Ir para conteúdo
João Rosenthal

EUROPA em 41 DIAS - 11 PAÍSES - AGO/SET 2014 (C/ FOTOS)

Posts Recomendados

Cara, na verdade eu conhecia eles sim, mas como não era muito próximo acabei pagando. Mas não é um local que está disponível para hospedagem, infelizmente, porque é um preço baixo para Paris em uma localização inacreditável.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi João, td bom?

Vc utilizou o visa travel Money na sua viagem?

Estou pensando em levar este, tbm um cartão de credito internacional e claro um valor em espécie.

Sabe se é bem aceito este VTM pela europa?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia João, seu relato foi show, pretendo fazer uma trip pra Europa quando tiver juntado a grana, minha dúvida todos os hosteis você reservou aqui no Brasil mesmo? Se sim qual site? E sobre a língua, não manjo nada de inglês muito menos as outras línguas faladas na Europa, você acha q com isso não dá pra fazer uma trip dessas? Como li o relato todo faz um tempo, desculpa se deixei passar algum detalhe q já estava respondido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Peddro Junior, beleza meu velho?

 

Reservei tudo aqui no Brasil mesmo, 1 ou 2 semanas antes de partir (menos em Luxemburgo, pois só há 1 hostel no país, então não podia perdê-lo de jeito nenhum). Meu esquema é mais ou menos assim, ao longo do meu planejamento de viagem (que durou pra essa 4 meses) eu vou selecionando hostels em todas as cidades e monto uma lista com pontos positivos e negativos de cada um (tem café da manhã? Localização é central? Preço bom?), geralmente com 2 a 4 opções por cidade.

 

Prefiro assim por dois motivos: preço, já que reservando antes quase sempre sai mais barato, e falta de vontade de sair caminhando procurando hostel. Claro, vc pode saber exatamente para onde ir, mas e se chegar lá e não tiver vaga? Aí é mochila nas costas e caminhar pela cidade atrás de outro, às vezes em horários ruins, após dias exaustivos, etc. Há inúmeros motivos, e eu particularmente não gosto. Por isso reservo sempre pelo hostelworld.com, pois reservando você só paga 10% do total e o resto na hora, então caso eu mude de ideia e não vá mais, vou perder no máximo uns 2 euros/dia de reserva.

 

Sobre a língua, se vc não fala absolutamente nada de inglês complica um pouco. É zero mesmo? Falando o mínimo já é uma grande diferença. Se for zero, aconselho um intensivo de inglês e um dicionário pra viagem. Há dicionários de bolso feitos para viajantes que tem as frases-chave, e uma demonstração da fonética na língua portuguesa.

 

É isso, qualquer coisa grita aí!

 

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beleza meu querido, João tu é demais hahaha, então o zero de inglês é modo de dizer kk, sei o básico, mais pelas suas dicas fico tudo mais claro, agradeço de coração a sua vontade de poder explicar tudo e ainda nos proporcionar um relato ótimo

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Otimo relato!

Vc acha que vale a pena passar a noite em Ghent ou uma day trip de Amsterdan é o suficiente? O transporte é caro pacas! O trecho de trem é o mesmo preço para Paris!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
João, excelente o seu relato e sua trip. Parabéns!

 

Muito obrigado!

 

Otimo relato!

Vc acha que vale a pena passar a noite em Ghent ou uma day trip de Amsterdan é o suficiente? O transporte é caro pacas! O trecho de trem é o mesmo preço para Paris!

 

Acho que passar uma noite em Ghent é válido sim, nem tanto por causa do tempo necessário para visitar a cidade, mas porque à noite tudo fica ainda mais bonito.

 

Sobre transporte, ir pra lá de trem desde Amsterdan é furada, muito caro. Fui de ônibus pela Eurolines, paguei 10 euros na alta temporada. Serviço excelente, nada a reclamar. Então vá de ônibus, a economia será grande.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente é uma tremenda economia, obrigada pela dica! E de lá para Bruxelas ou Paris? Melhor trem ou o onibus da conta? Se bem que preciso ver a localização das rodoviarias...

 

valeu! ::tchann::

 

 

 

Acho que passar uma noite em Ghent é válido sim, nem tanto por causa do tempo necessário para visitar a cidade, mas porque à noite tudo fica ainda mais bonito.

 

Sobre transporte, ir pra lá de trem desde Amsterdan é furada, muito caro. Fui de ônibus pela Eurolines, paguei 10 euros na alta temporada. Serviço excelente, nada a reclamar. Então vá de ônibus, a economia será grande.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não fiz Bruxelas - Paris, mas eu sempre prefiro pegar ônibus quando a distância é curta, pois é muito mais barato. Vê pela Eurolines também, normalmente eles têm bons preços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Não fiz Bruxelas - Paris, mas eu sempre prefiro pegar ônibus quando a distância é curta, pois é muito mais barato. Vê pela Eurolines também, normalmente eles têm bons preços.

 

Vou pesquisar com eles. Obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala João, tudo bem?

 

Sigo com o meu planejamento, agora já com passagem, passes de trem, de ônibus comprados e hotéis reservados... Acabei pegando dois albergues que você ficou: O Wombats em Viena (já sei que o café da manhã vale a pena) e o One World em Cracóvia (Impressionante a quantidade de albergues lá com boa avaliação no booking e diária menor que oito euros + café da manhã!), acabei escolhendo o One World pq acho que não vai ter erro...

 

Enfim, tenho uma dúvida meio besta, de mochileiro noob mesmo: É tranquilo pedir pra deixar a mochila no hostel depois do check out ou antes do check in? A pergunta val pra albergues em geral, já que no Wombats não será necessário, e no One World, talvez só depois do check out... Seria legal mandar um e-mail perguntando? Não quero parecer o tipo de hospede que fica pedindo coisas chatas, então queria saber se isso é razoável...

 

Outra: Nesses dois albergues vou chegar à noite, por voltas das 20h no wombats e 21 no One World, também é legal avisar por e-mail ou tanto faz?

 

Valeu, velho!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma dúvida, não cogitou hamburgo na alemanha? Sabe coisas boas pra fazer por lá?

Vou lá mais por causa de uma amiga que mora lá.

E belo relato. Foram 41 dias já contando com o tempo de voo ida +volta?

vou fazer uma viagem agora em março/abril.

Até agora os confirmados: holanda, alemanha,dinamarca,suécia,noruega.

Aí estou cogitando islândia, talvez groelândia.

GRoelândia está quase cortado por causa da passagem, a mais barata é uns 500 euros, saindo da islândia.

Caso não vá a groelândia, devo esticar da alemanha pra polônia, e caso não vá a islândia, devo pegar bélgica ou rep tcheca.

No total são 32 dias INTEIROS por lá(sem contar fora 29h de ida, 21 h de volta, e o dia da chegada na europa)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Fala João, tudo bem?

 

Sigo com o meu planejamento, agora já com passagem, passes de trem, de ônibus comprados e hotéis reservados... Acabei pegando dois albergues que você ficou: O Wombats em Viena (já sei que o café da manhã vale a pena) e o One World em Cracóvia (Impressionante a quantidade de albergues lá com boa avaliação no booking e diária menor que oito euros + café da manhã!), acabei escolhendo o One World pq acho que não vai ter erro...

 

Enfim, tenho uma dúvida meio besta, de mochileiro noob mesmo: É tranquilo pedir pra deixar a mochila no hostel depois do check out ou antes do check in? A pergunta val pra albergues em geral, já que no Wombats não será necessário, e no One World, talvez só depois do check out... Seria legal mandar um e-mail perguntando? Não quero parecer o tipo de hospede que fica pedindo coisas chatas, então queria saber se isso é razoável...

 

Outra: Nesses dois albergues vou chegar à noite, por voltas das 20h no wombats e 21 no One World, também é legal avisar por e-mail ou tanto faz?

 

Valeu, velho!

 

Fala Cleber.

 

Escolheu dois ótimos hostels, os dois melhores que fiquei em minha viagem. Deixar a mochila é sempre tranquilo, os hostels sabem que isso é uma necessidade que qualquer viajante terá em algum momento, e sempre têm uma sala para isso. Não precisa avisar, não.

 

Sobre os horários de chegada, não custa avisar, mas ambos tem recepção aberta 24h por dia, então não seria problema.

 

Uma dúvida, não cogitou hamburgo na alemanha? Sabe coisas boas pra fazer por lá?

Vou lá mais por causa de uma amiga que mora lá.

E belo relato. Foram 41 dias já contando com o tempo de voo ida +volta?

vou fazer uma viagem agora em março/abril.

Até agora os confirmados: holanda, alemanha,dinamarca,suécia,noruega.

Aí estou cogitando islândia, talvez groelândia.

GRoelândia está quase cortado por causa da passagem, a mais barata é uns 500 euros, saindo da islândia.

Caso não vá a groelândia, devo esticar da alemanha pra polônia, e caso não vá a islândia, devo pegar bélgica ou rep tcheca.

No total são 32 dias INTEIROS por lá(sem contar fora 29h de ida, 21 h de volta, e o dia da chegada na europa)

 

Não cogitei Hamburgo, pois havia outros lugares que me atraíram mais. E admito que conheço pouco, mas ouço falar bem, dizem ser uma cidade bonita.

 

Tive na verdade 40 dias de viagem, pois esse tempo incluiu a ida e a volta.

 

Sobre o seu roteiro, seria interessante vc abrir um tópico em "Europa - roteiros de viagem" para que possamos analisar, pois assim fica difícil opinar.

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×