Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Kelvin-sjc

Paris - Londres: 11 dias - sozinho - Novembro 2013

Posts Recomendados

Fala pessoal!

 

Assim como a grande maioria das pessoas que utilizam esse site como fonte de informações antes da viagem, também fiquei em dívida, e irei fazer um relato sobre a viagem que realizei agora em Novembro/2013. Foi minha primeira viagem internacional, fui atrás de tudo sozinho e eu não tinha idéia do quão trabalhoso é organizar um passeio. Quase fiquei louco com a quantidade de documentos necessários, mas no fim, valeu cada segundo gasto atrás das informações.

No começo, como mochileiro de primeira viagem, quase cometi o erro de conhecer 15 países em 15 dias, aos poucos fui tirando uma cidade aqui, outra ali,e no final eu pensei: O que eu REALMENTE quero conhecer? Sei que já foi dito, exaustivamente, aqui no fórum, mas não custa reforçar: se você não tiver muito tempo, não vale a pena conhecer um país só pq ele é "pertinho". Uma viagem dessas é muito cansativa, e ficar por mais tempo em uma mesma cidade vai ser muito mais prazeroso.

Tive 2 semanas de férias em Novembro, e decidi conhecer Paris e Londres, infelizmente, no auge do Euro e da Libra =(, e senti certas dificuldades em achar relatos de viagens nesse período. Portanto, meu objetivo aqui vai ser mais contar como é viajar nesse mês e passar algumas dicas!

 

 

Bom pra começar, alguns gastos e considerações pré-viagem.

 

 

- Passagens aéreas:

Vôo São Paulo - Paris; Paris - Londres; Londres - São Paulo.

Preço: $850,00

Consegui esse valor, em uma promoção da Air France, que tinha direito a stop-over grátis (antes da viagem, eu nem sabia o que era isso, ahahahah) em Paris, com volta por Londres. Achei o preço consideravelmente bom, visto que não tiveram lá boas promoções pra Europa esse ano.

Aqui vale a dica já recomendada aqui no fórum: Não compre no decolar.com, apenas use o site pra dar uma pesquisada geral nos preços, e depois entre no site próprio da empresa e compre por lá. O site da KLM-Air France é muito fácil de se usar. Se eu tivesse comprado pelo decolar, teria saído uns R$300,00 a mais.

Pra quem não sabe, stop-over é quando você tem direito a descer do avião, ficar alguns dias nessa cidade "intermediária", e no dia de seu interesse, pegar o vôo para seu "destino final", com o preço já "incluso" na passagem, ficando beeeeeeeeem mais barato do que comprar as passagens separadamente, caso o stop-over seja oferecido de graça. Agora pra comprar, funciona assim:

Não adianta você comprar a passagem, por exemplo: Brasil > Londres, com escala em Paris, e querer sair feliz e contente atrás de sua mala no aeroporto de Paris, achando que pode remarcar a qualquer hora o vôo para Londres, ahahaha. Você tem que fazer o seguinte:

No site da companhia aérea, você tem que ir na opção "Múltiplos Destinos" e ir preenchendo de acordo com o seu planejamento. Por exemplo, o meu ficou assim:

Ida: São Paulo - Paris, dia tal.

Paris - Londres, dia tal.

Volta: Londres - São Paulo, dia tal.

 

No site da KLM, alguns horários ficam grifados em amarelo. São horário mais baratos! Vale a pena dar uma olhada, pois a economia pode ser interessante!

 

- Albergues.

 

Pra mim, foi a parte mais difícil de decidir durante o planejamento, são várias opções, todas com pontos positivos e negativos. Usei 3 sites para saber a opinião de quem já tinha ficado: tripadvisor, hostelworld e o booking. Reservei os 2 que eu fiquei através do site hostelworld, sem nenhum problema. Agora a dica é: no site, tem um aviso (não muito visível, diga-se de passagem) de "Deals", que são promoções entre os hostels e o site. Os que eu fiquei, foram:

 

Paris: St. Christopher Gare du Nord

Deal: 4 noites pelo preço de 3 - Quarto quádruplo.

Preço: €110,00 (paguei 10% no ato da reserva, e o restante lá com o Cash Passport)

 

Pontos positivos: Olha, tendo em vista que foi a minha primeira experiência em hostel, sim, eu o indico e provavelmente ficaria lá de novo! Era quase um hotel! É muito limpo, as camas são bem confortáveis, o café da manhã, incluso no preço, é bem aceitável, e fica numa rua sem saída, então não é lá tão barulhento, apesar de ter um bar no térreo. Particularmente, eu sou meio chato na questão de dividir quartos com estranhos, então uma coisa que eu gostei muito desse hostel foi que cada cama tinha um local para colocar sua mala, cortininha, luzes, tomadas e entrada USB. Além disso, tinha elevador, locker-room, cada hóspede tinha um cartão magnético para entrar nos quartos e corredores, o staff era bastante solícito e nas proximidades tinha de tudo, supermercado, farmácia, padarias, restaurantes, etc. E o mais importante: era muuuuuuito perto da estação Gare du Nord. Então pra quem precisa pegar o Eurostar é uma mão na roda, além de te levar pra qualquer canto da cidade.

 

Ponto negativos: Não é necessariamente em relação ao hostel, mas é uma situação que você vai enfrentar todo dia, caso opte for ficar nele. A estação Gare du Nord é simplesmente gigantesca e difícil de se encontrar lá dentro. Ela é interligada com várias linhas de metrô e trem, e ao me deparar com aquele mapa de metrô, me bateu um leve desespero no começo, já que tinha mil e uma formas de chegar no mesmo lugar. Dependendo de qual linha eu tinha q pegar, eu gastava fácil uns 10 minutos andando por lá. Mas assim que eu peguei o jeito de andar de metrô, tudo ficou mais tranquilo, além disso tem pontos de informação. Outra coisa, a região não é das mais bonitas de Paris, e à noite, ficava um pessoal meio estranho do lado de fora da estação, mas não vi nada de suspeito, ninguém mexeu comigo e até tinha uma caixa eletrônico à céu aberto, onde o pessoal sacava dinheiro tranquilamente. Quanto ao hostel, a única coisa que eu relataria como ponto negativo, é que vc precisa pagar €5,00 para deixar sua mala no locker-room (bem moderno e seguro) durante 24 horas, então considere mais este gasto caso você chegue antes do horário do check-in (14h), ou saia depois do check-out (10h). Outra coisa, só tem 4 chuveiros por corredor, com vários quartos, então pode ser que em altas estações fique um pouco lotado.

 

Londres: Safestay Elephant and Castle

Deal: Promoção à um preço fixo para ficar 7 noites. Eu fiquei 6, mas caso eu comprasse as 6 separadas, ficaria mais caro.

Preço: £120,00 - Quarto com 6 camas misto.

Eu não tirei fotos dele, mas as imagens que estão nos sites hostelworld e booking representam fielmente como ele é!

 

Pontos positivos: Assim como o de Paris, esse é mt bem equipado e tudo bem limpo. Também ofereciam aquele esquema de segurança, cada hóspede com seu cartão magnético para entrar nos quartos e elevador. Os quartos não são tão bons, mas as camas têm as cortininhas! ^^ Café da manhã típico de hostel tbm incluso. Vários ônibus na porta. Bem perto do metrô Elephant and Castle, uns 5 minutos andando, que dá acesso aos principais pontos turísticos bem rapidamente, por exemplo, London Eye e o Big Ben ficam a 2 estações. Na verdade, se você tiver pique, dá até pra ir andando. Região bem tranquila, mas tirando um McDonald's que tem do lado, não tem mais nada por ali.

 

Pontos negativos: O staff não era dos mais simpáticos, o locker-room é bem pequeno e sem segurança nenhuma. No tempo q eu estive lá, a porta permanecia aberta, e suas coisas ficavam à vista em uma prateleira. Como eu já sabia disso, levei dois cadeados e prendi minhas malas nessa estante. A estação Elephant and Castle, apesar de pequena, tbm é bem chatinha, vc perde um tempinho andando lá dentro. A rua do hostel é bem movimentada, então tinha bastante barulho à noite.

 

Clima

 

Na minha opinião, cenas mais bonitas do que a Europa durante o outono, não há. Fiquei deslumbrado com aquela paisagem tão diferente da nossa aqui no Brasil. Estava bem frio, entre 5º e 10º, na França peguei todos os dias nublados com apenas algumas horas de sol. Já em Londres, ahhh..em Londres, aquele clima é maluco, então não adianta olhar previsão do tempo pra lá! auhahuauhauh...mas resumindo, de 6 dias...2 dias inteiros de sol, e outros nublados com chuvas que começavam e paravam a cada 10 minutos, me estressando um pouco! ahauhauhauhauha

Mas oq me irritou mesmo, não foi o frio, mas sim o calor INSUPORTAVEL dentro dos estabelecimentos e metrô! Sério, uma das coisas mais chatas da viagem foi o sufuco que eu passava dentro do metrô, cheio de gente, com aquele aquecedor ligado! Ai a tríade mochila+blusa de um lado+ guarda-chuva molhado do outro, me perseguiu durante a viagem inteira! =//

Quanto ao anoitecer, 17h30 em Paris e um pouco antes em Londres, já estava tudo escuro. Amanhecia lá pelas 8h00.

 

Turistas

Sinceramente, eu não consigo imaginar como deve ser Paris no verão, de tão entupida de turista. Deve ser insuportável! Não aconselho à ninguém ir pra lá nesse período se não gosta de multidão. Em Novembro, as únicas filas q eu vi foram pra subir na Torre Eiffel e pra subir na Notre Dame. E lotado, LOTADO mesmo, estava o Louvre, mas mesmo assim acho que nem se compara aos meses de férias, por ex, tirei minha foto com a Monalisa, sem maiores problemas. Em Londres, muito menos turistas, tudo mais tranquilo. Porém, uma coisa é certa: vc terá a companhia de excursões escolares, q por mais q bonitinhas e educadas sejam as criancinhas, te trará momentos de ódio. E o pior, vc verá milhares de asiáticos seguindo uma pessoa com um guarda-chuva fechado erguido pra cima. Tive vontade de jogar todos, sem piedade, Arco do Trinfo abaixo! ::lol4:: . Eles só serão úteis para tirar suas fotos, isso eles fazem como ninguém!

 

Mala

Conselho: levar daqui apenas uma blusa e as coisas essenciais pra não congelar no primeiro dia, e deixar pra comprar o resto por lá. Comprei uma segunda pele, luva, cachecol, toca e outra blusa beeem quente na Decathlon de Paris, e foram mais do q suficientes, além de serem mt mais baratas do que aqui! Levei tbm, uma farmácia inteira, doença nenhuma iria estragar minha viagem! Levei a receita de todos os medicamentos, mas em nenhum lugar chegaram a me barrar por portar 200 mil comprimidos! ahahaha

 

Imigração

 

Um capítulo a parte, levei vários documentos: extrato de cartão de crédito, dos cartões pré-pagos internacionais, reservas de hostel, passagem de volta, seguro saúde e tudo que vocês possam imaginar. Após aquela perdida básica no Charles de Gaulle, e finalmente achar a fila da imigração, eu fui na que, até aquele momento, era a mais feliz e sorridente das funcionárias, mas na minha vez, ela incorporou algum espírito ruim e pediu simplesmente TODOS os documentos q eu tinha levado, ela verificou tudo, nos mínimos detalhes, me encheu de pergunta. Por um momento achei q ia voltar, mas no final deu tudo certo. Já em Londres, que teoricamente seria pior, foi super tranquilo. Peguei um senhorzinho que parecia ter saído de algum filme do Harry Potter, que fez as perguntas básicas e só...se não fosse o carimbo, q estava sem tinta, e me fez esperar os 3 minutos mais longos da minha vida (até q outra pessoa trouxesse um novo) na fila da imigração, eu teria saído em 30 segundos ::mmm: .

 

Seguro viagem: Uma vez que eu comprei a passagem com o cartão de crédito, o seguro foi fornecido pela operadora (VISA).

 

Compras aqui no Brasil

 

Entrada da Torre Eiffel: €13,00 (até o topo)

Estava com medo de pegar um dia chuvoso e feio, mas não estava! \o/..Compensou bastante, já que a fila de compras lá no dia (domingo), estava quilométrica.

 

London Pass de 6 dias: £91,00

Pra mim, valeu MUITO a pena. Acompanhem o site, pois às vezes tem promoção com 10% de desconto. Comprei aqui e retirei lá, sem enrosco!

 

Compras feitas lá

 

Paris Museum Pass de 4 dias €54,00 (comprei no aeroporto)

Se vc pretende conhecer apenas Louvre e Versailles, não compensa. Mais do q isso, é indispensável, corta filas e te dá acesso à banheiros!

 

Paris Visite Pass de 5 dias - todas as zonas €57,00 (tbm comprei no aeroporto)

Eu estava muito em dúvida se comprava esse passe, ou o carnê de 10 viagens por €13,30. Mas no final das contas, foi a melhor coisa que eu fiz. Esse passe cobre as viagens de/para aeroporto-centro e Versailles. Eu usei bastante o metrô, principalmente nos dias de chuva, e quando as minhas pernas já estavam pra lá de destruídas, sem me preocupar em comprar mais passes naquela correria q é dentro das estações.

 

7-day Travelcard zonas 1 e 2 - €30,40 (comprado no aeroporto de Londres, com a ajuda de um senhor muito prestativo, já que eu não tava entendo nada de como funcionava/comprava aquele Oyster Card)

Indispensável, te dá direito à andar em onibus e metrô, quantas vezes quiser por 7 dias.

 

Alguns sites úteis:

 

http://www.londresparaprincipiantes.com/4-dias-em-londres-roteiro-de-viagem/

http://www.conexaoparis.com.br/2008/05/07/paris-em-4-dias-primeiro-dia/

http://www.londontourist.org/planning.html

http://viagensesouvenirs.blogspot.com.br/

http://meusplanosdeviagem.wordpress.com/category/reino-unido/

http://www.rodei.com.br

http://www.europapraturista.blogspot.com.br

 

 

 

Bom galera, é isso. Nos próximos tópicos vou descrever um pouco das aventuras do meu dia-a-dia e contar pq eu adorei Londres, e não achei Paris lá grandes coisas!

 

Qualquer dúvida, podem ir perguntando! Tentarei ajudar com oq eu aprendi! ^^

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Klismann, blz?

 

Que bom que as dicas estão sendo úteis. Em breve começo a contar um pouco do roteiro que fiz cada dia!

Olha, tudo ficou mais ou menos R$5500,00. Com o euro valendo na compra entre R$3,10 - 3,20; e a libra R$ 3,70 - 3,80.

Planejei um gasto de 80 libras/euro por dia. Não fiz nenhuma extravagância, então deu e sobrou!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal !

Também fiquei hospedado perto da Gare du Nord (Hostel Vintage, achei mais ou menos), o lugar é bem assim mesmo como vc descreveu. Bateu saudade.

Abç

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Paris - 1º dia

 

Roteiro: Arco do Triunfo e Torre Eiffel

 

Desembarquei no aeroporto Charles de Gaulle às 8h00 da manhã (ainda tava tudo escuro), e na saída já comprei o Paris Museum Pass e o Paris Visite Pass no ponto de informações turísticas. Segui as placas “Paris by train” até chegar na estação do trem que me levaria pra Gare du Nord (€9,50 o trecho caso eu não tivesse comprado o passe de transporte). Ali já tive meu primeiro perrengue: tinha 2 trens parados, com gente entrando em ambos, então a tática de seguir o fluxo não se aplicava, e eu não achava de jeito nenhum a indicação do sentido do trem, que segundo o que eu tinha lido era pra ser “Robinson”. Arrisquei e entrei em qualquer um, e já lá dentro, olhei as próximas estações e vi que estava no sentido certo. Claro, confirmei com umas três pessoas antes de me sentar. Estampei a faixa de turista perdido naquele momento, mas os franceses foram muito simpáticos. Primeira impressão positiva. No trem, tomei um baita susto. Estava eu, sentado e observando boquiaberto aquelas casinhas de filmes, sem acreditar que eu estava realmente ali, quando de repente, escuto um barulhão atrás do meu banco. Era um músico, com sua caixa de som e acordeão, se preparando pra entreter os passageiros durante a viagem. Tudo muito bonito, mas além de eu não ter moedas naquele momento, não pude me dar ao luxo de contribuir em euro. A viagem até a estação Gare du Nord demorou aproximadamente 30 minutos

 

Chegando na estação, uma senhora simpática já prevendo que eu me perderia assim que eu descesse do trem, me ajudou a chegar na saída certa. Deixei minhas coisas no hostel, peguei um mapa do metro, rodei e rodei perdidamente até achar a linha de metrô que me levaria para o meu primeiro ponto turístico:

 

 

Arco do Triunfo: de graça aos domingos, então não precisei usar o Paris Museum Pass! Não esquecer que, para atravessar aquela rotária maluca, usar a passagem subterrânea que tem lá. Completamente sem fila para entrar, e sinceramente achei que a subida ia ser pior (a pior, disparada, é pra subir a Notre Dame). Do alto, tive minha primeira vista de Paris, e claro da Torre Eiffel, além da região da La Defense e a Sacre Couer. Foi aqui, que tive tbm o primeiro contato com um grupo de excursão asiático, que literalmente ocupou todos os espacinhos livres que tinham lá em cima!

 

 

Torre Eiffel: Como ainda era por volta das 13h, e o meu ticket de entrada era só às 15:30, resolvi ir andando até lá. Chegando no trocadero, comi por lá mesmo (eu sei que é abominável comer perto das atrações, mas não teve jeito, não tinha comido nada até aquela hora) pedi um lanche (que não estava muito bom) que custou €4,50, entreguei pro vendedor uma nota de €5,00, e fiquei esperando, em vão, o meu troco. Um rapaz, ao ver a cena e minha cara de interrogação, me disse que é costume essa prática de pegar o troco pra eles. OK, então. Não quis causar e deixei por isso mesmo. :?

A torre superou e muito as minhas expectativas, ela é muito maior e muito mais bonita do que parece nas fotos. Só que, aquela quantidade de ciganas te enchendo o saco perguntando “Do you speak English?”, e africanos querendo te vender miniaturas da torre, irrita qualquer um. Mesmo que eu não dava bola nenhuma e nem olhava na cara, eles insistiam muito!

Na hora marcada, fui pra fila, e aguardei um pouco até conseguir pegar o elevador pro 2º andar. No segundo, mais fila pra subir pro 3º, e no 3º, uma fila pra descer que demorou mais de 1hora. Avisos para ter cuidado com os “pick-pockets” em vários lugares me deixou um pouco inseguro lá em cima. Sem dúvida, vale a pena comprar pra subir até o topo.

 

O restante do dia foi destinado à "apenas" apreciar a Torre, fiquei um bom tempo por lá. Aquele foi o dia mais frio que eu peguei em Paris e somado ao meu cansaço da viagem, fui pro hostel descansar umas 20h.

 

O que eu faria diferente numa próxima viagem: Pra essa época do ano, acho que o melhor seria ter agendado pra subir na Torre um pouco antes, por volta das 14:30, já que começa a escurecer mais cedo, e vc tem que considerar o tempo necessário pra chegar até o topo.

 

Por favor, me digam o que estão achando, se está muito detalhado, detalhado de menos, se querem alguma informação específica, etc! Conforme eu for lembrando de alguma coisa, vou atualizando os posts!

 

Algumas fotos!

DSC00701.JPG.33704bef9006c7c21a44245370136b96.JPG

DSC00787.JPG.f6c4de2f9ffd9e35e946124952daf80c.JPG

DSC00803.JPG.e4c6c3d1143a39803b89120f525ee716.JPG

  • Gostei! 1
  • Vou acompanhar! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal !

Também fiquei hospedado perto da Gare du Nord (Hostel Vintage, achei mais ou menos), o lugar é bem assim mesmo como vc descreveu. Bateu saudade.

Abç

 

 

Fala Gustavo. Ainda to com depressão pós-viagem, saudades dos meus dias por lá!

Pelo que eu vi, achar um bom hostel em Paris é complicado, então apesar da região, acho que o St. Christopher vale a pena!

 

Abraço

 

Abaixo, algumas fotos do hostel!

DSC01583.JPG.4277ce5894210aee4014482fee602075.JPG

DSC00843.JPG.f748174276d9a001d10bbd17492e64a1.JPG

DSC00844.JPG.a8e6d5c7091a8e9348ee54298863fcba.JPG

DSC00848.JPG.091604f0bf65add22347bd61a04fcacd.JPG

DSC01180.JPG.a54ac57f789090f7db4f19ae78eb90d3.JPG

DSC00697.JPG.279d68df385be60d686d31e9d2ca7e7f.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...