Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

Olá

 

Muito se sabe sobre o local, porém há poucas informações de como conhecê-lo.

 

Estou planejando em visitar o canyon junto com um grupo de amigos, saindo de Teresina - PI.

 

Alguém por aqui, que já foi , conheça algum guia, local pra ficar ou acampar, que possa ajudar ???

 

Qualquer informação do tipo já seria uma grande ajuda.

 

Grato . . .

Compartilhar este post


Link para o post

boa tarde, pessoal,

acabo de voltar de uma linda viagem pelo piauí em agosto de 2017 e, aproveitando a falta de informações sobre o cânion do rio poti, deixo o meu relato desse lugar maravilhoso.

fomos para castelo do piauí, cidade que aliás abriga não só a entrada pro cânion, como também várias outras paisagens e trilhas pelos arredores! infelizmente, pela falta de informação prévia e o tempo curto no planejamento fomos embora sem conhecer o resto, mas estejam avisados, o lugar tem muito a oferecer! a cidade possui uma certa estrutura, pegamos uma pousada ao chegar, à noite, sem reserva prévia, depois de rodar por cerca de 15 min por suas simpáticas ruelas.

o nosso guia pelos cânions foi o carlos henrique (carim) cujo o número é (86) 99448-9817, cara muito bom e gente fina, que conhece todo o local e ainda por cima é cheio de causos e anedotas para temperar ainda mais a aventura! deixo a recomendação para todos, valeu muito a pena!

e então a exploração em si não envolve tantas dificuldades quanto pensávamos: acordamos por volta das 7 da manhã e o carlos já estava na nossa pousada à espera para ir conosco. para chegar ao rio fomos com o nosso carro mesmo, baixo, 1.0, sem nenhum traquejo de 4x4. o carlos explicou que a estrada antigamente só podia ser cruzada por camionetes e jipes, mas que há cerca de um ano ela foi recauchutada e aplainada, de forma que, apesar de não ser asfaltada, se tornou um caminho tranquilo para se percorrer. da pousada à estrada foram 10 min, da estrada à beira do rio foram cerca de 50 min.

logo antes há uma fazenda em que se pode combinar um almoço bem carregado, para a volta, já que se pode passar várias horas entre navegar e nadar no poti. chegamos a um porto improvisado na beira do rio, o carlos retira uma canoa dos arbustos, liga o motor, e vamos rio acima, por 8 km. passamos cerca de três horas no cânion, cada vez mais embasbacados com a beleza do lugar: com os paredões imensos que se erguiam e estreitavam o rio à nossa frente; a quantidade de animais, mocós, lagartos, gaviões, pica-paus, "aves pescadoras" e outros; com a beleza do rio e sua água gelada, aliviando-nos do sol de tempos em tempos. (há também uma cachoeira ao final do cânion, mas não fomos até ela, pois não havia queda d'água por não estar na época das chuvas...)

na volta, uma galinhada com baião de dois nos aguardava, para nos regalarmos, esfomeados, depois de tantas vistas e deslumbramentos.

valeu muita a pena conhecer o lugar e a cidade e seus habitantes, tão acolhedores. é um lugar muito diferente, com uma atmosfera própria, intocada, permeada por folclores e hábitos de vida que se evanesceram em locais maiores e mais explorados ao longo desse nosso brasil. 

contatos:

guia carlos henrique (carim) (86) 99448-9817 - R$ 250 pelo dia

condatur (augusto júnior) (86) 99928-5764 - pode informar também sobre outros guias, além de indicar diversas trilhas interessantes.

observação importante: há na região uma empresa que começa a se estabelecer para fazer o passeio, com uma lancha maior e coberta com lona, que além de querer nos cobrar cerca de R$ 600 pelo passeio, não consegue, pelo tamanho do barco, cruzar todo o cânion, fazendo um percurso menor, por apenas 40 min e cobrando bem mais caro por isso, numa tentativa de criar um "turismo de luxo" na região. possivelmente há quem queira explorar o cânion dessa maneira, mas o espertalhão faz parecer que qualquer passeio consiste naquela modalidade que ele oferece, sendo que rodamos com uma canoa a motor por mais de três horas no cânion, com 16 km ida e volta... o achei desonesto... tenham cautela caso queiram ir com eles.

poti2.jpg

poti3.jpg

Compartilhar este post


Link para o post

Caro Rodrigo. Boa tarde.

Meu nome é FRANCISCO FERDINAN LIMA, sou proprietário da "Canyon Poty Nautico"

Fone: (86) 98105-1803 zap

                   99989-7145

  Há uma certa divergência nas informações postadas nesta página com relação aos valores do passeio no Canyon do Rio Poty, assim como também na duração do passeio.  Montamos uma estrutura básica para atender o turista , que consiste em uma tenda de 10x10, uma escada de acesso ao Rio, conectada a uma plataforma de embarque, também montamos um flutuante para dar melhor comodidade ao turista, tudo isso usando recursos próprios. O Passeio da lancha é a única fonte de recursos para suprir todo o investimento no local,  a lancha utilizada no passeio é específica para transporte de passageiros, ao contrário da lancha que vc utilizou, que é específica para transporte cargas, e proibida para transporte de pessoas.

Temos a disposição  40 coletes " salva vidas " para proteção individual do turista, pois as águas do Canyon são muito  profundas.

A minha lancha tem capacidade para 10 passageiros, com toda segurança, e está equipada com um motor " Mercury" de 90 HP. O valor do passeio é negociável, em média custa apenas R$ 400,00 ( quatroentos reais ) com 10 vagas na lancha. O tempo de duração do passeio pode ser o dia inteiro, mas a lancha fica disponível para fazer outros passeios.

De fato, inicialmente não era possível realizar o percurso completo. Entretanto, atualmente a lancha alcança a totalidade do Canyon do Rio Poty. Vale ressaltar que também contamos com guias turísticos da região.

Faço o convite para vir fazer o passeio conosco, tenho certeza que não irá se arrepender. Estou a disposição para maiores informações. Obrigado.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Em 04/09/2017 em 15:12, rodrigo cf disse:

o nosso guia pelos cânions foi o carlos henrique (carim) cujo o número é (86) 99448-9817, cara muito bom e gente fina, que conhece todo o local e ainda por cima é cheio de causos e anedotas para temperar ainda mais a aventura! deixo a recomendação para todos, valeu muito a pena!

Cara, valeu demais pela dica! Fui com mais 3 amigos para os Cânions e contratamos o seu Carlos, que é muito gente boa e até nos convidou pra conhecer sua casa no dia seguinte e nos levou para conhecer outras formações geológicas e pinturas rupestres sem cobrar nada a mais por isso. 

1576058949432.png

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...