Ir para conteúdo
odiliofap

Empresas de Ônibus na América do Sul

Posts Recomendados

A uruguaia EGA é muito boa. Fiz o trajeto Porto Alegre - Montevideo com ela. O ônibus é espaçoso, a internet é boa, oferecem janta e café da manhã. Nem senti as 12 h de viagem passarem.

Aliás, todos os ônibus nos quais andei no Uruguai eram muito bons, inclusive os pinga-pinga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade, ha uma OTIMA e NOVA opção... (Assumiu linha da PLUMA)

 

JBL TURISMO

 

Faz linha RJ SANTIAGO

 

Embarque nas cidades RJ, SP, CTBA, FLORIPA, POA e URUGUAIANA...

 

Tarifa excelente (mais barato que ASU SCH)

 

430 Reais saindo de Floripa....

 

Na volta, ganha 10% se comprar a vista;

 

OU seja, menos de 850 ida e volta, num onibus DD.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
A uruguaia EGA é muito boa. Fiz o trajeto Porto Alegre - Montevideo com ela. O ônibus é espaçoso, a internet é boa, oferecem janta e café da manhã. Nem senti as 12 h de viagem passarem.

Aliás, todos os ônibus nos quais andei no Uruguai eram muito bons, inclusive os pinga-pinga.

 

 

 

A JBL que listei acima, é de CANOAS - RS

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala pessoal,

 

Fora os onibus da pluma e da chile bus, quais outros meios de ida de ônibus? Verifiquei que há a possibilidade de ir pela crucero del Norte até Buenos Aires e depois pegar outro de la pro chile?

 

Valeu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Na verdade, ha uma OTIMA e NOVA opção... (Assumiu linha da PLUMA)

 

JBL TURISMO

 

Faz linha RJ SANTIAGO

 

Embarque nas cidades RJ, SP, CTBA, FLORIPA, POA e URUGUAIANA...

 

Tarifa excelente (mais barato que ASU SCH)

 

430 Reais saindo de Floripa....

 

Na volta, ganha 10% se comprar a vista;

 

OU seja, menos de 850 ida e volta, num onibus DD.

Ola! Vc pode dar detalhes do percurso?? Paradas p/ refeiçao, banho, ha mesmo comissarios de bordo? Att :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Melhor opção é o avião, ônibus leva dias a viagem.

Melhor para quem quer insistir,vá a Foz,de lá atravesse a fronteira,pois de Puerto Iguaçú tudo é mais barato.

A vez que fiz de ônibus foi assim,Puerto Iguaçu a cordoba,cordoba Santiago

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola. Gostaria de ir a Lima no mês que vem, mas queria ir de ônibus. Alguém que já foi com aquele bus que faz a rota São Paulo até Lima pra passar umas informações. Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tô planejando uma viagem para o fim do ano, penso em fazer um roteiro baseado na América do sul... Queria saber se existe alguma forma de sair do país sem ser se avião - tipo ônibus - algo que envolva tb o custo benefício... Ressalto que conforto não é algo que procuro kkk

E também não planejei roteiro, não tenho preferência de destino inicial... Podendo ser qualquer país da América do sul.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você pode pegar um ônibus para Foz do Iguaçu e atravessar a ponte a pé que você já estará no exterior... rsss

 

Falando sério agora, tem várias opções, como por exemplo ir para Foz do Iguaçu e de lá seguir para Argentina, Paraguay e Chile. Também dá para ir a Porto Alegre e de lá para o Uruguay e Argentina, dá para ir até Corumba e de lá seguir pela Bolívia e Peru, ou ainda dá para encarar 5 dias de ônibus direto de São Paulo até Lima...

 

Mas questão principal é: Dê qual cidade você estará saindo?

 

Se for do do Sul/Sudeste/centro-oeste é relativamente fácil e barato ir de ônibus até alguma cidade na fronteira e de lá seguir viagem, mas se por exemplo você estiver lá em Fortaleza ou Natal, provavelmente seja mais barato você comprar uma passagem de avião para a Argentina ou até algum lugar mais próximo da fronteira (Porto Alegre, Foz do Iguaçu, São Paulo, Campo Grande, etc) do que encarar uma semana de busão e gastando um monte de dinheiro com passagens e comida até finalmente chegar em Buenos Aires e finalmente começar a sua "aventura" no exterior.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kkk valeu Adriano! Estarei saindo do nordeste... E estava vendo algumas opções mais baratas e que fosse transporte terrestre mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


  • Conteúdo Similar

    • Por Mochileiros.com
      Destinos da América do Sul
      Argentina
      - Aconcágua
      - Chapelco
      - Córdoba
      - Buenos Aires
      - Bariloche
      - El Bolsón
      - El Calafate
      - El Chaltén
      - Glaciar Perito Moreno
      - Glaciar Vinciguerra
      - Glaciar Viedma
      - Huella Andina
      - Lago Nahuel Huapi
      - La Plata
      - Mar del Plata
      - Mendoza
      - Norte da Argentina
      - Parque Nacional Los Alerces
      - Parque Nacional Los Glaciares
      - Parque Nacional Nahuel Huapi
      - Parque Provincial de Ischigualasto
      - Península Valdés
      - Puerto Iguazú
      - Puerto Madryn
      - Purmamarca
      - Rosário
      - Salta
      - San Martín de Los Andes
      - San Miguel de Tucumán
      - San Salvador de Jujuy
      - Tigre
      - Tilcara
      - Ushuaia
      - Villa la Angostura
       
      Bolívia
      - Amazônia Boliviana
      - Chacaltaya
      - Downhill em Coroico
      - Estrada da Morte
      - Huayna Potosí
      - La Paz
      - Oruro
      - Potosí
      - Santa Cruz de la Sierra
      - Sucre
      - Salar de Uyuni
      - Travessia Kotia - Huayna Potosí
      - Trem da Morte
      - Valle de la Luna
      Chile
      - Arica
      - Aysén
      - Cajón del Maipo
      - Deserto do Atacama
      - Iquique
      - Ilha de Páscoa
      - Parque Nacional Lauca
      - Pucón
      - Punta Arenas
      - Puerto Montt
      - Puerto Natales
      - Puerto Williams
      - Puerto Varas
      - Reserva Natural Tamango
      - Santiago
      - Santuário El Cañi
      - Torres del Paine
      - Trekking Dientes de Navarino
      - Valparaíso
      - Viña del Mar
      - Vulcão Villarica
      Colômbia
      - Cartagena
      - Bogotá
      - Medellín
      - Parque Nacional de Chicamocha
      - San Andrés
      - Santa Marta
      - Trekking pelo Cânion de Chicamocha
       
      Equador
      - Baños
      - Cuenca
      - Galápagos
      - Quito
      - Riobamba
       
      Peru

      - Arequipa
      - Cordilheira Huayhuash
      - Cusco
      - Grande circuito no Cânion do Colca
      - Huaraz
      - Laguna 69
      - Lima
      - Machu Picchu
      - Paracas
      - Puno
      - Tacna
      - Trekking Ausangate
      - Trekking Quebrada Santa Cruz 
      - Trilha Salkatay
      - Trujillo
       
      Uruguai

      - Cabo Polonio
      - Colônia del Sacramento
      - La Pedrera
      - Montevidéu
      - Punta del Diablo
      - Punta del Este
      Venezuela
      - Caracas
      - Isla Margarita
      - Los Roques
      - Monte Roraima
       
      Tags de Roteiros Clássicos:
      - Mochilão Bolívia Chile Peru
       
      Tags com grupos de tópicos:
      - Destinos da Argentina
      - Destinos da Bolívia
      - Destinos da Colômbia
      - Destinos do Chile
      - Destinos do Equador
      - Destinos do Peru
      - Destinos da Venezuela
       
       
    • Por Adriana Vargas
      Olá Mochileiros!
       
      Como exitem muitos relatos aqui sobre a descrição dos passeios, farei o meu sobre os custos da viagem (passagem, passeios, alimentação....) e algumas impressões.
       
      Esse relato é para quem quer conhecer o Atacama sem gastar muito, mas também sem luxos e mimos, afinal estamos num blog de mochileiros, não é mesmo!? rs.
       
      Data viagem: 25/02/17 a 03/03/17
       
      Para começar, não indico esse período para viajar ao Atacama, famoso "inverno altiplânico", claro que você terá a oportunidade de ver o Deserto de uma outra forma, mas, devido as chuvas desse período poderá não conseguir fazer todos os passeios. Tivemos sorte, pois, conseguimos fazer quase todos os passeios (não fizemos o tour astronômico, devido a quantidade de nuvens), o que não aconteceu com quem chegou uma semana antes, pois, vários passeios estavam suspensos.
       
      Companhias aéreas:
      LATAM - BH --> Santiago - ida e volta (Usamos milhas)
      Sky Airline - Santiago --> Calama - ida e volta ($71 dólares por pessoa), conseguimos uma promoção comprando no final de semana.
       
      Câmbio aeroporto Santiago: 1 real = 195 pesos
      Para quem vai passar por Santiago, aconselho trocar lá, o câmbio é bem melhor, como já conhecíamos Santiago, não fizemos essa parada, assim, trocamos no aeroporto.
      Dica: Sempre que quiser saber o valor em real, divida o valor em peso pelo valor da taxa de câmbio que conseguiu, ex: 20000pesos/195pesos = 102 reais
       
      Transfer aeroporto Calama-San Pedro de Atacama:
      Agência: Licancabur - reserva foi feita pelo site: http://www.translicancabur.cl/
      Valor: 20.000 pesos/pessoa ida e volta
       
      Hospedagem:
      Hostal Mirador (reservado pelo booking)
      Quarto casal com banheiro privativo = $325 doláres
      Gostamos bastante do Hostal, simples, mas tudo muito limpo, quarto amplo e quente. A localização é ótima, uns 5 minutos a pé da Rua Caracoles, e próximo também do terminal de ônibus (onde quase todas as vãs e ônibus nos deixam depois dos passeios).
      Obs.: O Hostal não tem café da manhã, mas tem uma cozinha bem equipada. Não sei se é vantagem café da manhã na hospedagem em Atacama, pois, quase todos os passeios saem muito cedo e já está incluso o café da manhã.
       
      Passeios:
      Primeira dica: não tenham vergonha de pechinchar!
      Todos os passeios foram fechados lá. No dia que chegamos fomos em algumas agências para fazermos umas cotações. Não foi necessário fechar todos os passeios em uma só agência para termos desconto, lá é fácil negociar o valor, mesmo fechando apenas um passeio, mas, é necessário que tenha um noção prévia dos valores. Não optamos por fechar tudo em uma só agência para não correr o risco de não gostarmos do serviço prestado e ter que continuar fazendo os passeios com a mesma agência. Outro detalhe, quando é baixa temporada as agências se unem para completar os lugares, então, muitas vezes, você fecha com uma agência e faz o passeio com outra. Acho que as agências mais caras não fazem isso, mas, todos as outras fazem.
       
      Salar de Tara
      Agência: Inca North - Calle Tocanao
      Valor: 37.000 pesos/pessoa
      (café da manhã e almoço)
       
      Geyser el Tatio
      Agência: Tani Tani - Calle Caracoles
      Valor: 16.000 pesos/pessoa + entrada: 10.000
      (café da manhã)
       
      Valle de la Luna e Valle de la Muerte
      Agência: Tani Tani com Inca North
      Valor: 8.000 pesos/pessoa + entrada: 3.000
       
      Piedras Rojas + Lagunas Altiplânicas
      Agência: Andes Travel - Calle Caracoles
      Valor: 55.000 pesos/pessoa
      (café da manhã e almoço)
       
      Termas Puritama
      Agência: Tani Tani - Calle Caracoles
      Valor: 10.000 pesos/pessoa + entrada: 9.000 (o valor da entrada varia de acordo com o dia da semana)
       
      Vulcão Lascar
      Agência: Ivero Travels - Calle Caracoles 359
      Valor: 85.000 pesos/pessoa com botas para neve
      (café da manhã e snacks para subida)
       
      A subida do Vulcão Lascar foi sem dúvida a experiência mais louca que já tive, primeiro por que subir um vulcão ativo já dá uma certa adrenalina, e ainda, pegamos o Lascar coberto por neve. Fomos em um grupo de 5 pessoas (brasileiros, alemã, francês e inglês), a ascensão já começa nos 4500m de altitude, assim, é necessário caminhar bem lentamente e em silêncio para minimizar os efeitos da altura. Quando chegamos aos 5000m começamos a sentir todos os efeitos, rs, alguns mais que outros, a sensação é como se você tivesse de ressaca, o raciocínio fica lento e a fala também. Resumindo, chegamos ao topo do Lascar dopados, rs. Como havia muita neve não foi possível ver a cratera, apenas sentir o cheiro do enxofre, então, ficamos poucos minutos lá no topo e começamos a descida, que, se você estiver sentindo mal, é muito pior que a subida. Quando enfim chegamos no carro, só se ouvia os gemidos, com exceção do francês, a sensação foi de ter participado de uma maratona, rs. E valeu a pena? Sim, cada minuto, foi uma experiência incrível.
       

       
      Obs.: Não é recomendado fazer esse passeio se tiver algum problema de saúde.
       
      Alimentação:
      Restaurante Pica del Indio
      Valor refeição: 5000 pesos (entrada, principal e sobremesa)
      Para nós o melhor custo/benefício de SPA, ótimo atendimento e comida bem gostosa. Tudo que pedimos foi muito bem servido.
       
      Pizzaria el Charrua
      Valor: 8900 pesos (pizza familiar, 8 pedaços finos)
      Não é muito barato, mas é bem servido e muito boa.
       
      Próximo ao terminal de ônibus há uma feirinha com comidas e temperos típicos do Chile. Para quem não conhece experimente a bebida típica deles (não alcoólica) Mote con huesillos. Vale a pena também comprar frutas nessa feirinha, são deliciosas e com preço bom.
    • Por Mochila Brasil
      Desde 2010 o site americano Price of Travel divulga seu ‘Backpacker Index’, uma pesquisa com as cidades mais baratas para mochileiros. Abaixo você confere as cidades da América do Sul. Para chegar ao resultado o índice considera que o viajante, diariamente: – hospede-se em dormitório em um hostel considerado bom e barato; – consuma 3 […]
      The post As cidades mais baratas para mochileiros na América do Sul em 2018 appeared first on Mochila Brasil.
      Visualizar artigo completo
    • Por raquelmorgado
      Ela é técnica de radiologia, perfecionista, exigente, ansiosa com o desconhecido e o futuro, desconfia de surpresas, gosta de ligar aos amigos e espera que eles também lhe liguem. Tem mais de 30 e deixou de fazer fretes, de fazer sala aos que são só conhecidos e de trabalhar por dinheiro, se não lhe trouxer prazer. Ela tem colite ulcerosa e trouxe mais de dois quilos de medicamentos. Ele é engenheiro civil, perfecionista, exigente, focado, aventureiro, mão de vaca, gosta dos amigos mas não de lhes ligar. Caminha para os 30 ainda devagar e não se deixa levar pelos julgamentos e opiniões dos outros. Ele acha que não tem doenças mas passa a vida a espirrar. A ideia e o orçamento da viagem são dele.
      Discordam em muita coisa mas juntos formam a dupla do 365 dias no mundo. Um escreve, o outro corrige. Um fotografa e edita, o outro fixa as paisagens com o olhar e as texturas com os dedos. Um odeia mosquitos, o outro lembra que o mosquiteiro é essencial. São os dois boa boca e experimentam tudo. Quando ela não gosta do que experimenta, ele sacrifica-se e come o resto. Ela quase não come açúcar e ele está sempre pronto para a livrar desse fardo. Viajam de mãos dadas mas cada um carrega o peso que decidiu trazer.
      Viajámos durante 5 meses pela América do Sul e Central, e criámos este blog para contar a nossa experiência, as coisas boas e as menos boas, os gastos previstos e os inesperados e tudo o que vemos por esse mundo fora. Somos portugueses, mas pertencemos ao mundo e queremos conhecer mais. 
      https://365diasnomundo.com/
       










    • Por Natália C. Santos

      Serro de Santa Lucia - Santiago 
      Fala galera Mochileira!!!
       
      Preciso deixar aqui um pouco da minha contribuição para esse site tão maravilhosa que me ajuda em diversas formas!!!
       
      Em setembro de 2017 fiz minha primeira viagem internacional. O destino escolhido foi o Chile... amei muito o lugar e pretendo voltar e fazer a patagônia um dia!
       
      O destino foi escolhido de forma espontânea, precisava tirar férias... eu tinha programado ir ao Peru, mas estava receosa da fazer uma viagem de 25 dias sozinha pelo Peru , mexendo aqui no Mochileiros.com descobri um grupo no Whatsapp de uma galera que iria fazer o Chile em Setembro, me animei e me juntei a eles! Obrigado @thiagocmuniz !! Ia fazer a minha viagem praticamente sozinha e ir encontrando esses brasileiros no decorrer da viagem de acordo com o roteiro de cada uma... mas por sorte, meu roteiro bateu perfeitamente com uma menina maluca e gente boa e a companhia dela fez toda a diferença nessa viagem, ficamos juntas em todos os momento de alegria, bebedeira e desespero (mochilão sem desespero não é mochilão de verdade). Então eu só tenho a agradecer a esse site por me permitir conhecer pessoas e me proporcionar viagens sem igual.
      Agora vamos ao que interessa! 
      Meu cronograma foi assim: 
      08/09 (Sexta) - Rio - Santiago - Cheguei em Santiago
      09/09 (sábado) - Santiago - Passeio pelo centro de Santiago, comidas e Balada!! \o/
      10/09 (domingo) - Santiago - Ressaca, ressaca, ressaca e chuva
      11/09 (segunda) - Santiago - Eu ouvi neve??? - Farellones
      12/09 (terça)  - Santiago - Calama - Atacama - Dia de câmbio e deslocamento
      13/09 (quarta) - Atacama - Ventania e passeio cancelado 
      14/09 (quinta)  - Atacama - Passeio de Bike / Laguna Cejar
      15/09 (sexta) - Atacama - Termas Puritama / Tour Astronômico 
      16/09 (sábado) - Atacama - Piedra Rojas  e Fiesta Patria \o/ - Siiim, pude dançar no Ataca
      17/09 (domingo) - Atacama/Santiago - Geiser Del Tatio / desespero!  perdi o passaporte. E agora?
      18/09 (Segunda) - Santiago - Rio - Até a próxima
       
      Vou tentar simplificar um pouco os meus gastos:
      Levei tudo em dólar. Quando comecei a comprar os dólares a vantagem em relação ao real era enorme, mas quando cheguei lá o dólar desvalorizou bastante e a diferença não foi tão grande.
      eu realizei do Rio 3 compras de 300 dólares com cotações bem diferentes. Fiz a média do que gastei nas 3 compras do dólar e a média do valor do meu dólar em relação ao real ficou em 3,30...
      O cálculo para saber se está vantajoso real ou dólar na cotação que peguei:
      1 dólar = 622 pesos
      1 dólar = 3,30 reais
      1 real = 185 pesos
      3,30 * 185 = 610,5 pesos
      Nesse cálculo o dólar estava 21,5 pesos mais vantajoso. Diferença bem pouca, mas toda economia é válida =D
      Fiz somente 2 Câmbios no Chile - dia 09/09 o dia seguinte que cheguei e 12/09 antes de ir para o Atacama... E foi a melhor coisa!!! No Atacama o Real estava valendo 155/160 e o dólar estava 600 pesos  Então, evitem trocar dinheiro no Atacama... Como eu fui prevenida, fiz os meus cálculos de quanto ia gastar e troquei 50 dólares a mais por garantia e com isso emprestei (ambiei) pesos com as amigas que levaram a menos.
      ATENÇÃO! NÃO FAÇA CÂMBIO NO AEROPORTO!! - Quando cheguei no aeroporto de Santiago estava uma vergonha o câmbio!!! o Dólar estava 540 e o Real estava 145 e ainda paga uma taxa lá d 1% se não me engano.
      Para sair do aeroporto eu paguei no cartão de crédito 6.500 pesos (+- 35,00 reais) num transfer muito bom que fechou para mim e mais 2 casais de brasileiros que conheci no avião. O tranfer me deixou na porta do Hostel, se não me engano o nome era Delfos... é amarelinho.
      GASTOS:
      Transporte aéreo: Rio - Santiago Rio (Latam) - R$ 1117,00 + Santiago - Calama - Santiago (Sky Airlines) R$ 420,00 (atenção, acredito que foi mais vantajoso comprar em Pesos do que em dólar, a conversão estava melhor pelo meu cartão assim)
      Hospedagem: Santiago - Che Lagarto (4 diárias) - Total - R$ 240,00 com café da manhã bem bom - Cama em dorm. c/8 (Paguei pelo feminino e fiquei no misto para acompanhar a amiga nova.
      San Pedro Atacama - Chill Hostel (5 diárias) Paguei pelo Airbnb -  R$ 203,00 - Cama em dorm c/6 (feminino) 
      Gastos durante a viagem: Como eu disse anteriormente, eu levei 900 dólares. Durante a viagem gastei 690 dólares + 26 mil pesos no cartão
      Por que eu utilizei o cartão? Foram 6.500 pesos do Tranfe pois não tinha pesos em espécies quando cheguei e 19.000 pesos (+- 100 reais) de um jantar simples com pizza média e  bebida no dia 11//09, pois cheguei tarde de Farellones e não consegui trocar dinheiro.
      Arredondando: O total dessa viagem foi de R$ 4.400,00.
       Não considerei uma viagem cara, pois se tratando do Chile, consegui fazer o meu dinheiro render (exceto pela passagem aérea que dei bobeira e logo depois que comprei ficou 400 reais mais barata).
       
      Eu já saí do Brasil com passeios fechados (todos eu paguei somente quando cheguei)
      Farellones que reservou foram as meninas do grupo, não me recordo o nome da agência, mas o guia e o vendedor eram brasileiro: Vendedor Patrick +55 19 98166-7899
       No Atacama foi tudo com a Maravilhosa  Carla Boechat do blog fuigosteicontei.com.br que estava morando lá na época e fechou tudo para mim
       
      O que levei?
      Vestuário:
      2    calças térmicas - 2º pele
      3    leggins
      1    Calça Moletom
      1    short 
      3    Blusas - manga longa
      4    blusas - manga curta
      2    blusas alça 
      1    blusa 2° pele 
      2    fleeces 
      1    Corta Vento 
      7    Meias
      2    luvas
      1    cachecol
      1    tênis (All Star)
      1    Bota (Nord Outdoor)
      1    Chinelo
      1    óculos sol e grau
      2    biquínis
      10   calcinhas
      2    Sutiãs 
          calcanheira
       
      Higiene:
      1    Shampoo
      1    condicionar
      1    creme para pentear
      3    ampolas Pantene - Muito útil
      1    papel higiênico
      1    lenços umedecidos
      1    Sabonete corpo e rosto
      1    pinça
      1    gilete
      1    Bepantol
      1    Batom de cacau
      2    Toalhas
      1    Pente
      2    Protetor solar corpo e resto
      1    desodorante
      1    Repelente
      1    Escova de dente
      1    Pasta
      1    fiodental
       
      Saúde 
      band aid
      Nebacetim
      esparadrapo
      Gases
      Algodão
      Dipirona
      Tylenol
      Resfenol / Benegripe
      Dorflex
      Imosec
      Cataflan
      Diamox
      Benalete
      Alcool em gel
      descongex / loratadina
      Neosoro / Rinosoro
      Vonau Flash (enjoo}
      Colírio
      Antissépticos cicatrizantes para machucados em geral (spray)
      Estomazil, Eno
      Obs: Usei vários desses.. principalmente pq uma amiga se machucou no Atacama e deixei boa parte da minha farmacinha com ela.
       
      Outros:
      doleira
      2    Cadeados
      1    carregador de celular
      1    caderno
      1    caneta
      1    copias dos documentos
      1    travesseiro
      1    adaptador / T - Não precisei
          Lanterna
          Pilhas
      Sobre o clima de setembro
      Peguei muuuito frio em Santiago.. Houve nevasca no domingo, que foi ótimo para a minha vista em Farellones na segunda! a maioria dos dias em Santiago era difícil ficar sem luva e cachecol.
      Mas no Atacama é deserto, neh? Era muuuuuito quente durante o dia e muuuuuito frio a noite! (Não subestime o frio do Tour Astronômico! é muito frio mesmo e vc vai precisar de todas as camadas).
      Próximo capítulo:  Enfim, chegou o dia!

×