Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Protestos no Peru - Perguntas e Respostas


Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Eu estava no comeco de janeiro no peru e fiquei parado 2 dias em piura, no norte, num paro dos campesinos q tomou todo o pais. Ninguem ia nem vinha por terra, so por aviao. Na epoca vi na internet q ate o trem pra machu picchu tinha sido paralizado. Uma das noites que passamos na estrada as pessoas locais, inclusive o motora, ficaram bem apreensivos com pessoas que pudessem abordar o onibus para assalto. Nada aconteceu. Qto ao protesto foi tudo pacifico embora eles tinham paus e ferros na mao para intimidar. Qto a problemas por causa do protesto foi so o embaco mesmo de ficar 2 dias parados no meio do nada sem fazer picas.

 

boa balada pra quem ta na area.

 

Suerte!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 84
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • 2 meses depois...
  • Membros

Estava em Cuzco à época dos protestos (julho/09), quando fecharam todas as entradas e saídas das cidades, o que atrapalhou um pouco o meu cronograma de viagem. Os ônibus que fazem os passeios nas mediações de Cuzco e táxis estavam todos parados. No entanto, o povo peruano é muito pacífico e os protestos são bem organizados pela população, o que parece mais um desfile de 7 de setembro aqui no Brasil.

 

Michelle ::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 5 meses depois...
  • Membros

Também peguei um "strike" desses em Arequipa, agora em Janeiro. Os peruanos falam que é comum esse tipo de manisfestação, ainda mais no meu caso, que foi em relação aos transportes.

Fazem isso para divulgar mais para o governo peruano, pois afetam diretamente os turistas, no caso foi os acessos as cidades. Nenhum onibus, ou seja as empresas não estavam fazendo nenhum trajeto.

Durou 3 dias a greve, e depois liberaram. Graças a Deus, pois não chegaria em Cuzco.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra
o povo peruano é muito pacífico e os protestos são bem organizados pela população, o que parece mais um desfile de 7 de setembro aqui no Brasil.

 

Infelizmente não é bem assim.

 

As coisas no Peru não são pacíficas nem organizadas. A maioria das vezes, sai quebra-quebra e até mortes. Em 2008 quando estava lá de passagem, havia um paro dos professores, que atiraram pedras em um bus em movimento e mais de 20 pessoas morreram.

 

Agora em 2009 vi bons tumultos por lá.

 

 

Agora... Pra falar a verdade... Acho esse tópico bem inútil, já que a violência em nosso país é muito maior e banal, já que lá, o povo protesta por uma vida melhor(até de forma violenta), mas aqui não brigamos por nada.

 

Quem quiser conhecer o Peru, deve se preocupar muito mais com o povo altamente desonesto, que com as manifestações.

 

Já disse várias vezes, cada país com os seus problemas. O que não podemos é instalar o sistema alarmista aqui no fórum.

 

Somente a mera opinião de quem conhece os problemas de lá.

 

Abraço,

Leo

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • Membros

Bem, enfrentei um Paro agora em Abril, e não foi nada pacífico.

 

As estradas em Nasca bloqueadas, pedras nas pistas, comércio todo fechado.

 

Manifestantes correndo, policiais por todo o lado.

 

Enfim, tenha sempre um plano B na sua viagem. Você nunca sabe quando vai enfrentar algo do tipo. Eu tive que pular minha ida para Arequipa.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 ano depois...
  • Membros

Lico,

 

Bom dia!

 

Estou em La Paz e temos notícias que desde 13 de maio há um bloqueio de estradas em Desaguadero. Qual o melhor lugar para postar sobre isso? Visto que nós e outros turistas temos a opçao de ir de barco pelo Titicaca cruzando os países. Por favor, se achar melhor, pode apagar este post. Há previsao do bloqueio terminar daqui a dois dias.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Olá Pat Alves

 

Os protestos no Peru e na Bolívia são muito frequentes e devem ser levados em consideração na hora de planejar essa viagem. Infelizmente não sabemos quando nem onde vão acontecer, então esse é um daqueles imprevistos de certa forma até esperados.

 

Transferi aqui para o tópico correto a sua mensagem e fique a vontade para postar suas informações.

 

Intééé

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Há um protesto na fronteira Bolívia - Peru desde 13 de maio. Por enquanto, nao há previsao de término. As soluçoes: pegar um barco em Copacabana para Puno. Sao nove horas de viagem. Em Copacabana estao cobrando 160BOB. Em Puno, segundo informaçao de uma brasileira que encontrei no hotel em La Paz, estao cobrando 80 PEN. A outra opçao é ir de ônibus desde La Paz até Puno, por outro caminho que nao passa em Desaguadero onde está o protesto. As agências estao cobrando 200BOB pelo tíquete.

 

Acho que isso pode ajudar as pessoas que estao em transito. De qualquer forma, a esperança das pessoas aqui é que o protesto termine este final de semana.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Continua fechada fronteira que liga Brasil e Bolívia

 

Continua fechada a fronteira que liga Brasil e Bolívia, por manifestantes do "Paro Cívico" que reivindicam revisão da normativa brasileira RFB nº 1.059, da Portaria MF 440, sobre a quantidade de mercadorias estrangeiras que entram no Brasil. A ação começou na última segunda-feira, 16 de maio.

 

A reivindicação acontece devido ao artigo publicado no Diário Oficial da União a Instrução Normativa RFB nº 1.059, da Portaria MF 440, dia 03 de agosto de 2010, pela Receita Federal que facilitava a entrada de objetos de uso pessoal nas alfândegas, além de acabar com a obrigatoriedade do preenchimento da declaração de saída temporária de bens importados do País, uma norma já utilizada em outros países fronteiriços.

 

De acordo com o cônsul da Bolívia, Juan Carlos Mérida Romero, a manifestação é realizada com objetivo de tentar um acordo de aumento de algumas mercadorias na cota que equivale a U$$ 500 ou U$$ 300. “Com certeza a reivindicação nos prejudicou, tanto aos brasileiros como aos bolivianos. Tomamos essa atitude para trazer melhorias no lado econômico para ambos países”, destacou.

 

O consulado boliviano aguarda respostas da Receita Federal de Corumbá que afirmou encaminhar a interpretação da normativa até Brasília.

 

Muitos turistas voltaram frustrados, se planejaram vir e fazer compras além de conhecer o país vizinho, como foi o caso Joelson Rustere, que veio de São Paulo com a família, ficou dois dias esperando e nada foi solucionado. “Estou voltando decepcionado por ter encontrado essa situação na fronteira. Infelizmente nada é resolvido”, destacou Rustere

 

fonte: http://capitaldopantanal.com.br/cdp/component/content/article/44-destaques-de-capa/4256-continua-fechada-fronteira-que-liga-brasil-e-bolivia.html

 

Moro aqui no MS e já tive notícias de mochileiros com problemas na fronteira durante os protestos.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...