Ir para conteúdo

Botas EPI (Equipamentos de Proteção Individual)


Posts Recomendados

  • 1 mês depois...
  • Respostas 56
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Pessoal,

 

Completando as informaçoes do Marcelo.

 

Pra ser EPI tem que ter o NUMERO DO CA gravado no calçado. Cada modelo tem um numero diferente de CA. Esse numero é do modelo, do produto.

 

esse é o link do Ministério do Trabalho onde vc pode consultar o numero do CA e ver se ele é válido e pra que que é:

 

http://www2.mte.gov.br/sistemas/caepi/PesquisarCAInternetXSL.asp

 

Bons Ventos a todos.

Link para o comentário
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Oi pessoal,

 

Sobre este tópico, cheguei a conclusão de que para um iniciante que vai fazer trilhas leves e não quer investir uns R$ 400,00 de cara em uma bota de qualidade, tendo em vista investir em demais peças de vestuário equipamentos, pode sim, adquirir uma bota EPI cujo CA seja mais ou menos compatível com a atividade que se propõe.

 

Se ele decidir partir para algo mais ousado, aí sim, terá de se equipar melhor.

 

O grande problema está na questão do preço. Será que vale mesmo a pena pagar três ou quatro vezes mais por um calçado que vai te possibilitar a mesma coisa que outro de marca menos conhecida?

 

Acontece que no mercado dos tênis de corrida, aprendemos nas últimas décadas que o segredo são os amortecedores e de um tempo pra cá, surgiram os chamados tênis minimalistas, inspirados nas pessoas que correm descalças.

 

http://runnersworld.abril.com.br/materias/nochao/

 

Será que a maré está mudando? E o que acontece com o pobre coitado que pagou mais de mil reais em um tênis com sistema de amortecimento de última geração? Vai ter o dinheiro de volta?

 

Precisamos colocar na cabeça que em grandes distâncias não é o calçado que nos faz chegar e sim nós que o levamos.

 

Agente até aceita ter problemas com algo que pagamos pouco... agora difícil é engolir problemas com produtos caríssimos, o que pasmem, não é tão raro de acontecer.

Link para o comentário
  • 4 meses depois...
  • Membros

fala galera.

 

sou técnico em segurança e antes de ser já utilizava essas botas (epi), mas para ir pra caverna. no começo não entrava na cabeça eu estar usando uma SNAKE de R$400,00 e o tempo todo escorregando e o cara do meu lado com uma bota BRACOL de R$60,00, indo que era uma beleza, andando sobre pedras, limbos e todo tipo de terreno encontrado numa caverna.

fui lá e dei uma pesquisada nas lojas de EPI da minha cidade e achei um modelo da MARLUVAS, na época paguei R$65,00, não acreditava no que estava vestindo. nunca mais escorreguei,nunca mais tive bolhas e virei fã desse tipo de bota. recentemente estou usando um modelo da BRACOL de R$130,00, que está muito bem aprovado pra todas minhas atividades, que são caverna e consequentemente as trilhas de acesso, já fiz trilhas de 18Km de aproximação e investida na caverna, e foi super de boa. Lógico que o meu objetivo é que ela atenda as minhas necessidades dentro da caverna, mas se ajudar na trilha é melhor. quanto ao custo, vai da necessidade e do poder aquisitivo de cada um. se vc puder pagar R$800,00 de uma bota para treking, que tenha gore-tex e te ajude a preservar os seus pés e te faça voar nas trilhas, bom pra vc. mas achar que uma bota de R$400,00 já é caro, é meio relativo isso. Existe uma tecnologia enorme investida nisso, não é apenas marketing (lógico que existem marcas que não servem para nada, apenas beleza), e sim anos de teste e evolução nos sistemas de amortecimento, de troca de calor, conforto, durabilidade (apesar que no mundo de hoje, dificilmente alguma coisa é produzida para durar).

agora é difícil querer que uma bota de R$90,00 feita para o trabalhador ficar 8 horas por dia numa "condição ideal" de terreno, se equipare com as condições de uma trilha no sertão, é sacanagem né.

portanto vai de cada um, se vc começou a fazer treking agora, sabe que existe o conforto e a necessidade. posso parecer antiquado, mas o Sérgio Beck sempre alertou sobre isso.

não sei se vai ajudar pois não li todos posts, mas qq dúvida estamos aí.

20120928101858.jpg

Link para o comentário
  • 1 ano depois...
  • Membros

Olá a todos,

Escolher o calçado certo é sempre importante.

Sou biólogo e faço alguns trabalhos de campos com trilhas moderadas e de um a três dias, com uma mochila de 15 a 20 l no máximo, há dois anos adquiri uma Bracol numa loja de EPIs, um modelo de amarrar de cano médio, acho que o BAA. É bem confortável e atende muito bem, quando comprei custou 60 ou 70 reais; uso no dia-a-dia, mas considero a bota mais confortável no uso em trilhas do que na cidade.

A bota tem uma impermeabilidade razoável, entretanto como não possui nenhum sistema semelhante ao novadry ela não é interessante para trilhas de vários dias.

Link para o comentário
  • 3 semanas depois...
  • Membros

Sei que esse post já tem um bom tempo, mas informação nunca é demais.

Tenho 3 botas Nômade (atual Vento): a Titã (super confortável e leve, mas deixou de ser impermeável em pouco tempo e se tornou uma esponja chupadora de água, atualmente uso quando tenho certeza que onde irei não haverá poças d`água ou espinhos muito grandes.), X-Pro II (muito confortável e leve, mas também já não resiste à água, protege mais que a Titã em relação a espinhos grandes e o solado começou a se soltar um pouco agora.) e uma Assault da linha militar (confortável, é a única impermeável até hoje, pena que descascou em uma parte macia no cano da bota, na parte de trás.), pode não parecer mas gosto muito delas, tanto que as tenho e as uso até hoje e já faz 4 anos que as comprei.

Mas atualmente após ver o vídeo do batata sobre a bota de EPI dele

procurei a marca e encontrei o modelo mais novo http://www.vichi.com.br/Nobuk/4048_VCEN_2400_LV.php, adquiri e posso dizer que é muito confortável fiquei impressionado, ainda não as usei em campo. Na internet dizem que se bem presa não entra água, vou para um acampamento selvagem em julho e vou testá-la, depois conto como foi, mas em relação à conforto superou a bota Assault da Nômade/Vento e creio que tem mais proteção que a Titã e a X-Pro II. Paguei na bota Vichi R$109,00 + frete de de R$27,00.

Creio que para quem está começando e quer um calçado de baixo custo, confortável, aparentemente seguro(pois ainda não testei), resistente e nacional o que facilita caso venha a ter de trocar por defeito de fabricação ou ressolar.

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...