Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

potirawg

13 dias na Bolívia - 1º mochilão da vida

Posts Recomendados

Oi galerê

Sempre acompanho pelo fórum relatos das lindas trips pelo mundão que os mochileiros fazem.

Ficava imaginando quando seria minha vez de colocar a mochila nas costas e sair rumo a algum lugar bacana.

Até que finalmente o dia chegou! :D

Em 2010 Já tinha vivido uma experiência de ir até o fim do mundo (Terra do Fogo - Ushuaia - Argentina) na carona de uma moto, percorrendo a Patagônia Argentina e Chilena.

Mas não tinha vivido a sensação de planejar um roteiro e viver a experiência da "mochila".

Pois bem, no dia 20 de janeiro de 2015 eu e meu companheiro de vida ::love:: Diego, partimos no nosso primeiro mochilão.

 

Tinha muita vontade de conhecer a Bolívia e Peru ( o clássico que muitx fazem), mas com pouco tempo de trip resolvemos fazer só a Bolívia (LA PAZ ) para não ficar tãooooooo cansativo

(e mesmo assim ficou) ehehe

 

Conforme o tempo, vou postar dados sobre quanto gastamos, como foram os passeios, algumas dicas e muitas fotos para quem quer fazer essa trip linda e econômica ^^

 

 

Segue o roteiro planejado:

roteiro.png.37bd8d28461f633dc667455371b809c9.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Preparação:

 

* O que levamos de essencial na mochila além das roupas e toalhas:

remédios - para altitude (Diamox), Ibuprofeno, Plasil, Eno, Paracetamol, Hipoglós (usei muito) e primeiros socorros

 

outros - óculos de sol, lenço umedecido, protetor solar (labial e para o rosto), papel higiênico (na Bolívia praticamente não tem papel nos banheiros), condicionador e sabonete, escova e pasta de dentes, bloco de anotações e caneta, chinelo e outro par de tênis e musicas para ouvir nos busão

 

documentos - viajamos com a identidade, carteira internacional de vacinação (que não foi solicitada por ninguém ::hãã2:: ), cópias das passagens aéreas de volta ao Brasil e seguro viagem ( r$ 176,00 para os 2)

 

dinheiro que levamos na doleira - 3 mil reais - sendo que 1.700,00 foi em dólar (taxa cambial 2,78) = 600 dólares

mais um cartão de crédito (que só utilizamos para comprar a passagem de Sta Cruz a La Paz)

 

passagens - Aéreo POA até Campo Grande MS r$ 300,00 cada.

Ônibus Campo Grande até Corumbá r$ 94,00 cada.

Aéreo Sta Cruz até La Paz u$ 100,00 cada. ( r$ 270,00)

Aéreo La Paz até São Paulo r$ 837,00 cada.

Aéreo São Paulo até Porto Alegre r$ 225,99 cada.

Total de passagens: 1.726,99 x 2 = 3.453,98

Total da viagem do casal 6.629,98 :D

 

Obs: 1 - o seguro viagem contratado foi na Mondial Travel

2- não deixe de se vacinar contra a febre amarela quando for na Bolívia. Vi alguns mochileiros preocupados que não tinham feito a vacina e que também não tinham a carteira internacional de vacinação. Gerou uma dor de cabeça para eles, pois não sabiam se iam conseguir passar na fronteira. Alguns tentaram fazer a vacina e a carteira lá em Corumbá mesmo... ::hein:

3- ative o seu cartão de credito para usar fora do país. Falei com um menino que não conseguiu usar o seu pq não avisou =/

 

 

DICAS:

LEVE TODO O DINHEIRO EM DÓLAR ::hahaha::::hahaha::

1 dólar tava valendo 6,95 bs, enquanto que o real variava muito 1 real = 2,20 ou 2,45 no máximo.

CUIDADO COM DINHEIRO FALSO NA HORA DO CAMBIO. Troque só em lugares seguros.

 

Ative o mapa off line do google maps e salve as cidades que você vai conhecer/ caminhar - facilita muito para encontrar lugares

 

Bora para o relato ::mmm:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1 DIA – 20 DE JANEIRO DE 2015

 

Saímos de casa rumo ao aeroporto de Porto Alegre - Rio Grande do Sul (somos gaúchos ::otemo:: ). Nosso voo tinha uma escala em São Paulo antes de chegar a Campo Grande. Era a primeira vez que o Diego andava de avião. Ele adorou e fez vários registros.

Chegando em Campo Grande, pegamos as mochilas e fomos pegar um táxi até a Rodoviária, que deu r$ 45,00.

Nossa passagem até Corumbá foi comprada antecipadamente com cartão de crédito. Só tínhamos que trocar o voucher pela passagem e tudo certo. Esperamos mais ou menos duas horas até o bus partir. Aproveitamos para comer, mandar noticiais para a família e conversar com locais...

 

598dc3c8cc102_2015-01-2109_22_47.jpg.41d84ca0f4768d4028f592ffbac779a3.jpg

 

DSC_0012.JPG.b1ad7683ff3a3defb5e7bcf13ce4ca9d.JPG

 

598dc3ca10103_2015-01-2016_09_35.jpg.9dbb1b5a4cd62add59ec82fc55cf3355.jpg

 

No bus da empresa Andorinha para Corumbá:

 

598dc3cb1ceb9_2015-01-2017_43_12.jpg.452451697fa1a0d64221ac50ebc98c11.jpg

 

Foram quase 8 horas de viagem sentados ao lado de uma véia evangélica que ia cantando louvores a Jeová ::grr::

não deu muito para dormir, então fomos curtindo música e observando a chuva e os raios que caiam nas plantações (medo)

No meio do caminho o motora fez uma parada para ir no banheiro e comer - tinha uma paraguaia vendendo chipa (espécie de pão de queijo duro kkk) compramos e acabamos não comendo..

Chegando em Corumbá a ideia era ficar dormindo na rodoviária mesmo e sair cedo para a fronteira. Mas tinha 2 caras esperando os turistas para oferecer hostel.

Como estávamos cansados, resolvemos aceitar pernoitar no Corumbá Hostel (uma quadra da rodoviária) por r$ 35,00 cada com café da manhã e ar condicionado.

O hostel não era lá grandes coisa, estava muito quente e no fim ficamos em um quarto sozinhos e foi bom poder tomar um banho e dormir no ar condicionado. ::otemo::

 

Total de gastos no dia (sem as passagens): r$ 177,00 o casal

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

2 DIA – 21 DE JANEIRO DE 2015

 

Acordamos cedo e fomos tomar café. Na mesa tinha mais dois casais que também iam de mochilão enfrentar a fronteira e o trem da morte. Tinha um casal de Brasilienses que não tinham feito a carteira internacional de vacinação e estavam enrolados pensando em como fazê-la em Corumbá. Tb tinha uma menina que sequer sabia que precisava fazer a vacina da febre amarela. Eu incentivei ela a arriscar, pois naquela altura do campeonato não valia a pena desistir da fronteira ou tentar a carteira sem a vacina (esse casal veio de Porto Alegre- Rio Grande do Sul até ali de bus ). :|

O máximo que poderia acontecer era de ela não entrar ou pagar uma multa quando saísse …

 

Saindo do hostel perguntamos como chegar na fronteira. Os donos falaram que o melhor horário de chegar na fronteira era as 15h, que levariam um grupo de van e que poderíamos ir junto por 15 reais cada. Resolvemos dar uma circulada pela rodoviária e descobrimos que tinha um ônibus de linha que iria até a fronteira por 2,40 cada. Eram 9h da manhã quando saímos de Corumbá de busu.

Encontramos o casal de Brasília na parada de troca do bus e eles nos falaram que iriam fazer a tal carteira de vacina a tarde no posto da Anvisa da city..menos mal

 

598dc3cb84587_2015-01-2110_12_14.jpg.af2b2912ea9d6a1d7944ac5c50fb1ef2.jpg

 

Chegando na fronteira passamos pela fiscalização do lado brasileiro e declaramos saída do país (até logo Brasil ::love:: ). Uma bagunça, pois a fila para quem estava entrando no Brasil era a mesma. Demorou uma meia hora ...

Depois caminhamos em direção a Bolívia (hihih) e chegamos no posto de fiscalização umas 10:30. Para o nosso desespero a fila estava gigantesca e desorganizada ::bad::

Entramos na fila e só conseguimos "entrar" no país as 14h (quase 4h esperando). Até lá conversamos com uma japonesa casada com um boliviano e eu pude conversar com uma menina brasileira que morava em Santa Cruz de La Sierra e estudava medicina pagando cerca de r$ 400,00 por mês. :o (mais tarde eu descobri que os médicos na Bolívia trabalham como taxista, pois não ganham bem ...)

AHHHHH ..o dono do hostel de Corumbá estava certo: não tinha mais fila depois das 15h ::bruuu:: (ficadica quem vai na época do verão)

 

Obs: Colocamos na permanência que ficaríamos 30 dias, caso acontecesse algum imprevisto não precisaríamos pagar uma multa por ficar mais dias do que o declarado (nem sei se rola kkk)

 

DSC_0047.JPG.3df0516013b9018a0a7fa5a41112927a.JPG

 

DSC_0049.JPG.7d2a0216a652a427276fe76dccb9a9c3.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já em terras desconhecidas, resolvemos trocar nossos reais por pesos bolivianos numa banquinha que diziam ser buena. Depois da troca pegamos um taxi que nos cobrou 15 bol até a estação ferroviária #sóquenão. O taxista malando nos levou até “Puerto Quijarro” dos bus e insistiu que não tinha mais trem naquele dia, que devíamos ir de ônibus cama que seria mais confortável blá blá blá. ::toma::

Nós insistimos que queríamos ir de trem para conhecer e ele alertando que não tinha mais kkk comédia.

Eu fiquei meio em dúvida, mas arrisquei ir até a estação para saber se o Ferrobus Cama da quarta- feira já tinha saído. Claro que não! Ele só sairia as 18h

Infelizmente não chegamos no dia de pegar o famoso trem de vagões :(

 

Como tínhamos tempo, ficamos atirados ali na estação mesmo e encontramos o casal gaúcho (no fim a menina resolveu entrar sem a vacina e deu tudo certo, ngm perguntou nada). Andamos muito para achar algum restaurante pela tarde e nada estava aberto. Resolvemos então comprar algumas coisas no mercado e fazer um lanche.

 

DSC_0058.JPG.c53623fd4a6b90f615a748aa99d757d0.JPG

 

Chegou as 18h e embarcamos. O Ferrobus é diferente do trem de vagões e mais caro (235 bol cada), porém mais confortável. Servem janta e café (pagos a parte)

No geral a viagem até Santa Cruz de trem foi tranquila. Como era a noite não vimos nada de paisagem, mas enfiamos a cabeça para fora da janela e vimos o céu estrelado :P lindo.

 

DSC_0061.JPG.088174f8261e8cbc4779a3a310dc3370.JPG

 

DSC_0100.JPG.d00b8416846a09153c5cfb045a0e7dd9.JPG

 

598dc3ccec543_2015-01-2121_50_29.jpg.3e399ce87f267b096c5d5f50e45f2e91.jpg

 

 

Total de gastos do dia = 566 bol

passagem de trem 235 bol cada x2 = 470 bol

alimentação, taxi e net = 96 bol

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

3 DIA – 22 DE JANEIRO DE 2015

 

Depois de 12h dormindo no Ferrobus que saiu de Puerto Quijarro às 18h do dia anterior, chegamos a Santa Cruz de La Sierra por volta das 7h da manhã.

O desembarque é na estação de trem/rodoviária e ali mesmo você pode comprar a passagem para várias cidades da Bolívia.

 

598dc3e47754c_2015-01-2306_58_44.jpg.6e5de097a91ddc4404238425df9aabb1.jpg

 

Nós decidimos ir de avião para La Paz, tendo em vista o tempo que tínhamos para fazer o mochilão.

Pegamos um taxi até o aeroporto mais próximo o El Trompillo. Como só teria voo para La Paz as 16h, preferimos ir até o Viru Viru ( o maior) para tentar voo mais cedo.

Pegamos um bus circular e fomos até lá por 6 bol cada.

 

DSC_0113.JPG.47bb8938ff7b3862073fcc6dbd98c716.JPG

 

DSC_0123.JPG.ab623739693a57437a35fff2e3e53310.JPG

 

Chegando no aeroporto compramos a passagem que sairia meio dia.

Almoçamos no Subway do aeroporto por 75 bs e partimos.

 

OBS: Vi em outros relatos e fiquei com dúvidas a respeito de uma taxa que teríamos que pagar a parte para poder voar. Não pediram nada disso para nós. Só as taxas de embarque já embutidas no valor da passagem. Mesma coisa no voo internacional La Paz / São Paulo - taxas já inclusas e descritas no valor da passagem.

 

598dc3e49a7e0_2015-01-2308_48_23.jpg.8c1c1f2f651a2eff999f16f6f4f3b835.jpg

 

LA PAZ!

 

Chegando em La paz - aeroporto El Alto- pegamos uma lotação que nos levou até o centro da cidade e principais hostels por 3,80 bol cada.

 

Chegamos no dia da posse do presidente indígena, Evo Morales. A cidade estava lotada, muito confusa e começamos a sentir o efeito da altitude já nos primeiros passos com a mochila nas costas. Queríamos ficar no hostel Loki. Não tínhamos mapa e todos os estabelecimentos estavam fechados. O povo estava na rua em festa. Caminhamos um pouco, tiramos algumas fotos e encontramos uma mochileira australiana que estava indo para o Wild Rover. Ela nos falou que o Loki ficava próximo, então seguimos com ela até lá. Chegando no Wild Rover descobrimos que o Loki não era ali perto ::tchann:: Estávamos com fome e cansados e o Wild Rover não tinha mais vaga para quartos compartilhados. Saindo dali encontramos 3 brasileiros que estavam hospedados no Hostal República e nos recomendaram. Acabamos ficando no Republica por 65 bol cada (caro!) Não recomendo esse hostel pelo fato de o chuveiro ter dado problemas no banho do Diego (a água não ficava quente) e o quarto com 6 camas era mal iluminado e tinha cheiro de chulé e roupa suja ::dãã2::ãã2::'> . Pelo preço não valeu ter ficado lá. Tomamos um banho e fomos até a Plaza Murillo acompanhar a posse. Depois fomos na agencia República Tours (filiada ao Hostel) ver o valor de alguns passeios. Recomendo essa agência, pois o atendimento foi bom e os preços estavam muito mais baratos que na agência dentro do Hostal Loki, por exemplo.

 

Tomamos o primeiro chá de coca - realmente sentimos muito a altitude pegando no corpo. Ficamos cansados até para descer escadas e arrumar a mochila.

Dormimos bem cedo e passamos frio kkk

 

Total de gastos do dia sem as passagens aéreas: 260 bs

 

 

598dc3e4f2008_2015-01-2222_19_37.jpg.bcd83d35d229d85b8e74e50bc75cd289.jpg

 

 

DSC_0162.JPG.2970fc8ea7354ff0c0fa0c763ba0f76a.JPG

 

DSC_0174.JPG.36902e2b0977ed730a39729efcb2a56e.JPG

 

DSC_0181.JPG.40ab8c6d89913e1260bc732c0290ac01.JPG

 

DSC_0185.JPG.26a601942c6f8357810a17ec0db419f5.JPG

 

DSC_0191.JPG.a5f94dfe9ee345ca33fe58a806f21ed1.JPG

 

DSC_0198.JPG.334d7b339586b6ef7c39dbc4726679fe.JPG

 

DSC_0202.JPG.3c4df81fec6edb669a9b6e9907f270f5.JPG

 

DSC_0227.JPG.bd6426723ccefdeb6194171116a0073f.JPG

 

pomba.png.198dd07ef51d354fc4fc02a05d195f5a.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótimo relato! Aguardo o restante.

 

Quanto pagou na passagem de avião de Santa Cruz a La Paz? Comprou na hora mesmo? De repente faço esse trajeto que vc fez pra ganhar em dias de passeio em MP...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótimo relato! Aguardo o restante.

 

Quanto pagou na passagem de avião de Santa Cruz a La Paz? Comprou na hora mesmo? De repente faço esse trajeto que vc fez pra ganhar em dias de passeio em MP...

 

Oie. Valeu..hj vou postar mais relato :)

 

Sobre a passagem, coloquei os valores lá no tópico inicial...Mas é uns 100 dólares mais ou menos, dava cerca de 260,00 cada.

Tem as cias BOA, Amazonas, TAM , AEROCON ...varia o preço entre elas e os voos são tranquilos. Essa passagem é meio xarope pq não dá pra parcelar no cartão. Só as internacionais (Bolívia - Brasil).

 

DICA: procure comprar as passagens aqui no Brasil pra não ter q pagar essas taxas caras do banco de uso internacional do cartão..

 

Viajei com a BOA e me informei na agência que eles trabalham no aeroporto de GRU em SP. Respondem tudo por email (rápido) ou telefone.

Segue dados:

 

SAC: (11) 3258-9443

Telefone no Aeroporto: (11) 2445-2989

Site: http://www.boa.bo

[email protected]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom esse relato, parabéns! Gostei das fotos! Esse hostel Republica é ótimo pelo preço e fica pertinho da Plaza Murillo, quando fui me hospedei nele.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Perfeito! Olhei no site da BoA e vi a data que devo passar por lá... até semana que vem já compro as passagens aéreas, mas a volta deve ser de busão, pra economizar. Obrigado!

 

 

Ótimo relato! Aguardo o restante.

 

Quanto pagou na passagem de avião de Santa Cruz a La Paz? Comprou na hora mesmo? De repente faço esse trajeto que vc fez pra ganhar em dias de passeio em MP...

 

Oie. Valeu..hj vou postar mais relato :)

 

Sobre a passagem, coloquei os valores lá no tópico inicial...Mas é uns 100 dólares mais ou menos, dava cerca de 260,00 cada.

Tem as cias BOA, Amazonas, TAM , AEROCON ...varia o preço entre elas e os voos são tranquilos. Essa passagem é meio xarope pq não dá pra parcelar no cartão. Só as internacionais (Bolívia - Brasil).

 

DICA: procure comprar as passagens aqui no Brasil pra não ter q pagar essas taxas caras do banco de uso internacional do cartão..

 

Viajei com a BOA e me informei na agência que eles trabalham no aeroporto de GRU em SP. Respondem tudo por email (rápido) ou telefone.

Segue dados:

 

SAC: (11) 3258-9443

Telefone no Aeroporto: (11) 2445-2989

Site: http://www.boa.bo

[email protected]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...