quando é feito pelo Estado.

 

Daí vão dizer pra mim: “mas você quer que cobrem?”

 

Quero que cobrem sim, pelo motivos que já foram falados ai! Neguim vai viajar pra praia, vai na balada, vai num sei aonde e paga! Por que pra ver a grandiosa Serra do Ibitiraquire num deveria paga também?

 

Só que claro, pagar um preço razoável e ter estrutura, segurança e principalmente auxílio no resgate. Relembro agora o caso do rapaz que subiu com o irmão. Ambos discutiram no topo do Itapiroca e ao voltar sozinho sofreu uma queda, machucou-se feio e foi encontrado dias depois sem vida (se minha memória não me engana). Será que não vale a pena um 10zão a mais além da gasosa do carro para evitar, ou ao menos, diminuir casos assim?

 

Assim como você, eu também já fiz morro e trilha por aqui e nunca me aconteceu nada, graças a Deus, nem assalto nem acidentes. Mas quem se garante que nunca passará por um aperto? Assim como muito iniciante, eu sou café com leite perto dos gigantes que tem aqui no Mochileiros, e é muito fácil de cometer um erro de cálculo, principalmente quando se está cansado ou despreparado.

 

Não estou do lado do Dilson, que isso fique claro. O que ele faz é pra benefício próprio mesmo e o rótulo de bom moço dele não cola comigo. Mas a idéia de cobrar, em si, acho válida se for pra preservar.

 

Exemplo: Quem ai vai pra Machu Pichu de graça?

 

Claro que, ao auferir renda, o Estado pode usar esse dinheiro para melhorar tudo que tem lá já que nunca será desviado, né? Bom , ai caímos em outra discussão que foge do bem senso e cai na esfera política.

 

Grato pela atenção!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já faz tempo que esta história ta rolando e por estar longe, não sei que fim levou.

Mas já que o Will movimentou o tópico, vamos lá....

 

O Dilson deve continuar fazendo EXATAMENTE o que ele fazia antes. Vai continuar cobrando para utilizar a estrutura, estacionamento, comida e bebidas.

 

Resgate? Manutenção da trilha? Duvido muito que algo do tipo tenha sido feito por ele. Até onde sei a manutenção das trilhas (que está uma MERDA há muito tempo) foi feita de forma voluntária por grupos de montanhismo e entusiastas.

 

Relembro agora o caso do rapaz que subiu com o irmão. Ambos discutiram no topo do Itapiroca e ao voltar sozinho sofreu uma queda, machucou-se feio e foi encontrado dias depois sem vida (se minha memória não me engana). Será que não vale a pena um 10zão a mais além da gasosa do carro para evitar, ou ao menos, diminuir casos assim?

 

O cara PAGOU a entrada e aconteceu isso! Prova maior do que RESGATE não existe ou é ineficiente você mesmo já descreveu ::otemo::

 

Lixo? O espírito de porco vai sempre fazer merda na trilha e os babacas, como eu, vai continuar voltando com a mochila mais pesada por recolher bastante tranqueira dos outros.

 

Fitas e placas de marcação? Vão continuar lá enquanto os baderneiros não arrancarem.

 

A diferença vai ser para a galera que NÃO VAI USAR ESTRUTURA, esse sim vai poder ir e voltar sem ter que pagar por algo que não vai usar. Justo!

 

 

Como alguém falou ai pra cima, PRA MIM, praticamente não vai mudar. Vou continuar pagando pra usar o estacionamento, banheiro na volta e ainda uns pasteis e refris gelados, como pagaria em qualquer praia ou camping.

 

Acho que em resumo é isso.

 

Alguém tem mais informações? Getúlio? Otávio?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quando acontece algum acidente a única coisa que o Dilson faz é chamar o resgate.

Faz tempo que não vou pra lá, alguém já viu o Dilson subindo a montanha pra resgatar/ajudar alguém? Ou pra fazer manutenção da trilha/carregar lixo?

O que eu sei é que ele continua cobrando pelo acesso a trilha, e de forma trunculenta. Enquanto não houver a desapropriação e o parque sair do papel acredito que irá continuar assim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salve moçada!

 

 

O Dilson continua cobrando. O IAP, que deveria ter assumido aquilo, continua enrolado ou então nem presente se faz e tudo continua, na prática, como era antes... ::bad::

 

Will, concordo parcialmente com você. Não sou contra a cobrança, mas como ela é feita e para onde reverte. Infelizmente não podemos na atual conjuntura do nosso quebrantado IAP que uma eventual cobrança de ingresso vá reverter para a própria estruturação do Parque. Lamentavelmente em nosso país a cultura não é essa e toda grana que se arrecada nos parques cai na vala comum do tesouro estadual, de onde some com o custeio geral do grande elefante branco. Do jeito que a coisa está hoje não se deve cobrar nada, quem quer que seja.

 

Discordo entretanto que o simples fato de não ser de graça iniba algum problema dentro da área do parque. Primeiro, sob o aspecto assaltos, duvido que lá passem a ocorrer, posto que longe de centros urbanos. A bandidada não vai querer fazer longos trekking para roubar uns trocados ou celulares de mochileiros duros. Lá a escalada (que rende mai$ - equipos mais caros) não é comum. Os bandidos têm alvos mais lucrativos em outras regiões. Segundo, sob o aspecto resgate, o fato de pagar algo não significa que vai ter resgate eficiente (vide os motivos já discutidos algumas linhas antes) e da mesma forma não garante que, mesmo existindo uma boa estrutura de resgate (realidade distante) achem um vivente perdido por lá, já que é uma área gigantesca. Então pagar não pode ser colocado como sinônimo de segurança como você faz entender. Obviamente ajudaria bastante, caso existisse - e caso o $$ arrecadado com imgressos fosse usado na área.

 

A discussão é sempre válida e todos os pontos de vista merecem atenção, mas éssa história vai longe, muito longe ainda...

 

Abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola´s!

 

É triste ter que concordar com você, mas assim será mesmo e, nesse contexto, melhor seria não ser cobrado do que eriquecer o Dilson (ainda mais).

 

É uma pena também que, por gostar tanto daquelas montanhas, vou continuar indo e pagando o Dilson (só pra evitar o estresse que, por si só, não vale a pena manter).

 

Me revolto ainda mais por ser advogado. Pensei várias vezes em fazer um mandado de segurança e pedir auxílio a oficial de justiça, mas ah, 10zão sai mais em conta.

 

Só acredito numa coisa. Em uma Lei maior que a nossa que diz: Aqui se faz, aqui se paga; Colhemos aquilo que plantamos e por ai vai.

 

Minha utopia é tão enrraizada no meu espírito que acredito que verei essa situação mudar de figura, mesmo que demore décadas!

 

Abraço GV e demais... desculpem ressussitar um tópico sem novas noticias, mas a revolta é grande!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Will!

 

...

Só acredito numa coisa. Em uma Lei maior que a nossa que diz: Aqui se faz, aqui se paga; Colhemos aquilo que plantamos e por ai vai.

...

 

É bem por aí. Aliás esta desapropriação que o Dilson tá encarando é EXATAMENTE fruto dessa velha e sábia lei. Plantou vento, agora colhe tempestade.

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, quem não conhece a região é bom tomar cuidado, mais um grupo se perdeu por lá no fds passado.

As trilhas são bem batidas, mas existem pouquíssimas placas indicando o caminho, e há várias trilhas que levam as outras montanhas da região.

Este grupo foi para fazer um passeio de um dia e teve que dormir na mata, perdido. Nada agradável...

 

:arrow:http://www.natelado190.com.br/noticias_detail.php?id_noticia=16430

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Atualizando..

 

Na http://www.fazendariodaspedras.com (Raul) oferece lugar para o carro e hospedagem na base do PP. Pra quem conhece, fica um pouco pra frente do Dilson.

 

O Dilson continua indevidamente cobrando entrada. Sugestão: pague e não estrague o dia por causa de 10ão. Logo esta situação estará resolvida.

 

Em caso de problemas, o Harvey (41-9921-2114) do IAP é muito solícito em ajudar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...