Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Duas amigas, duas malas, 3 países - Peru Bolivia e Chile - AGO/2014


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Acompanhando aqui também.. Apesar de ter feito também essa trip em 2013, sempre penso em voltar em breve para fazer tudo novamente, inclusive a trilha Salkantay heheheheh.

Esta ficando bom o relato, agora fico imaginando viajar de mala, subir e descer varias ladeiras, deve ter sido meio trash .

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 41
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Dia 6 - Valle Sagrado e Aguas Calientes

Voltando à saga das toalhas, acordamos cedo e fomos a recepção mais uma vez atras de uma singela toalha e... NADA! Sem toalhas disponíveis. Lembrei que tinha levado uma dessas toalhinhas de secagem rápida da Track&Field que ganhei em uma corrida que fiz, mas era uma toalha de rosto mega ultra minúscula! Drika resolveu usar uma blusa de pijama como toalha e assim resolvemos a questão. Mas na correria e com a iminência da chegada do tour para nos buscar acabei arrancando uma tampa do meu dedo com a caixinha da toalha. Passei um spray anti-séptico para estancar o sangue e me esqueci do corte que mais tarde ia me dar algum trabalho.

 

Preparamos uma mochila pequena com roupas, snacks e necessaire para 2 dias, fechamos as malas e as deixamos no locker do Hostel. Nosso plano era o seguinte: fazer o tour pelo vale sagrado dos Inkas até OlLantaytambo. De lá pegaríamos o trem das 19h até Aguas Calientes, dormiríamos também no Hostel Ecopackers de AC e ás 04:10 - 04:15 estaríamos de prontidão na fila do ônibus para Macchu Pichu! Plano elaborado! Mãos a obra!

 

A agência nos buscou às 08:30 no Hostel e fizemos um tour bem tradicional. Primeira parada: Mercado Artesanal de QORAO - artesanatos estupidamente baratos e lindos! Mas comprei mesmo foi uma perneira de lã e uma toquinha com viseira para proteger do sol de Machu Picchu. Depois das compras fomos ao Centro Arqueológico de Pisac onde tivemos uma pequena aula sobre os locais mais importantes e subimos bastante até chegar ao ponto mais alto com uma belíssima vista para o vale. De lá fomos almoçar em Yucay (almoço incluso no pacote) com direito a Inka Kola, carme de alpaca e o Quinoa de todo dia.

valle.jpg.d26f24102beff19f60f37a5a416d1ce1.jpg

598dbc123632f_inkakola.jpg.47d6d9848df98beabca9a3b08193c5d8.jpg

 

Após o almoço nos dirigimos ao parque Arqueológico de Ollantaytambo que de longe foi o local do Valle Sagrado que eu mais gostei. O rosto de um dos Deuses esculpido nas rochas, todo o complexo bem preservado e mais uma vez toda a sagacidade dos Incas em construir aquela estrutura enorme repleta de pedras gigantes e funcionalidades modernas para a época. O tour foi bem legal e o pessoal da excursão era gente fina também... se não fossem 2 Hermanas que insistiam em cantar a musiquinha do "Brasil decime que si siente :evil::evil::evil: ".

 

Abro aqui um parênteses! Comprei as passagens da Peru Rail com um mês de antecedência pela internet e valeu a pena! Alguns amigos tiveram que ir de van por uma estrada super perigosa e andar algumas horas até Aguas Calientes, pois as passagens estavam esgotadas. Mas se pudesse voltar atrás teria comprado as passagens para o trem das 16h e não das 19h! Fica corrido, mas as agencias de turismo já estão preparadas para que vc chegue a tempo deste trem. O tour acaba por aí e você tem que esperar horas em Ollanta sem muito o que fazer por lá...

 

Como boas Mineiras... se não tem mar vamos para o Bar! rs... Conhecemos 2 franceses na excursão que estavam no mesmo trem que o nosso, inclusive um deles falava português extremante bem! Aliás o que não faltou nessa viagem foram franceses... seguramente 60% do viajantes eram dessa nacionalidade, em alguns lugares eu ouvia mais francês que o próprio espanhol. Avistamos um Happy Hour dose Dupla com wi-fi (detalhe importantíssimo kkk) e ficamos batendo papo até a hora de ir para a estação.

 

ollanta.jpg.8e84776e07c46bfec0a701e7e30ed50e.jpg

 

Chegamos em Águas Calientes por volta das 22:30.(Ahhh como eu queria o trem das 16h :wink: ) Um pouco tarde já que teríamos que madrugar e comer algo antes de dormir. Deixamos as coisas no Hostel e fomos atrás de algo bem rápido para comer, já que a cozinha estava fechada. O que não falta em AC são pizzarias, mas os preços são bem salgados. Sentamos na primeira que avistamos com algum movimento e já bati o olho num suquinho de laranja natural... mal sabia eu que ele custava salgados 15 soles e era adoçado. Drika pediu uma pizza individual, eu pedi uma panqueca e comemos enquanto todos os funcionários do estabelecimento assistiam com os olhos vidrados a SALVE JORGE ou LA GUERRERA como a novela foi traduzida kkkkkk...

Tomamos nosso sonhado banho com direito a uma toalha e fomos dormir por algumas poucas horinhas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Você colocou exatamente a informação que eu precisava. Estava em dúvida sobre que horas compraria o trem pra AC.

 

Pretendo fazer o Vale Sagrado terminando em Ollanta e não sabia que horário as agências terminavam o tour lá.

 

Esse das 16 então seria uma boa opção?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Acompanhando aqui também.. Apesar de ter feito também essa trip em 2013, sempre penso em voltar em breve para fazer tudo novamente, inclusive a trilha Salkantay heheheheh.

Esta ficando bom o relato, agora fico imaginando viajar de mala, subir e descer varias ladeiras, deve ter sido meio trash .

 

Olá Renato,

 

Fico feliz em saber que vocês estão acompanhando, dá um gás a mais para escrever! Queria muito fazer Salkantay também numa próxima vez!

 

A mala por incrível que pareça não foi nada inconveniente! Decidi ir com a mala nos 48 do segundo tempo depois que uma amiga falou q o tio tinha voltado com uma hérnia de disco! (Minha coluna não é muito benta e me conheço! Sempre acho que não comprei nada, mas a mala está com 6-8kg a mais do que na ida rs...!

Minha mala aguentou muito bem! É uma sansonite com 4 rodinhas de empurrar! Por incrível que pareça voltou inteira! :)

 

Abs,

 

Carol

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Você colocou exatamente a informação que eu precisava. Estava em dúvida sobre que horas compraria o trem pra AC.

 

Pretendo fazer o Vale Sagrado terminando em Ollanta e não sabia que horário as agências terminavam o tour lá.

 

Esse das 16 então seria uma boa opção?

 

Olá Matoso!

 

O de 16h é corrido, mas da tempo! Só avisar no inicio do seu tour!

Entre chegar mais cedo em AC e ficar a toa em Ollanta, prefiro chegar mais cedo em AC, até pq você pode tentar comprar o ticket do bus para o dia seguinte...

 

Abs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Dia 7 - MACHU PICCHU!!!!!!! ::hahaha::

Apenas 3 horas e meia de sono e o despertador toca! 4:00 da manhã! Arrumamos a mochila, tomamos café (O hostel oferece café nesse horário) e saímos para comprar o ticket do ônibus. Me senti num cenário de filme zumbis rs... Águas Calientes é uma cidade com apenas uma rua que circunda os trilhos do trem, casas sobre casas, passarelas de ferro elevadas e as 4 da manhã centenas de turistas, todos na mesma direção, com cara de sono e de poucos amigos começavam a peregrinação.

 

Descobri que o guichê para a venda de tickets só abria as 5:00, mas a fila já se formava. No passeio em frente, outra fila, desta vez quilométrica, aguardava os ônibus. Por mais que você tenha comprado o ticket no dia anterior, o que vale é seu lugar na fila. Se chegar cedo, vai no primeiro ônibus, senão, nos próximos. Eles saem um atrás do outro... então não é necessário esperar muito. (O primeiro ônibus sai as 5:30 e o parque só abre as 06:00... o preço é de U$25,00 ida e volta)

Eu Drika usamos a seguinte estratégia, uma ficou na fila dos tickets e a outra na fila do ônibus! Deu certo e pegamos o quarto busão. No caminho víamos vários turistas que se aventuraram a subir a pé! Os degraus são GIGANTES, nesse horário está tudo escuro, frio e a subida é longa... Além disso vários dos turistas que vimos pós subida, estavam com a pele repleta de vergões de mosquitos que, pelo visto, também não davam trégua. Tenho que admitir que o gostinho de chegar lá após subir na raça deve ser bem diferente!! Deve ser quase como chegar na cereja do bolo!

 

INFO Compramos nossos ingressos para MP com antecedência pela net, pois queríamos subir ou Wayna Picchu ou a MP Mountain... mas mesmo com 1 mês de antecedência Wayna já estava esgotado.

 

Durante a subida o dia foi começando a clarear, os picos que envolvem Machu Picchu iam tomando forma e as muitas nuvens começavam a se dissipar. A previsão era de chuva, por isso estávamos apreensivas. Chegamos, guardamos as mochilas no locker (5 soles) e fomos para mais uma fila! Agora para esperar a abertura do parque. O bom de chegar cedo é que você entra com o parque vazio! Uma hora depois... as pedras para tirar fotos são disputadas a tapas e é impossível ver qualquer paisagem sem centenas de pessoas na frente.

 

O parque abriu e meu queixo caiu!! ::ahhhh:: Não tenho palavras para descrever Macchu Picchu. Tudo o que disser aqui vai soar piegas e mesmo assim não vai expressar um décimo da sensação que estar ali nos trás. É lindo! Parece uma ilustração saída dos livros, até as nuvens que abraçavam as montanhas me pareciam lindas e davam um charme ao cenário. Sem pensar duas vezes começamos a subir e procurar entender o que estávamos vivenciando ali. Queríamos aproveitar o parque vazio para tirar fotos e mais tarde contrataríamos um guia para percorrer a cidade e explicar toda a parte histórica.

Update: Tinha esquecido! Se você quiser carimbar seu passaporte, o estojo com tinta encontra-se na porta da casinha ao lado das catracas! Você mesmo carimba. Não feche seu passaporte até secar a tinta, senão vai manchar não so o GIGA carimbo de MP como todo o seu documento!

 

mp.jpg.eac73fcb985caba7e327a99a9c453a30.jpg

mp2.jpg.2bc31e91cf6d22b4067c0bf157049636.jpg

 

Contratar o guia vale muito a pena!! Você vai pagar algo em torno de 15-20 Soles por pessoa, mas só dessa maneira é possível absorver toda a riqueza da história Inca e de Machu Picchu!! Pelo que vi são todos muito bem preparados e acho o valor justo para 1:30 h- 2:00 h de tour guiado. Leve alguns snacks e água! É muita caminhada, subida, descida e os preços nas 2 cafeterias aos pés de MP são absurdos. Vá com um bom calçado de caminhada! Vi uma senhorita de salto alto ::lol4:: e por mais destreza que ela tivesse em cima das plataformas, o risco de uma torção no pé era enorme. No mais... ENJOY!! ::love::::love::

mp3.jpg.8170e2234433e022c486d2acf3d54fde.jpg

citadelle.jpg.fec4013498dd601d87adecccde2aecdb.jpg

 

Os ônibus de volta a Aguas Calientes saem a todo instante e não é preciso esperar muito. Voltamos, procuramos um restaurante para almoçar enquanto aguardávamos nosso trem de volta a Cusco. Já em Cusco pegaríamos nossas malas no hostel e iríamos direto para o terminal de Buses. Nosso ônibus noturno com destino a Puno sairia às 22h.

 

Dica! Aprendemos que quase todos os restaurantes tem um menu fechado: entrada, prato principal e sobremesa, que na maioria das vezes sai mais barato que apenas um prato principal. Foi assim tanto em AC, quanto em Copacabana e em San Pedro de Atacama! :wink:

 

AC.jpg.baad24b7a078d470f4495e312219db8f.jpg

 

Apesar do preço salgado, os trens da Peru Rail são bem confortáveis e a paisagem é linda! O Bus Cama que pegamos com destino a Puna era tão confortável quanto uma primeira de avião! Apenas 3 poltronas por fila, super espaçosas, serviço de bordo, travesseiro e cobertor. Valeu a pena!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Quanto ao menu fechado, é só perguntar pelo menú del dia, ou simplesmente menú. vc falou sobre os falsos policiais, esse golpe rola na bolívia, peru e chile. quanto a táxi, o ideal é pegar só táxis de empresa, mas, na boa, tem tanta van e transporte popular que táxi é dispensável. na bolivia eu só pego táxi pra ir e voltar do aeroporto e no peru, procuro andar ao máximo de onibus.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Quanto ao menu fechado, é só perguntar pelo menú del dia, ou simplesmente menú. vc falou sobre os falsos policiais, esse golpe rola na bolívia, peru e chile. quanto a táxi, o ideal é pegar só táxis de empresa, mas, na boa, tem tanta van e transporte popular que táxi é dispensável. na bolivia eu só pego táxi pra ir e voltar do aeroporto e no peru, procuro andar ao máximo de onibus.

 

Olá Aletucs!

Issoo!! o Menu del Dia!! Salvou a viagem em aspectos gastronômicos rs... principalmente em SPA.

Na Bolívia, pegamos apenas radio táxis que tem um tel em cima e na porta, pois nos falaram que era mais seguro. Ficamos apenas um dia em La Paz, então praticamente não usamos taxi também... mas foi a dica que nossos amigos daqui nos passaram... achei válido colocar.

Meu primo que morou em La Paz alguns anos contou que outro cuidado é não abrir a carteira perto do taxista. Ele teve 700 euros roubados assim! O cara viu o $$ enfiou a mão na carteira mostrou uma faca e mandou q ele saísse do Taxi!

No Chile acho tudo muito tranquilo, apesar de ter sido roubada no ano passado. Deixamos uma mochila no carro em Valparaíso... quando voltamos 15 min depois tinham arrombado o carro e feito a limpa!

 

Abs,

 

Carol

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...