Ir para conteúdo
Mochileiros.com
Andre_Franca

Ilha Granada - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

Granada (ou Grenada) é um país caribenho constituído pela ilha homónima e pela metade sul das ilhas Granadinas, das quais a maior é Carriacou. Tem fronteira marítima com São Vicente e Granadinas, a nordeste, e está também próxima de Trinidad e Tobago, a sueste, e da Venezuela, a sudoeste. Capital: Saint George's.

 

* Divisão administrativa: 8 conselhos locais e 1 cidade.

* Principais partidos: Novo Partido Nacional (NNP), Congresso Nacional Democrático (NDC), Trabalhista

*Unido de Granada (Gulp).

* Legislativo: bicameral - Senado, com 13 membros indicados pelo governador-geral (10 em *consulta com o primeiro-ministro e 3 com o líder da oposição); Casa dos Representantes, com 15 membros *eleitos por voto direto para mandato de 5 anos.

* Constituição em vigor: 1974.

 

A ilha de Granada propriamente dita é a ilha maior; as Granadinas, menores, são Carriacou, Petit Martinique, Rhonde, Caille, Diamond, Large, Saline e Frigate. A maior parte da população do país vive na ilha de Granada, e as localidades principais dessa ilha são a capital, Saint George's, e também Grenville e Gouyave. A maior localidade das outras ilhas é Hillsborough em Carriacou.

 

As ilhas são de origem vulcânica e o interior de Granada é relativamente montanhoso, com vários pequenos rios a descer até ao mar. O clima é tropical: quente e úmido, e Granada sofre ocasionalmente o efeito de furacões.

 

A maior parte da população da ilha é formada por brancos (51%). São de origem inglesa, portuguesa, suíça, russa, islandesa e australiana. A imigração teve início com a independência da ilha. Vieram trabalhar nas plantações e na construção de ferrovias.

 

Também possui muitos negros (45%), a maioria vindas da Etiópia e de Ruanda. Vieram para cá como escravos,apesar de muitos africanos ainda imigrarem.

 

A ilha ainda possui imigrantes marroquinos, egípcios, cubanos, sumérios, javaneses e argentinos. E assim, formam uma população mais diversificada do Caribe.

 

grenada-flag.gif

 

 

ATENÇÃO: Desde 2011 Brasileiros NÃO Necessitam mais de Visto de Entrada.

 

COMO CHEGAR LÁ?

 

Air Canada- Toronto-Pearson

Air Jamaica - Nova Iorque-JFK

Air Transat - Toronto-Pearson

American Airlines - Miami

American Eagle- San Juan

British Airways - Antigua, Londres-Gatwick

Condor Airlines - Frankfurt, Porlamar

Conviasa- Porlamar

LIAT - Barbados, Canouan, St Lucia, St Vincent, Tobago, Trinidad

Monarch Airlines - London-Gatwick, Tobago

Skyservice - Toronto-Pearson

SVG Air - Canouan, Carriacou, Union Island

Virgin Atlantic - Londres-Gatwick, Tobago

 

HIGHLIGHTS

 

Praias

Aeroporto Abandonado durante a Invasão Americana (Aviões da Guerra fria)

Mercados de Pimenta

 

beach_photo1.jpg

 

cn_image_0.size.spice-island-beach-resort-grenada-st-george-s-grenada-101986-1.jpg

 

love-grenada.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
thelittle    0

Como o André falou, a ilha de Grenada exige visto para brasileiros. Porém vindo de navio o visto não é necessário pois a permanência no território neste caso é inferior a 8 horas. Além disso, concordando com o André, é uma ilha mais miscigenada com a presença de brancos, negros e mulatos já mais misturados. Grenada também é conhecida por ser a ilha das especiarias e especialmente por produzir o que eles chamam de nutmeg, que para nós é a noz moscada. O cheiro da plantação é delicioso, sobretudo das cooperativas que fazem o manejo pós colheita do fruto e do caroço que é a nóz moscada.

 

Em Grenada aproveitei para caminhar bastante. A capital St Georges e a ilha como um todo foram duramente castigados pelo furacão Ivan em setembro de 2004 provocando 39 mortes. Os estragos deste furacão ainda hoje são vistos em prédios destelhados, igrejas destruídas e recordações do povo ainda muito duras.

 

St Georges é uma capital que se "espraia" ao redor da baía de Carenage e é uma cidade muito bonita e pitoresca, além de ser na encosta de um morro.. Especialmente para se conhecer a pé, aos poucos e tirando varias fotos e trocando idéia com o povo local. Depois disso embarquei numa van local (1 EC$) até a Anse Beach. Entretanto, como estava sozinho, pedi ao motorista me deixar no final da praia. Lá após um mergulho rápido segui a pé até a proxima praia, chamada Morne Rouge. Lá me arrependi de nao ter trazido meus oculos de natação, pois a quantidade de recifes nesta praia é imensa. Praia linda, pouco movimento, areia grossa marrom clara e agua cristalina. Depois continuei minha caminhada até outra praia, a aquarium beach. Todas estas praias muito bonitas e que dá vontade de voltar. São em sua maioria com vegetação que vai quase até a água o que é excelente pois não se precisa de guarda sol nem cadeira, uma toalha já está bom pois o tipo de areia é daquelas que não grudam, semelhante à de rio.

 

Mas para tirar o visto de Grenada ninguem merece: O consulado grenadino mais proximo é na Venezuela e tem que ir pessoalmente. Vou aguardar a retirada desta imposição, já que recentemente foi implantada uma embaixada brasileira em Anse beach, que aliás é um casarão respeitável.....

 

Grenada somado à Santa Lucia é um dos lugares que pretendo voltar, sobretudo porque há ligação aérea com a Venezuela. Mas vou aguardar a retirada desta imposição do visto. Daí vou para estas duas ilhas que foram as que eu mais gostei.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
thelittle    0

Pessoal, atendendo a pedidos feitos para mim, coloco aqui a cópia da página do meu passaporte onde aparece o visto de boas vindas da ilha de Grenada.

 

Espero assim ajudar futuros viajantes que lá aportem no esquema "cruzeiro" eximindo nós, brasileiros, do visto normal que é exigido para quem vai exclusivamente para essa ilha.

 

Boa viagem a todos.

 

 

20091120122241.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
thelittle    0

Pessoal, disponibilizo aqui o mapa central de St. Georges para futuros viajantes. Perceba que o centro é pequeno e dá para conhecer tudo a pé. Entretanto o terreno é bem acidentado, aconselho um calçado bem confortável.

 

 

20091122120217.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

obrigado the little, granada está nos planos para a terceira leva da exploração do caribe em 2012 :D só falta mais algumas ilhas para mim :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
anabeatriz6    0

Olá André,

 

Vou para o caribe velejar em abril. Vou passar por várias ilhas, inlcuindo Granada, vc sabe informar se ainda precisa de visto? Olha eu vi num site chamado grenvoice que o gov brasileiro e granadino (???) fizeram um acordo bilateral de isenção do visto. Não sei se é vero...Obrigada! ;) Bia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Procede, há isenção de visto agora segundo o Ministério das relações exteriores desde 2011.

 

http://dai-mre.serpro.gov.br/atos-internacionais/bilaterais/2011/acordo-entre-o-governo-da-republica-federativa-do-brasil-e-o-governo-de-granada-sobre-a-isencao-de-vistos-para-seus-respectivos-nacionais/

 

o timatic (sistema internacional de informalçao de visto e vacina) tbm diz o seguinte:

 

 

24MAR12 / 1822 UTC

 

 

 

 

National Brazil (BR) /Destination Grenada (GD)

 

 

Grenada (GD)

 

 

 

Passport required.

- Passport and/or passport replacing documents must be valid

on arrival.

- Warning: if departing from the USA (regardless of any

 

destination passport exemptions), a valid passport and/or

 

accepted departure document For details, click here is required by the

US immigration authorities.

 

 

Visa required, except for A stay of max. 3 months:

- for nationals of Brazil;

 

- Extensions are possible at the Immigration Authorities

 

Office in Grenada.

Additional Information:

 

- Visitors are required to hold documents required for their

next destination. (SEE NOTE 44705)

 

NOTE 44705: Not applicable to those born in Grenada and

holding proof thereof.

Warning:

- Visitors not holding return/onward tickets could be refused

 

entry. (SEE NOTE 44705)

NOTE 44705: Not applicable to those born in Grenada and

holding proof thereof.

 

CHECK TINEWS/N1 - UNITED KINGDOM: LONDON 2012 OLYMPIC and

PARALYMPIC GAMES

 

 

Timaticweb Version 1.3

24 March 2012

 

 

OH LOOOOORD, finalmente as portas estão se abrindo para "los brasileños" jejejje

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
karenyumi    0

André,

pra uma escala em Granada não preciso de visto então? As informações até mesmo no site do Itamaraty são controversas!!

Beijos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

então Karen, por incrível que pareça nestas questões o itamaraty não é um fonte confiável pois eles não atualizam as tabelas com frequência, a mesma coisa se aplica a Belize na américa central, o visto foi isentado em agosto, e até meados do fim do ano o itamaraty não tem ou tinha idéia sobre isso, muitas vazes vale pelo fato de a decisão ser unilateral, ou seja foram granada e belize que isentaram os brasileiros de visto e não virce e versa!

 

segue aqui um scann do timatic, sistema que as empresas aéreas utilizam pra verificar necessidade de visto/vacina:

 

/ 01DEC12 / 1325 UTC

 

 

 

National Brazil (BR) /Embarkation Barbados (BB)

Destination Grenada (GD)

 

 

Grenada (GD)

 

 

 

Passport required.

- Passport and/or passport replacing documents must be valid

on arrival.

 

Visa required, except for A max. stay of 3 months (SEE NOTE

49698):

- for nationals of Brazil;

 

NOTE 49698: Extensions are possible at the Immigration

 

Authorities Office in Grenada.

 

Additional Information:

 

- Visitors are required to hold documents required for their

next destination. (SEE NOTE 44705)

 

NOTE 44705: Not applicable to those born in Grenada and

holding proof thereof.

Warning:

- Visitors not holding return/onward tickets could be refused

 

entry. (SEE NOTE 44705)

NOTE 44705: Not applicable to those born in Grenada and

holding proof thereof.

 

 

 

 

 

Grenada (GD)

 

 

Vaccination against yellow fever required if arriving within 6

 

days after leaving or transiting countries with risk of yellow

 

fever transmission For details, click here.

 

Exempt from Yellow Fever vaccination:

 

- Passengers transiting countries with risk of yellow fever

 

transmission provided not leaving the transit areas.

- Children under 1 year of age.

 

CHECK TINEWS/N1 - TURKEY: BLANK VISA PAGE REQUIREMENT

 

 

Timaticweb Version 1.3

01 December 2012

 

fonte: http://www.staralliance.com/en/services/visa-and-health

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
cariocopa    0

Estou com uma viagem de férias marcada para o Caribe em Novembro. Meu vôo tem chegada e partida em Barbados e

 

pretendo conhecer também as ilhas de Saint Lucia, Saint Vicent e Granada (ida: 26/10 - Volta:16/11 - 30 mil milhas smiles)

 

Li a respeito da possibilidade de velejar pelo Caribe e gostaria de receber maiores informações sobre o assunto.

 

Não pretendo passar mais q 3 dias em Barbados. Vou focar mais nas outras três ilhas. Pesquisei a respeito e descobri que são ilhas paradisíacas, com praias lindas e belas paisagens.

 

Pretendo mergulhar e sou daqueles que topa qq tipo de trilha e/ou aventura para passar o dia no paraíso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Claudiomar    0

Como chegar a Granada

 

Originalmente postado no meu blog em www.omundonumamochila.com.br

 

Deslocamento

 

Cara, chegar lá é muito fácil. Existem diversas companhias aéreas que voam para lá. Até voo direto para Miami tem. A maioria dos voos vai ser pela Liat ou Caribbean Airlines. Eu voei de Liat em um aviãozinho que não tinha nem turbina, era a hélice mesmo, mas foi e voltou de boa.

 

Algo engraçado e bastante burro de minha parte foi que, como eu só peguei voo saindo cedo pela manhã (Essa não foi a parte burra. Fiz isso porque no Caribe você não aproveita a noite e sim o dia. É bom chegar cedo para aproveitar o dia), sempre chegava morrendo de sono no avião esperando dormir. Só que o avião era pequeno e não tinha daquelas poltronas de aeronaves comuns, na verdade pareciam mesmo eram aquelas cadeiras de praia, o que me levou a crer que elas não reclinavam. Só no meu último voo é que eu fui descobrir que elas reclinavam! É, agora saio de idiota, mas eu entrava tão lesado de sono no avião que nunca me passou pela cabeça perguntar à aeromoça como reclinava a poltrona.

 

Em Granada não tem ônibus, só minivan, o que não quer dizer que não funcione muito bem e nem seja divertido. As vanzinhas são rápidas e totalmente malucas. Os motoristas achavam que estavam pilotando carros de Fórmula 1, um querendo ultrapassar o outro! Falando em transporte, em Granada aconteceu algo que nunca havia acontecido comigo em lugar algum do planeta.

 

Eu estava sentado esperando uma van e parou um caminhãozinho do meu lado. Achei que ele estava me pedindo informação, mas só depois que eu vi que ele estava oferecendo carona para mim e para a menina que aguardava no ponto. Eu já havia conseguido carona em outros lugares, porém sempre pedindo, nunca alguém havia parado para me OFERECER carona sem eu pedir. Isso porque o cara ainda foi um pouco além de onde ele estava planejando só para poder me deixar na entrada da praia que eu ia.

 

Visto

 

Granada é mais um país da América Central onde não é necessário visto. Você chega ao aeroporto e, pimba!, eles carimbam seu passaporte e é só alegria. Só precisa, como na maioria dos países, ter um lugar onde vai ficar. Aí é só pegar no guia, escrever o nome de qualquer hotelzinho e tá tranquilo. Tecnicamente você não está mentindo, você está escrevendo o lugar que você acha que vai ficar. É o que eu sempre faço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora




  • Perguntas e Respostas

    • Galera, estarei indo para Austrália, não decidi a data ainda, Pensando em ir em novembro, ou Março de 2018. Vou para estudar inglês ficar de 1 a 2 anos. Ainda não decidi a cidade, mas tenho amigos em Perth. Estou procurando companhia, fechei com a Australian Centre. 
    • E ai, Kevin! Eu estarei lá do dia 22 de dezembro ate o dia 10 de janeiro. Podemos trocar ideia sobre a trip
    • Olá Adimilson,    Fiz o trajeto Brasília -> Fortaleza no inicio de julho. Existem vários trechos em reforma, DF - BA, BA - PI, fora esses trechos de reformas que ficamos parados 15, 20 min. no geral as estradas estão boas, meu carro tem pneu perfil baixo e não tive problemas, com exceção do trecho entre Canindé(CE) -> Boa Viagem(CE)  esse está bem ruim, mas com atenção redobrada não terá problemas!!   Abraço.
    • Fala Diogo, beleza ? Apenas para dar uma opinião sobre seu planejamento. Referente a esta parte do seu planejamento :  CHIANG MAI (30.11: TEMPLO - WAT CHEDI LUANG e TEMPLO - WAT PHRA SINGH) - CHIANG MAI X CHIANG RAI de bus (30.11) - CHIANG RAI (01.12: Templo Branco) - CHIANG RAI (02.12: Golden triangle e CHIANG RAI X KRABI de avião) Você dedicou 1 dia inteiro para o Templo Branco e mais parte de outro dia para o Golden Triangle, correto ? Quando eu estava em Ching Mai, fechei um pacote por cerca de 150 reais ( Não lembro o valor exato ), que me buscava as 6 da manhã no hostel e me levava conhecer o Templo Branco, o Golden Tringle e a vila das "Long Neck", tudo em um dia só, e retornava para o hotel cerca de 9 da noite. É um dia bastante puxado mas vale muito a pena, e você consegue fazer todas as visitar em um dia só.  Um dia todo para o templo branco acho de certa forma desperdício sabe?  E recomendo fortemente todos os dias que "sobraram" você use eles nas Praias, se gosta de festa, agitação, Koh Phi Phi vai ser o lugar perfeito para isso.
    • Ok! Já taggei ele e será revisado e corrigido assim que subirmos a cópia na URL. 
×