Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

cbm

Santiago do Chile

Posts Recomendados

Obtive algumas dicas por aqui e agora que voltei repasso algumas delas. Estive no Chile entre 5 e 10 de julho. Período de muito frio, mas por sorte não choveu, o que é comum nessa época. Saí de Curitiba pela Pluna. Não indico essa empresa, pelo menos nesse trecho. O avião é um Bombardier (Canadá) para 90 pessoas. O avião é apertado. O serviço de bordo é pago e há uma conexão de duas horas em Montevideo. Como estava chovendo, passamos mais duas horas. Na volta o despacho da bagagem custa 20dólares, mas se fizer check-in por internet tem desconto. Mas o desconto só é válido se vc imprimir as duas cópias. A passagem é um pouco mais barata, mas aqui vale - o barato sai muito mais caro.

Quanto aos passeios, já foram todos citados e não há razão para repetição. O que vale dizer é que o custo dos passeios cobrado pelas agências no Brasil é muito mais caro se for feito por lá mesmo. Quanto à Concho y Toro é um passeio que a maioria faz pela venda desse tipo de passeio, mas na verdade não vale à pena. Consta ver a área plantada, o armazenamento, a história do Casilero del Diablo e a degustaçao de dois vinhos. Há uma degustação maior com mais vinhos e queijos com o dobro do preço (7dólares/14dólares). No hotel vc pode conseguir uma planfeto que lhe dá desconto de 1dólar. Para ir lá pode-se ir pelos tours oferecidos, mas pode-se pegar o ônibus 81 na estação las mercedes. Paga-se 400 pesos pelo metro e 450 pelo bus.

No Vale Nevado não havia lido que depois de uma da tarde o custo de aluguel de bota, esqui, aula, é a metade. Eles não avisam.

Hospedamos no hotel Principado. Havia lido por aqui que os mochileiros não recomendavam esse hotel. Na verdade, quando chegamos soubemos que não havia cama de casal, mas nos mandaram para o Apart hotel principado que fica em frente. O quarto era bom, mas o café da manhã é diferente dos nossos hoteis, sem fruta, sem pão francês e leite quente somente se fosse solicitado. Afinal, no quarto ha´ fogão e geladeira. O hotel não tem internet e para usar é necessário passar para o outro principado.

A alimentação em Santiago não é barata, mas é possível encontrar alguns locais em conta, como no Belavista. Almoçamos uma prato com sprite, e sorvete como sobremesa e pagamos 3100pesos + propina (gorjeta).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tambem fui para o Chile pela Pluna saindo de Sao Paulo horrivel é o tipo de economia que não vale a pena fazer.

 

Comer em Santiago e caro e horrivel. Cuidado com as comidas do mercadão todos nós passamos mal e comemos apenas salmão tentando evitar maiores problemas.

 

Visitar o Centro de Santiago é fácil e podemos fazer tudo de metro. O que valeu muito foi ir as estações de esqui com um rapaz que foi indicado por um amigo que trabalha no Chile. Muito atencioso e cobra preço justo o melhor fica a disposiçao do grupo o dia todo, nos levou para alugar roupa onde os chilenos alugam e cobrou 90.000,00 pesos o serviço da Van para 9 pessoas. PAgamos 10.000,00 pesos por pessoa para visitar os tres parques ficamos com ele das 8.00 (qdo saimos do hotel até as 20.00h qdo voltamos ao hotel)

 

Um detalhe interessante ninguem sabia esquiar e ele nos ajudou ensinando o tempo todo e não cobrou pela aula. kkkkkk

 

Pessoal vale a pena ele é ótimo. 56*142*5041 Gabriel e-mail [email protected]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Discordo que comer em Santiago seja caro e horrível... há bons lugares refeição completa por 3000 3500 pesos, tipo 15 reais...acho que vale a pena é só procurar...

E com relação ao mercado municipal comi um dos melhores pratos de mariscos da minha vida por lá, recomendo o el Galeon ali sim é um pouco mais caro mais é muito bom...e não passei mal....

 

Tem mais algumas dicas e relatos da minha trip no

www.comiperninhadecachorro.com

Quem quiser dar uma olhada...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em janeiro deste ano de 2012 viajava de férias pela argentina e Chile, e quando cheguei de ônibus ao Chile vindo da argentina dia 15 de janeiro, desembarcando na rodoviária de Santiago (terminal de ônibus Alameda, avenida Libertador Bernardo O´Higgins, tive a minha mochila furtada por um homem branco de cabelos lisos e negros, quando eu estava numa lan house com a minha esposa, em frações de minutos, o ladrão levou todos os meus equipamentos de escalada que se encontravam na mochila, inclusive roupas de minha esposa e artigos de camping e trekking. Imediatamente localizei os policiais que no Chile chamam de carabineros e nada fizeram, e apesar de imagens gravadas pela câmera de segurança do local, os policiais não se mobilizaram para tentar achar os meus pertences, um policial me levou ao batalhão deles e um subtenente registrou a queixa as 21:45horas, o que não resolveu nada, e me encaminhou ao consulado dizendo que lá ia pagar tudo e que não me preocupasse, uma tremenda conversa fiada, ao ir no outro dia pela manhã ao consulado, lá também nada fizeram e encontrei outros cinco brasileiros que também tiveram seus pertences roubados.

Tomem muito cuidado ao ir ao Chile, pois o furto de pertence de turistas é muito comum e generalizado, eles roubavam com uma rapidez incrível, são experts nesse tipo de ação, a policia nada faz e você fica no prejuízo, e isso ocorre não só na capital, mas contatei em outras cidades do Chile, onde outros turistas foram roubados.

 

 

DIVULGUEM PARA EVITAR OUTROS ROUBOS SEMELHANTES

 

NÃO VOLTO MAIS AO CHILE, O CLIMA DE INSEGURANÇA É TERRÍVEL, E OLHE QUE NUNCA TINHA SIDO ASSALTADO NEM NO BRASIL E NEM NA ARGENTINA.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fiquei hospedado em Santiago do Chile dia 20/11/2013 e aluguei um carro. Fui ao centro da cidade e estacionei na rua de La Moneda num estacionamento particular. E, para meu espanto, quando voltei ao carro após 1 hora de passeio, meu GPS que estava no painel havia sido roubado. Abriram a janela do meu carro (não sei como conseguiram) e levaram-no.

Após, fiz o check-out do hotel e fui à Vina del Mar, com toda a bagagem (5 malas). Estacionei na frente de um restaurante (Mar de Vina) e um guardador de carros perguntou se poderia olhar o carro. Aceitei. Após almoçar, ao retornar ao carro, arrombaram meu carro e levaram toda minha bagagem (quase R$ 15 mil de prejuízo). O guardador disse que nada viu. Fui dar queixa aos carabineros no aeroporto e até o momento nem o número da denúncia me enviaram. E pior, a locadora do carro ainda quer me cobrar uma franquia de U$ 1 mil pelos danos ao veículo.

Os chilenos, pela impressão que tive, não são um povo hospitaleiro. Meio rudes, não param de buzinar ao trânsito e não fazem questão nenhuma de entender o português (nós brasileiros nos esforçamos para entender o espanhol quando para cá vêm). É mais fácil conversar com eles em inglês do que espanhol, pois não nos entendem e não fazem questão de nos entender.

O Chile é um país belíssimo, bem desenvolvido, com boa infraestrutura para o turismo. Porém, assim como todo o resto da América Latina, tem muito risco de assaltos / furtos.

A aeromoça da TAM (em meu retorno), contou-me que sua colega fora assaltada na frente de seu hotel, levaram tudo dela além do passaporte, e ainda quebraram suas duas pernas.

Ao visitar Santiago e seus arredores temos a impressão de ser uma cidade segura, porém fica o alerta: é apenas fachada!!!! É UMA CIDADE PERIGOSA AO TURISTA DESATENTO!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Orel,

 

Respeito o seu ponto de vista, minha viagem foi diferente da sua pois fiz tudo a pé e de metro, também não levei R$15mil dentro da minha mala, somente roupas confortáveis para a viagem,

mas tenho uma opinião totalmente contrária, fui MUITO bem recebido no Chile, mais até do que em muito lugares aqui no Brasil.

 

Sobre o trânsito, acho São Paulo e Buenos Aires 1000 vezes pior!...kkkkk

 

Quanto a entender o português não tive problemas, TODOS entenderam meu portunhol e/ou fizeram questão de entender, o espanhol deles é diferente do falado na Argentina por exemplo,

falam um pouco mais cantado, a pronuncia é diferente em algumas palavras e eles falam mais rápido, porém mais baixo que Los Hermanos...

 

Achei a cidade de Santiago super segura (se comparado a SP), mas claro não pastelei, sempre andei com pouco dinheiro dentro da doleira, a câmera sempre virada pra frente e bem presa ao corpo, etc...

sempre atento a tudo e a todos (afinal moro em São Paulo, e aqui temos que desconfiar de tudo)

 

Sinto pelo acontecido mas dê uma segunda chance ao Chile, não vai se arrepender!

 

Fiquei hospedado em Santiago do Chile dia 20/11/2013 e aluguei um carro. Fui ao centro da cidade e estacionei na rua de La Moneda num estacionamento particular. E, para meu espanto, quando voltei ao carro após 1 hora de passeio, meu GPS que estava no painel havia sido roubado. Abriram a janela do meu carro (não sei como conseguiram) e levaram-no.

Após, fiz o check-out do hotel e fui à Vina del Mar, com toda a bagagem (5 malas). Estacionei na frente de um restaurante (Mar de Vina) e um guardador de carros perguntou se poderia olhar o carro. Aceitei. Após almoçar, ao retornar ao carro, arrombaram meu carro e levaram toda minha bagagem (quase R$ 15 mil de prejuízo). O guardador disse que nada viu. Fui dar queixa aos carabineros no aeroporto e até o momento nem o número da denúncia me enviaram. E pior, a locadora do carro ainda quer me cobrar uma franquia de U$ 1 mil pelos danos ao veículo.

Os chilenos, pela impressão que tive, não são um povo hospitaleiro. Meio rudes, não param de buzinar ao trânsito e não fazem questão nenhuma de entender o português (nós brasileiros nos esforçamos para entender o espanhol quando para cá vêm). É mais fácil conversar com eles em inglês do que espanhol, pois não nos entendem e não fazem questão de nos entender.

O Chile é um país belíssimo, bem desenvolvido, com boa infraestrutura para o turismo. Porém, assim como todo o resto da América Latina, tem muito risco de assaltos / furtos.

A aeromoça da TAM (em meu retorno), contou-me que sua colega fora assaltada na frente de seu hotel, levaram tudo dela além do passaporte, e ainda quebraram suas duas pernas.

Ao visitar Santiago e seus arredores temos a impressão de ser uma cidade segura, porém fica o alerta: é apenas fachada!!!! É UMA CIDADE PERIGOSA AO TURISTA DESATENTO!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

que chato esta situação... uma pena, torço para sua próxima viagem seja muito boa.

 

E acho tb que foi um tremendo falta de sorte! Roubado duas vezes e ainda nesse valor!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pesquisei muito sobre pontos turísticos no chile e locais seguros para hospedagem. Interessante que nada se comenta sobre a falta de segurança e aumento da criminalidade no Chile. Eu e meu namorado tivemos nosso carro alugado arrombado e levaram todos os nossos pertences. Ficamos apenas com a roupa do corpo. Estávamos em Vina Del Mar, fizemos o check out no hotel, colocamos a bagagem no porta mala e retornaríamos no mesmo dia para Santiago. Desviamos o caminho para conhecer Algarrobo e Isla Negra. Paramos no estacionamento de San afonso del mar, em Algarrobo, para conhecer a tal da maior piscina do mundo. Demoramos 15 a 20 minutos e foi o suficiente para quebrarem o vidro do carro e levar todos os nossos pertences. Policiais que chamamos no local fizeram pouco caso. Outros problemas que passamos foram adulteração de taxímetro e aumento da rota com desvio de caminho. Não confiem em taxistas no chile. São ladrões! Usem uber e easytaxi. Ficamos decepcionados com o chile! Não voltarei nunca mais. Minha conclusão é que Chile está igual ao Brasil.    

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não leu meus posts que falo dos taxis de Santiago.NÃO TOMEM TAXI EM SANTIAGO, USEM METRO,já disse aqui milhares de vezes.

Valparaiso é a cidade mais perigosa do país, conto aqui a história que lá vi roubo,o que nunca vi no Rio.

Porém aqui não houve golpe,não desfilam malas de dinheiro na TV e não somos governados por quadrilha. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...