Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Thiito Oliveira

Ushuaia - Terra do Fogo - Dicas de Camping e de como economizar. (Abril/2014)

Posts Recomendados


Eu adoro relatórios extensos como este, mostra seu compromisso com os próximos viajantes.

 

 

 

Está de parabéns! Já estou tratando de salvar o tópico nos meus favoritos, tem muita informação de qualidade até mesmo pra quem vai no inverno. Pretendo fazer as trilhas para Laguna Esmeralda, Parque Nacional. A informação sobre onde fazer câmbio em Ushuaia é bem escassa, eu mesmo estava perdido sobre isso, é muito bom saber.

 

Parabéns novamente , excelente contribuição!

 

Ah! Não posso esquecer de dizer o quanto foi legal ler sobre a Marion, uma pessoa realmente inspiradora.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Super relato, cara! Passei um bom tempo até o ushauia, mas fui de Porto Alegre até a última cidade mais ao sul pedindo carona. Vi eu mesmo nas tuas fotos haha. Brigadão por esse relato comrpomissado com o viajante!

 

 

Aqui tem o começo dos meus relatos de viagem até chegar no fim do mundo, pedindo carona e vendo o que o caminho tem a oferecer.

 

http://diariosdecarona.blogspot.com.br/2014/05/de-carona-ate-o-fim-do-mundo-dia-1.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns cara pelo relato! completão!

 

Queria saber com que roupa vc foi (marcas e preços, se possível) e onde comprou!

Vou pra Ushuaia e El Calafate em Janeiro/2015!

 

Abs,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Super relato, cara! Passei um bom tempo até o ushauia, mas fui de Porto Alegre até a última cidade mais ao sul pedindo carona. Vi eu mesmo nas tuas fotos haha. Brigadão por esse relato comrpomissado com o viajante!

 

 

Aqui tem o começo dos meus relatos de viagem até chegar no fim do mundo, pedindo carona e vendo o que o caminho tem a oferecer.

 

http://diariosdecarona.blogspot.com.br/2014/05/de-carona-ate-o-fim-do-mundo-dia-1.html

 

 

Fala, cara!

 

Obrigado. O mínimo que poderia ter feito, depois de ter pegado boas dicas nesse forum, é de alguma maneira contribuir para que os próximos viajantes leiam ainda mais dicas, porque uma viagem para Ushuaia tem que ser aproveitada ao máximo!

 

Aliás, que massa que tu foi de carona. Li o teu primeiro relato em teu blog.. haha Parabéns, mano! Preciso confessar que o meu sonho é fazer uma viagem assim, de carona. Um dia eu faço, com certeza.

 

Vou aguardar o próximo post lá.

 

Um abração e boas trips!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

muito bom o teu relato, mas gostaria de saber se tu fostes no inverno pra lá. obrigado

 

Fala, Ramiro G!

 

Obrigado!

 

Na verdade, eu fui no outono. Quando eu vim embora, o inverno estava pra começar. Agora, Ushuaia já deve estar coberta de neve. Uau, imagine como não deve ser ainda mais lindo!!!

 

Acho que essa cidade merece ser visitada em todas as estações, para se aproveitar o máximo de sua beleza em cada uma delas.

 

Um abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Parabéns cara pelo relato! completão!

 

Queria saber com que roupa vc foi (marcas e preços, se possível) e onde comprou!

Vou pra Ushuaia e El Calafate em Janeiro/2015!

 

Abs,

 

 

Olá, jpcamolez!

 

Cara, eu fui no outono. Já estava mais frio que no verão, mas não passei frio em nenhum momento.

 

Bom, o que eu levei foi o seguinte

 

- Mochila Quechua (Decathlon) 50L - R$250,00 - Bom custo x benefício

- Jaqueta impermeável da Timberland - 2 em 1 (Jaqueta + Fleece) - R$ 250,00 (60% de desconto em uma outlet da Timberland em SP - Mooca) - Vou colocar o site lá embaixo

- 1 Calça para fazer trilhas - Timberland - R$ 85,00 (50% de desconto outlet da Timberland em SP - Mooca) - Vou colocar o site lá embaixo

- 1 Calça Jeans

- 5 Camiesetas

- 1 Polar (Decathlon) - R$39,00 (Dispensável)

- 1 Fleece Forclaz 50 (Decathlon) - R$39,00

- 1 Calça tipo fleece (Decatlon) - R$39,00 (Só usei pra dormir) - Não levaria

- 1 Bermuda Quechua

- 2 Pares de meia Selena Trekking Coolmax - R$19,00 (Cada)(http://www.orientista.com.br/produto/117-meia-trekking-selene-coolmax-kaqui-mescla) Ótimo Custo benefício

- 3 Pares de meias comuns (Não precisa gastar dinheiro com meias especiais. Se vc tiver meias para trilhas, ótimo, mas não é obrigatório)

- Gorro (Não se esqueça do cachecol)

- 1 par de luvas de R$9,90 da Decathlon (Aguentou de boa) \o/

- 1 Boa impermeável Skechers - R$150,00 (Qualquer loja de tênis de shopping) Não comprei essa bota para fazer trilhas. É que eu só tinha ela na ocasião, então tive que usar ela mesmo.. rs Mas não compre ela pra trilhas. Ela é bem pesada. Apesar de ser uma puta boa, que aguentou o tranco tranquilamente.

 

Cara, não precisa levar roupas técnicas demais, saca? Se vc tiver grana pra comprar ou já tiver, como era o meu caso, show de bola. Mas não se preocupe tanto com isso. Eu não passei frio. Acho que um fleece do mais simples da Decathlon e uma jaqueta corta vento já dá mais do que conta do frio, já que vc vai no verão. Mas se tiver sem grana, leve 1 blusa de moleton, e sua melhor jaqueta que já vai tá tudo bem. Durante o dia, eu não pegeuei menos que 5 graus com certeza. Eu vi um monte de gente de buenos-aires com roupas comuns; tênis, jaquetas normais de se usar no dia-a-dia, calça jeans e etc. Esqueça esse negócio de sistema de três camadas, ou de gastar sua grana com segunda-pele por exemplo. Vc não vai precisar disso, nessa época do ano, cara.

 

O link do site que falei da loja outlet da timberland, onde comprei a calça e a jaqueta é:

 

http://www.meggashop.com.br/

 

Se tu mora em São Paulo, compensa ir visitar essa loja. Lá tudo é bem mais barato que os preços normais. Comprei um Gorge da Timberland e paguei R$119,00. Em todas as lojas ele custa R$259,00. São descontos realmente interessantes.

 

A loja onde eu comprei fica na Mooca, mas tem em outras cidades. Dê uma olhada no site.

 

Loja de São Paulo

11 2292-1600

Rua Dr. Almeida Lima, 1135 - Mooca

 

Um abraço, cara. Boa sorte em tudo na sua viagem!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, não tenho nem como agradecer Tiagão. Seu relato além de bem detalhista, suas dicas me ajudaram muito ! ::otemo::

 

Inclusive sobre as roupas e sobre a loja, pois vi que tem uma loja perto da minha cidade (aproximadamente 100 Km). Eu ia ter q ir em São José dos Campos na Decathlon para com a Jaqueta Impermeavel, a Mochila e o Fleece,mas não sabia dessa loja. Vou cotar os preços lá tb :D

 

E sobre a Marion, achei sensacional, pois estou planejando fazer uma viagem assim como a dela em Setembro pela América do Sul tb.

 

Pergunta: Ela te contou como faz pra acampar em cidades grandes ? Ou seja, lugar onde não tem tanta natureza ?

 

Outra coisa: A Bota apesar de pesada realmente passou pelo teste de impermeabilidade ?

 

Agradeço desde já pelas informações, e obrigado novamente ! :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por mandcampos
      Alguém pretende ir para Ushuaia + el calafaste em Setembro desde ano?
      Alguém que já foi pode me passar dicas, de passeios, do que levar, como economizar, quanto dinheiro devo levar, etc.
      Obrigada
    • Por fore
      Introdução
      Planejei uma viagem de carro saindo de São Paulo, capital, com destino ao Ushuaia, saindo do Brasil por Foz do Iguaçu, porém, para evitar a Ruta 14 com medo dos policiais corruptos, entraria no Brasil novamente em São Borja/RS para chegar em Uruguaiana/RS e assim descer até Gualeguaychu pelo Uruguai. Em seguida seguir para o lado oeste e descer a Ruta 40, entrar em Torres del Paine no Chile e continuar descendo até o Ushuaia.

      Na bagagem: barraca Quechua Arpenaz 4.1 Fresh & Black, duas cadeiras de praia, um fogareiro Nautika ceramik, uma mesa portátil, colchão inflável de casal, um saco de dormir, um cobertor, tapete em EVA (aqueles de montar) e manta térmica para forrar o chão da barraca. Além de utensílios de cozinha, um cooler, grelha para churrasco e uma caixa de mantimentos básicos como macarrão, miojo e alguns temperos.
      A barraca é grande, espaçosa e bem simples de montar (são apenas 3 varetas assim como qualquer outra). No quarto cabe o colchão de casal e sobra espaço para mais um de solteiro, como não era o caso, era usado para guardar as mochilas.
      O fogareiro acho que foi a melhor aquisição que fiz. Achei muito bom e a lata de gás durou por uns 3 dias com a gente. Fomos com 12 latas pra lá, porque eu não sabia o quanto rendia. Sobrou bastante e de qualquer forma, a gente encontrava facilmente em supermercados por lá.
      Fomos em 2 pessoas, com um Peugeot 208 1.5, suspensão esportiva (mais baixa que a original), rodas aro 17 com pneus 215/45 e insulfilm g20 em todo o carro, inclusive parabrisa. (Só mencionei isso pelo fato de ainda haver dúvidas quanto ao tipo de carro que consegue fazer esse tipo de viagem).
      Comprei o chip da EasySIM4U para conseguir sinal de internet no celular (somente dentro das cidades tinha sinal).
      O caminho todo me guiei pelo Google Maps, meu carro tem a central multimídia com Android, então bastava eu compartilhar a internet do celular e tudo certo (pelo menos quando tinha sinal).
      Para procurar hotéis usei o Booking.com (consegui pegar bons descontos com o Genius) e para campings usei o iOverlander. Apesar de ajudar muito, o iOverlander é um pouco desatualizado, infelizmente a colaboração não é tanta no aplicativo. Existem muitas outras opções de campings no caminho que a gente acaba encontrando só depois de ter dado entrada em algum.
      No total foram 14.730km em 28 dias de estrada, sem nenhum perrengue ou problemas maiores.
      Obs:
      - O tempo de viagem relatado é o total do tempo do momento em que saímos de um hotel/camping até chegarmos no próximo destino. Contando as paradas na estrada.
      - Os gastos coloquei na moeda local, pois fica mais fácil caso alguém precise consultar em outro momento para ter uma noção melhor de custos.
      - A viagem inteira abasteci com gasolina/nafta super.
      Se quiserem me acompanhar no instagram: @fore.jpg
    • Por casal100
      Esse relato é dividido em cinco partes:
      .da página 1 até a 7 refere-se a viagem realizada entre dez/2007 e fevereiro/2008 de carro;
      .a partir do final da página 7 refere-se a viagem que começa no final de dez/2008 até final de fevereiro/2009 de carro.
      .a partir da pag. 15 - viagem a Torres del paine, carretera austral ..........viagem realizada de dez/2009 a fevereiro/2010.
      .a partir da pag.19 - viagem ao Perú e Equador ....vigem realizada de dez/2010 a fevereiro/2011.
      .a partir da pag.23 - viagem venezuela, amazonas, caminho da fé.... realizada entre dez/11 a fev/12.
    • Por vagner xavier
      Olá pessoal, tudo bem?
      Em outubro estou indo para Ushuaia (02/10 até 12/10), gostaria de saber se vai ter alguém daqui por lá.
      Para podemos marca uma cerveja ou sair comer e conversar.
      Abraços.
    • Por appriim
      Olá, viajantes 😊
      Depois de ler tantos relatos, receber tanta ajuda e dicas do pessoal aqui no Mochileiros, nada mais justo que deixar uma contribuição sobre a minha experiência pela Patagônia. E também fico a disposição para ajudar no que estiver ao meu alcance!
      Espero que gostem 😉
      Antes de iniciar o relato sobre a viagem, vou deixar algumas dicas importantes aqui:
      - O meu objetivo com essa viagem era realizar algumas trilhas. Caminhei muito (cerca de 250km) e tive bastante contato com a natureza.
      - Eu fiz a viagem sozinha. Para quem tem dúvidas só tenho uma coisa a dizer: vá sem medo. As pessoas de lá são muito simpáticas e estão sempre dispostas a ajudar. Fiz várias amizades durante as trilhas, nos ônibus, na rua, etc. 😂
      - A fama de rolar caronas por lá é verdadeira. 
      - Mesmo sendo verão, na Patagônia ainda é frio.
      - Os dias são longos, entre 4h00 e 5h00 o sol já está raiando e ele se põe depois das 22h. Dá pra fazer MUITA coisa.
      - Não deixe de fazer absolutamente nada por causa do mal tempo. O clima por lá muda bastante, então saia com chuva ou sol e esteja preparado para as mudanças.
      - Leve sempre na sua mochila de ataque uma jaqueta e calça que sejam impermeáveis e corta vento.
      - Em todos os lugares tem calefação, então use e abuse do sistema em camadas e leve pijama curto para dormir.
      - Faça cambio na Argentina. Minha conexão em Buenos Aires era de madrugada, então não consegui fazer cambio fora do aeroporto, e mesmo assim compensou muito mais que trocar no Brasil. Fiz no Banco Nación dentro do EZEIZA, acho que fica aberto 24hrs. No site deles dá pra acompanhar a cotação oficial (http://www.bna.com.ar).
      - Comprei todos os tickets de ônibus na Rodoviária de El Calafate. Também é possível comprar online.
      - Peguei um Chip para usar internet da empresa Movistar. Só precisa ir até a loja deles com um documento e solicitar o chip, depois ir até um kiosco e fazer uma recarga. A internet funcionou bem na Argentina, exceto El chaltén que lá nem o wifi funciona direito.
      - Tanto na argentina quanto no chile eles não dão sacolas nos mercados.
      - Achei os preços bem interessantes em Ushuaia, pra quem não sabe, é uma área livre de impostos. Vi perfumes, gopro, roupas de frio com preços bons.
       
       Meu cronograma foi o seguinte:
      20/12 – Florianópolis – Buenos Aires
      21/12 – Buenos Aires - Ushuaia
      22/12 – Ushuaia – Laguna Esmeralda
      23/12 – Ushuaia – Pinguineira, Canal Beagle e Glaciar Martial
      24/12 – Ushuaia – El Calafate (avião)
      25/12 – El Calafate – Dia Livre, volta de bike
      26/12 – El Calafate – Perito Moreno e Minitrekking
      27/12 – El Calafate – Puerto Natales - Chile (ônibus)
      28/12 – Puerto Natales – Full Day Torres Del Paine
      29/12 – Puerto Natales – Trekking até  Base deTorres del Paine
      30/12 – Puerto Natales – El Calafate – El Chalten (ônibus)
      31/12 – El Chalten – Cerro Torre
      01/01 – El Chalten – Chorrilo Del Salto
      02/01 – El Chalten – Fitz Roy
      03/01 – El Chalten – Laguna Electrica
      04/01 – El Chalten – Loma Del Pliegue Tumbabo
      05/01 – El Chalten – El Calafate (ônibus)
      06/01- Chegada em Florianópolis
       
      Vou começar pelo dia 2, porque o primeiro se resumiu apenas em chegar até Buenos Aires 😂😂
      21/12 BUENOS AIRES – USHUAIA
      Cheguei de madrugada no Aeroporto de Ezeiza, fiz o cambio e meu voo até Ushuaia saia do Aeroparque. A Aerolíneas disponibiliza de um transfer gratuito se você emitir um voucher no site deles. A empresa que presta esse serviço é a Manuel Tienda León, só procurar o guichê deles na parte externa do aeroporto.
      O voo de Buenos Aires até Ushuaia dura +/- 4 horas. Acordei quando estava perto de pousar e ao abrir a janela o céu estava azul, as montanhas com os picos nevados e diversos lagos.
      Desembarquei em Ushuaia às 8h10 e como não despachei mala, fui direto ver o transfer até o meu hostel, para não esperar muito optei pelo remis, é um trajeto rápido e custou ARS 300.
      No hostel, tomei café da manhã e fui tomar um banho para sair. E para minha surpresa ao sair do banho, chuva e muito vento (coisas da patagônia 😂). Nesse momento, ainda não entendendo como funcionava o clima por lá, fiquei esperando a chuva passar. Depois de um certo tempo sai na chuva mesmo.
      Estava com o dia livre e fui bater perna para conhecer a cidade, andei pela Avenida San Martin que é a rua de comércios em Ushuaia, muito simpática, com algumas construções coloridas, pelas calçadas apreciando o Canal Beagle, fui até a famosa placa.
      Hospedagem: Antártida Hostel. Localização é ótima, perto da Avenida San Martin, do porto e mercado. Estrutura de quartos, banheiros e cozinhas são boas e sempre estavam limpos. Staffs simpáticos, sempre dando dicas e conversando.

      Vista do avião

      Foto clássica na placa "fin del mundo"

      Canal Beagle

      22/12 – USHUAIA – LAGUNA ESMERALDA
      Pedi no hostel informações sobre o transfer até o inicio da trilha para a Laguna Esmeralda, eles me venderam por ARS 450 ida e volta.
      A van passou no hostel as 10h, o dia estava nublado e sem chuva. A trilha de modo geral é bem tranquila e bonita. Você caminha por bosques, passa por rios, vales, paisagens bem diferentes. Durante todo o trajeto há “plaquinhas” azuis nas árvores indicando o caminho. Possui algumas subidas, não são muito longas e nem íngremes.
      Após mais ou menos 6km cheguei na Laguna Esmeralda e que lugar incrível, meu preferido de Ushuaia. A água realmente é verde esmeralda, mesmo com o dia nublado. Explorei alguns lugares mais altos, contornei a Laguna para vê-la vários ângulos. Logo mais começou uma ventania, coloquei todos os meus casacos, gorro, procurei um abrigo do vento e sentei pra comer para depois começar meu caminho de volta.
      Na volta o vento não deu trégua e eu podia ver a chuva se aproximando. Choveu um pouco e depois o céu ficou azul. Cheguei ao inicio da trilha perto das 14h para aguardar a van. No caminho de volta para o hostel o tempo virou de novo, choveu e ventou MUITO. Fiquei pensando se tivesse optado por voltar com a van das 17h kkkk

      Trilha com as plaquinhas azuis nas árvores, indicando o caminho.
       

       

      Empacotada de casacos depois que cheguei na Laguna Esmeralda
       
      23/12 – USHUAIA – PINGUINEIRA, CANAL BEAGLE E GLACIAR MARTIAL
      Último dia em Ushuaia começou bem cedo, o dia estava lindo, céu azul, pouco vento. Às 7h30 o ônibus saia do Porto em direção a Estancia Harberton, para depois pegar um barco até a Isla Martillo, onde estão os pinguins. Fechei esse passeio com a Piratour por USD 179.
      No caminho até a Estancia paramos num local bonito, com um lago e do outro lado da estrada um vale, onde é possível observar como as árvores crescem tortas devido aos fortes ventos.
      Fomos divididos em 2 grupos para pegar o barco e ir até a ilha dos pinguins. Estava bem frio e com bastante vento. Ao descer na ilha a guia passa algumas instruções e durante todo o passeio explica sobre a ilha, pinguins, predadores, etc. Você não fica “solto” na ilha, precisa caminhar com o grupo. A ilha é realmente cheia de pinguins, estão por toda a parte e são uma gracinha, dá vontade de pegar um e botar embaixo do braço.
      Obs.: Não é permitido se aproximar dos pinguins, acho que são 3 mestros. E tome muito cuidado para não pisar nos ninhos.
      Minha dica é: fique na frente do grupo, um pouco afastado. No momento que estava conversando com a guia um pinguim se aproximou de mim e pude vê-lo de pertinho, até tirei uma selfie com ele.



      Depois vamos até o museu marítimo onde é realizada uma visita guiada em inglês e espanhol. O museu é muito interessante possui ossadas de mamíferos marinhos. O tour é realizado por biólogos, as explicações são riquíssimas, cheias de informações novas.
      Pra finalizar o passeio seguimos até um catamarã para uma navegação de 3 horas pelo Canal Beagle, até chegar ao porto de Ushuaia. Confesso que achei essa parte um porre e dormi boa parte do trajeto kkkk acordei para ver o Farol, que é lindo. Nesse momento estava chovendo e bem cinza, parecia filme de terror. Mais tarde passamos por uma ilha onde ficam vários leões marinhos, paramos ali por alguns minutos para observa-los. Eles dormem todos juntinhos, fazem barulhos, são folgados e desajeitados.
      Desembarcamos no porto de Ushuaia pelas 15h, almocei com uma família que conheci durante o passeio e as 19h30 combinamos de nos encontrar para subir o Glaciar Martial. Nessas horinhas já tinha parado de chover e o sol brilhava, no entanto um pouco antes de sair e encontrar meus novos amigos, o tempo virou completamente e inclusive choveu granizo (acho que nunca vou ver tempo tão louco como ushuaia).


      Após muita indecisão, criamos coragem e começamos a subir o Glaciar Martial, debaixo de chuva mesmo. Estava muito úmido, então a sensação térmica castigava. No meio da trilha já havia parado de chover e quando olhando para trás o céu estava limpo e no mar dava pra ver um lindo arco-íris. A subida é bem íngreme, senti a minha panturrilha queimar. Subimos até encontrar os pontos com gelo, tomamos a agua trincando e começamos a descida com vista para Ushuaia, o céu estava com cores lindas.
      Por isso eu vou reforçar mais uma vez: NÃO DEIXEM DE FAZER ABSOLUTAMENTE NADA NA PATAGÔNIA POR CAUSA DO TEMPO.

      Patagônia e suas surpresas 😍



      Por enquanto é isso gente, conforme for sobrando um tempinho vou escrevendo e postando aqui!
       
       


×
×
  • Criar Novo...