Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

fabioinacio

volta ao Mundo de 12 a 18 meses

Posts Recomendados

Nossa fabio show de bola,adorei o video e toda a tua aventura pelo mundo,gostaria de muito de saber por alto em quanto ficou o valor de toda essa viagem.

 

A viagem ainda não acabou, estou pela China agora, ainda bem que gostaste do video :)

 

Os valores são em média 500 dolares por mês, em uns países gasto um pouco mais em outros um pouco menos, este valor é sobre Alojamentos, comida, transportes (sem contar avião longa distância)

 

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou me meter aqui pra dar um bizú pra galera que tá perguntando da grana. Tem um posto muito bom do Rafael aqui ó:

 

http://www.mundoaivamosnos.com.br/afinal-quanto-custa-uma-viagem-ao-redor-do-mundo/

 

Eles acabaram de voltar de uma volta ao mundo e ele publicou as médias por país.

 

Nesse site aqui você conseguem ter idéia do quanto as coisas custam em cada lugar, é ótimo pra dar uma ideia:

 

http://www.numbeo.com/

 

Eu estou também viajando e controlando os gastos mas tenho gastado mais do que o Fábio, 500usd por mês como média é sensacional, por outro lado cheguei no Sudeste Asiático só agora. No Vietnã, nosso primeiro país fizemos com 610 USD, vermos agora por Cambodia, Laos, etc. como será.

 

Abração e parabéns aí de novo Fábio, tenho acompanhado as fotos sensacionais pelo Facebook !!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Enrico,

 

eu contigu essai média porque dico grande parte do tempo em alojamento gratuito em casa de pessoas locais, é uma grande ajuda porque o alojamento na Ásia não é tão barato com as pessoas pensam, tirando o Nepal e India para mim a Ásia não é muito barato comparando com o custo de vida de Portugal, assim uma excelente maneira de poupar é fazer couchsurfing e comer na rua ou cozinhar em casa, nada de restaurantes…

 

Fico feliz que estejas pelo Vietname, eu adorei, fiz de Sul a Norte de mota e foi demais :)

 

Não percas Ninh Binh, fica a três horas de distância de Hanoi e é muito bonito, podes fazer passeios de barco pelo rio, entrar em caves e subir a montes para ver o por do sol, adorei, assim como Hoi An uma pequena vila muito mas muito turistica no meio do Vietname, mas muito bonita… As grandes cidades também adorei, talvez as minhas preferidas da Ásia, principalmente Hanoi.

 

grande abraço e boas viagens

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fábiooooooooooi, estou encantada, pois além de termos Inácio no nome temos um roteiro semelhante... q bom vc já estar colocando seu sonho em prática... o meu só daki 7 anos... bjuuuu, mta alegria e felicidade!!!! Bjuuuu no coração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oláaaaaa :)

 

daqui a 7 anos?? :)

 

o meu roteiro tem sido alterado todos os dias, depois de amanhã a minha viagem faz 11 meses e está a ser o melhor do mundo para mim!!

 

se alguma vez precisares de algo aqui está o meu mail e página de facebook da viagem, estou sempre disponível para responder e ajudar ao que precisarem :)

 

[email protected]

 

https://www.facebook.com/fabioinaciofotografia

 

Viajaaaa muittoooooo

Beijos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá,

 

Continuo na China, na minha viagem entre Lao e China conheci um rapaz Chinês que esteve a viajar uns meses pelo sul da Ásia, fomos parte do caminho na conversa, parte do caminho a tentar dormir, chegamos a Kunming e ficamos os dois no mesmo hostel por duas noites, depois disso ele voou para a terra dele onde vai ficar até ao ano novo, depois vai para Pequim onde tem trabalho. Em Kunming ele ajudou-me a conhecer um pouco da gastronomia chinesa, para ser sincero estava com um pouco de medo porque as únicas duas vezes que tinha ido a um restaurante chinês em Portugal em ambas depois de sair do restaurante fui comprar uma pizza porque sai de lá com mais fome do que aquela que tinha quando entrei no restaurante, não por não terem comida mas porque não tinha gostado de nada. Aqui felizmente foi diferente, comemos “Hot Pot” e adorei se bem que em algumas partes senti o corpo todo em chamas, eu sou uma pessoa que adora picante, até mais do que o normal ou pelo menos eu pensava isso mas desde que estou em viagem que acho que gosto/aguento menos do que o normal, foi assim por quase todos os países por onde passei e acontece o mesmo, não em todas as comidas mas em parte delas, o “Hot pot” é uma panela cheia de água que está no meio da mesa, a panela está dividida em dois, numa das partes pomos o molho picante, na outra parte alguns temperos depois de estar a ferver adicionamos o que escolhemos para a refeição que pode ser tudo, mesmo tudo, carne, peixe, marisco, legumes, etc... E depois disto é comer sem parar, no fim ele não me deixou pagar, disse que como estávamos na china ele tinha de pagar. Depois de quatro dias por esta cidade comprei o bilhete para Pequim, capital da China, o rapaz não me queria vender o bilhete de acento, queria que eu fosse deitado porque era uma viagem cansativa de quase 30 horas, eu rejeitei principalmente por causa do preço, ele disse que eu era doido, mas não é nada de mais, já tinha feito mais do que isto em outras viagens de comboio e autocarro mas a verdade é que cheguei todo partido porque o comboio ia completamente cheio e a viagem durou duas noites, na primeira ainda consegui passar quase sem dormir, na segunda sentado no meio de duas pessoas já estava a dar em doido, assim tirei o meu saco de cama e estendi no meio do corredor onde consegui descansar um bocado se bem que de 5 em 5 minutos estava a levar com o carro das vendas de comida em cima assim como com os pés do pessoal. Em Pequim fiquei com a minha amiga Danni, uma rapariga americana com quem tinha viajado por dez dias na Índia, depois da Índia ela seguiu viagem para Pequim para se juntar ao namorado onde trabalham em uma creche a ensinar Inglês, é uma maneira muito boa de poupar dinheiro e estão centenas e centenas de estrangeiros aqui a fazer o mesmo, por exemplo a minha amiga ensina inglês em uma creche, tem a mesma turma todo o dia, são mais ou menos quinze miúdos entre os 2 e os 6 anos, tem quatro professoras chinesas a ajuda-la, ela ganha 2 mil euros mensais e as quatro professoras juntas não ganham o que ela ganha. Os ordenados dos locais aqui são bastante baixos se bem pelo que percebi tem estado a melhorar nos últimos anos.

Sempre que pensava sobre Pequim e a China pensava em caos, milhões de pessoal em todo o lado, metro a rebentar pelas costuras, duas horas para atravessar a estrada, impossível andar nos passeios, mas, não é nada disso, no metro muitas das vezes tenho lugar sentado, atravessamos as estradas sem o mínimo problema comparando com todos os países asiáticos e não se vê assim tanta gente, para falar a verdade muitas vezes nem penso que estou na China talvez porque tinha uma ideia predefinida totalmente errada.

O que gosto mais da capital são as “Hutong”. "Hutong" são as tradicionais ruas chinesas que parecem labirintos, as ruas são estreitas e em cada porta existe um caminho ainda mais estreito com várias casas lá dentro, estas casas não têm casa de banho, assim pela parte principal das "Hutong" existem dezenas de casas de banho públicas, a cidade está renovada e já não existem muitas por aqui mas felizmente encontrei uma parte que permanece quase intocável e é brutal andar por lá, pena é o frio que está sempre por aqui no inverno.

Na semana passada enquanto visitava a Cidade Proibida que é uma das atrações mais visitadas em todo o mundo fui borlado por três chineses. Os 3 meteram conversa comigo, um deles tinha 4 vezes o meu tamanho, falamos sobre tudo e mais alguma coisa, eles disseram que eram de Shangai, que estavam ali em trabalho "IT" e que iam ficar por cinco dias, mal disse que era de Portugal um disse:

- "O chefe já lá esteve duas vezes."

O chefe era um dos três que estavam comigo e rapidamente começou a falar.

- "Já estive em Lisboa, adoro futebol e adoro o Benfica, também estive em Espanha."

Continuamos a falar mais ou menos meia hora até que um deles pergunta:

- "Gostas de cerveja?"

- "Não, não gosto cerveja." Respondi eu.

- "E de café?" Volta a perguntar.

- "Também não." Digo eu a rir e prossigo:

- "Só de chá, adoro chá."

- "Ah sim, nós vamos parar para beber algo, queres ir ali connosco?" Perguntou mais uma vez.

E assim foi, sempre em conversa paramos num café meio escondido e entramos em uma sala ainda mais escondida em que foi lá alguém perguntar o que queríamos. Pediram dois bules de chá e juntos vieram umas bolachas.

Depois de vir o chá começaram a fazer várias perguntas sobre dinheiro, se ganhava muito, se tinha muito dinheiro, até chegaram ao ponto de me pedir o cartão de crédito, disseram que queriam ver porque nunca tinham visto um visa, eu disse que não tinha, já estava a ver que ia ser tramado (A Danni já me tinha dito que existiam estes esquemas de convidar turistas para beber chá e depois faziam eles pagar a conta, sempre um valor altíssimo, mas na altura ela tinha dito que eram miúdas que convidavam). Depois de o chá chegar quando eles começaram a falar de dinheiro vi que ia se passar isso comigo, não estava aberto a pagar muito mas fiz-me sempre de desentendido porque reza a história que se não pagares eles fazem-te umas festinhas, estando eu ali sozinho sem saber onde fiquei na minha.

Pediram a conta ainda com um dos bules cheios, a conta eram 780 Yuan que é +/- 115€ disseram que tinha-mos de dividir pelos quatro o que dava 195 Yan cada ou seja 30 €, mas na altura de pagar só paguei eu e outro deles para fingir que eles também estavam a pagar, depois disso fui-me embora e eles ficaram. Ou seja paguei 30€ por dois bules de chá, só bebo chá do bom, escusam de me convidar para beber um chazito de um euro. :D

No passado dia 14 fez um ano que estou em viagem e nada melhor que chegar nesse mesmo dia a um novo continente, Austrália, ums dos países que mais curiosidade tenho em conhecer desde os meus 14 anos quando comecei a fazer bodyboad, vi centenas de filmes feitos na Austrália e claro também devido ás reportagens da National Geographic, esta semana foi passada a sul de Perth na casa de um casal amigo de um amigo meu, ou seja não os conhecia de nenhum lado mas foi como se estivesse em casa, boa comida, praias lindas, pessoas fantásticas, ontem voltei para Perth e agora vou ficar por aqui uns dias para resolver o meu futuro.

Sabia que a entrada da Austrália era rigorosa mas nunca pensei que fosse tanto, fui completamente revistado assim como toda a minha bagagem, no início disseram que tinha vestígios de canábis ao que eu respondi que era perfeitamente normal porque quase todos os locais por onde andei o pessoal fumava mais tarde depois de analisarem o meu computador disseram que tinha vestígios de cocaína, sim, cocaína, fiquei em choque não sabia se rir ou chorar, para falar a verdade foi uma das poucas drogas que não vi nesta viagem, ainda para mais o último mês estive na casa de uma amiga e tenho a certeza que ela não consome isso, possivelmente nos hosteis onde estive no Lao mas eu não vi nada, eu que nunca fumei nem um charro fiquei logo a tremer, eles perguntaram várias vezes se eu tinha algo, eu disse que não e como não encontraram nada mandaram-me embora, também achei esquisito terem levado o meu tlm por 10 minutos para uma sala. Não sei se estavam a gozar ou se era sério, a verdade é que a mulher tirou vestígios da roupa, mala, caderno, computador e foi analisar…

A verdade é que tudo correu bem e agora eu ando aqui perdido por este país brutal, pena ser caro, mas mesmo muito caro.

 

Espero que estejam todos em grande forma,

 

Abraços & Beijos,

Fábio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoalll, estive estes últimos três meses sem fazer nada, sem fotografar, sem viajar, só a perder dinheiro, infelizmente a minha viagem não vai ser como queria e já não vou para a América do Sul, vou seguir para a Indonésia hoje…

Acabei de lançar o meu novo site&blog, fico feliz se passarem por lá e deixarem a vossa opinião :)

 

http://www.walkingaroundph.com

 

Para festejar este recomeço de viagem nada melhor que o lançamento do meu site onde tem o blog incorporado, uma pequena galeria com fotografias que vão estar disponíveis no livro que vai ser lançado no fim da viagem, relatos e histórias dos países por onde passei, nada de muito detalhado pois existe também a possibilidade de sair um livro escrito, estas histórias vão sendo publicadas aos poucos, para começar já lá está a parte da Turquia onde tudo começou, e o separador tv, onde vou colocando vídeos.

 

O blog e as redes sociais também vão ser atualizados com muito mais frequência, os planos para já são seguir para a Indonésia onde já estive duas vezes, uma em 2010 e outra no ano passado mas em ambas só na ilha de Sumatra, desta vez vou voltar a passar por Sumatra porque quero ir até à Malásia sem entrar num avião mas antes disso vou explorar outras ilhas ou não tivesse este país mais de dezassete mil ilhas.

 

Sendo este site&blog novo ficava feliz que partilhassem com os vossos contactos de e-mail e redes sociais de maneira a ter mais pessoas bonitas a seguir a minha história.

 

Fica aqui o porquê de ter estado três meses pouco ativo:

 

Planeei a viagem com uma paragem de uns meses na Austrália para trabalhar de modo a conseguir juntar algum dinheiro para seguir para a América do Sul, apesar de ter estado três meses pela terra dos cangurus não consegui o objectivo pretendido, foi impossível adquirir o visto que queria, tentei de várias maneiras mas infelizmente não foi possível e desta forma vou falhar no que me tinha proposto fazer, América do Sul. Estou triste e desiludido comigo próprio mas já não há nada a fazer.

 

Vou continuar a viagem pela Ásia, depois Europa e para finalizar África, vou na mesma fazer os quatro continentes mas desta forma vai ser uma volta ao mundo aos zig-zags.

 

Como já referi fiquei desiludido comigo próprio mas agora não vou pensar mais nisso, é altura de seguir a fotografar com força e colecionar histórias.

 

O melhor do mundo para todos,

 

Beijos & Abraços,

 

Fábio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...