Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

RicardoRM

Governo eleva a 6,38% IOF sobre compras com cartão de débito no exterior

Posts Recomendados

Governo eleva a 6,38% IOF sobre compras com cartão de débito no exterior

 

Aumento passa a valer a partir de sábado; nova alíquota ficará no mesmo patamar que a aplicada para compras com cartão de crédito

Compra com cartão de crédito

 

Arrecadação com o IOF deve aumentar em 522 milhões de reais, prevê o governo (Ernesto Rodrigues/Agência Estado)

 

O governo elevou para 6,38% ante 0,38% a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre pagamentos em moeda estrangeira feitos com cartão de débito, saques em moeda estrangeira no exterior, compras de cheques de viagem (traveler cheques) e carregamento de cartões pré-pagos com moeda estrangeira. O aumento, anunciado pelo Ministério da Fazenda nesta sexta-feira, ocorrerá a partir de sábado em decisão formalizada em edição extra do Diário Oficial da União.

 

De acordo com nota publicada pelo Ministério da Fazenda, o aumento do IOF visa "conferir isonomia de tratamento às operações com moeda estrangeira realizadas por meio de cartões de crédito internacionais", que também são tributadas pelo IOF em 6,38% desde 2011.

 

Na avaliação do governo, com o aumento, evita-se que um meio de pagamento seja preterido por outros em decorrência de sua estrutura de tributação. Desde que o IOF para compras com cartão de crédito foi elevado, muitos brasileiros optam pelo débito e outras alternativas, como cartões pré-pagos, para escapar da alta tributação. O governo espera elevar sua arrecadação com IOF em 522 milhões de reais em 2014.

 

Ainda segundo o Ministério da Fazenda, as compras de moeda estrangeira em espécie feitas no mercado de câmbio brasileiro não têm alteração em sua tributação e seguem com alíquota de 0,38%.

 

Imposto estepe — Durante o primeiro ano do governo Dilma, o IOF foi usado como uma espécie de 'imposto estepe' para aumentar a arrecadação e, ao mesmo tempo, inibir a entrada de dólar no país e as compras de brasileiros no exterior. À época, o real passava por um período de forte valorização (o dólar chegou a ser cotado a 1,56 real) e o ministro queixava-se de que o país era alvo de uma 'enxurrada' de dólares.

 

O IOF também foi elevado para inúmeras operações financeiras de investidores estrangeiros no país. A intenção era, segundo o ministro, espantar o dólar especulativo do mercado brasileiro. A avaliação de Mantega era de que a entrada maciça de moeda americana no país deixava o real sobrevalorizado, prejudicando a competitividade da indústria.

 

Contudo, ao longo dos últimos três anos, a perda de interesse dos investidores pelo Brasil forçou o governo a destravar muitas de suas intervenções no câmbio por meio do IOF. O único imposto que permaneceu elevado foi o que incide sobre as compras com cartão de crédito, já que mesmo diante da alta tributação e da valorização do dólar, que hoje está próximo de 2,40 reais, os gastos dos brasileiros no exterior continuam a todo vapor. Até novembro deste ano, as despesas no exterior já somam 23,125 bilhões de dólares e superam todo o valor gasto em 2012.

 

O governo, por outro lado, vem enfrentando sérias dificuldades para conseguir elevar a arrecadação num período em que a economia cresce pouco (o PIB deve avançar pouco mais de 2% em 2013). Como aumentar a tributação da indústria está fora de questão num período em que o Palácio do Planalto enaltece as desonerações tributárias, o IOF volta ao palco.

 

Fonte: Veja

 

http://veja.abril.com.br/noticia/economia/governo-eleva-a-638-iof-sobre-compras-com-cartao-de-debito-no-exterior

Compartilhar este post


Link para o post

Agora que vem o dilema: pagar esse imposto pra ter mais segurança ou correr o risco de carregar tudo em espécie? Ainda estou pensando sobre isso. Alguém já se decidiu?

Compartilhar este post


Link para o post

Boa noite ! Como bom mineiro, mas vale um pássaro na mão que dois voando sacarei e usarei cartão lá.

Compartilhar este post


Link para o post

Boa observação. Realmente eu ficaria tenso com medo de perder ou ser roubado, é arriscado levar tudo em dinheiro vivo.

Compartilhar este post


Link para o post

Agora que vem o dilema: pagar esse imposto pra ter mais segurança ou correr o risco de carregar tudo em espécie? Ainda estou pensando sobre isso. Alguém já se decidiu?

 

Na minha próxima viagem ao exterior, certamente vou levar um pouco mais de dólar, mas mesmo assim os cartões habilitados, para saques e se for preciso para crédito. Não curto andar com tanta dinheiro no bolso, segurança é fundamental !

Compartilhar este post


Link para o post

Sacanagem isso!!

 

Alguém sabe se tem como ir com dinheiro daqui, chegar em Amsterdam e fazer um Visa Travel lá?

 

Vou em maio e estou pensando em fazer isso, claro que vou com o cartão de crédito habilitado mas quero fazer o possível para não usá-lo!

Compartilhar este post


Link para o post

Bom dia! Morei 13 anos no Rio trabalhei 5 anos São Paulo nunca fui roubado. Advinha aonde me roubaram 600 dolares com carteira e tudo? Resp: Amsterdam. Foda! Abçs

Compartilhar este post


Link para o post

Sacanagem isso!!

 

Alguém sabe se tem como ir com dinheiro daqui, chegar em Amsterdam e fazer um Visa Travel lá?

 

Vou em maio e estou pensando em fazer isso, claro que vou com o cartão de crédito habilitado mas quero fazer o possível para não usá-lo!

 

 

Desculpe, mas não entendi direito. Você quis dizer que quer comprar euro aqui e depois botar no travel money lá ou levar reais para trocar por euros lá na forma de travel money?

Compartilhar este post


Link para o post
Sacanagem isso!!

 

Alguém sabe se tem como ir com dinheiro daqui, chegar em Amsterdam e fazer um Visa Travel lá?

 

Vou em maio e estou pensando em fazer isso, claro que vou com o cartão de crédito habilitado mas quero fazer o possível para não usá-lo!

 

 

Desculpe, mas não entendi direito. Você quis dizer que quer comprar euro aqui e depois botar no travel money lá ou levar reais para trocar por euros lá na forma de travel money?

 

 

Assim, em 2010 eu fiz um Visa Travel em uma casa de câmbio aqui em Curitiba... queria saber se rola fazer isso em Amsterdam, eu iria com Reais (o equivalente a uns 2 mil euros) e trocaria nessa casa de câmbio, ao invés de me darem em moeda, me dariam o cartão "carregado".

Compartilhar este post


Link para o post

Ninguém vai trocar seus reais em Amsterdã... Não somos um país tão importante assim.

 

E, mesmo que trocassem, a cotação seria absurdamente desvantajosa.

 

Vale muito mais a pena você comprar os 2 mil euros AQUI. Pague os 0,38% de imposto (que pra compra de moeda física, não aumentou) e lá na Europa você faz o Travel Money entregando os Euros em cash.

 

Boa viagem e boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post

Visitante
Este post está impedido de receber novas mensagens


×
×
  • Criar Novo...