Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
markcnbrj

Foz do Iguaçu de carro - Fim de Ano

Posts Recomendados

Esta viagem éstá sendo realizada para aproveitar 1 semana de folga no fim de ano, incluindo o Reveillon em Foz do Iguaçu. Como as passagens de avião nesta época possuem preço proibitivo resolvi ir de carro mesmo, saindo de Macaé na

última sexta-feira 27 por volta das 21:30 da noite. Minha ideia era fazer uns 1000 km e pernoitar em Maringa ou Londrina e depois seguir para Foz. O objetivo de sair 21:30 da noite é passar tanto no Rio quanto em Sampa durante a noite e evitar o trânsito caótico da Av Brasil e Marginal. Assim foi feito e com sucesso. Passei pelo Rio por volta de meia noite e em São Paulo as 5 da manhã. Sem transito, mesmo nesta época. Conforme fui seguindo pela Castelo Branco o Transito

começou a aumentar bastante, tendo locais que andei a cerca de 60km por hora devido a grande quantidade de carros. Segui até Assis e depois peguei a Estrada para Londrina. Um lugar bacana no meio deste caminho é a parada Graal estação Kafé, pouco antes de Ourinhos. Tem um museu sobre o Café muito legal e um bom ponto para tirar fotos.

DSCN6180.JPG.c5dcd1c64dfa2684da31ae6e2d9bc86d.JPG

 

Cheguei em Londrina por volta de 13 horas, entrei para almoçar no Shopping Royal Plaza e depois segui para Maringa. Cheguei completamente morto em Maringa e fiquei no hotel Ibis por 139 reais. Apenas dormi o resto do dia e noite.

 

DSCN6184.JPG.f65bf8e2dbf81fad3b50882309bc36ee.JPG

 

Dia 29 - Acordei cedo e segui direto pra Foz do Iguaçu. De Maringá a Foz são 400 km na maioria de Estrada com pista simples mas bem cuidada. Alias a quantidade de pedágios que passei foi uma enormidade, (por volta de 20). O que me salvou

a vida foi ter o Via Facil/Sem Parar que foi aceito em todos os pedágios do trecho. Alguns tinham fila "de enlouquecer" mas com o tag foi um adianto. Gastei um total por volta de R$ 190,00 de pedágios até Foz. Cheguei em FOz por volta das 14 horas e fiquei no Hotel san Rafael no Centro, este já reservado com antecedencia pela Internet com diária de R$ 200. Padrão 2 para 3 estrelas, mas até agora está bom. No final faço uma nova avaliação. Domingo está tudo fechado, inclusive no

Paraguai portanto fui só procurer um local para passer o Reveillon. Achei um pacote na Churrascaria Raphain, uma das mais badaladas da cidade por R$ 270,00 por pessoa. Comprei na Loumar Turismo que tem vários pontos de atendimento em Foz. Depois eu falo se deu certo. Amanhã a programação é ir ao Paraguai. Pretendo ir de ônibus domestic (já fui uma vez quando estive há 12 anos atrás). Ele passa em frente ao Hotel e na ocasião foi uma ótima opção, pois a passagem custa cerca de R$ 4 e não tem apurrinhação com o carro.

 

Segunda-Feira - Compras no Paraguai - Hoje o dia foi praticamente todo dedicado ás compras em Ciudad del Este. Há dez anos não vinha por aqui e nesses dez anos pouco mudou. A imundice continua a mesma, apenas a confusão aumentou, bem como o transito caótico. Ir de carro é impraticável, portanto peguei o ônibus na Av almirante Barroso e ele deixa na cara do Gol de Ciudad de Leste. Para atrevessar a ponte foram "apenas" 50 minutos para percorrer não mais que uns 500 metros.

 

DSCN6205.JPG.2718aa5b9cfb403d2350489d1fef941a.JPG

 

Mas já que estamos lá..Vamos as compras. Segue abaixo um resumo da situação que encontrei por lá em ralação aos produtos de meu interesse. Deixo claro que os preços são bem mais caros que os EUA, mas mesmo assim vantajosos em relação ao Brasil.

 

- Não deixem de visitar os 2 principais centros comerciais:

- Monalisa e Shopping Del Este.

 

DSCN6228.JPG.0cb82f49a8bf3fcf816bf2cb7a814973.JPG

Perfumes: Comprei na Loja VIP no shopping del Este - 212 de 60 ml por US$ 50. Mas se usar cartão de Crédito acrescente mais 10% . Victoria Secrets também tem lá por US$ 8. Nos outlets dos EUA acha por 5,

Maquinas fotográficas: Comprei uma Coolpix por US$ 252 na loja Matrix do Shopping del Este. Esta mesma máquina custa US$ 180 no Best-Buy dos EUA, para se ter uma comparação de preços.

Eletrônicos para computadores: Tipo placa de video para video-games e coisas assim. O Shopping Lai-Lai é o ponto. Parece a galeria Pagé de São Paulo. Pesquise antes na Internet já chegue com a especificação para facilitar. Nào aceite sugestão de similaridade. É aquilo e pronto, se não tiver exatamente o que quer vá para outra. Meu filho que é o especialista no assunto disse que o preço é a metade do Brasil.

Loja da Nike: tem uma no Shopping del Este quem conhece os Outlets dos EUA vai achar caídissima. Pouca variedade e caro. Mesmo assim consegui descolar um tenis por US$ 80.

Na Monalisa procurei alguns óculos Ray-Ban, mas achei tudo caro. Sentei e fiquei 40 minutos para tomar um Cappuccino. Desisti. Atendimento em geral por lá é muito ruim.

 

 

DSCN6208.JPG.bcd97ad366cf87e20c9116aabcd8c704.JPG

 

DSCN6212.JPG.40e65937ee699d4324f21bc059a44173.JPG

 

Posto isto, lá pelas 3 da tarde peguei o ônibus de volta para Foz. Na alfândega teve revista. Eu estava bem acima da cota, mas mesmo assim passei sem problemas. Outros no ônibus não tiveram a mesma sorte e tiveram que declarar e pagar o imposto. Mesmo a galera que atravessa a pé estava sendo "travada".

retornando a Foz peguei o carro e fui visitar o marco das 3 Fronteiras que é um mirante no Rio Paraná onde se ve o marco da Argentina e do Paraguai. Ali só de carro. tem ônibus mas demora muito....

 

DSCN6234.JPG.265c80955df2ea5d3128e9f9412a28a3.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Terça-Feira - 31 - Hoje pela manhã fomos ao lado Brasileiro das Cataratas. O Parque Nacional está muito bem estruturado e recebe mais de 1 milhão de visitants por ano. Tem um estacionamento no valor de R$15 reais

e depois compra-se a entrada no parquet que abre as 9:00 da manhã por R$ 28,00 por pessoa. Depois pega-se um ônibus do parquet para visitor as Cataratas. Já visitei várias vezes e confesso que é uma das vistas mais bonitas que já presenciei. Existem várias paradas no parque. Caso não vá fazer o passeio do Macuco Safari, que é o barquinho que desce lá nas quedas dàgua, salte na penúltima parade (Em frente ao hotel das Cataratas) e siga a trilha até o Restaurante Porto Canoas, que é a última parada do ônibus. O passeio é super-light com caminho todo cimentado e uma passarela que avança nas Cataratas. depois suba de elevador e pegue o ônibus de volta ao Centro de recepção dos visitantes. O passeio feito com bastante calma leva em torno de 3 a 4 horas.

 

DSCN6263.JPG.b4ad94df35ec80856c72ed8839acec49.JPG

 

DSCN6269.JPG.0064d5f1fde834347573b45aa1e7312e.JPG

 

Para completer o dia fomos fazer a visita em Itaipu. Para ir lá segue-se toda vida a Av juscelino Kubistcheck , passa-se pela entrada do Paraguai e continua até o final. Lá existe um centro de recepção de visitantes onde se compra os passeio. O normal é fazer a Visita Panôramica que leva cerca de 1:30 e custa R$ 24,00 por pessoa. Primeiro se assiste um video institucional no audotório e depois embarca-se num ônibus panorâmico com um guia que explica os locais, a construção, etc... é um passeio muito legal e muito instrutivo. Existem outros passeios mais completes como por exemplo o Circuito Especial, que leva cerca de 2:30 horas e visita o interior da usina. Para estes passeios deve-se agenda com atencedência principalmente na alta temporada. O passeio Visita Panorâmica pode chegar na hora pois tem bastante vaga.

 

DSCN6306.JPG.4709340422e31e36ee685a1e17af5ad5.JPG

 

DSCN0233.JPG.a790c0b295ebf194b59513c9ea3124f7.JPG

 

Para a noite de Reveillon comprei um pacote na Churrascaria Rafain, que é uma das mais badaladas de Foz. Os grandes hoteis e Ressorts fazem seus próprios Reveillons temáticos, de modo que este era o pacate que encontrei disponível para a noite de Ano Novo. O pacote custou R$ 270 por pessoa e era do tipo "all include". As 9 horas teve um show típico latino para acompanhar o jantar, a contagem regressive e depois uma banda tocando até as 3 da manhã. Confesso que apesar do preço super salgado, valeu a pena. O ceia tinha uma variedade incrível de pratos (inclusive lagosta e camarão VG) o show foi legal e a banda que animou a festa era muito boa. De maneira que foi um dinheiro bem gasto e longe da confusão das praias. a churrascaria oferece normalmente o jantar e o show em dias normais, mas um típico programa de turista. Mas como era Reveillon minha amiga me intimou a ir em alguma festa para comemorar o ano novo. Contratei o pacote pela Internet na empresa Loumar Turismo e foi tudo exatamente conforme o combinado. Eles tem vários passeios e quem quiser pode contratar sem medo.

 

DSCN0255.JPG.ddb1a9d975dbcd850f070ac794d1ca58.JPG

 

Primeiro dia do ano, como em qualquer lugar do mundo, tudo fechado. Dia de curar a ressaca do Reveillon. Em Foz apenas no final da tarde abriu alguma coisa. Fui no Captain Bar, um barzinho badalado na rua dos Barzinhos ( a mesma do Macdonald), no fim da Av Brasil. Achei o service uma droga. Uma hora de espera por um sandwich e um drink. Se quiser ir lá, vá munido de muita, mas muita paciencia. O bar é bonitinho, não é caro mas o service é de doer.

DSCN6193.JPG.10d4009c17dc0e4c4edb7aede1bac907.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

dia 2 - Ultimo dia na cidade antes de retornar os 1600km pro Rio. A intenção era acordar cedo para visitor as Cataratas no lado argentine, mas o tempo estragou tudo e uma chuva fina começou a cair. Desta forma iniciamos o dia pela visita ao temple budista de Foz do Iguaçu. Não é um passeio "top ten" mas vale muito a pena. É lugar muito bonito com várias estátuas e um temple para reflexão. Ele fica no Jardim California perto

de Itaipu. quem quiser ir de ônibus, deve pegar o 103 -Jardim das Flores. Achei que valeu muito a pena. É um ótimo local para se tirar fotos e quem tem criança vai adorar.

 

DSCN0339.JPG.1e59c9bc55afa9922d3455b6a7f2ef7d.JPG

 

DSCN6349.JPG.bd92547805bba1bd9b8dc8675dba07a4.JPG

 

Saindo do temple vale um passeio para conhecer a Mesquita Muçulmana Omar Ibn Al-Kathab. Foz do Iguaçu é maior comunidade muçulmana no Brasil e a visita a mesquita é no mínimo diferente. Lá as mulheres que não estiverem vestidas adequadamente recebem um véu para entrar na mesquita. Há um membro da comunidade que dá explicações aos turistas sobre o culto muçulmano. Tem também uma televisão passando imagens on line de Meca. Ela fica na rua Palestina 650 e dá pra ir a pé da saltando na Av JK.

 

DSCN0386.JPG.24aa00153c2e904f2af79fc10e704ea3.JPG

 

DSCN6392.JPG.98c2d179b56b87e0857f3a65123eb4eb.JPG

 

Depois da mesquita deixei o carro no Hotel e segui para a Av. JK para pegar o ônibus para Porto Iguzu na Argentina. Como o tempo permaneceu ruim, desistimos de ir ao parquet do lado argentine e fomos apenas passear em Porto Iguazu. O ônibus custa R$ 4,00 e tem que fazer o processo de imigração quanto chega na Argentina, ao contrário do Paraguai que é um bumdalelê. Quem tem passaporte carimba normalmente ou usa a carteira de identidade ou CNH com menos de dez anos de emissão. O ônibus espera todo mundo completer a imigração para seguir viagem até a rodoviária de Porto Iguazu. Quem quiser ir para as Cataratas do lado argentino, deve pegar ali um outro ônibus que vem escrito "Cataratas".

 

DSCN6403.JPG.8a8a5f8b48b226eb98e36532aaec8199.JPG

 

Porto Iguazu não tem nada de mais. Um comerciozinho caído, com lojinhas de lembranças e vários restaurants de comida argentina. Os preços não são baratos, apesar do peso argentine estar desvalorizado. Normalmente o pessoal vai por lá no final da tarde depois de visitor o lado argentine das cataratas ou a noite pra jantar nos restaurantes. De dia, pouco tem a acrescentar ali. Na volta deve-se fazer um pit-stop no Duty Free entre as aduanas brasileiras e argentina. Se for apenas no Duty-Free, não é necessário fazer a imigração para entrar na Argentina. O ônibus que faz a linha Foz-Porto Iguazu tem ponto em frente ao Duty-Free em ambos os sentidos. Os preços e os produtos são similares aos Duty-Free dos aeroportos do Brasil.

 

DSCN6406.JPG.d8f18974688979e7bf67fcbb026bbbc9.JPG

 

DSCN6410.JPG.bdc17f74e52e8828ce3b910e327060ae.JPG

 

No dia seguinte, só resta andar de volta os 1600 km até Macaé. Foram 22 horas de Estrada, com uma parada de 6 horas num motel da Dutra pra descansar. Quanto ao hotel a impressão foi muito boa. O custo benefício foi excelente e o café da manhã era ótimo de maneira que fazíamos apenas 1 refeição por dia. Valeu a viagem de 1 semana

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse seu relato é legal e bem objetivo! Percebi que nas suas fotos o Marco das 3 Fronteiras não tinha passado pela reforma... Agora o local é bem bonito, tem show cultural quase todas as noites é muito legal. O Paraguai ainda é aquela confusão de sempre em Ciudad del Este pelo menos ali no centro comercial porque no City Tour do Paraguai, um passeio que eu realizei com a agência Combo Iguassu (https://www.comboiguassu.com.br/), uma agência que é instalada no hotel mesmo que eu me hospedei que foi o Tarobá Hotel (https://hoteltarobafoz.com.br).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...