Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

alexandreVSilva

1 mês de norte a sul pelo Japão-13 províncias-18 cidades com fotos e JR pass

Posts Recomendados

Nagasaki

Descendo um pouco mais para o sul do Japão, era hora de ver o outro lado do terror da II Guerra Mundial, confesso que a vontade de ir a Nagasaki sempre foi maior do que Hiroshima, o motivo até hoje eu não sei. Mas o lugar é longe, o mais difícil de chegar, não tem Shinkansen direto para lá, tive que descer em Hakata e de lá pegar uma linha local a Kamome Line, que apesar de expresso, era bem mais lento, claro. No total, partindo de Hiroshima, foram mais de três horas de viagem e para quem esperava uma cidade grande, como Hiroshima, teve que se contentar com um lugar bem mais modesto, com traços de interior mesmo, mas com muita história, excelente receptividade do povo e que me proporcionou um dos momentos mais comoventes da minha vida, conto como foi logo abaixo.

 

DSC09322.JPG.5e585d0d1768a16a0487986cbe86b3a6.JPG

 

IMG_8956.JPG.e94815da77a65af28a4abbac65600d54.JPG

 

Como disse, a cidade não é grande, em 1 dia você consegue visitar aquilo que quase todos que passam por ali desejam conhecer, as construções em homenagem aos mortos na guerra, assim como o que sobrou de tudo. Para isso você precisa “voltar” uma estação, pois o Peace Park de Nagasaki fica próxima da estação de Urakami, que antecede Nagasaki Station, mas se quiser pode ir caminhando, cerca de 20 minutos e aproveitando para conhecer um pouco mais da cidade, foi assim que fiz na volta. A área do Peace Park é extremamente bonita, gostei mais do que em Hiroshima, talvez pelo fato da cidade não ser tão moderna como lá, achei que combinou mais com o estilo de Nagasaki.

 

DSC09300.JPG.73ca0e4421ed0954f4166667464a81de.JPG

 

IMG_8891.JPG.4b3ac6eab9a2429086f42ce68b15e44b.JPG

 

Primeiro passei direto pelo Atomic Bomb Museum e fui para o local do Epicentro da Bomba Atômica, onde tem uma lápide negra indicado o local exato que a bomba caiu, a região no entorno desse epicentro é muito bonita e na lateral direita tem um a escada que mostra qual era o nível do solo naquela época contrastando com o que é hoje e o quanto precisou ser aterrado. Nessa região tem muitas estátuas, pequenos templos, áreas verdes, escadas e pontes, tudo muito bonito, mas especialmente triste.

 

DSC09299.JPG.89a23c7054c8d533cdc5f5774708f2e2.JPG

 

IMG_8883.JPG.1ed9ce0aa627e75c9a371e94c021ce7b.JPG

 

DSC09306.JPG.fdb98fd58b0ade593dbf32602cc1fb3a.JPG

 

IMG_8935.JPG.8da9d36a4ef6bb79c19bf9099e281358.JPG

 

Depois segui para a bela Fonte da Paz, que representa o grande problema que eles tiveram para conseguir água limpa para o consumo depois que muitos foram queimados pela radiação da bomba, em seguida passei por um belo jardim com muitas estátuas e esculturas doadas por vários países em memória às vítimas e em forma de protesto e luta pela paz mundial, no final do jardim está a Estátua da Paz, gigantesca e em clamor pela paz entre todas as nações, raças e credos. Outro detalhe é que a estátua está numa estrutura cercada pela água, o movimento dela faz um barulho que te deixa em outra realidade e te faz refletir em tudo que aconteceu e no quão pequenos nos somos diante até mesmo de nosso própria ignorância e presunção. Fui extremamente afortunado nessa visita, o ataque a cidade de Nagasaki aconteceu no dia 09/08/1945 exatamente às 11:02 da manha, e enquanto caminhava no parque ouvi de repente uma música tocar nas pequenas caixas de som que estão espalhadas pelo parque, quando olhei no relógio me dei conta de que aquela era a hora exata do bombardeio anos atrás, e que essa música, tocada nesse 1 minuto todos os dias, faz menção as vidas perdidas naquele dia, muitas naquele mesmo instante, difícil conter as lágrimas, a emoção, na verdade chorei de soluçar pela tristeza da guerra, e pelo fato de poder estar num local tão especial exatamente naquele instante. Se eu já gostava do Japão e admirava essa nação, tudo mais que eu vi neste país nessa segunda passagem só serviu para consolidar esse sentimento inexplicável que tenho por este lugar.

 

IMG_8889.JPG.6687a1d05347071681bec9a7ff10ac3d.JPG

 

IMG_8905_2.jpg.d1e9d00ab50f162df39b2d9a3fc6db73.jpg

 

DSC09308.JPG.7b1ec073fa76997ab2ab22aff38b9f34.JPG

 

Recobrado dessa emoção, fiz o caminho de volta e agora entrei no Museu da Bomba Atômica, mais uma vez, triste e em muitos momentos não chorar e difícil, artefatos restantes do ataque, vídeos, informações e depoimentos da época, enfim, tudo reunido para que possamos aprender com nossos erros e viver em paz de uma vez por todas. O museu não é tão grande assim, o que torna a visita ainda mais interessante e pela baixa quantidade de turistas você pode aproveitar bem mais. Na saída desse museu você tem um Hall em memória as vítimas da bomba atômica construído em vidro esverdeado e com água por todos os lados que dá um efeito muito interessante na obra, ele começa no nível da rua e desce muitos metros para o subsolo, deixando o local meio sinistro, mas é uma obra de arte bem interessante. A noite, com as luzes acessas o espetáculo é ainda mais bonito, e na parte alta desse complexo tem um pequeno mirante que da pra ver o Peace Park todo e um bom pedaço da cidade de Nagasaki.

 

DSC09314.JPG.0d9f282d3ece874cff8d4976c6f02c4e.JPG

 

IMG_8947.JPG.51f58dfb30b94510dbf0e941ab143d20.JPG

 

IMG_8950.JPG.71de7442903c5142e544f054d13c0bf1.JPG

 

DSC09317.JPG.17219f713b594ce0a48440d732224dc6.JPG

 

IMG_8955_2.jpg.96e8ca30a5406609f152ab94b5ace298.jpg

 

Talvez Nagasaki tenha sido uma das cidades japonesas que mais tenha sofrido influência da religião católica e dos estrangeiros, prova disso são as construções bem destoantes do estilo japonês que podemos ver por lá, além de muitas igrejas, a mais famosa delas a Urakami Cathedral. Na cidade você ainda pode visitar muitos templos que estão espalhados por toda a parte, museus dos mais diversos tipos, parques, pontes históricas, bairros tradicionais como o holandês e o chinês, algumas ilhas próximas e as belas praias de lá, fora do inverno claro. Infelizmente meu tempo em Nagasaki foi bem curto, mas muito proveitoso, principalmente pela visita a região destinada as vitimas da guerra, na volta, o sentimento de poder ter tido mais tempo contrastava com o de sonho realizado e de dever da minha consciência cumprido.

 

Continua no próximo post.

 

Em breve um relato completo e bem mais detalhado vai estar no meu blog: http://namochiladealeh.blogspot.com.br/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nagoya

 

Nagoya é a capital da província de Aichi talvez o local de uma das maiores concentrações de brasileiros no Japão, na minha primeira viagem estive na cidade duas vezes, quando cheguei e quando fui embora, só usei mesmo para entrada e saída do Japão, além do aeroporto, não conhecia mais nada ainda, dessa vez não seria muito diferente, usei a cidade como metade do caminho até Takayama e também para rever uma amiga japonesa da última viagem. Dessa forma passei uma noite na cidade e visitei alguns lugares, essa foi de longe a cidade que menos gostei. Nagoya É bonita, moderna, organizada, grande, como a maioria das cidades japonesas, mas, não sei, não gostei da atmosfera do lugar, tão pouco da receptividade das pessoas, algo que pude perceber já no Tourist Information que fica dentro da estação de Nagoya.

Fiquei hospedado nesse dia no bairro de Sagae, bem perto da estação, o bairro é um dos mais movimentados e tem um shopping enorme nas suas imediações, em frente a estação fica uma das avenidas principais que te levam ate o Nagoya Castle numa caminhada de mais ou menos 25 minutos, existe a opção do metro também, mas caminhando é que se conhece uma cidade não é mesmo?! Sem contar que no caminho tem a torre de TV com quase 100 metros de altura e uma vista bem bacana de Nagoya lá de cima, a torre fica no meio de um parque (Central Park), sim os japoneses adoram copiar ::lol3::::ahhhh::::lol4:: .. Aproveite para passear por lá também e depois seguir rumo ao castelo.

 

IMG_9003.JPG.7b025550ea4bd514c131ddc64c9280de.JPG

 

DSC09326.jpg.da8ff9394cb54a507c074edcfdc35fc5.jpg

 

DSC09328.JPG.3e6970ab32fdfe6e1e327495bfe2b588.JPG

 

DSC09330.JPG.b940340010ae25f8ad9227305c3dbf42.JPG

 

Nas imediações do castelo você vai passar pelo prédio da prefeitura, que é fantástico, com uma arquitetura impressionante. Andando um pouco mais a área do castelo chega e de longe você já pode ver o mesmo, talvez a primeira vista ele se pareça com os demais, mas na verdade tem sua peculiaridades, o fosso e bem diferente e com pouca água, servindo de abrigo para alguns corvos e veados, a área de jardins e bem grande e com plantas bem bonitas, as torres da castelo são bem diferentes e nesse castelo formam uma atração à parte, algumas Casas de Chá na região também fazem de Nagoya-jo uma das atrações mais importantes da cidade, separe pelo menos metade do dia para conhecer essa atração.

 

DSC09390.JPG.5ac059d996b90293551e951e827c2004.JPG

 

DSC09394.JPG.1984a5e4eb141ce0d6f3648cbcc70108.JPG

 

DSC09335.JPG.fa0ce6a8f058943cd96f32f152521143.JPG

 

DSC09343.JPG.07093251fa13d16fb476e16e0733ef5f.JPG

 

DSC09351.JPG.f0a49b100e189f7025d83ab2a6b5650c.JPG

 

DSC09356.JPG.f7b1ab3bb0168ece6936c08e3d620ef9.JPG

 

IMG_9026.JPG.3f806b143a472bc448b639a4dc6b33e6.JPG

 

DSC09382.JPG.9b4d132be9e63331538148707896c7ef.JPG

 

DSC09387.JPG.4f7922ee58922a520f2ba7eaaab333e8.JPG

 

Se por ventura seus dias em Nagoya forem mais do que os meus, aproveite para conhecer as outras atrações de lá, muitos museus, alguns templos, inúmeros shoppings e uma vida noturna bem mais agitada do que em outros locais, a quantidade de restaurantes e áreas de lazer é bem grande, apesar da receptividade ruim que encontrei por lá. Só para se ter ideia, esse foi o único lugar que vi alguém na rua mexendo com o outro, uma moça atendeu o telefone como todo japonês faz: (moshi, moshi) e o cidadão que passava do lado dela repetiu a fala em tom de zombaria, assim como a outra expressão que ela disse em seguida, fiquei meio chocado, pois na minha cabeça japonês algum faria aquilo, mas talvez não tenha sido um japonês e sim algum descendente.

 

DSC09396.JPG.94cca72017bfee91ecafee6925bea724.JPG

 

IMG_9047.JPG.f24e2e67748cc29dc969f8ff13eab470.JPG

 

IMG_9048.JPG.abb65d981c744bace00d8f9434fa9199.JPG

 

Takayama

 

Saindo de Nagoya Station no dia seguinte fui para Takayama em um serviço de trem expresso, talvez uma das melhores partes da viagem seja o trajeto, simplesmente lindo, como estava frio e havia nevado nos dias anteriores o caminho estava todo assim e a cidade é no meio das montanhas, logo, a paisagem é deslumbrante com subidas, rios, cachoeiras, muita neve, mas infelizmente, por conta da chuva as fotos através do vidro não ficavam nada boas, assim como os vídeos :roll::cry:::essa::

 

IMG_9067.JPG.a11db466fb179e47188e58fb63af6a98.JPG

 

IMG_9079_2.jpg.0daa7d511d9ee78948660dd28be9f862.jpg

 

IMG_9084.JPG.4c7cf05f31d3594db7ca494452b0eb47.JPG

 

Chegando em Takayama, também patrimônio cultural da humanidade, vá diretamente para a parte histórica que fica algumas ruas para cima, saindo da estação central, um pouco mais a esquerda você vai chegar numa rua chamada Kokunbuji e assim que atravessar a primeira ponte você estará na região que mais tem atrações em Takayama. Museus, casas históricas, templos, pontes, muitas lojas de produtos específicos como bolsas, tenuguis e pessoas extremamente receptivas. Dê uma atenção especial ao Takayama Museum of History and Art, nele você vai conhecer toda a história da cidade pertencente a província de Gifu e quais os motivos que a levaram a ser tão procurada pelos turistas do mundo todo.

 

DSC09398.JPG.c058f32684f1f3a3958830dbb74c6615.JPG

 

DSC09401.JPG.969a5ca01f2c4fd9e38c305ebefbf652.JPG

 

DSC09405.JPG.c7463c1485e440fdadd7a923ecf4cc91.JPG

 

DSC09407.JPG.7d91996d6b052ac72aed88ab80c96c4b.JPG

 

DSC09411.JPG.567bb2c7b253b9e5cf8273e5b529504d.JPG

 

Sem dúvida alguma visitar a cidade em uma época que não seja o inverno vai fazer com que você conheça uma outra cidade, as condições climáticas infelizmente não contribuem muito para conhecer nem um terço de tudo que há de belo neste local, só para se ter uma ideia, for a dessa região histórica tem cerca de 1 dezena de templos, além de áreas ambientais preservadas onde podem ser feitos trekkihns e caminhadas, ruinas de castelos, jardins, área de floresta. Reserve pelo menos um dia para ficar por lá, e se os preços não estiverem muito altos, planeja para ficar uma noite e poder conhecer mais desta cidade, com a neve e o frio, ate se locomover fica difícil por conta das ruas escorregadias, sem contar que com pouca visibilidade fica bem mais difícil apreciar aquilo que se propôs a visitar.

 

DSC09415.JPG.4aef1077a29da9311981f4ba56964b62.JPG

 

DSC09428.JPG.4d7e60290a1e9e97b11fe291346390fc.JPG

 

DSC09429.JPG.ecf4215f50f3fcf9cafac07fd3cca16c.JPG

 

DSC09435.JPG.20335d2f2651dcff7b44a3d9f3c28058.JPG

 

Continua no próximo post.

 

Em breve um relato completo e bem mais detalhado vai estar no meu blog: http://namochiladealeh.blogspot.com.br/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Osaka

 

Talvez Osaka seja a segunda cidade mais importante do Japão, depois apenas de Tokyo, seu aeroporto (Kansai Airport) recebe voos das principais companhias aéreas europeias e do Oriente Médio, logo, Osaka torna-se uma importante porta de entrada no país, principalmente para quem tem interesse maior por Kyoto e pela região de Kansai, parte mais histórica do Japão.

A cidade não é repleta de atrações como as demais, no entanto, duas delas chamam bastante a atenção, a primeira é um edifício chamado de Umeda Sky Building que fica perto da estação central e que tem como atrativo a vista de Osaka do alto dos seus muitos andares. O segundo é o Osaka-jo, castelo da cidade que fica numa região muito bonita, o castelo em si talvez não seja a principal atração, mas sim a área do parque ao seu redor e as belas paisagens que se tem lá, reserve pelo menos algumas horas para conhecer tudo com calma e poder caminhar em boa parte das imediações do castelo, garanto que não vai se arrepender.

 

DSC01303.JPG.86fa9e5c9dd517dcfc4c080622b82561.JPG

 

DSC01304.JPG.a88606ed266c7b892b4f8ccf9e31e02f.JPG

 

DSC01323.JPG.40a664757227517fbd72fe2664cbecf7.JPG

 

DSC01341.JPG.1121f5068b4422d2e4faf9f37b56591a.JPG

 

DSC01368.JPG.5a42c743ff743bae125034a213394ac5.JPG

 

DSC01383.JPG.9c74b590d818ca6107f0424d41aa6bc4.JPG

 

Em Osaka também está o Universal Studio Osaka, com uma das atrações mais vistas do mundo The Wizarding World of Harry Potter. Eu, enquanto fã das aventuras do bruxo, não podia deixar de ir, acesso bem fácil por metrô partindo da estação central até a estação Universal City, com um trem todo estilizado com os personagens do Harry, não tem como errar o caminho, e descendo na estação é só seguir o fluxo que você estará dentro do parque. Valor de entrada 7.500 yens, isso mesmo, quase R$200,00 mas vale muito a pena, só pela atração do Harry Potter já paga o ingresso, achei fantástico, mas tenha em sua mente que é um programa completamente fútil. Tudo dentro do parque é muito caro, as lembrancinhas então, nem se fala, comprei caneca por R$30,00 e chaveiro por R$20,00 e como o ticket te dá direito ao dia inteiro, aproveite mesmo e veja tudo que for possível.

 

IMG_9554.JPG.15a3d67586285fbd369dcde55c995c4b.JPG

 

IMG_9143.JPG.7d5d5c939ed52abff569a12289d34530.JPG

 

IMG_9144_2.jpg.fef512f62157c054e33e08d809cb99dd.jpg

 

IMG_9156_2.jpg.1c7c2d3ed266cc33ce94e555f3962482.jpg

 

IMG_9169.JPG.ec2297c95d349c37f5d4b10479342a65.JPG

 

A parte ruim fica por conta das filas, na atração principal eu esperei mais de 1 hora para sentar no carrinho e viajar dentro de uma caverna muito louca, virando de cabeça para baixo, voando na vassoura Nimbus, sendo atacado por dementadores, empurrado por Draco Malfoy, quase caindo no lago do Castelo de Hogwarts e sendo enfeitiçado com a Avada Kedavra de Voldemort, achei aquilo tudo a experiência mais louca da minha vida, e morrendo de medo de passar mal por conta da minha claustrofobia, mas no fim estava mais feliz que pinto no lixo, da roça que sou achei essa atração sensacional, quase encarava a fila de novo para ir mais uma vez, já podia até ir embora por que estava feliz demais ::hahaha::::hahaha::

 

IMG_9218.JPG.da9dec483798dd5d0ca821fd2da48e84.JPG

 

IMG_9219_2.jpg.a99b6a0ff093fd78c17cb2bb29c57166.jpg

 

IMG_9274.JPG.658e9def460d9085289f74780e6042e7.JPG

 

IMG_9227.JPG.1e87c0aadca4b6bd03ee55a9a5eb2a72.JPG

 

Ainda tive tempo de ir em outra atração que sou fã, o Jurassic Park, já perdi a conta de quantas vezes vi os filmes e essa atração é muito boa também, um pouco molhada, pois o carrinho que você está, faz o passeio pelo lago e no final, o clímax é quando aparece o T-rex do nada e você “cai” com o carrinho de uma altura considerável dentro da outra parte do lago, bem legal, e meio assustador também.

 

IMG_9185_2.jpg.1d1b1c579ed0f73275342392433c843a.jpg

 

IMG_9210_2.jpg.b54c838bc47e53d299cfc05a84ca3f33.jpg

 

IMG_9209_2.jpg.51514263a7abcb28bb4e351278199c3a.jpg

 

IMG_9303.JPG.d96301e9a27798b4cc0dc97c779de6f3.JPG

 

Não sabia que no Universal teria tantas coisas que gosto, a última delas foi o Homem Aranha, bem legal também, ele meio que te salva dos bandidos que vão te atacando enquanto, o carrinho passa por lugares sinistros, em certos momentos dá medo, você chega a sentir o calor dos “raios” que eles estão te atacando e em certo momento você fica preso numa teia do Aranha para evitar que o carro caia de um edifício, muito louco. Acho que esse foi o dia que eu mais me diverti na minha vida depois que me tornei adulto, na verdade, acho que voltei a ser criança. Queria mais uma vez ::lol4::::hahaha::

 

IMG_9350_2.jpg.2b211f3256329181af40ff3b8e3ff9e5.jpg

 

IMG_9374.JPG.8e16efbae3bea1fa47ed5a019a107f95.JPG

 

IMG_9338.JPG.b293a906470a5cf80c560b0656542bb6.JPG

 

IMG_9375.JPG.ae7c4f001711da204182d3adc629f1f9.JPG

 

IMG_9432.JPG.e455a63063809b361e5c96fd33509c93.JPG

 

Outra coisa boa para se fazer em Osaka e ir a um outlet, lá também tem um daquela rede que falei: Premium Outlet, e este se chama Rinku Premium Outlet, e voe pode ir de trem e parar na estacão Rinku City, uma antes do aeroporto, quando descer já estará nas imediações do shopping, só seguir o fluxo que você chega. Infelizmente este outlet não tem a vista maravilhosa do Monte Fuji igual ao de Gotemba, em compensação a estrutura deste é bem mais bonita e com um dos seus lados virados para o mar, quando o vento não está castigando muito dá um programa muito legal lanchar por ali apreciando o mar. Outro diferencial deste shopping em relação a Gotemba são os preços, muito melhores, consegui calça convertible da versão nova da Columbia por R$140,00 com material de secagem rápida, que inclusive foi testado e aprovado por mim mesmo lá no Japão, rsrsrsrs.. excelente compra. Outro preço bacana consegui na loja da Timberland onde com uma montanha de descontos consegui camisetas por R$22,00 uma mais bonita que a outra.

Se estiver em Osaka, e curte economizar um pouco nas compras, dê uma passadinha nesse outlet, dá até para comprar se você só for fazer escala nesse aeroporto, até por que o shopping está apenas uma estação antes do Kansai Airport, mais prático que isso não existe.

 

IMG_9577.jpg.2bf6925f6ee0f849daec9fef9ace9d31.jpg

 

IMG_9566.JPG.e87e6538f2e4d0cd11c137de8f1c1a50.JPG

 

IMG_9570.jpg.8997a563ff47e061eb0da019905aace1.jpg

 

IMG_9571.jpg.e81896bda050ee48684126676716c69b.jpg

Considerações finais

 

E dizer o que deste país como considerações finais, sei lá, encantador, bonito, organizado, tudo isso que muita gente pensa, só que elevado talvez a decima potência. Sabe aquele lugar que você sempre quer voltar, talvez o Japão seja o único que visitei até hoje que me traz esse sentimento, não que eu não tenha gostado dos outros, muito pelo contrário, mas é que o Japão é diferente, e especial, sei disso porque ele faz parte da minha vida desde que tinhas uns 5 anos, acho que desde essa época, onde ficava maravilhado com os tokusatsus eu já sonhava em um dia conhecer a terra do sol nascente.

 

 

 

Em breve um relato completo e bem mais detalhado vai estar no meu blog: http://namochiladealeh.blogspot.com.br/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado pelos relatos.

Vou ler com calma todos, mas você poderia indicar alguns locais para dormir nessas cidades? Tenho procurado bastante, mas são muitos e não bate muito o Lonely Planet que tenho, com o Trip Advisor, e estou um tanto perdida.

 

ps: Emocionante seu relato sobre Nagasaki, Alexandre.

Sempre quis conhecer e se Deus quiser estarei lá em novembro...com as folhas vermelhas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito legal o relato, confesso que não li tudo ainda ! Pois não irei a todas cidades visitadas por você ! Iremos fazer Tóquio, Quioto, Hiroshima e Nara. ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Nanda.. Muito obrigado!!

Então, em Tokyo fiquei num hotel muito bom e barato perto da estação de Asakusa-Bashi, o nome é My Stays Asakusa-Bashi, já em Hiroshilma fiquei em um perto da estação central, se não estou enganado foi o Urban Hiroshima, em Nagasaki foi o APPA Ekiminami, Nagoya foi o MyStays Nagoya Sagae, Kobe fiquei no Sanside Hotel.. Nos demais locais fiquei em casa de amigos ou foi bate e volta de onde estava em Otsu.

 

Aodrei Nagasaki, foi emocionante para mim, jamais esquecerei aquele dia.

 

Abraços. Excelente viagem para voce..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito legal a sua viagem Mano...

 

O seu sentimento de querer voltar pro Japão, porque tem muita coisa, eu estou sentindo exatamente agora. Hoje faz um ano que voltei (fiz uma viagem de quinze dias) e ver o que você escreveu me dá saudades de muitas coisas.

 

Ainda vou viver no Japão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...