Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

San Andres, Providencia e Bogotá... quiero quedarme!!!


Posts Recomendados

  • Membros

Antes de mais nada: eu AMEI a Colômbia, me apaixonei completamente ::love::::love:: então esse relato será bastante tendencioso rsss!! Poderia se resumir a: pegue suas malas e vá agora para lá rsss!! ::mmm:

 

Nosso roteiro:

 

28/01 – Saída de SP, chegada em San Andres;

29, 30 e 31/01– San Andres;

01, 02 e 03/02 – Providencia;

04/02 – San Andres;

05/02 – Bogotá;

06/02 – Volta para casa =[

 

Gostei bastante da divisão dias/lugares. Só acrescentaria mais um dia em Bogotá, porém não era possível por causa do preço das passagens que com mais um dia ficaria bem mais cara!

 

Como já tínhamos as passagens pela TACA/Avianca, pagamos as taxas somente para mudar o destino, fizemos uma escala em Lima (onde quase perdemos o voo para Bogotá), e uma espera interminável no aeroporto de Bogotá, chegamos às 13/14 e nosso voo para San Andres saia só as 19:55.

 

Dica: para comprar a passagem para San Andres entre no site da companhia aérea do pais, no nosso caso, entramos na Avianca Colômbia, a passagem é mais barata! ::otemo::

 

A imigração na Colômbia é meio chata, eles perguntaram para onde iriamos, onde iriamos ficar, várias coisas, perguntaram também se iriamos só a San Andres, ah mostramos as reservas dos hotéis mas não sei se pedem sempre.

 

Aproveitamos e trocamos dólares por pesos colombianos no aeroporto, junto às esteiras de pegar bagagem, tem uma casa de cambio, trocamos por lá mesmo, porém logo depois dessa aérea do aeroporto (mas ainda dentro do terminal internacional) tem outra em que a taxa estava um pouco melhor, ainda bem que nada que fizesse muita diferença... ufa!

 

Saindo da área internacional, pegamos um ônibus da própria Avianca para o terminal domestico, nossa e que diferença... o internacional é maravilhoso, recém reformado, ótimo! Já o nacional... não rsss!! Mas também está em reforma e provavelmente vai ficar bom! Tem varias lanchonetes e lojinhas fora da área de embarque, dentro só tem uma máquina de água e de café, mas vc pode entrar e sair de boa! Ah, antes de entrar na área de embarque compramos a tarjeta de turismo, tem que comprar antes de embarcar. Agora a taxa é 47.700 COP/pessoa, só aceitam dinheiro e crianças a partir de 7 anos pagam. Cuide bem da sua tarjeta, vc precisa dela para entrar em San Andres e para sair também (inclusive para ir à Providencia tem que apresentar).

 

Chegamos em San Andres umas 22:00 (dica: sente na frente do avião e saia logo para a fila da imigração pois, o processo é meio lento e depois as malas ainda passam por raio – x e revista), totalmente mortos pois estávamos viajando à 20 horas ::essa::::essa:: . Calma, não se desesperem que não demora tudo isso para chegar ao paraíso, só ficamos um pouco engessados pelo fato de já termos as passagens, dá para casar melhor os horários que esse tempo reduz bastante! Pegamos um taxi (13000COP) e fomos para o hotel.

 

Ficamos no San Andres Noblehouse (http://sanandresnoblehouse.com/) totalmente recomendado!! Ótima localização (2 min da praia Sprat Bight, a principal), reservamos pelo booking pois era mais barato que no site do hotel. Achamos que o custo beneficio do hotel melhor que de hostel, a diária saiu uns 200.000 COP e o hotel tem: ar condicionado, café da manhã bem servido, (não é buffet, preparam na hora o que vc pedir do menu), água quente, internet, toalhas de praia, e as funcionarias são super atenciosas, especialmente a Lola que no primeiro dia ficou uma hora (ou mais) nos falando de varias coisas para fazer na ilha!!! A entrada do hotel não chama muito a atenção, pois é apenas uma porta então, prestem atenção a primeira vez para não passar rsss!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 27
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

29/01 – Primeiro dia, ou dia da bobeira ::tchann::

 

Nossa ideia inicial era fazer o passeio para Acuario e Johnny Cay logo nesse dia e Cayo Bolivar no dia seguinte mas, como desistimos de Cayo Bolivar, ficamos com esse primeiro dia livre...caminhamos até a praia, nos maravilhamos a primeira vez com o mar do caribe, caminhamos mais um pouco, de ponta a ponta da praia bobos com o visual de onde estávamos! Andamos um pouco pela Peatonal também, mas como era hora de almoço a maioria das lojas estava fechada! As lojas geralmente abrem às 9:00, fecham do 12:00 às 13:30/14:00 e fecham as 20:30.

 

Resolvemos então almoçar, vários lugares nos chamaram a atenção, acabamos escolhendo uma cantina chamada Margherita e Carbonara (Av Colombia 1-93 Zona Rosa), é um restaurante ok, com preço justo, mas nada de extraordinário!

 

Depois do almoço caminhamos mais um pouco pela praia e sentamos embaixo das árvores no canto direito (perto da lanchonete El Corral) estava tudo tão calmo e agradável que acabamos dormindo hahahahaha!!! Depois do cochilo (ou sesta =P) voltamos para o hotel, nos trocamos para passearmos um pouco pela cidade e jantar. Ah, detalhe básico, as pessoas de San Andres amam ar condicionado, fica sempre ligado no talo, da para sentir de fora das lojas!!

 

Resolvemos jantar no Pollo Kikiriki (Av. 20 de julio) e mew, é muito muito muitoo gorduroso!! Mas eu gostei do tempero do frango e o preço é bom! Vc ve bastante nativos no restaurante, acho que eles curtem comida cheia de óleo! ::dãã2::ãã2::'>

 

DSC05914.JPG.b6daac90400e0ede732886d7a563161b.JPG

 

30/01 – Acuario e Johnny Cay

 

Acuario e Johnny Cay (fala-se qui) são duas ilhotas próximas à San Andres e um dos passeios é pegar um barco até essas ilhas. Fechamos o tour no hotel, era o mesmo preço (15.000COP + 4.000 de entrada em Johnny Cay por pessoa) que vimos pela cidade. Fomos com a Toninos Marina, gostei bastante, nosso barco era todo coberto e não tão cheio! Sério, alguns barcos iam tão lotados que dava medo, as pessoas começavam a embarcar e o barco quase virava... ::ahhhh::

 

Esse passeio dura o dia todo, das 9:00 às 15:30, primeiro barco (o segundo sai uma meia hora depois) e como chegamos na marina antes das 9 conseguimos pegar o primeiro barco! A dica aqui é chegar antes das 9 ::hãã2::

 

A primeira parada é em Acuario, por uma hora e meia +/-, só tem que ficar esperto com o chamado do barco! Adivinha que perdeu o barco?! Sim, nos mesmos... mas como era baixa temporada pegamos o segundo barco da Toninos Marina! Ainda bem que tinha lugar, senão teríamos que negociar com algum outro barqueiro ::lol3:: !! É uma ilhota, em que construíram alguns quiosques ondem vendem bebidas, comidas, tem guarda volume, etc mas o principal são os peixes que ficam em volta! A água é muito, mas muito mesmo clara!! Muito lindo, mas eu esperava mais peixes!! Vale muito a visita, mesmo sendo bem cheio!

 

Ah, para os descoordenados de plantão: cuidado ao entrar/sair do mar, mesmo tendo escadinhas, essa ilha é uma formação rochosa e se ralar a perna vai doer, experiência própria (essa dica vale também para passar pelas barreiras de pedras)!! ::lol4::

 

Depois de termos ficado um tempo extra em Acuario, pegamos o barco para Johnny Cay, uma ilha um pouco maior e com mais estrutura que Acuario, tem restaurantes, várias mesas, banheiros, etc! Também é cheio, mas é possível encontrar um cantinho tranquilo só para curtir a ilha! Nós pagamos a taxa na entrada da ilha, mas deve ter como combinar e pagar junto com o tour.

 

Logo que chegamos o guia da ilha falou as opções de almoço e já fez a “reserva” dos pratos pedidos, tipo uma venda casada, mas quem não quiser é só falar que depois pede! Nós comemos só os lanchinhos que levamos (mesmo sendo proibido) e deixamos para almojantar em San Andres.

 

O mar aqui é bem agitado, as ondas são fortes, então é bom tomar cuidado!! Demos a volta na ilha e durante essa volta vimos algumas pessoas tomando altos caldos por causa das ondas ::xiu:: ! Nem preciso falar do visual dessa ilha... cada lugar que íamos ficávamos mais e mais maravilhados!

 

Dica gorda: na hora de ir embora vimos uma moça vendendo um negócio que era assim: tipo uma massa wafer redonda (bem crocante e fininha), no meio queijo (mole) e arequipe (tipo doce de leite) e outra massa por cima. Muitooo bom!! Chama Obleas, e a moça que vende fica perto do “porto”, todo mundo passa por ela na hora de pegar o barco, impossível não ver rsss. Só não me lembro o preço...

 

Estava me esquecendo, super importante usar tipo uns sapatinhos para entrar no mar nesse tour, pois tem muitas pedras, corais, ouriços... dá para alugar nas ilhas mas compensa mais comprar, pois custa em média 10.000COP e será bem útil durante a viagem toda! ::otemo::

 

Jantamos no Interstate 80’s (ou somente 80’s rsss) um restaurante estilo americano muito bom! A decoração também é excelente, cheio de objetos dos anos 80, claro que não poderia faltar a trilha sonora da época heheheheh!! Tivemos a “sorte” de ouvir a pérola: Bomba em espanhol (quem não se lembra:

) ::lol4::::lol3::::lol4:: !! Mas tirando essa e algumas outras pérolas, a trilha sonora é bem legal, principalmente para quem curte rock mela cueca dos anos 80 (sim, tocou Bom Jovi \o/). Esse restaurante fica no hotel Sunrise Beach, é fácil de achar!! Aproveitando, junto com esse restaurante tem um mexicano (Lupita) e um barzinho (Banzai) mas não conseguimos ir, estavam fechados as duas vezes que tentamos ::hein:

 

A comida é muito boa, as batatas fritas então, sem comentários!! Os pratos são super bem servidos e o preço bom também! Recomendo a costela ::tchann::

 

DSC05955.JPG.7870ad5a2e5bd45c4f65e62609c07d4b.JPG

 

DSC05987.JPG.60f758ec69d5a563d348114ebaf8fb9c.JPG

 

DSC06000.JPG.0141ed572dc07b2bea368674b4edcd67.JPG

DSC06037.JPG.ac34ad6cea66c51c209710e8d6933868.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

31/01 – Tour pela ilha

 

Resolvemos fazer o outro passeio clássico em San Andres: alugar um carrinho de golf e dar a volta na ilha! Perguntamos no hotel onde poderíamos alugar um e, a Lola sempre muito solicita ligou para uma pessoa que levou o carrinho até o hotel (e no final do dia buscaria no hotel tb).

 

Fechamos o preço por 80.000COP pelo dia (10:00 até as 18:00) e ficamos felizes, pois tínhamos lido aqui que a media era uns 120.000 e depois descobrimos o pq: era o carrinho mais lerdo do mundooo ::dãã2::ãã2::'> !! O que acabou nem sendo uma coisa tão ruim, pois pudemos apreciar a paisagem melhor!! E que paisagem... nossa como San Andres é linda!!

 

Paramos primeiro em West View, estou pensando em como posso descrever sem ser repetitiva... mas não tem como: é maravilhoso ::love:: !! Super recomendado fazer essa parada! E tem muito peixes... para entrar tem uma taxa de 3.000COP por pessoa, para manter a estrutura, que é muito boa, tem um quiosque que vende bebidas, locker que vc paga quanto quiser, mesas, cadeiras, espreguiçadeiras, aluguel de snorkel e de colete, banheiro e restaurante do outro lado da estrada e para os mais radicais um trampolim e um escorregador! Ah, na entrada dão um pedaço de pão de forma para alimentar os peixes.

 

Da para fazer um passeio chamado Aquanautas, onde vc usa tipo um escafandro e anda no fundo do mar... mas, de boa é a mesma coisa que snorkel e vc ainda fica livre! Mas quem tem medo de snorkel vai poder mergulhar tb!! Não sei o preço pq não fizemos. ::hein:

 

Ficamos umas duas horas em West View, então resolvemos seguir nosso caminho!! Uns 15 minutos depois chegamos em La Piscinita, porém não paramos pois estávamos com fome e era a mesma coisa que West View, mas a estrutura não é tão boa e tem menos peixes.

 

Em seguida, paramos no Hoyo Soplador e estava soprando!! Muita sorte rsss... ::otemo:: logo na chegada um vendedor veio oferecer bebidas, e nos disse para aproveitarmos enquanto estava soprando rss!! Li vários relatos reclamando dos vendedores insistentes do Hoyo, mas demos tanta sorte que o nosso foi tranquilo, só ofereceu, nem ficou insistindo! Talvez pq nós pedimos uma Pina Colada logo (foi 7.000COP e estava muito boa)!!

 

Depois de algumas paradas para fotos no caminho, seguimos a dica da Lola (mais uma vez) e paramos para almoçar em um restaurante chamado Punta Sur (Carrt Circunvalar Km 15.8) serve comida típica colombiana! Os pratos também são bem servidos mas um pouco caro para os padrões da ilha! Comi um arroz com pollo muito gostoso! E a vista desse restaurante é maravilhosa... o ambiente em si, é bem legal, todo rustico,de madeira... tem um deck, piscina e hoyo soplador próprio rsss!! Da para tirar várias fotos legais.

 

Seguimos para Rocky Cay, no distrito de San Luis, tem placa indicando, mas é meio difícil de ver a entrada, como já tínhamos lido aqui as dicas estávamos espertos! Fica do lado leste da ilha entre Decameron Beach Club e Hotel Cocoplum, só encostar o carrinho de golf e entrar na praia. Ninguém tentou nos cobrar nada, se tentarem não pague, pois é proibido cobrar entrada nas praias da Colômbia! Nessa praia tem um navio naufragado que dá para chegar nadando. Porém não é indicado chegar muito perto do navio, pois algumas partes dele estavam se soltando e poderiam machucar! Fomos só até uma ilhota entre o navio e a praia, mas a água estava meio turva e não tinha muitos peixes então voltamos para a areia e ficamos de bobeira até dar a hora de voltar para o hotel.

 

Passamos por varias blitz mas não fomos parados em nenhuma delas, somente um policial nos orientou a não levar mochila atrás do carrinho sem a cinta para prender, segundo ele muitas pessoas perdem as coisas assim... não prendem e cai do carrinho!!

 

Nosso jantar foi no CafeCafe Pizza, não gostei muito da pizza, (deve ser pq sou da Mooca (meu) e aqui tem varias pizzarias hehehehehe)!!! Não é exatamente barato e o atendimento é beeem demorado, como estava cheio os garçons pareciam perdidos! ::putz::

 

DSC06046.JPG.a2c2bf2bdf6c9095043e0a1607804c55.JPG

 

DSC06061.JPG.c5e97ad1193bc7d0b075104648184c53.JPG

 

DSC06113.JPG.fea0c166f4de848cf86d6df90b088987.JPG

 

DSC06218.JPG.7945ec15ee3839c8ad4a502083b543e9.JPG

 

DSC06233.JPG.d6238dd4dcef71da740266143de034cb.JPG

 

DSC06238.JPG.a55986d2bfc9d91d379a89a03a95e137.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

01/02 – Old Providence

 

Nosso voo para Providencia era 7:20 da manha, saímos do hotel umas 5:45, chegamos no aeroporto em 10 min e o guichê ainda não estava aberto, abre só as 6 (mas o atendente só chegou 6:20 ::hein: ) então pode esquecer aquele stress de chegar com 3h de antecedência que não vai adiantar nada! Pode chegar uma hora antes que é de boa. Como sabíamos que o avião era pequeno, compramos as passagens com uns dois meses de antecedência no site: http://www.satena.com/inicio . Ficou 260.000 COP/pessoa no total.

 

O voo dura cerca de 25 minutos, foi bem tranquilo! Só na hora de pousar vc ve montanha dos dois lados, mar embaixo e o avião vai descendo, descendo e nada de ver a pista, mas a pista chega hahahahaha!!! O visual do avião é maravilhoso também, sem palavras para descrever a cor da água! Chegando na ilha precisa apresentar o boleto turístico de San Andres, então deixe a mão!!

 

Ficamos hospedados no Sirius Hotel, super recomendado também! Os quartos são bem grandes, tem ar condicionado, ventilador de teto, frigobar, TV (que estava fora do ar na primeira noite, mas voltou) e internet! O café da manhã é simples, pão com manteiga/geleias, ovos, sanduiche, café e chocolate. Meu único porém: não tem água quente... para algumas pessoas não faz diferença mas para mim sim! Reservamos direto com o hotel, o Paulino (dono) demora um pouco para responder mas responde! A diária foi 190.000COP.

 

O Sirius é um pouco longe do aeroporto (o taxi custa 23.000) e do centro, porém na parte “agitada” da ilha, onde tem mais restaurantes e uma das praias para banho.

 

Chegamos cedo, fizemos check-in e conseguimos pegar o tour de barco (35.000/pessoa), que sai umas 10:00 da praia do Sirius mesmo, o guia conta a historia de Providencia, para um pouco no centro e segue para o Cayo Cangrejo (ou Crab Cay) onde os fortes chegam de caiaque. Tem uma taxa de 13.500/pessoa para entrar (colombianos é mais barato), mas com certeza vale a pena subir o pico e ver as 7 cores do mar! Sem duvidas é lugar mais lindo que eu já vi na minha vida!! Espetacular... ::hahaha::::hahaha::

 

Depois o guia conta mais um pouco da história e voltamos para a praia. Almoçamos no Arturo(fica na praia mesmo), bem simples não tem muitas opções de pratos, comida gostosa e barata! Um prato com arroz, salada, patacon e frango ou peixe custa 14.000COP.

 

À noite jantamos no Café Studio, pertinho do Sirius, uns 15 min a pé! A comida é ok, nada de mais, e o preço também! Mas é uma das únicas opções a noite, já que a maioria dos restaurantes abre só para o almoço!

 

DSC06296.JPG.1630b0d6070787b2bfdafe4faa898405.JPG

 

DSC06343.JPG.0c54c0c67f2f10259a76352a003a6ff7.JPG

 

DSC06367.JPG.edcb2d4fb8532e6bee1c4e17b231437b.JPG

 

DSC06389.JPG.bf5d90f286846ea580cfd5ba2b36c214.JPG

 

DSC06443.JPG.cf55e847398002ea5f8f917025ca645a.JPG

 

02/02 – Mudança de planos

 

O plano inicial era fazermos mergulho, porém quando acordei achei que o tempo estava meio fechado e como seria nosso primeiro mergulho com cilindro desisti de chamar o Rodrigo. Acabamos acordando umas 9:30 e estava um baita sol... fui trollada!! ::bruuu::

 

Resolvemos então fazer a trilha até o pico, com a ajuda do Paulino contratamos um guia (Mike, por 70.000/casal), muita gente vai sem guia mas não acho aconselhável, mesmo a trilha sendo demarcada durante grande parte do percurso, da para se perder fácil por lá! A trilha dura +/- 1:30 e é de dificuldade média, tem muitas pedras, cuidado para não torcer o pé, aconselhável ir de tênis/bota! O bom é que é na sombra praticamente o tempo todo! Cansa mas o visual compensa... Muito importante levar água e algum lanchinho para dar energia na descida! Menos o Mike, que repôs as energias fumando um baseado plantado por ele próprio hahahahaha!

 

Durante a subida o Mike nos contou mais sobre a historia de Providencia, que eles não gostam muito da ideia de serem colombianos, tanto que entre eles não falam em espanhol e sim em inglês criollo, quando conversamos em inglês com o Mike ele ficou super feliz por poder usar a “língua nativa” dele. Contou também que são bem carentes em termos de estrutura, não reciclam o lixo e rola uma briga para cuidarem do meio ambiente. Infelizmente algumas pessoas ainda não se deram conta que temos que cuidar do nosso planeta ::toma::

 

Depois da trilha resolvemos nos presentear com um almoço chique e fomos ao restaurante do hotel Deep Blue, foi a refeição mais cara da viagem inteira (mais caro até que Bogotá), mas a comida era muito gostosa e o visual lindo! Pegamos um taxi do Sirius até o Deep Blue por 20.000COP.

 

Esse definitivamente era o dia da caminhada... saímos do Deep Blue e fomos até o centro, distante uns 40 min, como era domingo estava tudo fechado! Atravessamos a ponte flotante (vimos uma arraia!) até Santa Catalina e andamos um pouco por aí até um canhão, mas logo voltamos pois estava ficando tarde e não sabíamos como voltaríamos ao hotel, já que não víamos nenhum taxi e não tinha nada aberto para pedirmos para chamarem um para nós. Resultado: voltamos andando até o Deep Blue e pedimos um taxi! ::putz::

 

Dica: os taxis não tem identificação em Providencia, melhor, alguns tem uma folha sulfite escrito taxi hehehehe!! Então, melhor chamar um taxi do lugar que você esta! Não adianta ir até o aeroporto, pois como só tem dois voos por dia, fica fechado a maior parte do dia (especialmente de domingo)!

 

DSC06474.JPG.5c217faea304cd1f60b7c6b831721847.JPG

 

DSC06494.JPG.01f83929241a702970de6756c76d662d.JPG

 

DSC06515.JPG.3e01774d32ee7dc7e38c5cf6a78757e2.JPG

 

DSC06525.JPG.fb322e9d368833b7a6186b686def0aca.JPG

 

DSC06527.JPG.b828356f7f850bd703d3cd9f614eb041.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

03/02 – Volta a San Andres

 

Estávamos deprimidos por ser o ultimo dia em Providencia, esse lugar é maravilhoso, quem está precisando descansar com certeza é o destino certo!! Curtimos mais um pouco a praia, almoçamos no El Divino Nino, que também fica na praia e, segundo o trip advisor (e o Rodrigo tb) é o melhor restaurante da ilha! Simples também, poucas opções mas a comida é muito gostosa e o preço ótimo. Na verdade, o preço é o mesmo do Arturo, mas a comida é melhor! O prato com arroz, salada, patacon e peixe/frango custa 14.000COP. Um prato com lagosta, caracóis, peixe e mais uns frutos do mar para duas pessoas (mas comem 3 fácil) custa 44.000COP. Tem umas redes penduradas em volta desse restaurante, tem maneira melhor de passar o tempo que numa rede sentindo a brisa e ouvindo o mar do Caribe?! Resposta: não!! ::hãã2::

 

Pegamos um taxi até o aeroporto (23.000COP) e o voo de volta à San Andres. Escolhemos o voo a tarde para poder aproveitar o dia ao máximo em Providencia e, modéstia a parte foi uma ótima escolha hehehehe!!

 

Chegando em San Andres experimentamos Arepas, prato típico colombiano, é uma massa feita com farinha de milho assada e recheada! Não me lembro o nome do lugar, mas fica num estacionamento de carrinho de golf, tem também um lugar que vende sucos e refrigerantes! As arepas daqui são deliciosas, local recomendado! O preço depende do recheio, mas varia entre 3.000 e 5.000 COP. ::otemo::

 

Nossa ideia era jantar no Lupita, mexicano porém estava fechado (será pq era segunda feira?!) então escolhemos uma cantina na mesma rua do hotel chamada Mister Panino (Av Colon Edif Bread Fruit L-106 y 107) deliciosa! Local super recomendado também, o preço médio dos pratos é 25.000COP e são super bem servidos.

 

04/02 – Depressão mode on

 

Nesse ultimo dia estava tendo um campeonato de kitesurf então a ilha estava um pouco mais cheia! Um fato engraçado: estranhamos voltar para San Andres depois de Providencia ::lol4::::dãã2::ãã2::'> !!! Ainda bem que teríamos esse dia para nos acostumarmos com pessoas antes de Bogotá!!

 

DSC06554.JPG.6bcf99957e05e643c9b856eedada8926.JPG

 

Mais uma vez tentamos ir ao Lupita mas estava fechado de novo :( escolhemos então um restaurante chamado 2nd do Muelle, como é novo não achei o endereço no trip advisor mas é perto do Lupita! A comida é boa, preço nos padrões... e eu finalmente tomei coragem e experimentei suco de lulo, fruta colombiana parece um maracujá com abacaxi!! É bem azedinho, diferente e gostoso!! ::cool:::'>

 

Nosso voo de volta era as 22:20 mas o guichê da Avianca só abre as 20, então aproveitamos o resto do dia para passear pelas lojas, comprar suvenirs e nos despedir com muita dor no coração desse lugar maravilhoso!! ::Ksimno::

 

Estava me esquecendo... precisamos sacar dinheiro duas vezes e conseguimos sem problemas, o cambio estava 1 real – 780 COP +/-.

 

Chegamos em Bogotá 00:30 e fomo para o hotel, ficamos no Ibis Museo, super bem localizado, do lado do museo nacional. Os quartos são pequenos, só tem TV, não tinha nem lençol “de cima” na cama (duvido que eles lavem o edredom em todas as trocas ::grr:: ) mas por duas noites era ok!! Não sei o preço da diária certo pq pagamos com os pontos do Rodrigo!

 

O taxi é tabelado por zonas, não tem taxímetro. Do aeroporto até a Candelária custa 25.000COP.

 

05/02 – Bogotá

 

Para nosso café da manhã experimentamos o famoso Juan Valdez e, na minha opinião não vale a fama! Não gostei do café colombiano de modo geral... é muito fraco!

 

Como só teríamos um dia, desistimos de conhecer museus, passeamos mais a pé mesmo! Caminhamos um pouco pelo centro e o que pensávamos que era o centro histórico, que depois descobrimos que não era rsss!!! Subimos até o Montesserate (tem que pronunciar o e do final hehehehe), muito legal ver Bogotá lá de cima, de um lado cidade e de outro natureza! Não me lembro o preço, se não me engano foi uns 20.000COP/pessoa!

 

DSC06700.JPG.b2cf51de324dea40badd07a69a8a86e4.JPG

 

Pegamos um taxi (20.000COP) até a zona T para almoçarmos no famoso Andres Carnes de Res... super recomendado! A decoração é muito legal, a noite rola tipo uma balada então mesmo tendo 4 andares lota! A comida é um pouco cara (nossa refeição ficou uns 80.000COP), mas é muitooo bem servido, compensa rsss.

 

Passeamos um pouco pela zona T e morremos de vontade de experimentar (quase) todos os restaurantes de lá heehehe!! :D

 

DSC06711.JPG.b7af270475bacf161c86cec476750181.JPG

 

IMG_20140205_150537_0.jpg.02552fdce3969e24bd412d89e0cb8cd1.jpg

 

DSC06707.JPG.69f59f872fd385cc9be35d1987e4ccdb.JPG

 

À noite jantamos com os amigos colombianos do Rodrigo no Tienda de Café (Calle 119 #6-16, Usaquen, outro bairro boêmio de Bogotá), restaurante típico colombiano, experimentamos até intestino de porco frito, não me lembro do nome, mas era um prato com várias partes de porco. Não sei o preço pois não pagamos esse jantar rss!!

 

Voltamos para o hotel e nos prepararmos para voltar para casa :? . Ah, na Colômbia tem um dia por ano que é proibido usar carro!! Tipo o dia mundial sem carro, que aqui é voluntário lá é obrigatório! Só podem circular ônibus e taxis!! Como cada ano cai em um dia, é bom dar uma pesquisada, pois dependendo do horário pode ser difícil conseguir pegar taxi ou transporte público!

 

Me surpreendi muito com a Colômbia, achei super organizada, as pessoas sempre foram simpáticas, solicitas e não enfiam a faca no turista, cobram o justo! Me senti super segura em Bogotá, tem muitos guardas nas ruas, na zona T tem uns 3 por quarteirão, no primeiro dia, chegamos no hotel 2 da manhã e eu vi guardas na rua! Acho que muitas pessoas quando pensam em Colômbia pensam em FARC e eles estão querendo mudar isso, com muito policiamento!

 

Pronto, mais um relato super conciso e resumido... sqn rss!! Se alguém tiver alguma dúvida só perguntar :wink:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá Amanda !! Show de bola o seu relato !!!! Adorei !!

Esarei indo para a Ilha em Junho , espero que ocora tudo bem , assim como foi a sua viagem por la...

queria uns helps ai sobre a Ilha .. pleaseee

Então para hegar em Providencia vcs levaram toda a bagagem ou deixaram algo no hotel onde vcs estavam ??

Se deixaram , teve que pagar a diaria por deixar as bagagens ou não ?

Poxa vcs não fizeram nenhum mergulho...estou louco para fazer masssss tem que ter curso e talz... certificado pelo que li :(

Vcs compraram o snorkel la tbm sabe mais ou menos o valor ?? Poxa são tantas perguntas...mas vou deixar essas por enquanto rsrs !! Parabéns pelo relato ficou muito bom !!!

Valew !!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Olá Amanda !! Show de bola o seu relato !!!! Adorei !!

Esarei indo para a Ilha em Junho , espero que ocora tudo bem , assim como foi a sua viagem por la...

queria uns helps ai sobre a Ilha .. pleaseee

Então para hegar em Providencia vcs levaram toda a bagagem ou deixaram algo no hotel onde vcs estavam ??

Se deixaram , teve que pagar a diaria por deixar as bagagens ou não ?

Poxa vcs não fizeram nenhum mergulho...estou louco para fazer masssss tem que ter curso e talz... certificado pelo que li :(

Vcs compraram o snorkel la tbm sabe mais ou menos o valor ?? Poxa são tantas perguntas...mas vou deixar essas por enquanto rsrs !! Parabéns pelo relato ficou muito bom !!!

Valew !!

 

Oie... obrigada ::hãã2:: !!!

 

Com certeza vai dar tudo certo, não tem como não aproveitar lá!!!

 

Nós deixamos uma parte das coisas no hotel! O máximo que pode levar no voo são 10kg por pessoa (esqueci de falar isso rsss) e uma bagagem de mão, mas nós levamos tudo numa mala só e uma mochila! Inclusive, vc se pesa quando faz o check-in rsss!!

 

É, acabamos nem fazendo o mergulho... sem certificado dá para fazer tipo um batismo, vc faz um curso básico e mergulha com instrutor, tem algumas agências que fazem esse tipo de mergulho (uma delas no Sirius, inclusive). O snorkel nós já tinhámos, então levamos os nossos mesmo, mas acho que por lá custa uns 25.000COP se não me engano!

 

Pode perguntar hehehehehe...

 

:wink:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá Amanda!

Super curti todas suas dicas, fiquei com muita ansiedade de ir logo.

Então, vou agora em Abril e tenho várias perguntas. rsrs Quero fazer todos os passeios possíveis e queria saber se a arte de pechinchar lá é válida? Dinheiro, você conseguiu melhor taxa aonde no aeroporto de Bogotá?

É tranquilo caminhar pela ilha sem o carrinho de golf? No meu caso iria alugar um dia só , para fazer o reconhecimento e dps #canelafeelings.

Não tem opção noturna na Ilha, bares, boates, botecos?rs O povo é simpático?

Vou passar um dia em Bogotá na volta, teria um top 10 para um 1 dia de passeio. Meu hotel é perto do centro.

 

Muiito obrigadaaa!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Olá Amanda!

Super curti todas suas dicas, fiquei com muita ansiedade de ir logo.

Então, vou agora em Abril e tenho várias perguntas. rsrs Quero fazer todos os passeios possíveis e queria saber se a arte de pechinchar lá é válida? Dinheiro, você conseguiu melhor taxa aonde no aeroporto de Bogotá?

É tranquilo caminhar pela ilha sem o carrinho de golf? No meu caso iria alugar um dia só , para fazer o reconhecimento e dps #canelafeelings.

Não tem opção noturna na Ilha, bares, boates, botecos?rs O povo é simpático?

Vou passar um dia em Bogotá na volta, teria um top 10 para um 1 dia de passeio. Meu hotel é perto do centro.

 

Muiito obrigadaaa!

 

Oie...

 

Vamos lá... é válido sim pechinchar, mas confesso que não pechinchamos muito pois achamos os preços justos, sabe?! Eu não me lembro o nome da casa de câmbio mas era no terminal internacional, na saída mas antes de sair de verdade... junto com as esteiras para pegar a bagagem tem uma também, acabamos trocando nessa mas a taxa estava melhor na da saída!

 

Então, eu acabei me surpreendendo rsss também estava com essa idéia de tentar fazer a pé/de bicicleta mas a ilha é grande rsss!! Mas, se seu hotel for no centro vc consegue caminhar pelos melhor lugares :D nós alugamos um dia só e achei que foi suficiente até pq não tem muitas coisas para fazer no sul da ilha então provavelmente vc só vai passar por lá mesmo!! O povo é bem simpático, me senti bem atendida sempre!! Me lembro de ter visto só uma boate, acho que chama Coco Loco, é do lado do Decameron Los Delphines! Bares tem vários pela ilha... um dos dias que estava lá tinha um jogo de futebol e as ruas estavam lotadas o Cafe Cafe Pizza era um dos lugares mais lotados de todos!!! Só não sei te dizer quais são os melhores pq não os conheci rss!!

 

Fiquei um dia só em Bogotá também e achei pouco :| hehehehehe!! Mas, conhecer a candelária, Montesserate é imperdível, passear pela zona T e conhecer o Andres Carnes de Res (reserve um dinheiro pq é um pouco caro, mas super vale a pena)!!

 

Vc vai conhecer Providencia??

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 meses depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...