Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Bonito / MS - Relato com fotos - Out/2013


Posts Recomendados

  • Membros

Que o Brasil é cheio de destinos exuberantes de ecoturismo todos nós estamos cansados de saber, mas será que temos real consciência do nosso potencial e de tamanha beleza? Foi tentando responder essas perguntas que embarquei sozinho para uma viagem para Bonito, Curitiba e Foz no final de outubro.

 

Depois de tentativas frustadas de encaixar uma expedição por Atacama, Bolívia e Peru dentro das minhas mirradas 2 semanas de férias e de uma conversa com um amigo sobre o quanto ainda tínhamos que conhecer do Brasil, cheguei a conclusão que era hora de viajar por aqui mesmo e olha… Foi a MELHOR DECISÃO que podia ter tomado!

 

Resolvi escrever esse relato na tentativa de ajudar quem tá planejando conhecer esses destinos. Vou dar uma pincelada nas atrações mas devo focar aqui mais nos aspectos de planejamento e logística, além dicas de coisas que só aprendi por lá. Pra quem quer saber mais a fundo sobre as atrações têm relato de sobra aqui no mochileiros e o google também tá ai pra isso! ::otemo::

 

Vamos a Bonito então...

 

IMG_1001.JPG.7d63f33618aa2815f01e8bd9c5d1d38c.JPG

 

O turismo em Bonito é feito a partir de vários tours que saem da cidade e que levam os visitantes para os atrativos. Estes atrativos ficam em fazendas particulares, que criaram uma excelente estrutura para receber os turistas. Por questões ambientais, os passeios que levam a cachoeiras, grutas, trilhas e nascentes são obrigatoriamente acompanhados por guias locai e existem limites rígidos quanto ao número de visitantes em cada atrativo.

 

Como cheguei…

 

Peguei um voo do Rio para Campo Grande via São Paulo pela Go.

De lá peguei um translado da empresa Vanzella (R$ 80 por trecho) que foi agendado pelo pessoal do Hostel que fiquei. O mini-ônibus da ida era sensacional, novinho, com banco de couro bastante reclinável e ar condicionado funcionando!

 

A viagem dura mais ou menos 3 horas e meia com um parada em um lugar para lanche bem fraquinho. Um dramin aqui é bem recomendável. ::hein:

 

IMG_2925.JPG.fb99e410619366a6e454a7f9e58370a0.JPG

 

Na volta não tive muita sorte e peguei uma van mais antiga com bancos de uma reclinação pior do que de voo da Gol. ::quilpish::

 

Eu sinceramente que acima de duas pessoas compensa alugar um carro em Campo Grande e seguir para bonito. depender de transporte compartilhado lá é f*&* e na minha opinião foi o que mais “salgou” o preço da viagem, falo disso adiante.. As estradas até bonito são asfaltadas em excelente estado.

 

Primeiras Impressões...

 

A cidade é bem típica do interior do centro-oeste e acabou me dando uma grande saudades do tempo que morei no Goiás e nos fins de semana rumava para cidades pequenas como Pirinopolis e Goias Velho.

 

Bonito têm uma avenida principal com várias opções de bares e restaurante, farmácia, mini-mercado e tudo mais Os muros das casas são baixos e acho que criminalidade não é um problema. O tempo parece não passar e você percebe que o point de encontro da galera é a praça principal... consegue ver famílias inteiras na sorveteria ou saindo da missa no domingo (dia que cheguei). Você percebe que tudo gira entorno do turismo e pecuária e que a sensação e ter uma camionete com um som pauleira tocando as últimas do sertanejo universitário. ::hãã2::

 

Em toda a minha estada ouvi a buzina 2 vezes e fiquei bobo com o fato de que os motoristas PARAM na faixa de pedestre. Bem parecido com o Rio… #sóquenão ::sos::

 

Se não me engano, a cidade têm dois tipos de banco, e se não for o seu, já era porque não achei caixa 24 horas. Sorte que tinha levado uma boa quantia.

 

Minha gente…. e faz calor viu! Pqp.. teve dias que dava graças a Deus por todos os passeios envolverem um rio! ::quilpish::

 

IMG_2928.JPG.9921ac31f484db7e9adaa148f712c028.JPG

 

Preços…

O preço dos passeios e transporte são tabelados, não importa a agencia que escolher, o que muda é o atendimento e formas de pagamento.. Eu particularmente adoro esse modelo porque tira aquela obrigação chata de ficar pechinchando a viagem inteira.

 

Vou tentar sempre que possível colocar o preço dos passeios, mas uma boa referência é o site da Associação dos atrativos bonitos de turismo de Bonito e Região, que têm a lista completa de preço.

http://www.atrativosbonito.com.br/precos

 

Outros exemplos:

Refrigerante em Lata: R$ 3

Cerveja em Lata:R$ 3

Cerveja em Lata nos passeios:R$ 4 até R$ 6

Garrafinha de Agua mineral: R$ 2

Cerveja Skol 600 ml - R$ 8 (Note o foco na cerveja!)

 

Hamburguer da barraquinha da esquina: R$ 7

Pastel Normal - 5

Pastel de Jacaré - R$ 14 (Não gostei muito) ::xiu::

Sorvete Assado: R$ 13 (Bem legal!)

Espetinho com Arroz e Vinagrete: R$ 10

Preço médio do prato individual a la carte: R$ 35

 

Moto-taxi circulando dentro da cidade: R$ 10

 

Como o preço das atrações são bem puxados, resolvi puxar o freio de mão na alimentação comendo mais lanches a noite e almoçando em restaurantes a kilo quando estava na cidade. A verdade é que a maioria dos passeios incluem almoço então.. fica mais por conta do jantar mesmo.

 

Um macete que só aprendi no final da viagem mas que funcionou foi dividir as fotos profissionais das flutuações com o pessoal do grupo. O CD geralmente sai R$ 60 pilas e as fotos são de babar, dividindo fica bom pra todos! Mas têm que ter uma alma caridosa pra fazer as cópias! ::cool:::'>

 

Tô todo orgulhoso dessa sessão falando sobre preços ja que essa é a segunda viagem que controlo inteiramente os gastos e orçamento. ::otemo::

 

E quanto custou a viagem?

Somando tudo e fazendo uma proporção das passagens de avião que foram multi-destinos diria R$ 1800

 

Circulando...

 

Acho que o transporte foi o que mais me deu dor de cabeça por lá. Por quê? Pelo simples fato de que os passeios não incluem transporte compartilhado e só existem duas empresas que fazem esse serviço alternando entre dias. ::bad::::bad::::bad::

 

Por exemplo: Pode ser que só tenha vaga para visitar as grutas no seu último dia de viagem CONTUDO não existe transporte compartilhado naquele dia, apenas em outros dois dias da semana.

Mas Thiago, onde eu danço nessa? Quando descobre que um taxi para gruta seria R$ 120 e que a sua opção mais feliz seria um moto-taxi R$ 70 ou 50 com desconto porque a moto furou o pneu no meio do nada (Aconteceu comigo!)

::toma::

IMG_3145.JPG.3df89e874c6df37f2b37624d79885680.JPG

 

Li também muita gente dizendo que na baixa temporada não precisa agendar nada e que dá pra desenrolar tudo lá… ERRADO… pegue o meu exemplo… mesmo tendo 5 dias da cidade, só consegui marcar os passeios das grutas para o último e fiquei a mercê do tempo… ou seja… se tivesse chovido teria me fod*&*.

 

Dicas bem importantes:

 

- Se tiver viajando acompanhado recomendo alugar um carro em Campo Grande. Os caminhos até os passeios são bem sinalizados e sempre têm alguém para pedir informação. O Povo por lá é bem cortês. Não tenho ideia de preço de aluguel, mas não deixe para alugar em Bonito, pelo que falaram o preço vai para a estratosfera.

- Escolha uma agencia de viagem e feche todos os passeios com pelo menos 3 semanas de antecedência, além de ficar despreocupado evita o surpresas.

-Se for do tipo despreocupado e não quiser marcar nada com antecedência, fique de olho no que os outros viajantes do albergue / hotel estão planejando, consegui dividir valor de transporte encaixando meus planos com outras pessoas e super compensou.

IMG_2920.JPG.3d1b4259235026cd7debe71c3cf8b17b.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Quando eu fui em baixa temporada, consegui marcar todos os passeios lá, me encaixando sempre nos dias que tinham mais pessoas indo para o mesmo passeio, assim o transporte não salgava pra ninguém. Mas realmente seria uma boa arrumar um grupo e alugar um carro.

 

Aguardando o restante do relato! Tudo que é de Bonito aqui no mochileiros eu quero ler... ô lugar maravilhoso!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Onde comi e bebi…

 

Acabei não priorizando muito a gastronomia de Bonito porque tinha mais trechos para frente e não queria gastar todo o cartucho em bonito, também tomei essa situação porque a comida local é feita de peixes e carne de caça, como bom Paraense cresci comendo esse tipo de comida e não era algo novo.

 

Sinceramente não achei os restaurantes muito caros e como corro sério risco de ser apedrejado aqui com essa informação, explico; O preço dos restaurantes não são equivalentes ao Nordeste mas estão bem equiparados ao Rio, onde moro atualmente. Tudo no Rio é caro e depois daqui, qualquer relação possível entre pagar caro e ser mal atendido não me comove. Contudo, entretanto e todavia… Em bonito não espere nada menos do que excelente atendimento e pessoas EXTREMAMENTE educadas e gentis… No Rio não me arrisco na mesma opinião rs

 

Taboa bar

Apesar das várias opções de bares e restaurantes na rua principal acabei achando que todos os lugares levam ao Taboa, que é o principal bar da cidade e o mais perto que você vai chegar de uma “agitação”. Lá rola música ao vivo das boas quase que todos os dias. O Bar também têm uma temática bem legal meio que inspirada em uma grande “cabana”(será? Eu sou péssimo em notar essas coisas). Você também pode deixar sua marca pelas paredes do local.

Foi lá também o primeiro teste contra a timidez viajando só… já que tava passei pela calçado e vi dois gringos que aparentemente estava ficando no mesmo albergue... depois de pensar.. pensar e pensar.. cheguei na cara dura e perguntei se eles estavam no mesmo hostel e se podia sentar com ele (oi?), mas, olha... como valeu essa atitude! Os caras se tornaram grandes parceiros na minha estada por lá. Acho que quem decide viajar só está sujeito a esse tipo de interação e posso dizer que isso foi uma das coisas que mais gostei dessa viajem, acabei conhecendo gente de mais de 20 nacionalidades (Incluindo um comboio do Japão, sim eles valorizam mais o eco-turismo aqui do que os próprios Brasileiros!) além de gente muito boa do Brasil todo, incluindo meu Pará (Paraense tá em tudo quanto é canto, thank God! !!!!)

 

IMG_3096.JPG.6cbfe208a84dc417c6ee4a5bbe67b64c.JPG

IMG_2931.JPG.a50066c449252c05158367f98cc64775.JPG

 

Mas voltando a comilança.. lá no Taboa acabei comendo só aperitivos (A pinga local é imperdível) mas tëm várias opções de pratos, e não se iluda eles são sempre dividíveis por mais que o graçom diga que não!

 

Cantinho do Peixe,

 

Foi nesse restaurante que resolvi investir em um jantar mais sofisticado e acabei pedindo um dourado ao molho de guavira (fruta da região!) e gostei. Juntando cerveja e tudo saiu uns R$ 50, não me arrependo e recomendo o restaurante.

 

Picolé e sorvete na Delícias do Serrado

 

Voltar na delícias do cerrado foi como voltar ao tempo que morava no Goiás e um picolé de Cajamanga era uma obrigação depois da faculdade. Lá você vai achar várias opções de picolés e sorvetes com frutas típicas da região. O Sorvete assado também é muito bom, nada mais é do que um sorvete com uma cobertura crocante de mashmellow que apesar de overpriced, vale a experiência!

 

Pastel Bonito.

 

O pastel é bem gostoso e lota no fds! Têm opções de pasteis reginais como pastel de Jacaré e Guavira… nada mais precisa ser dito depois disso. Eu pessoalmente não gostei muito, apesar de gostar bastante de carne de jacaré, mas acredito que seja uma opção interessante pra quem quer provar sem se comprometer com um prato completo do nosso amiguinho.

 

Espetinho e Sanduicherias,

 

Aqui no Rio o povo chama essas barraquinhas de hamburguer de “podrão”e lá em bonito elas estão presentes e são uma boa para quem tá com o orçamento apertado, logo perto provavelmente você vai achar um lugar vendendo espetinhos e por lá eles são bem parrudos com farofa, arroz, vinagrete e mandioca. O bolso agradece $$$.

 

Albergue

 

Se você pesquisar sobre possibilidades albergues em Bonito vai se deparar em um só que é o maior da rede HI, eu na verdade estava pronto para reservar, até mandei um email pe fiu respondido com um email que pedia que eu lesse um material BEM extenso sobre os passeios e regras do Hostel, até que até ai tudo bem, o material é até bem completo e me ajudou bastante, depois de ler o material devia confirmar entendimento das regras e fazer a reserva, o que fiz… e nada de resposta… mandei outro email... e nada. Acabei ligando pra lá e fui informado que não tive resposta porque para as datas que tinha reservado o Hostel estava cheio com uma excursão.

Pqp!!!!!!!!!!!!! Acho que o básico para quem tá na indústria hoteleira é no mínimo conseguir gerenciar reservas. ::vapapu::

 

Em busca de outra opção de albuergue no Hostelworld acabei achando a Pousada/ albergue São Jorge.

 

Minha gente… passei perrengue por aqui mas recomendo MUITO essa pousada pela atenção dada pelos donos, capacidade de remediar os problemas e pelo o ambiente jovem e principalmente por estar bem na rua principal da cidade, eles também são uma agencia certificada de vendas de passeios, você pode fechar todos os passeios com eles e também alugar câmera de mergulho, bicicleta e pegar indicações de moto-taxi e taxi de confiança.

 

Outra coisa que achei bem legal é que eles ficam atento ao itinerário de outros viajantes e acaba juntando a galera que viaja só em passeios de modo a economizar em transporte. Vale ressaltar que o preço do aluguel da câmera e da bicicleta era o menor da cidade. Digo isso porque a galera que tava no HI reclamou bastante da distancia do centro onde a noite acontece! ::bruuu::

 

Quando cheguei o quarto coletivo estava povoado por um grupo de faculdade e o dono disse que me colocaria em um individual para que eu não ficasse deslocado sem custo adicional. Yay!!! Depois de 3 noites me voltaram para o coletivo e como fiquei sabendo pela manhã apenas deixei minha mochila perto da cama e fui para o Rio da Prata, um dos passeios. Quando eu cheguei acabei descobrindo que deu um problema na caixa de água do banheiro e o quarto foi alagado, hahahaha.

Quando cheguei minha mala estava em meio a arca de Noé, mas eu não sou o tipo de pessoa que estraga uma viagem por conta disso, pelo contrário, isso gera histórias para compartilhar da longa série: Aconteceu no hostel.

::toma::

 

A galera do Hostel foi muito responsável e além de me voltar para o privativo (Yay! 2x) ainda mandou para lavanderia toda a minha roupa no mesmo dia.

Acho que isso é o que conta e me deu um desconto no final da estada. Acho que excelência é isso, a maneira como você remedia com sucesso problemas mantendo o feedback positivo (Tá parei com o momento administrador!). Seria bem mais fácil virar as costas… ainda mais em um albergue. ::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'>

 

É uma excelente opção para quem quer conhecer gente do mundo inteiro.

 

O Café da manhã era bem bom, o que faz a diferença na manhã antes de embarcar para os longos translado ou

O Wifi também é killer e funciona direitinho em todos os cômodos. Quem já ficou bastante em Hostel sabe como isso é determinante e acredite...você vai querer postar as fotos no face ASAP!

 

Infelizmente não tirei muitas fotos do albergue, mas acho que provavelmente não adiantaria muito porque eles tão reformando tudo com umas sacadas muito legais, o banheiro da recepção por exemplo é inspirada no mundo do Mário, com um cogumelo verde (vida extra) estrategicamente posicionada acima do vaso! rs (é bobo mais achei genial!) ::otemo::

https://www.facebook.com/pousada.saojorge

 

A página do face têm fotos atualizadas (e reais) inclusive de muita coisa já feita depois que passei por lá.

Em resumo, fico feliz de ter achado um lugar bem legal quando tinha pensado que tava na M.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • 4 semanas depois...
  • 2 meses depois...
  • Membros

thisilva, tudo bem?

tenho algumas dúvidas: além do mini ônibus, quais outras formas eu teria p/ chegar em bonito sem ser de carro? dei uma pesquisada e as opções seriam compartilhar uma van ou pegar um ônibus... esse ônibus sai da rodoviaria ou do aeroporto? tu tem alguma informação sobre como funciona esse transporte?

outra coisa rs o albergue que tu ficou é bem frequentado? quer dizer, tem bastante gente jovem, vários gringos etc ou é mais calmo? ::mmm:

abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Oi Bela!

Você tem algumas opções:

- Van / Mini Onibus direto do Aeroporto pra bonito (A que eu cito ai em cima) Aprox 3 hs

- Onibus de linha que sai da rodoviaria em horarios definidos. Acho que não é muito vantajoso ja que você vai ter que pegar um taxi ou onibus para a rodoviária do aeroporto. A viagem é mais longa devido ao para-para do Onibus.

- Carro alugado.

 

O Albergue que fiquei era sucesso entre a gringaia. NA verdade eu e outro cara do Rio éramos os únicos Brasileiros sozinhos por lá.

Tinha de tudo: Canadense, Indiano, Japoneses, Alemães e por ai vai... todos bem jovens e a maioria mochileiro bem rodado, todo dia era dia de cerveja! ::mmm:

 

Acho que a escolha foi muito boa considerando que a outra opção seria o HI, que fica bem distante do " fervo" do centro. A galera que tava lá que reclamou um pouco do isolamento.

 

To em falta com esse relato. Vou atualiza-lo em breve com as atrações!

 

Qualquer coisa, só perguntar. ;)

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...