Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Paulo Andrade silva

Peru - Equador e Colômbia - De Lima a San Andres - Relatos de um mochileiro solitário!

Posts Recomendados


NATAL EM HUARAZ

 

Como já devem imaginar, um dia depois da laguna 69 eu estava destruído, fiquei o máximo que pude na cama não tinha forças para levantar e minhas pernas estavam massacradas ::lol3:: . Mesmo assim busquei forças e fui conhecer o museu arqueológico de ancash que fica em frente a Plaza de armas, o museu é bem bacana e preserva algumas múmias e grande quantidades de objetos das diversas civilizações que habitaram a região. Depois de conhecer o museu dei uma volta pela plaza de armas e voltei me arrastando para o hostel. ::lol4::SAM_3733.JPG.3284a692996910a80fc7d7d88112cd28.JPG

Chegando no hostel recebi um convite surpreendente, a Dona Lourdes que trabalhava e morava no hostel, me convidou para passar a noite de natal com ela e suas filhas, fiquei super feliz e combinamos que as 22:00 eu subiria até a casa dela. Tomei banho me arrumei, mas quando deu 22:00 horas fiquei meio sem graça e não fui, meia hora depois Dona Lourdes veio me buscar, dai não teve como escapar. Subimos e para a minha surpresa a mesa estava posta e meu prato já estava feito, e assim começou minha inesquecível ceia de natal com uma família peruana, por algumas horas pude vivenciar seus costumes, ouvir suas historias, sentir-se um membro da família. Depois de muita comida e algumas taças de vinho, terminava uma das experiencias mais espetaculares da minha vida mochileira.

 

10805835_10205656814203447_4831259427597099391_n.jpg.ea43c6374b8076255690297b1382d4e0.jpg

SAM_3727.JPG.dc2cb379065ac032b727239fedc7a63e.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ótima experiência !!

 

mas me diz uma coisa, tem ideia da altura daquela parede do pastoruri?!? incrível aquilo !!

 

bora lá, boas viagens !!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

TRUJILLO - HUACAS DE LA LUNA, CHAN-CHAN E EL BRUJO..

 

De Huaraz para Trujillo, duas empresas de ônibus fazem o percurso: a Moviltours e a Linea e o valor da passagem em dezembro de 2014 foi 40,00 soles, a diferença entre as duas é o local de saída, a moviltours sai do terminal e a linea sai da sua própria garagem que fica próximo a plaza de armas, por esse motivo optei pela linea.

A viagem durou 7 horas, chegando em Trujillo as 05:00 da manha como estava muito cedo, esperei amanhecer para seguir de táxi (15 soles) até Huanchaco, onde havia reservado um quarto privado por 13 soles em um hostel chamado Un lugar surf camp, local bem simples mas perfeito para o orçamento mochileiro. SAM_3873.JPG.4f6680d242e04337a177803323b47351.JPG

Já acomodado peguei uma van para o centro de Trujillo e fui em busca de fechar os passeios para o dia, acabei fechando com a agencia colonial para fazer no mesmo dia Huaca de la luna, Huaca arco iris e Chan-Chan por 30 soles.O passeio durou o dia todo e começou com a visita ao espetacular museu da cultura moche, onde se encontram muitas peças interessantes de cerâmica e também de instrumentos, conta um pouco da história do lugar. Visitar o templo depois ajuda a entender como tudo funcionava. SAM_3804.JPG.81c68e5a6e96688611774809c01d433b.JPG

A parada seguinte foi na Huaca Arco-iris, interessante porem nada comparado ao que estava por vir a impressionante ruínas de Chan-Chan a capital da cultura Chimu toda construída em adobe. Caminhando por entre seus corredores, fique atendo aos símbolos que representam a terra, a água e o ar que estão por toda a parte. Você encontrará paredes com desenhos de esquilos representando a terra, peixes representando a água e aves marinhas representando o ar - numa demonstração de consciência do meio ambiente -, além de grandes trechos esculpidos em forma de um X, representando as redes de pesca e mostrando como os Chimus eram ligados ao mar, uma de suas grandes divindades. SAM_3835.JPG.ce4f11414be09efe979dbfdce54b128f.JPG

Durante o passeio fiz amizade com o guia do grupo e ele me comentou sobre o complexo arqueológico el Brujo e a Dama de Cao, fiquei interessado em conhecer e fechei para o dia seguinte esse passeio por 45 soles e confesso que esse foi um dos mais impressionantes lugares que conheci nessa viagem. O complexo fica cerca de 1h30 de Trujillo na cidade de Magdalena de Cao, onde em 2006 foi encontrada a tumba da dama de Cao, uma das descobertas arqueológicas mais impactantes dos últimos tempos que ajuda a reescrever e a compreender melhor a cultura moche. Pela quantidade de ornamentos, joias e oferendas cerimoniais que acompanhavam seu enterro, certamente a personagem encontrada a 8 metros de profundidade na Huaca Cao Viejo exerceu um papel de alta hierarquia na sociedade moche. SAM_3897.JPG.8a7d65ddd80617a6afbb35fdc9c65181.JPG

Nunca antes havia sido encontrado um enterro tão nobre dedicado a uma mulher – ela teria vivido por volta de 350 d.C. e morrido bastante jovem, com cerca de 25 anos, em decorrência de complicações pós-parto. E, graças ao processo de mumificação a que foi submetida, sua pele permanece intacta: braços, pernas e pés exibem tatuagens de aranhas, serpentes e felinos estilizados. Depois de 1.700 anos, ela ainda parece viva. 10806293_10205682034833947_8778480663478768100_n.jpg.442d59b1a15fad1840b4884772acddab.jpg

Infelizmente não se pode fotografar dentro do museu, as fotos da múmia foram retiradas da internet. Voltando para Trujillo só tive tempo de almoçar e correr para a rodoviária esperar o ônibus para Chachapoyas, que sairia no final da tarde.

SAM_3782.JPG.053f91082853d1d91fb482136fcbefdb.JPG

SAM_3853.JPG.9d058d5b42a3ce0db44bf9769eee5028.JPG

SAM_3895.JPG.7108477ce34e091ff118f5793edfd889.JPG

1506466_10205682114115929_2927063047468584591_n.jpg.5d8d1f0eef644e1b34e943f20f0b87d5.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CHACHAPOYAS

 

De Trujillo para Chachapoyas fui pela Movil Tours, se não me engano é a única empresa que faz esse trajeto, a passagem custou 80,00 soles e a viagem durou 14 horas, saída às 17h de Trujillo e chegada as 07h em Chachapoyas.

Confesso que nunca tinha ouvido falar desse lugar, descobri lendo relatos por aqui e inclui-la no roteiro foi um grande acerto.

Chegando a Chachapoyas fui caminhando para o hostel Chachapoyas Backpackers, já havia reservado pelo hostelworld um quarto privado por 30 soles à noite, dez minutinhos de caminhada e já estava lá, fui recebido pelos proprietários Jose e Dona, duas pessoas fantásticas que viraram meus grandes amigos. SAM_3908.JPG.99e4584b69ff78aa0f9d1240cea2f1f2.JPG

Meu primeiro dia em Chachapoyas praticamente só dormi, o frio e a chuva me deram uma forçinha ::lol4:: só acordei no fim do dia para fechar os passeios , que foram os seguintes: Caverna de Quiocta, Sarcófago de Karajia, Fortaleza de Kuelap, Mausoléu de Ravash, Museu de Leymebamba e Catarata de Gocta. Todas essas atrações ficam afastadas de Chachapoyas e a maneira mais pratica de de conhecê-las, é contratando pelas agencias, eu fechei todos pela Turismo Explorer no próprio hostel.

 

CAVERNA DE QUIOCTA /SARCÓFAGO DE KARAJIA

 

As 08h partimos rumo ao primeiro destino a caverna de quiocta, no meio do caminho fizemos uma parada para reservar o almoço e alugar botas necessárias para caminhar na caverna, feito isso seguimos viagem e logo estávamos na entrada da caverna. Nosso guia fez uma breve explicação sobre o lugar que era utilizada como centro cerimonial e posteriormente se transformou em prisão e cemitério pela cultura chachapoya. SAM_3960.JPG.177fb23a79ca8a406be811cffb4f08b4.JPG

Não achei nada demais nesse lugar , logo na entrada tem alguns ossos e crânios humanos e uma figura chachapoya cravada na entrada da caverna que seria uma espécie de guardião do lugar, e de resto somente escuridão e lama e algumas estalactites, tem que se ter muita atenção e cuidado para não cair pois é muito escorregadio.

SAM_3923.JPG.4893f5a5c4b63a2bad60655c074f269e.JPG

 

Na parte da tarde seguimos para conhecer karajia, a van nos deixou cerca de 1 km dos sarcófagos SAM_3964.JPG.a7b981e7339feec5720c5fac9498dfbf.JPG

Depois foi encarar a caminha da de volta e retornar para Chachapoyas

SAM_3918.JPG.b798cdfc77088f7d1fbc4caa72849022.JPG

SAM_3963.JPG.3f49c08c3bfbc915eea3efee802070f2.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...