Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Dicas: O que fazer em Paris


Posts Recomendados

  • 3 semanas depois...

  • Respostas 58
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

1) Ande, pois só assim verá toda a beleza da cidade.   2) Se for na primavera/verão aproveite Tuilleries, Luxemburgo e jardim das Plantas (lugar que poucos vão). Sem contar que sua visita a Versailh

  • Membros

Paris é uma cidade plana, perfeita para ser conhecida a pé. Contudo alguns acessos podem e devem ser feitos de metrô (a malha metroviária é ampla). Em 5 dias, é possível se conhecer Paris (sem repetir nenhum local). Sugerimos a Catedral de Notre Dame, caminhar pela pequena Rue Mouffetard (estação Place Monge), pois se trata de uma rua gastronômica e extremamente graciosa em suas cores, souvenirs baratos, feira ao ar livre; caminhar pelo Quartier Latin (onde fica a Universidade de Sorbonne), Pantheon, Palácio e Jardim de Versailles (a visita levará um dia inteiro e o acesso ocorre apenas via trem – de fácil acesso), Jardim de Luxembourg (lindíssimo)onde também se encontra a fabulosa Fontaine de Médicis, caminhar por toda a Champs Elisée, começando pelo Arco do Triunfo e terminando na bela Ponte Alexandre III que é acesso ao Louvre. Este por sua vez, caso queira visitar, levará um dia inteiro, também. Também vale a pena conhecer a Sacre Coeur, a Prefeitura de Paris, mais conhecida como Hôtel de Ville. À noite, recomendamos jantar em um dos vários restaurantes da Rue des Rosiers (bairro hebraico – estação St. Paul) ou comer uma comida típica francesa (acessível) nas mediações da estação de metrô Cluny Sorbonne ou na Rua Mouffetard no L’assiete aux Fromage. Para terminar bem a noite, caminhar pelo belo jardim que antecede à Torre Eiffel e que à noite fica totalmente iluminada.

Não nos conquistou visitar a Unesco (parece um prédio abandonado), o Cemitério de Montparnasse (são poucas as lápides interessantes), o Palácio da Justiça (perto dos outros prédios, este passa desapercebido).

Gostaríamos apenas de frisar que apesar de Paris ser uma cidade linda para se viver, turisticamente (em nossa opinião), fica aquém de outras cidades mais belas e atrativas da Europa, como Viena e Barcelona. Além disto, apesar da ampla rede metroviária, vale constar que o intervalo entre os trens é grande (podendo chegar a 15 minutos) e poucas são as estações com escada rolante, ou seja, se fizer como nós, que viemos do aeroporto ao hotel de metrô, se prepare para subir e descer boas escadas carregando peso. Além disto, poucas são as linhas que dispõem de vagões com ar condicionado, ficando insuportável no verão.

Nos chamou atenção em Paris a quantidade de pessoas se esforçando para ganhar algum dinheiro, como as estátuas humanas no sol escaldante, os músicos nas estações e vagões do metrô e trem, bem como os ambulantes (predominantemente africanos). Uma cena muito comum são pessoas pedindo esmola e dormindo nas ruas, inclusive crianças. A utilização de cachorros como instrumento de sensibilização dos pedintes também é mais evidente nesta cidade.

Link para o post
  • Membros de Honra

Gostei do teu relato, é bom que cada um de nós saiba que não existe lugar perfeito. Viajar é bom pra saber como cada cidade convive com seus conflitos e como tenta resolvê-los. Mas eles existem em todos os lugares. Sujeira e mendicância são comuns mesmo em cidades mais ricas que as nossas.

Algumas das mazelas que você citou são típicas de Paris. Existe um concurso anual para se inscrever - com mais de um ano de antecedência - como músico autorizado do metrô. Os mendigos são pelo menos suportados, não se maltrata os mendigos por lá. O calor por lá é tão raro quanto o frio no Rio de Janeiro, não é ainda uma prioridade máxima no metrô.

Mas é uma cidade linda e que faz parte da lista obrigatória de qualquer um. E quem visita uma vez, sempre volta.

Link para o post
  • 3 meses depois...
  • 2 meses depois...
  • Membros

Irei a Paris em maio e gostaria de saber informações quanto ao custo na cidade com comida, hospedagem, baladas, passeios etc. Qual a média que se deve levar para Paris para passar 4 dias sem luxo, comidas rápidas e baratas, bares e boates populares e conhecer o máximo de pontos turísticos, museus etc. ?

Link para o post
  • Membros de Honra

Cara não tem como responder isto, pois depende unicamente do que você escolher lá na hora... Mas Paris é uma cidade bem cara, se você ficar saindo a noite mesmo nas baladas mais em conta, facilmente a conta passo dos 100 Euros por dia...

 

Ficando em hostel, comendo barato, e não visitando muitas atrações pagas por dia, estime uma média de uns 60 a 70 Euros por dia para "sobreviver", isto sem contar a vida noturna, esta eu separaria no mínimo 50 Euros para cada noite.

Link para o post
  • Membros de Honra
Irei a Paris em maio e gostaria de saber informações quanto ao custo na cidade com comida, hospedagem, baladas, passeios etc. Qual a média que se deve levar para Paris para passar 4 dias sem luxo, comidas rápidas e baratas, bares e boates populares e conhecer o máximo de pontos turísticos, museus etc. ?

Como já disseram esta é uma resposta difícil.

Cada drink numa balada custa mais de 15euros, então dependendo de quanto vc levar não vai passar da segunda dose. Cerveja custa mais de 5 euros um copão de 500 ml. Então a balada (pensando apenas no preço) tem um limite severo. Almoço é sempre mais barato que jantar, é possível comer por 17euros um almoço pelo centro. Jantar não tem limite máximo.

As saídas para tanta despesa são: comprar comida em supermercado, comer pelas praças num piquenique como outros locais e outros tantos turistas. Um vinho Côte du Rohne, mais queijos diversos, custa muito pouco, alimenta o corpo e a alma. Comprar passe de metro com passagens ilimitadas durante o período comprado (inclui ônibus, trem dentro da zona 1 e o funicular de MontMartre). Passe de museus que te dão além do desconto no preço o direito de entrar sem enfrentar filas longas e demoradas. Uma boa opção indo com mais alguém é alugar um studio (conjugado). Exemplo AirBnb e dicas diversas com quem já foi. Reservando e pagando ainda no Brasil o limite do teu cartão continua alto permitindo mais folga financeira. Tendo como preparar comida vai ser uma festa. O que não vai impedir de conhecer as diversas opções gastronômicas da cidade.

Link para o post
  • Membros

Eu considerei 100 euros por dia na minha ultima viagem, agora em janeiro. Isso deu para pagar: hostel, uma refeicao "menu" + um lanche por dia, metro, entrada dos museus e atrações e umas bugigangas de presente. Tudo contido, porém sem nenhum sacrifício. Acho um bom valor e dá pra contar que vai sobrar pra uns drinks, mas balada não. Isso é bem caro, portanto conte separado.

Link para o post
  • 9 meses depois...
  • Membros

Muitas pessoas falam que não precisa, mas vale muito a pena subir na Torre Eiffel. A vista lá de cima é linda. E a maioria das coisas que gostamos de fazer era sempre coisas não planejadas, como ficar passeando pelas ruas, para nos cafés que são super gostosos e explorar a cidade mesmo. Um lugar muito lindo!

Pegamos algumas dicas legais aqui: http://www.dicasparis.com.br/2015/03/o-que-fazer-em-paris-franca.html

Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...