Ir para conteúdo

TRAÇADO 1 MÊS: 3 I'S / EUROPA ATLÂNTICA


Posts Recomendados

  • Membros

Olá,

 

Primeiramente gostaria de parabenizar o fórum por ser o mais completo em língua portuguesa sobre mochilão e viagens low cost. Já li muitos threads e esta é primeira vez que posto por aqui.

 

Bem, tô com 19 ou 20 meses (espero!) de fazer meu primeiro mochilão pela Europa. Já rodei a Costa Oeste dos EUA por 3 semanas, e Junho próximo devo visitar algumas cidades no Reino Unido com minha família. Mas enfim, eu digo esse período longo porque virá logo depois de minha formatura (se tudo der OK, repito) e cairá logo no mês de meu aniversário, ou seja, Março de 2016 o que coincide com a baixa temporada no Continente. Mesmo faltando um bocado, já tô com um roteiro bem desenhado na cabeça, pelo menos pro início e fim, só o meio é que tá bem obscuro. Vejamos.

 

Minha intenção é fazer uma viagem de 32 dias (30 dias rodando a Europa + 2 dias do cruzamento transatlântico ida e volta ). Pensei em rodar pelo que chamo de 3 I's: Ibéria, Itália e Irlanda (menos viável) ou seguir um roteiro Atlântico: Ibéria, França e Irlanda (mais viável). A certeza é que Lisboa será minha porta de entrada e minha porta de saída à/da Europa, já que há vôo direto a partir daqui (Belo Horizonte). Assim pretendo encaixar 5 dias em Portugal, 9 dias em Espanha - 5 na Galícia e 4 no País Basco ou na Catalunha - , 10 dias na Itália ou 10 dias na França, e 5 dias na Irlanda (Dublin). Quanto aos custos, varia muito pelo que pesquisei. Por exemplo, um vôo de Barcelona à Turim nessa época do ano sai por menos de 150 reais*, mas um vôo da Galícia até a Catalunha é quase o dobro disto. Em compensão, a passagem de trem de Barcelona para Perpignan sai por menos de 100 reais e uma idéia seria a partir daí subir do sul da França até Paris de trem utilizando o Eurail ou o serviço francês (não chequei os custos aí). Saindo de Paris, pegaria um vôo para Dublin, uma vez que é ridiculamente barato (80 reais), mais até que se saísse de Roma (que também é pra lá de comfortável - uns 150 reais). Daí pego o avião de Dublin de volta pra Lisboa (de novo, sai uma mama pela Ryanair). O panorama ficaria então:

 

BH - Lisboa (3 noites)

Lisboa - Porto (2 noites)

Porto - A Coruña (5 noites, incluindo Santiago de Compostela)

 

A Coruña - Barcelona (4 noites)

Barcelona - Turim (3 noites)

Turim - Genova (3 noites)

Genova - Roma (4 noites)

Roma - Dublin (5 noites)

 

ou

 

Barcelona - Perpignan (2 noites)

Perpignan - Toulouse (3 noites)

Toulouse - Paris (5 noites)

Paris - Dublin (5 noites)

 

ou

 

A Coruña - Bilbao (3 noites)

Bilbao - Bayonne (2 noites)

Bayonne - Bordeaux (3 dias)

Bordeaux - Paris (5 noites)

Paris - Dublin (5 dias)

 

Dublin - Lisboa

Lisboa - BH

 

Algumas dúvidas:

-Grana: algo em torno de 10 a 11 mil reais incluindo tudo, exceto seguro (já disponho, bem como o cartão VTM) resolveria?

-Recomenda-se usar o Couchsurfing? Eu sei que tem que mandar mensagens pra um tanto de gente, cada uma especializada, tipo 1 ou 2 meses antes? Fico com receio, porque os hosts podem dar bolo e não ter alguém disponível. Em compensação, em algumas das cidades acima há hostels bem acessíveis nessa época do ano.

-Pretendo fazer hiking em algum ponto do país basco (caso decida passar por lá). Alguém já o fez? Há trilhas boas próximo de Bilbao?

 

No mais, quaisquer sugestões, conselhos, dicas sempre são bem-vindos!

 

Obrigado!

 

*Valores aproximados extraídos do Skyscanner, ferramenta que uso pra buscar vôos

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Olá,

 

Primeiro ponto de atenção, os custos das passagens aérea estão muito subestimados, você está esquecendo de incluir os custos das taxas, bagagem e deslocamento ao aeroporto, que geralmente fazem este valor dobrar ou triplicar.

 

Um exemplo bem claro é o voo Paris X Dubin da Ryanair que custa 30 Euros. Mas ai você começa a incluir os custos, 1 Euro para pagamento com cartão de crédito, 15 Euros para a mala despachada, mais 20 Euros de ônibus/metrô até o aeroporto de Beauvais em Paris, mais 7 Euros de ônibus do aeroporto de Dublin ao centro, mais 5 Euros para marcar um assento, se não pagar os 5 euros para marcar assento, terá que achar um internet café para imprimir o cartão de embarque 7 dias antes da viagem o que vai lhe custar mais que os 5 euros, com assento marcado você pode fazer isto 30 dias antes, antes de sair de casa. Ou seja, a passagem que inicialmente custava 30 Euros, acabou saindo por 78 Euros, quase 3 vezes mais caro do que você está estimando.

 

Quanto ao orçamento, depende muito do que você escolher, de quais cidades vai visitar, algumas são baratas outras bem caras, quais hosteis você vai ficar, onde e o que vai comer, quais passeios fizer, como irá de uma cidade para outra, etc, etc, etc..

 

Mas numa conta bem grosseira, eu estimaria gastos em torno de 80 Euros por dia para hospedagem, alimentação, metrô e passeios. Claro que conforme o que você escolher este valor pode subir bastante, ou até baixar um pouco, mas este seria um valor médio, para que você não precise ficar se preocupando em contar moedinhas o tempo todo, e nem passar vontade de fazer nada, ou seja, eu trabalharia com este orçamento, se conseguir fazer com menos, ótimo, guarde o que sobrar de dinheiro para o próximo mochilão...

 

Então seriam 80 Euros x 30 Dias, mais uns 600 Euros para passagens entre os países e algum gasto ou reserva para algum gasto não previsto. No totl seriam uns 3.000 Euros para estes itens. O que seriam em torno de R$ 10.200 na cotação de hoje só com alimentação, hospedagem e transporte, e ainda falta incluir as passagens transatlânticas, que devem ficar em torno de R$ 2.500. Ou seja, sendo um pouco conservador eu estimaria um orçamento em torno de R$ 13.000 ou R$ 14.000 para esta viagem, já contando uma sobra para algum imprevisto.

Link para o comentário
  • Membros

Obrigado por esclarecer bem esses detalhes de custo, Adriano! Já passa a me dar uma ideia boa aqui para o planejamento. Agora, 5 euros só para o assento, você não acha demais? Nunca tinha visto algo parecido. E outra, é possível eu levar meu mochilão como bagagem de mão, creio que caberia perfeitamente, e sendo assim, ficaria livre de cobrança?

 

@ Rafa: quais as cidades/países serão cobertos? Ficarão em albergues, couchsuring, e a locomoção interna?

Link para o comentário
  • Membros de Honra

5 Euros para escolher um assento é até barato, tem empresas cobrando muito mais.

 

Março ainda faz bastante frio nestes locais, então você tem que levar mais roupas pesadas, e sinceramente, 10 Kg não dá para quase nada, na minha última viagem de 15 dias a europa, levei na mala 2 calças jeans, umas 6 camisetas, pijamas, 1 par de tênis extras, chinelos, 2 casacos, roupa intima, meias, tablet, carregador do celular/tablet, adaptador de tomada, artigos de higiene básicos, e deu 11 Kg. Você viu que não foi nada exagerado, bem básico e já estourou os 10 Kg. Aí se você for comprar mais alguns souvenirs ou lembrancinhas, complicada ainda mais.

 

Ou seja, sendo sincero, o limite de 10 Kg só dá certo para viagens curtas, de no máximo 1 semana, ou então no auge do verão, quando está quente, e você só leva algumas bermudas e camisetas leves... Mas viajando no finalzinho do inverno como é o seu caso, esqueça, vai ser complicado demais ficar dentre do limite de 10 Kg.

 

E as low-cost costuma ser bem rigorosas quanto ao limite, é uma única mala de 10 kg, você não pode levar mais nada na mão.

Link para o comentário
  • Membros

Concordo com a maioria da coisas, mas tenho alguns pontos...

 

- R$ 14.000 numa viagem de 30 dias acho muito. Já fui várias vezes para Europa e consigo viajar com metade disso por 30 dias.

- E dependendo do roteiro ainda dá pra fazer mais com o dinheiro empregado na passagem de ida e volta, utilizando stop-over em Lisboa por exemplo.

- Quanto ao peso do mochilão... acho que dá pra ficar com os 10kg sem problema, mesmo no inverno, mas isso vai depender do estilo de cada um. Tem que ter em mente que você vai precisar lavar roupa, não tem como levar roupa para um mês mesmo.

- Em relação as companhias low-cost, muitas cobram por reservar um assento previamente. Mas não é obrigado a pagar. Alem do mais me parece que seu roteiro não tem tanto voo.

- Tem que comparar antes de comprar... a maioria das vezes a low-cost vale a pena, mesmo se for despachar, mas deve-se comparar com as companhias tradicionais antes.

- Se vc for acompanhado ainda dá pra economizar mais, pois divide a hospedagem.

 

Abraço

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...