Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Rota de Che, Forte de Samaipata, Bolivia, Chile e Peru - Julho 2013!!!


Posts Recomendados

  • Membros

Sempre tive o desejo de fazer um mochilão pela America do Sul, então comecei a vasculhar o site do mochileiros em busca de mais informações, foi ai que me deparei com um tópico de um garoto de 19 anos chamado Gabriel Pozzetti, que estava busca de companhia , o roteiro era o mesmo que eu pretendia e nas mesmas datas, não pensei duas vezes e entrei em contado com o dito cujo. O garoto já tinha criado um grupo no facebook, lá já estavam o Alan Reis (pegador de cholas) o Mauricio e mais algumas pessoas..

A partir dai nossa viagem começou a tomar forma, e aos poucos o grupo começou a crescer entraram o Eduardo , Phelipe (carioca Putão), Lais,Aline, Arhur (Gaúcho macho), Marcos, Edilene, Bruna e a Emanuelle. Infelizmente dias antes da viagem nossa companheira Edilene ficou doente e não pode nos acompanhar nessa jornada.

O roteiro da viagem foi idealizado pelo Alan (pegador de cholas)com inicio previsto parao dia 04/07 e termino 03/08, mas como eu entraria de ferias alguns dias antes, resolvi iniciar minha aventura no dia 01/07, pois queria fazer o forte de Samaipata e a Ruta del Che, que não estava no roteiro do grupo. Me encontraria com a galera dia 05/07 em Sucre!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 59
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

DIA 01/07 - SANTA CRUZ DE LA SIERRA

 

Cheguei por volta das 15hs em Santa Cruz, meu objetivo era ir do aeroporto direto para o lugar de onde saem as vans para Samaipata, mas tinha combinado de esperar a Emanuelle que chegaria dia 02/07 e faria esses primeiros dias comigo.

Peguei um taxi no aeroporto (60 bolivianos), e fui até a praça 24 de Septiembre onde fica a Catedral Metropolitana e me hospedei no Hotel Amazonas (120 bolivianos, quarto individual).

Ao Lado da Catedral tem um restaurante de comida brasileira "Dona Lia", almocei por lá troquei um dinheiro e fui dar umas voltas pela redondeza.

 

Cotação do dia:

 

1 dolar = 6,91 bolivianos

1 real = 2,94 bolivianos

SAM_0444.JPG.3475e6d1cb6574682233bb6fade384c4.JPG

SAM_0447.JPG.3c7db801b654f100740572a6ac282afe.JPG

SAM_0442.JPG.d9f063a6a5418e092dedcc3917877959.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Dia 02/07 - SANTA CRUZ - SAMAIPATA

 

Neste dia fui encontrar com a Emanuelle no aeroporto, voltamos para o centro de Santa Cruz para ela cambiar dinheiro depois pegamos outro taxi que nos levou até o lugar de onde saem as trufes para Samaipata. Chegamos lá por volta das 18hs e tivemos que esperar completar 4 pessoas para seguir viagem. O começo foi tranquilo estrada asfaltada e bem sinalizada, mas a parte final foi meio sinistra estrada de terra e penhascos para todos os lados, as 21hs já estavamos em Samaipata.

Ficamos hospedados no hostel Paola que fica em frente a praça principal da cidade.

 

Trufe para Samaipata - 30 bolivianos

Hostel Paola - 65 bolivianos

SAM_0458.JPG.bd8757eac874d466adaa21a1faa06249.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Outra dúvida: Você me aconselha a levar água e comida para a rota do Che?

Pelo que vi em fotos, a cidade é muito pequena, não sei se terei dificuldade de comprar essas coisas por lá e dependendo de como for a comida, não quero me arriscar a passar mal logo nos primeiros dias, vou optar por levar alguns industrializados kkk.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

DIA 03/07 -FORTE DE SAMAIPATA - VALLEGRANDE

 

Acordamos cedo e fomos conhecer a "gigante" Samaipata, cidadezinha pacata e aconchegante... Demos uma volta na praça, conhecemos o mercado central e logo um taxista se ofereceu para nos levar até o forte, fechamos com ele e seguimos rumo ao forte!

Fomos os primeiros a chegar no forte, compramos as entradas recebemos um mapa e as orientações e começamos a caminhada, tínhamos duas horas para percorrer o forte, era o tempo que o taxista iria nos esperar.

A caminhada foi tranquila tudo muito conservado e bem sinalizado a sensação de estar ali é inexplicável tem uma energia diferente esse lugar, sem contar na vista que se tem lá de cima.

 

Taxi para o Forte - 80 bolivianos

Entrada Forte - 50 bolivianos

SAM_0486.JPG.48cb552edd40e320314b988df52813cb.JPG

SAM_0496.JPG.3478a871bc37745801886c391f008e09.JPG

SAM_0499.JPG.301eb39e0f5e152241de891c804a4c4c.JPG

SAM_0522.JPG.f11699f912e9e811873c7730c1b7e855.JPG

SAM_0526.JPG.fcf91a5427664bc927015cdfc61fc7b0.JPG

SAM_0538.JPG.947a3fdd51bd640fba3743b3eb3a0b1e.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...