Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Murilo Pagani

Colômbia - Informações importantes sobre o país

Posts Recomendados

Aos poucos os brasileiros começam a pensar na Colômbia como destino turístico. Durante meus quatro meses no país, conheci muitos compatriotas que já estão aproveitando tudo o que esse país sensacional tem para oferecer. A Colômbia é um país muito rico, seja nos aspectos culturais ou naturais, não por menos é considerado um dos países mega- diversos do mundo.

 

Praias caribenhas, Cordilheiras dos Andes, Região Amazônica e até deserto – a Colômbia te oferecerá tudo isso em uma única viagem.

 

Principais Cidades

 

De grandes metrópoles como a capital Bogotá a pueblos que parecem ter parado no tempo – para conhecer as principais cidades colombianas com calma, reserve de 20 a 30 dias. Mesmo dividindo opiniões você deve tirar suas próprias conclusões sobre Bogotá. Já Medellín, costuma agradar a maioria dos viajantes. Subindo para costa os dois principais destinos são Santa Marta e Cartagena, pode reservar tranquilamente de 8 a 10 dias para as duas cidades. Na zona cafeteira, Salento é uma das mais visitadas. Cali, Manizales e Pereira também podem ser boas opções caso você tenha mais tempo. E claro, a famosa ilha do mar de sete cores: San Andrés.

 

Clima

 

A Colômbia não possui estações definidas, o que não significa que o clima é igual em todo seu território. Há lugares frios como a capital Bogotá, onde as temperaturas são baixas durante todo o ano. Medellín, que possui um clima agradável e por isso é conhecida como cidade da Eterna Primavera e a costa colombiana, com temperaturas em torno dos 32ºC durante todo o ano. De uma maneira geral, evite os meses de outubro e novembro que é a época com mais chuvas.

 

Viajando pelo país

 

Avião – Como sempre é a maneira mais rápida e também mais cara. Você pode encontrar algumas passagens com bom preço pela companhia Viva Colômbia. O único problema é que ela não aceita cartão de crédito internacional, para comprar a passagem tive que fazer o pagamento em uma “lotérica” na Colômbia mesmo.

 

Ônibus – Viajar de ônibus pela Colômbia não é difícil, há muitas saídas por dia para as principais cidades e dificilmente você ficará sem passagens. Um inconveniente pode ser a duração das viagens, que apesar de não representar grandes distâncias, pode demorar algumas horas, pois algumas estradas vão contornando a Cordilheira dos Andes. Percursos que não são muito longos podem ser feitos em vans, portanto se você tem muita bagagem vale a pena verificar. Uma das melhores empresas e que abrange praticamente todo o território colombiano e algumas cidades do Peru é a Bolivariano, você pode conferir os horários através desse site.

 

Tempo de viagem entre as principais cidades

 

Bogotá – Medellín: 10 horas

 

Bogotá – Cali: 9 horas

 

Bogotá – Cartagena: 18 horas

 

Santa Marta – Cartagena: 4 horas

 

Medellín – Cartagena: 13 horas

 

Medellín – Cali: 8 horas

 

Visto e Vacinas

 

Brasileiros não precisão de visto para viagem de turismo por até 90 dias, e é possível entrar no país apenas com carteira de identidade nacional (RG) em bom estado. A vacina contra febre amarela é exigida somente se você for viajar para algumas regiões como a Amazônia. Porém, não sei como funciona esse controle, pois quando passei pela imigração em Bogotá não precisei apresentar o certificado e nem me perguntaram para quais regiões do país eu viajaria.

 

Dinheiro

 

A moeda do país é o Peso Colombiano, R$ 1,00 = 750 pesos colombianos (setembro/2014). Em casas de câmbio em Bogotá, Cartagena e Medellín é possível trocar reais, em cidades menores não. Cartões são aceitos na grande maioria dos lugares e há muitos caixas eletrônicos, inclusive 24 horas.

 

Principais Gastos

 

A Colômbia não é um país barato. Os preços de alimentação, por exemplo, são bem parecidos com alguns lugares do Brasil. Produtos de higiene pessoal como shampoo, pasta de dente e sabonete são ligeiramente mais caros. Entre as cidades, espere gastar mais em Cartagena e Bogotá. Enquanto viajava, gastei uma média de 30 a 40 dólares por dia considerando alimentação, hospedagem e transporte. Como isso é relativo de pessoa para pessoa, vou listar abaixo, os valores médios dos principais gastos de um turista – lembrando que esses valores são médios e podem variar um pouco dependendo da cidade:

 

Hospedagem em quarto compartilhado: 23 mil pesos colombianos/ noite

Almoço, “plato del dia”: 10 mil pesos colombianos

Garrafa de água 600 ml: 1.500 pesos colombianos

Empanada: mil pesos colombianos

Passagem de transporte público: 1.700 pesos colombianos

Cerveja long neck em supermercados ou na rua: 1.500 pesos colombianos

Cerveja long neck na balada: 5 mil pesos colombianos

Taxi: Não é caro e pode ser uma boa opção desde que você divida com outras pessoas

Observação: Não se esqueça de incluir no seu orçamento entradas de parques, museus ou outros passeios que você queira fazer.

 

Comida

 

A Colômbia foi o país que passei mais tempo longe do Brasil e que senti menos saudade da nossa comida. Com um tempero marcante e molhos dos mais variados tipos, a comida colombiana é diferente em cada região do país, o que a torna ainda melhor. Há muitos pratos a base de milho, frango e plátano (um tipo de banana). Além disso, é muito comum tomar-se sopa antes do prato principal. Outra curiosidade é que abacate não é considerado fruta, portanto espere encontra-lo como acompanhamento nos seus pratos principais, saladas ou lanches.

 

Em relação a bebidas, os sucos são bastante tradicionais durante as refeições. Não deixe de experimentar o de lulo e zapote com leite. Na seção para maiores de 18 anos, as noites são esquentadas com rum e aguardente (geralmente eles tomam shots, sem misturar com nada). Club Colombia e Aguila são as cervejas mais consumidas, a Club é pouco mais cara, porém justifica o preço pela melhor qualidade. Em Bogotá, vale a pena ir a algum pub da BBC (Bogotá Beer Company), há muitos espalhados por toda a cidade.

 

Segurança

 

Infelizmente, violência, tráfico de drogas e guerrilhas ainda são os principais temas que algumas pessoas associam ao escutar o nome desse país. Há alguns anos atrás, viajar pela Colômbia realmente poderia ser perigoso. Atualmente a situação é bem diferente. Com exceção de poucas regiões (como a Amazônia), viajar pela Colômbia é bem seguro.

 

Os cuidados que você deve tomar são os mesmo válidos para qualquer país da América do Sul: evitar sair sozinho à noite, não mostrar dinheiro e celular nas ruas e ficar atento com seus pertences em lugares com grande concentração de pessoas. E caso necessite de alguma informação, não excite em perguntar aos policiais. Em grandes cidades você não caminhará muitas quadras sem avistar um, e eles sempre são muito atenciosos.

 

Se você tem alguma dúvida, deixe um comentário abaixo!

 

O texto foi originalmente publicado no meu blog (http://www.voltologo.net/colombia-tudo-o-que-voce-precisa-saber-antes-de-ir/)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites


Não fui... hehehe

Mas uma boa opção é pela companhia aérea Viva Colômbia. Há voos saindo de Bogotá e Medellín com bons preços. O inconveniente é o limite de bagagem. Outra coisa é que até o ano passado eles não aceitavam cartão de crédito internacional!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites


Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...