Ir para conteúdo

Curitiba ao Nordeste de Moto


Posts Recomendados

  • Membros

Vi um modelo na internet. Parece muito bom. É o MOTOCOM2, vendido em Santa Catarina. É digital e pelo que o fornecedor diz elimina os ruídos ocasionados em outros modelos pelo motor da moto.

O problema que encontro é que esse vai todo acoplado no capacete e nosso capacete não tem espaço. Teria que mexer muito nele.

Fredo, pode me passar o que pesquisou a respeito. Acho que vcs estavam vendo sometne comunicadores entre motos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 59
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Fala moçada.

 

Ilso, os intercomunicadores que eu estava vendo pra nós, era um da JR-Talk que funcionava de moto para moto. Era necessário o Kit deste fabricante e um rádio Talk-About para cada um.

O kit estava por R$80,00 cada. O rádio R$250,00 o par.

Pra você que vai com sua esposa na mesma moto, tem aqui na Net uns kits bem mais em conta. Não me recordo o preço, mas, procure por aqui que você acha. Se não me engano no Submarino e outros Sites desse tipo, ok??

Os microfones e fones de ouvido são pequenos e são fixados com velcro. Não tomam muito espaço, não.

 

Até,

 

Fredo

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Desisti nada. Tô firme e forte. Vou em agosto mesmo. Se quiserem passo todo o passeio para vcs . Não precisarão se preocupar muito com o planejamento.

Ainda não fiz o roteiro. Terei que parar um dia com minha esposa e fazer isso. Estou pensando em por onde ir. Pretendo passar por aquelas cidades históricas de MG, mas ainda é de se decidir.

Vi aquele reparo de pneu. Quando fura, injeta o produto e a moto roda por mais um tempo. Alguém já testou isso? Será que ocm o peso da moto funciona bem?

O que mais espero é que a moto não fure nenhum pneu. De carro , nas 3 vezes que fui nunca deu problema nenhum, nem pneu furado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Ilso,

 

Realmente queremos acompanhar essa sua viagem metro a metro, com certeza vai ajudar no planejamento da nossa no final do ano.

 

Quanto ao conserto do pneu, nunca ouvi falar. Sei que tem motos que não tem câmara de ar, a twister por exemplo, daí é mais fácil o remendo emergencial. As motos com câmaras, acho que não tem outro jeito não, é tirar a câmara e remendar, que também não é nenhum bicho de sete cabeças...

 

Agora, como já ensinava o filósofo Sêneca, é sempre bom a gente ser um pouco pessimista, pois assim, estaremos preparados para os incidentes. Se não acontecer nada, beleza, é só alegria...

 

Até meu cumpade, e vamos manter este tópico ativo hem...[8D][8D]

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Beleza, Eduardo.

Agora somos nós, pois os outros já estão a caminho pelo jeito. Manterei o tópico ativo sim. Estou pensando em quando viajar deixar alguém que tenha internet para ser meu apoio. Assim, conforme o lugar para onde esteja indo, a pessoa pesquisa hoteis, eventos, etc e me passa por fone. Assim não fico muito preso ao planejamento inicial. Poderia ir parando conforme achasse o lugar bacana.

Aumentei um pouco minha viagem e vou calcular agora para ver se dará tempo. A princípio irei passar em Ouro Preto e Tiradentes.

Estou ajeitando a moto. Em breve farei minha última revisão. Tbem irei ver essa coisa de pneus e o que levar para algum imprevisto. Espero que a poderosa, apesar de pouca cilindradas, chegue e volte sem nenhuma dor de cabeça.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Ai grande Ilso, pelo que vejo nossa viagem animou muita gente, rsrsrsr. O que precisar pode contar com a gente irmãozinho. Qualquer dica que quiser de Fortaleza te dou, afinal de contas morei lá por 12 anos e conheço todo o estado.

espero que esteja acompanhando nosso tópico, quando chegarmos a Manaus vamos começar a postar fotos com a ajuda do Lico.

 

Abraços e planeje bem sua viagem.

 

Flamel em Rio Verde - Goias.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Animado estou há muito tempo. COnfesso que vai chegando perto da data, vai dando um pouco de medo. De carro é mais tranquilo. Mas irei bem.

 

Ontem levei um chão na Viraguinho. Estava chovendo aqui e a pista estava muito escorregadia. Fui diminuir perto de uma lombada, sem estar correndo muito, mas mesmo assim a moto deslizou. Nem me pergunte como foi. Acho que no local havia muita água na pista. Nem venham me dizer que faltou braço,rs.

 

Por sorte machuquei um pouco a perna e a moto só detonou o mata-cachorro, e uns riscos leves no pisca. Pelo jeito que caiu pensei que já estava sem moto para viajar.

 

O que verifiquei e que já notava a um tempo , é que a Viraguinho não é muito boa na chuva. Parece que não dá estabilidade e pode escorregar a qualquer tempo. Tenho uma XLR 125 que é bem mais tranquila para esses dias.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Ô Ilso,

 

Outro dia, chovendo, passei pela mesma situação com a twister, deixei para freiar em cima da lombada, em cima da faixa de pedestre, deslizou, girei 180 graus, e por sorte não caí.

 

É questão de pegar experiência com a moto na chuva, a estabilidade é diferente de moto para moto, como você já percebeu. O fato é que, moto nenhuma foi feita para dirigir na chuva, e nem com ventos fortes como peguei na Rondom essses dias.

 

Abraços meu velho...

 

 

Só uma pergunta... e a bagaem de vocês, onde vai? Fui para Bonito esses dias com uma mochila só, e já estava encomodando. Já encomendou alforges grandes e reforçados?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

já tenho alforjes do lado e um bagageiro, onde colocarei o restante. Levaremos o mínimo de roupas. Ontem chegou meu intercomunicador na Nexxo. Vou testá-lo ainda. No final de semana irei andar uns 60 km na estrada com minha esposa para ver se funciona.

Na viagem estou verificando a situação de um possível pneu furado. COmprei aqueles reparos que se injeta e a moto anda mais um pouco, mas acho que não resolverá muito. Quando fui para a Bahia pela 116, tem trechos que não se acha uma alma viva. Essa será a melhor parte.

Quanto ao tombo, é o meu segundo tombo fantasma. Realmente nem sei como caí. Mas faz parte.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

×
×
  • Criar Novo...