Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Luka Izzo

Brasileiros barrados na Sérvia, mesmo com a queda do Visto

Posts Recomendados

Tive um problema muito sério esta semana, quando tentei passar pela Alfândega da Sérvia. Pela regulamentação e tratado entre os países, assinados no dia 17 de agosto de 2013, brasileiros não precisariam mais de Visto Turismo para entrar naquele país, bem como os sérvios que desejassem conhecer o Brasil, porém, há controvérsias.

 

Pelo menos é o que todos esperam, ao inserir no roteiro uma visita à Sérvia, ou seja, que o visto realmente tivesse sido abolido entre estes dois países.

Quando programei uma visita à Belgrado, busquei o site da Embaixada do Brasil em Belgrado e encontrei o seguinte comunicado, publicado no dia 9 de setembro de 2013:

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

"O Itamaraty informou à Embaixada do Brasil em Belgrado que foi publicado no Diário Oficial da União de 05/09/2013 o Decreto Presidencial nº 8.095, de 04/09/2013, que promulga o acordo de isenção de vistos entre Brasil e Sérvia em viagens de turismo ou negócios. Nessas condições, não é mais necessária a concessão de vistos de cortesia, de turismo ou de negócios para cidadãos sérvios em viagem ao Brasil. As autoridades migratórias brasileiras e a IATA (Associação Internacional de Transportes Aéreos) já foram informadas da promulgação do Acordo".

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

 

Sendo assim, o único documento solicitado para a entrada do brasileiro na Sérvia deveria ser o Passaporte válido, que seria carimbado no momento da entrada no país. Mas para a minha surpresa, ao desembarcar em Belgrado, assim como todos os passageiros, fui direcionado para a cabine alfandegária, mais especificamente aquele que atende aos turistas de ‘outros países’. Ao entregar meu passaporte, a oficial de alfândega exigiu o Visto para a Sérvia em meu passaporte. Imediatamente tentei explicar da queda da obrigatoriedade, mas não tinha levado nada impresso e de nada adiantou. Insisti que não seria mais obrigado o Visto, mas não teve jeito. Fui ‘barrado no baile’ e obrigado a retornar. Pensei que minha alegria e ansiedade em conhecer a Sérvia haviam desabado.

 

Fiquei indignado com a atitude da alfândega, mas como sou insistente e acostumado a enfrentar problemas em viagens tive uma ideia emergencial que poderia dar certo. Fui até um banheiro, retirei meu kit higiene. Fiz a barba, troquei a camiseta e voltei para os guichês de alfândega, porém, um distante daquele que eu havia sido barrado. Fui atendido por outra atendente feminina, que sequer me questionou de qualquer espécie de Visto. Ela abriu meu passaporte, carimbou, perguntou quantos dias eu ficaria na Sérvia e me desejou boa viagem.

 

Fiquei surpreso e minha vontade era ir até o guichê onde fui barrado e dar um “xauzinho” para a gentalha que havia me barrado, mas por receio e precaução decidi me calar e seguir a viagem.

 

Por tudo isso, sinto-me na obrigação de avisar os amigos que por acaso tenham intenção de viajar para a Sérvia, no caso específico para Belgrado, que fiquem atentos e levem impresso o Decreto Presidencial nº 8.095, de 04/09/2013, que promulgou o acordo de isenção de vistos entre Brasil e Sérvia em viagens de turismo ou negócios.

 

Como garantia, caso encontrem com essa atendente “fdp” desinformada que está barrando os brasileiros por lá, levem também o número de telefone da Embaixada do Brasil em Belgrado, que é o: +381 65 323 9787. O Visto entre o Brasil e Sérvia não é mais necessário, mas alguns funcionários não devem ter sido informados ou querem dificultar o acesso dos brasileiros na Sérvia.

 

A todos, uma excelente viagem!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente, é um absurdo. Azar de um país que ainda não percebeu como o turismo dá dinheiro e pode ser benéfico ao país, se controlado da devida maneira. Acho que isso é herança do lado ruim do comunismo, essa vontade de controlar tudo, desconfiar das pessoas e burocratizar procedimentos ao extremo.

 

No mais, valeu pelo relato informativo e que bom que no final deu tudo certo. Só acho que você poderia falar um pouco sobre como foi sua viagem, suas impressões e colocar algumas fotos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Luka, você avisou mas não foi suficiente, tive treta com a polícia na Sérvia também...pfff...

 

Não com o visto pelo menos, isso acho que eles já entenderam que não precisa...

 

Na entrada de trem, vindo da Hungria, os caras criaram monte de caso com uns russos perto da gente, discutiram, sairam do trem, não voltaram e não carimbaram nossa entrada. Tinha a saída da Hungria carimbada através de um ponto de controle, daqueles que é impossível vc sair por ali e não entrar pelo respectivo no país seguinte.

 

Deixamos quieto, passamos 4 dias em Belgrado e fomos embora pra Sarajevo.

 

Meia noite, fronteira, o danado do policial veio encrencar com a ausência do carimbo e que ninguém na nossa van tinha um recibo dos hostels em que cada um estava, comprovando que eles registraram a gente na polícia, pois estávamos há mais de 24h em território sérvio........ ::putz::

 

Resquícios de tempos de guerra que não foram abandonados...resultado seria uma multa de 400 euros e sei lá mais o que...no fundo os policiais queriam era um trocado por fora pra deixar seguir... 10 euros na mão e foi todo mundo embora, sem NENHUM carimbo. Chegou na fronteira do lado da Bosnia, o policial que devia ser camarada deles, simplesmente carimbou a entrada e tudo certo... O cidadão se suja por 10 euros...

 

Enfim, pra evitar problemas, sugiro que todos façam um esforço de exigir que carimbem suas entradas e não deixar de pedir ao hostel uma comprovação do registro...

 

Abraço e valeu pela dica, fica meu complemento pra mais alguém que chegar aqui no post :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom de acordo com o site do governo deles, brasileiros precisam de visto sim:

http://brasilia.mfa.gov.rs/consularservicestext.php?subaction=showfull&id=1348565352&ucat=17&template=MeniENG&

 

O site mencionado acima tem copyright de 2012 na barra de rodapé, ou seja, não foi atualizado depois do acordo de 2013. Foi publicado no Diário Oficial a queda do visto.

 

O site com a informação correta deveria ser sempre o do Itamaraty. Olha o link abaixo:

http://belgrado.itamaraty.gov.br/pt-br/acordo_de_isencao_de_vistos_em_passaportes_comuns.xml

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, minha experiência: fiz de ônibus Szeged (Hungria) - Subotica (Sérvia) - Szeged, com um pernoite em Subotica.

Na saída da Hungria - na cidade de Röszke -, todo mundo desce do ônibus e o policial carimba o passaporte na nossa frente.

 

Para entrar na Sérvia - na cidade de Horgoš -, um passageiro recolhe os passaportes de todo mundo, a polícia carimba e o passageiro redistribui os documentos para todos.

 

Quando entrei na Sérvia, não consegui ver o bendito carimbo. Eu tinha lido histórias complicadas sobre a polícia de lá não carimbar os passaportes e depois criar problemas no retorno. Na verdade meu passaporte foi carimbado sim, mas a tinta ficou tão apagada que só consegui ver quando a policial sérvia me mostrou (sim, eu pedi para descer do ônibus e tirar essa dúvida com ela).

 

Quando voltei à Hungria no dia seguinte, NÃO recebi o carimbo de saída da Sérvia. Depois alguns amigos me disseram que era assim mesmo. Mas a polícia de fronteiras ficou com o comprovante que eu tinha pedido no hotel, lendo as dicas de vocês. Alguns amigos relataram que não sabiam disso e tiveram problemas na fronteira.

 

Resumindo:

- visto: não precisou, e a polícia estava bem informada sobre isso.

- Comprovante do hotel: precisou.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bateu com o que aconteceu comigo, ou seja, entrei sem ter o Visto.

Porém, mesmo não sendo necessário, de início fui barrado.

Mas com insistência, saí das cabines e fui para o banheiro.

Fiz a barba, troquei de roupas e voltei para uma cabine bem distante do atendente que tinha me barrado.

Pronto, o segundo atendente me deixou passar tranquilamente.

Por isso, o que acontece é que, mesmo não sendo obrigatório o Visto,

alguns atendentes ainda estão barrando brasileiros.

::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.





×
×
  • Criar Novo...