Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Membros

Eai pessoal, estou preparando minha viagem para a Europa no mês que vem, e como todos sabemos o IOF do cartão pré pago também subiu né. Porém li essa reportagem e fiquei curiosa para saber como faço isso. Alguém pode me ajudar?

 

 

 

Reportagem G1

 

"A procura pela moeda em espécie aumentou, mas alguns turistas não abrem mão de usar o cartão no exterior. Só que eles não querem pagar o IOF. Por isso, estão buscando alternativas para fugir da alíquota.

“O cartão é emitido pelo banco internacional, ele é uma operação que não está sujeita à legislação brasileira, e portanto não está sujeito a pagamento do IOF de 6%. É feita uma simples remessa ao exterior e o cartão é emitido por um banco internacional no exterior, não sujeito à legislação brasileira”, explica o presidente da Abracam.

Enquanto os turistas tentam fugir do IOF, algumas casas de câmbio planejam estratégias para manter a venda de cartões pré-pagos."

http://g1.globo.com/globo-news/conta-corrente/platb/2014/01/30/para-driblar-iof-turistas-emitem-cartao-pre-pago-em-banco-internacional/

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Vanessa,

 

Você abre uma conta num cartão pré-pago, carrega o cartão com Euros ou Dólares (em seu caso, creio ser melhor euros já que vem aqui para a Europa) e gasta :)

 

Dependendo a operação que vai usar para carregar o cartão, fica mais barato que o IOF sem dúvida, porém não se iluda muito. A reportagem conta muita coisa bonitinha mas não os meandros da coisa. Eu tenho alguns destes cartões que uso para "trazer" dinheiro do Brasil e a maioria das formas de recarregar são menores que o IOF (Boleto, a mais cara, 5%). Mas a cotação do dólar que vão usar é mais alta que a oficial, que acaba ficando elas por elas.

 

Como você pelo visto não é uma pessoa que precisa deste meio de pagamento com regularidade, penso que a encheção de saco para abrir a conta, receber o cartão, carregar, taxas, etc, não valem a pena. Pague o IOF ou traga Euros (que é melhor ainda).

 

Boa sorte.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Remessa para o exterior não é algo barato de fazer e vc ainda fica na mira da receita federal. É muito trampo (+risco) para eventual pouca economia.

 

Para viagens pequenas não vi ninguém mencionando que estava fazendo isso facilmente.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Entendi...muito obrigada :D , então vou fazer o cartão aqui mesmo e levar já recarregado, mas uma última pergunta, será que se eu levar os euros em espécie, e chegar no aeroporto lá da Europa e comprar o cartão pré pago é de boa? Sai mais em conta? Por pagar o IOF 0,38% no dinheiro em especie?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

acho que seria por questoes de segurança, por que ficar andando o tempo todo com um monte de dinheiro é meio arriscado, devido aos batedores de carteira...

 

Mas não costuma ser possivel fazer o cartão pré paga lá, geralmente eles pedem um comprovante de endereço local, ou então cobram taxas que no final das contas deixam tudo no mesmo.

 

Tambem não esqueça que Euros em espécie é sempre uns 2 ou 3% mais caro que no cartão, o que já anula mais da metade do "ganho" que voce teria levando em espécie.

 

Ou seja, para as viagens curtas que a maioria do pessoal é muito trabalho e malabarismo e taxas para conseguir uma economia de mizeros 100 ou 200 no final de todas as contas e taxas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Tem algumas cidades lá na Europa que são "famosas" por causa dos batedores de carteira, entre as mais problemáticas neste sentido estão Paris, Roma, Milão, Moscou e St. Petersburgo... Já rodei "meio mundo", e o único local em que tive problemas foi em Paris, onde bateram minha carteira no meio da confusão que se formou num dos trens do metrô na hora do rush...

 

Não é nada absurdo, que você tenha que se preocupar ou que não estejamos acostumados a ver todo dia aqui no Brasil e nem damos mais importância, é só ter os mesmos cuidados que você teria em qualquer lugar muito movimentado, cuidado redobrado em carteiras, bolsas e mochilas, e evitar ficar andando com grandes quantias de dinheiro em espécie e documentos na carteira, leve só o básico e o mínimo necessário para o dia a dia na carteira.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...