Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Colaboradores

598db60570f50_capadeparaty.jpg.28f488f521e2040f5d69ebc6f046a4d2.jpg

 

Tudo começou em janeiro quando perguntei na página do Facebook dos Mochileiros se havia alguém com planos de viagem para o feriado de abril (18/04 a 21/04). Pois seria o maior feriado do ano e queria alguma coisa bem legal pra fazer. Até então não tinha grande expectativa, apenas queria fazer uma viagem legal.

Foi quando um cara me mandou mensagem no Facebook informando sobre um tópico que estava aberto no site mochileiros.com sobre feriado em Paraty .

 

Esse tópico aqui: feriado-abril-2014-vamos-pra-paraty-rj-t90291.html

 

Em questão de minutos virei amiga desse cara (Lielton) e da Nathalia (organizadora do encontro de Mochileiros em Paraty).

Em seguida fui convidando amigos e amigas para ir nessa viagem que eu não sabia que iria mudar minha vida pra sempre.

Minhas duas amigas toparam ir comigo. Vanessa e Priscila.

Coincidências acontecem sim. Em fevereiro a Nathalia estava vindo pra BH com mais alguns amigos, então marcamos de conhecê-la em BH. E quando eu digo que coincidências existem, eis que apareceu mais uma mineira de Betim (cidade onde eu trabalho) no grupo. Conhecemos a Edna a mais nova integrante do grupo das mineiras a caminho de Paraty.

Fala sério, isso estava escrito nos nossos destinos.

Então, em fevereiro fomos pra BH conhecer pessoalmente a Nathalia (que já era minha amiga rsrsr) e os meninos. Foi muito bom o papo, pena que não foi possível ir pra balada com eles. Mas foi super divertido!

 

Relato da Nathalia em BH

conhecendo-belo-horizonte-bh-mg-num-fds-t92299.html

 

Daí em diante o grupo foi crescendo e a ansiedade também. Fechamos o Hostel, compramos a camiseta, combinamos a nossa logística, pois iriamos de carro e foi aumentando as expectativas.

Finamente chegou o dia 17/04! \o/

Saímos de Betim as 15:30h passamos por São Joaquim de Bicas pra buscar a última mala. Sim, a mala da Priscila. Mas só a mala mesmo porque a Priscila já estava com o carro desde cedo fazendo toda rotina de uma motorista experiente e precavida. Abastecer, calibrar pneus e etc.

Aproveitamos e passamos na padaria para abastecer nosso isopor com água, suco e refrigerante. Como era Páscoa fizeram a gracinha de comprar uma caixa de bombom. ::toma::

 

Fomos nós pela BR 381 (Fernão dias) sentido São Paulo.

 

roteiro.jpg.3751bb6c25c16194c00ce923ea44ef11.jpg

 

O trajeto foi feito pelo pai da Priscila que é caminhoneiro e conhece muito bem a estrada. Fomos por São Paulo, pois embora Paraty fique no Rio. É próxima a Ubatuba então é mais próximo de São Paulo do que da Capital carioca. Além que a estrada é bem melhor.

Nosso mapa!

 

mapa.jpg.bac3b45a06fe960872f269c7d70fa82b.jpg

 

Como não queríamos viajar a noite, decidimos dormir em Pouso Alegre. Ficamos no hotel Fernandão, pagamos R$45,00 cada uma a noite num hotel muito bom com estacionamento, café da manhã maravilhoso. Valeu super a pena!

http://www.hotelfernandao.com.br/ )

 

Descansadas, pela manhã tomamos um café bem reforçado e seguimos viagem. Pegamos a estrada umas 07:00h e só paramos algumas vezes e paradas rápidas.

Queríamos chegar logo em Paraty.

E lá fomos nós. :D:D:D:D

A estrada estava tranquila, sem trânsito e com lindas paisagens.

Eu não resisti e fui tirando fotos de todas as paisagens. Enquanto o grupo no whatsap bombava com as informações de todos que estavam a caminho e com as fotos daqueles que já estavam em Paraty.

Pegamos trânsito somente na serra de Ubatuba. Pois a Serra é bem perigosa então precisa de muita paciência para descer aquelas milhares de curvas. Momento da Priscila malhar a panturrilha. Pois não é fácil ficar freiando a cada segundo pra descer a Serra e momento de testar os freios do carro.

De Ubatuba até Paraty foi só algumas horas. Do alto da Serra conseguimos ver o Mar. Momento que todas gritaram hurruuu mas não consegui tirar foto 

Tudo certo! Descemos a serra.

Dai só formos ver o mar novamente em Trindade. Ahhhhhhhhhhhh o mar!!! :mrgreen:

Quem não fica feliz quando vê o mar? E não vem falar que é coisa de mineiro hein ::quilpish::

Em Trindade a Vanessinha pegou a direção deixando a Priscila à vontade pra apreciar a vista que eu e Edna viemos fotografando.

E finamente as 12:40h chegamos em Paraty. Ufa!

 

598db6057ce1a_mineirasemparaty.jpg.f9d98e49d7d693bc84395bfa894082cf.jpg

 

A Edna ficou hospedada no Che Largato (http://www.chelagarto.com) e nós 3 (Eu, Vanessa e Priscila) no Chill Inn (http://www.chillinnhostel.com).

Deixamos a Edna e seguimos direto pro nosso Hostel.

O povo já estava se sentindo em casa. Uma turma na praia em frente o Hostel. Sim! Nosso Hostel era em frente à praia. Outros já tinham ido pra Trindade e outros estavam espalhados pela linda cidade.

Fomos as primeiras a chegar ao nosso quarto. Então podemos escolher nossas camas primeiro. Nosso quarto tinha seis camas. Dividimos com outras meninas do grupo então ficamos bem à vontade.

O Chill Inn é super aconchegante e fomos super bem recebidas por todos.

 

598db60581587_ChillInn.jpg.99b34b679ded44712a533477e258842b.jpg

 

Após o check Inn fomos pra praia e ai foi só alegria.

Nada como um drink depois de horas de viagem né. Na beira da praia então.

598db60656a12_napraia.jpg.9b9000d5200a1f2fe37d5a4b76f6d903.jpg

 

mochileiros.jpg.8442541f3699881a8b7dc6d8e73bb8b0.jpg

 

E assim fomos conhecendo o pessoal e fazendo amizades.

À noite fomos pro centro da cidade. Em Paraty tudo é perto. Então da pra fazer tudo a pé.

Parada obrigatória para experimentação de cachaça. Uma melhor que a outra.

Entre uma lojinha e outra, parada pra prestigiar os artistas de rua.

A balada foi no Paraty 33. Point da galera que curti balada. Dei uma passada lá, mas resolvi voltar pra Praia e ficar curtindo o show no bar do Hostel junto com a turma.

No sábado começamos cedo com os passeios. Como estava no grupo da turma que não tinha reservado passeios com antecedência. Saímos à procura de uma escuna. Depois de muito pechinchar conseguimos uma escuna que tinha capacidade pra levar todo nosso grupo. Foi cobrado R$1000 (hum mil reais) pra um grupo de 24 pessoas. Super em conta, afinal era feriado, tudo fica mais caro.

Além do preço, a escuna estava fechada pro nosso animado grupo e ainda podíamos escolher o roteiro. Então fomos nós pelas águas de Paraty onde conhecemos a Ilha do Mantimento, praia dos peixinhos, praia vermelha e outra que não lembro o nome.

 

598db6065ce1b_praiavermelha.jpg.4d9b57897ba6742766cfd618057d5c23.jpg

 

A praia vermelhar foi à parada pro almoço e eis a historia que marcou a viagem pra Paraty.

O restaurante estava lotado. O tempo de espera passava de 1:30h para ser atendido. Não podíamos esperar tanto tempo, pois queríamos aproveitar as horas que faltavam e ainda estávamos morrendo de fome.

Foi quando surgiu à solução numa barraca digamos bem rústica a beira da praia. Uma senhora que vendia pastel e cachorro quente.

Vou explicar o motivo de ter marcado tanto o grupo.

Primeiro porque a barraca não tinha a menor condição de higiene. Era um fogãozinho com uma panelinha e uma senhora sem boa apresentação que fazia o pastel, o cachorro quente, cortava o queijo, recebia o dinheiro e etc. não vamos entrar em detalhes.

De fato nenhum fiscal da ANVISA deve ter passado por aqueles lados. Kkkkk

 

barraca.jpg.26fb86278595b00c11d7ec903d52ee71.jpg

 

Mas a fome era grande e a pressa também. Então fomos os 24 loucos comprar pastel e cachorro quente com a senhorinha. Coitada! Surtou quando chegou aquele monte de gente.

Uns queriam pastel de queijo, outros de carne e outros cachorro quente. Fora os outros clientes que não estavam no nosso grupo. Uma confusão.

Então nos cliente começamos ajudar. Tivemos inclusive que virar o pastel na panela pra não queimar enquanto a senhora saiu pra buscar óleo e trouxe uma garrafa fazia. A cena foi cômica.

No fim depois de muita confusão, babados e gritaria. Todos tinham sido servidos. Eu comprei uma coca cola no bar do restaurante porque qualquer coisa a coca cola limpa. Saímos rindo e rezando pra não passar mal.

De fato ninguém morreu e nem passou mal. Alias um almoço exótico não faz mal em lugar nenhum do mundo.

Depois da parada pro almoço fomos pra última parada do passeio.

Depois de quase 6 horas de passeio, chegamos a Paraty. ::otemo::

 

598db60667cac_escunadeparaty.jpg.d9a63d68bb97ae0c67dd45f3435e67b3.jpg

 

Escuna.jpg.bb6285efb3c4f4e18678eddcda2a8196.jpg

 

Passamos no centro e já ficamos pro jantar delicioso no Paraty 33.

Preciso falar desse lugar. Que além de uma comida deliciosa e por um preço bem em conta, ainda tem uma decoração muito bacana. A noite sai às cadeiras para dar lugar pra uma boate super animada.

Não resistimos e trouxemos um papel de lembrança do restaurante.

 

598db60672dae_paraty33.jpg.5e3fa66296b93e6ee383c19d2b986621.jpg

 

De volta pro Hostel após um banho foi hora de juntar a galera para um animado lual. Que por sinal tinha uma lua incrível.

 

598db60676cf5_005-Despedida-054.jpg.28cd1cb1b39420ff5cae590d9855cb46.jpg

 

Com muita música, drinks, risadas e historias de vários viajantes. Terminamos a noite com a brincadeira de bichos que bebem. Uma dinâmica onde quem erra tem que beber uma dose de cachaça. Como já estava bem alegrinha resolvi ir dormir por conta própria antes que precisasse de ajuda para ir pro Hostel. Afinal se resolver dormir na praia de Paraty, aviso que vai acordar com os cachorros lambendo sua boca literalmente. Pois essa cidade tem vários cachorros. Incrível!

 

cachorros.jpg.c2190ec91baefedd5615a66f0df3895b.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

E chegou o domingo. Nosso ultimo dia. :(

Não perdemos tempo e logo depois do café seguimos pra Trindade. Essa visita também é obrigatória. ::otemo::

Seguimos até a rodoviária e corremos (literalmente) para pegar o ônibus. A aventura começa no ônibus. Pura adrenalina! ::mmm:

De Paraty até trindade são mais ou menos 40 minutos de viagem e a passagem custa R$3,00.

Chegando na entrada de Trindade pegamos um trânsito porque tem muita gente que resolve ir de carro e acaba atrapalhando bastante o trânsito. ::putz:: Então descemos antes do ponto que gostaríamos e fomos andando pela praia mesmo.

Depois de uma caminhada pela praia com algumas paradas pra foto resolvemos almoçar pra ficar com a tarde livre. Além que precisávamos encontrar um lugar que recebesse 23 pessoas. É difícil achar lugar pra todo mundo junto.

Fomos pra rua do centro e conseguimos um restaurante. Lógico pedimos um desconto. Mochileiro sempre pechincha.

Almoçamos super bem e estávamos satisfeitos e loucos pra ir pra praia. Decidimos fazer a trilha a caminhos dos lagos naturais (piscina do Cachadaço).

 

598db6067fedf_lagosnaturais.jpg.7f9356f2a4d2b6854c5d1591eefccbf2.jpg

 

Passeio que vale muito a pena. São uns 1300 metros de caminhada por trilha.

Foi bem tranquilo. A trilha é bem sinalizada e tem alguns trechos com escadinhas e corrimão. Tivemos que apressar o passo porque a maré estava subindo e tinha um caminho que passava entre pedras a beira mar.

Para refrescar enchemos as garrafinhas de água numa mina de água mineral natural. Muito bom!

Depois de uma boa caminhada chegamos ao lago natural. A água gelada estava na medida para o nosso calor. Ameaçava chover mais nem isso atrapalhou a animação da turma.

 

cachadaco.jpg.edbd1237f88a753196b9c1e87c3e4234.jpg

 

Mesmo com a chuva ficamos na água curtindo aquele lugar lindo.

Pra volta, tem barcos que trazem para a praia. Eles cobram 10 reais e deixa na primeira praia onde começa a trilha pro lago. Como estava chovendo e não teria mais barco depois, pegamos o ultimo barco que chegou até o lago.

Voltamos pra cidade e de lá fomos pra última parada. O ponto de ônibus ::hein: .

Com uma fila que parecia interminável. Ficamos mais ou menos 1 hora na fila até que começou a chover. Mas choveu muitooooo

E finalmente depois de todo mundo ensopado chegou 1 (um) ônibus. Acho que foram umas 150 pessoas nesse primeiro ônibus. Pois nós estávamos quase no fim da fila e com a saída do primeiro ônibus fomos quase pro inicio da nova fila.

Foi quando chegou o segundo ônibus e veio todo o restante que não coube no primeiro ônibus. Já estava noite quando chegamos a Paraty. Paramos na rodoviária para comer o pastel famoso com caldo de cana e depois seguimos pro Hostel.

Terminamos a noite com muita diversão a beira mar. Muitas historias, risadas e drinks.

Chegava ao fim nosso feriado e todos em clima de quero mais.

Aqueles que não foram embora no domingo à noite partiram na segunda bem cedo. Nós mineiras, tomamos nosso último café à beira mar e pegamos a estrada. Depois de todo o trânsito em Ubatuba viemos direto com parada apenas pro almoço até chegar em casa. Graças a Deus sãs e salvas.

Um fim de semana perfeito que mudou pra sempre a minha vida e que deu inicio a amizades que serão lembradas e vividas para sempre.

Até Paraty 2! ::tchann::

 

598db606a78a7_002-Lual-002.jpg.7bbaae281f9534ca15e0b7cd5f6460e9.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Ana!

 

Adorei relembrar Paraty através das tuas palavras. Foi incrível mesmo este encontro de Mochileiros e também mudou minha vida.

 

Novas amizades, novos roteiros para desbravar e ótimos momentos!

 

Parabéns garotinha!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Colaboradores
Tive o privilégio de estar na galera dessa incrível viagem, onde o Mochileiros.com foi nosso primeiro passo para algo incrível!

 

Valeu pelo relato, Ana! O meu está com algumas dicas e junto no post da Natália:

http://www.mochileiros.com/65-mochileiros-10-estados-em-paraty-rj-feriado-abril-2014-t95354.html#p952316

 

 

Foi muito massa!

Agora, partiu Castelo ::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 9 meses depois...
  • Colaboradores

Hoje é um dia nostálgico!

 

Estamos comemorando um ano de viagem para Paraty.

Essa viagem que mudou pra sempre a minha vida e a de muita gente!

 

Não é pra ostentar que tivemos a viagem mais fodástica...rsrrs Mas é que realmente rolou algo muito especial que só quem estava lá consegue sentir.

::love::::love::::love::

 

Obrigada Mochileiros.com por proporcionar a oportunidade de conhecer pessoas tão especiais e que levarei para sempre no ::love::

 

Viajar é trocar a roupa da alma e a vibe dessa turma deixou minha alma mais linda e feliz!

::love::::love::::love::::love::::love::::love::::love::::love::::love::

 

 

598dc74f3abdc_IMG_64981.JPG.0cd6a444891c64a7eadbc080168072ea.JPG

598dc74f3fb51_IMG_61971.JPG.976d7c54cc5c7c87b46a5fb45def5ef2.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • Colaboradores
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei changed the title to De MG pra Paraty de carro

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...