Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Victorcolonna

17 dias no Egito - Como organizar (roteiro, dicas e impressões) parte de uma volta ao mundo

Posts Recomendados

Que o Egito é um dos lugares mais fascinante e misteriosos do planeta muita gente concorda, a civilização que habitou por estas bandas era tão complexa e a frente de seu tempo que até hoje estudiosos tentam decifrar os detalhes, hábitos, rituais religiosos, técnicas de construção e todo o resto ligado ao Egito antigo. Uma boa volta ao mundo não poderia nunca deixar de passar por aqui, afinal aqui estão as grandes pirâmides um dos maiores ícones mundiais do turismo e sonho de qualquer viajante, mas o Egito não é só pirâmide, acabamos descobrindo em pesquisas antes de viajar que o país tem muitas atrações interessantes e em cima destas pesquisas montamos nosso roteiro para viajar por 17 dias pelo país, parece muito mais acredite daria pra ficar um mês inteiro por aqui visitando sempre coisas novas e interessantes. Nosso roteiro ficou assim:

 

Ps: viagem realizada entre novembro e dezembro de 2014, como parte de uma volta ao mundo. Se quiserem acompanhar e ver os posts sobre o país acesse http://vamocomagente.com

 

Dias 1 a 6 - DAHAB

 

Vamos lá, estávamos na Jordânia então cruzamos a fronteira com Israel na cidade de Eilat e no mesmo dia cruzamos novamente para Taba no Egito, de lá pegamos um ônibus de 3h para Dahab, uma cidade delicinha na região do Sinai e nossa primeira parada, ficamos 6 dias relaxando em suas praias, fazendo snorkel, comendo uma comida deliciosa nos restaurantes de frente para o mar vermelho, experimentando shisha e curtindo a vibe do lugar.

 

Hospedagem: Planet Oasis Resort 32 dólares a diária para o casal com café da manha.

Passeios imperdíveis: snorkel no Blue Hole, hiking ao monte Sinai com passagem pelo monastério de Santa Catarina

Dicas: Restaurante Friends, melhor comida que tivemos no Egito, shisha barata e equipe super amigável. Dahab é um dos lugares mais baratos do mundo para fazer curso de mergulho programe-se.

 

DSC_0040.jpg.fa958e0b343bde9326d5c92d71220214.jpg

G0435903.jpg.3ca17aaefb4a1c9a64d8505351f6095c.jpg

 

Dias 7 - SHARM EL SHEIK

 

Vários ônibus fazem trajeto de Dahab para Sharm, a viagem dura somente 1 h e custa cerca de 3 dólares, ficamos só um dia na cidade que é famosa por seus mega resorts e pelos mergulhos no mar vermelho, achamos artificial demais pra ser sincero, mas se o objetivo é férias tranquilona sem muito o que se preocupar acho que vale, tem gente que gosta.

 

Hospedagem: Falcon Naama resort 38 dólares a diária para o casal com café da manhã. (não gostamos do lugar)

Passeios imperdíveis: mergulho no parque Ras Mohamed um dos melhores locais do mundo para a prática.

Dicas: geralmente os resorts são regime all inclusive, mas opções não faltam nas avenidas principais, Sharm tem aeroporto com algumas boas conexões e a preços baixos.

 

Dia 8 a 11 CAIRO

 

Pegamos um ônibus para Cairo saindo do terminal de Sharm el Sheik, existem duas empresas que fazem o trajeto e os ônibus são freqüentes. A viagem dura de 7 a 9 horas e foi relativamente tranqüila. Passamos 3 noites e 4 dias na capital, tempo suficiente para explorar a cidade. Na verdade nos hospedamos em Giza de frente para as pirâmides, usamos bastante os táxis que são baratos por aqui, mas não tivemos interesse de explorar a cidade por completo, talvez por isso saímos com uma boa impressão do lugar rsrs. O Cairo é muito grande e bem caótico, o ideal seria ficar uns dias perto do centro para explorar as coisas por lá e depois procurar uma hospedagem em Giza para ai sim, conhecer as Piramides.

 

Hospedagem: Guardian Guest House 50 dólares a diária para o casal com café da manhã incluso e uma vista fenomenal para as pirâmides.

Passeios imperdíveis: as grandes pirâmides de Gize, pirâmide de Saqqara, museu egípcio

Dicas: se você ficar em Giza tem um Pizza Hut e um KFC em frente a entrada das pirâmides, podem te salvar em dias difíceis. Passeios a cavalo ou camelo dentro das pirâmides negocie bastante, preço inicial era 120 fechamos por 40 passeio de uma hora no pôr do sol.

 

DSC_0158.jpg.a8336c7d1fad637a647f52f93071d855.jpg

DSC_0513.jpg.3af5ecec1171648138004f8d0ffb4752.jpg

 

Dia 12- ASWAN

 

Pegamos um trem noturno do Cairo para Aswan, são 12 a 13 horas de viagem e custa cerca de 20 dólares, existe um sleeping train turístico, custa 100 dólares por pessoa ::ahhhh:: , mesma duração de viagem mas com cama, janta, café da manhã. Aswan é uma cidade bonitinha a beira do rio Nilo, ficamos só um dia por aqui e infelizmente não conseguimos explorar muito a cidade, viemos pra cá para pegar um cruzeiro de 2 dias pelo rio Nilo até a cidade de Luxor.

 

Hospedagem: Nubian holiday house 30 dólares a diária para o casal com café da manhã. Lugar tranqüilo isolado de tudo de frente pro Nilo.

Passeios imperdíveis: Philae Temple, passeio de felucca pelo rio Nilo, Abu Simbel (este é um dos tempos mais impressionantes do Egito, geralmente as excursões saem de Aswan, são quase 4 horas de viagem pra ir e mais 4 pra voltar, se tiver disposição vale a pena)

Dicas: os cruzeiros partem daqui para Luxor em viagem de 2 ou 3 dias, a forma mais barata é ir diretamente nos barcos que ficam ancorados em Aswan e fechar com eles, pagamos 100 dólares por dia o casal em regime all inclusive, o barco era o Sunrise, dá pra pagar menos só descobrimos depois hehe

 

Dias 13 e 14 - CRUZEIRO PELO NILO

 

Foi um período de luxo nas nossas vidas mochileiras, dois dias navegando pelo rio Nilo com comida a vontade, pegando sol, relaxando, festinha a noite e algumas paradas para visitar templos no trajeto. Sem duvida é algo bem turistão diferente do que estamos acostumados mas foi super legal, conhecemos pessoas ótimas e aproveitando para descansar um pouco do ritmo pesado de viagem.

 

Dica: o barco parte normalmente às duas da tarde de Aswan e chega em Luxor na noite do segundo dia, se optar por ficar os 3 dias no cruzeiro o terceiro dia será de passeios por Luxor e volta pra dormir no barco, não é mal opção, mas se quiser economizar faça dois dias e no terceiro faça o check out encontre um hotel barato e conheça Luxor por conta própria.

 

DSC_0078.jpg.485f2234c7e4c66d309f88cd354947df.jpg

 

Dias 15 e 16 - LUXOR

 

Chegamos de barco, encontramos um hotel barato para nos hospedarmos por dois dias e explorar essa que é uma das cidades mais importantes historicamente do Egito. O turismo aqui é explorado no sentido ruim da palavra, eles te vêem como uma nota de dinheiro e vão tentar te pegar a todo custo. Aqui estão muitos templos importantes do antigo Egito e o Vale dos Reis onde grande parte dos faraó importantes foram enterrados, a cidade em si é meio zuada, mas os passeios valem a pena.

 

Hospedagem: Bob Marley Peace hotel 12,50 dólares a diária para o casal com café da manhã, (muito bem avaliado no Tripadvisor)

Passeios imperdíveis: Vale dos Reis, Karnak Temple, Luxor Temple, Hatshepsut Temple, voar de balão.

Dicas: para ir ao Karnak temple você pode pegar uma van local custa somente 1 pound e para na frente do templo que é um dos templos mais tops, lindo demais. Na volta pegue uma dessas carruagens á cavalo, pagamos EGP 5, já para ir nos outros templos terá que contratar uma excursão, fechamos com o hostel um passeio pelo chamado West Bank por EGP 50 por cabeça, fora o valor das entradas.

Passeio de balão pelo Bob Marley foi muito barato e com a mesma empresa que eu tinha como referencia do Lonely Planet, a Sindbad. aproximadamente EGP 150 por cabeça.

 

DSC_0295.jpg.643819aa4b169fb9d5180f339d908cf6.jpg

DSC_0430.JPG.cb03669b5f7832ff12946531a3b50c4a.JPG

 

Dia 17 Hurgada

 

Não estava nos planos, mas acabou que encontramos uma passagem barata de avião saindo de lá para Israel acabou que aproveitamos para conhecer. Nos pareceu uma cidade bacaninha com praia linda água bem azul, nível caribe em alguns trechos, mas é aquilo, pouca autenticidade, grandes hotéis e resorts e povo russo dançando esquisitamente no lobby do hotel a noite. Apesar disso, valeu super a pena, a praia é linda e os mergulhos são ótimos. Pegamos nosso vôo de madrugada pela companhia Pegasus Airlines com destino a Tel Aviv em Israel.

 

Passeios imperdíveis: não conseguimos explorar a região, mas a praia sem dúvida é a maior atração.

 

 

É isso ai galera, assim foi minha passagem pelo Egito, com certeza muita coisa ficou de fora, queria ter mais tempo para explorar os desertos branco e preto, para ir ao Siwa Oásis, talvez fazer uma visitinha em Alexandria, mas fiquei super feliz com o roteiro. No geral não tive nenhum problema, exceto na fronteira que eles me cobraram um valor acima do valor oficial para o visto, depois de mais de 3 horas de espera resolvi pagar porque ainda tinha chão pela frente e não queria viajar a noite. As pessoas são boas mas você precisa saber ser duro e as vezes ignorante, porque tem muitos vendedores inconvenientes que não param de te seguir, seguram em você, continuam falando.. mas depois vc se acostuma. Em relação a segurança, o país parece viver numa tensão, existe check points do exercito regularmente, algumas vezes tivemos que descer do ônibus tirar todas as bagagens para revistar, em algumas cidades vimos muitos tanques de guerra preparados e muitos soldados armados fortemente.

Bom espero ter ajudado, se tiverem qualquer dúvida é só falar. Abraço a todos ::otemo::

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Victor! Preciso dizer que me amarrei no seu relato! Tô planejando uma viagem solo (sei que não é exatamente aconselhável, mas enfim) para o Egito e outros países, e você foi a lugares que pretendo ir e postou algumas dicas muito legais! Depois vou, com mais calma, te enviar uma mensagem com alguns pedidos de dicas, se você não se importar!

 

Aquele abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ei CatarinaBR,

Realmente não é o mais aconselhável, mas se é o seu sonho vai com tudo :)

Quando quiser é só perguntar e o que eu puder te ajudar será um prazer... minha viagem no Oriente Médio passou por Jordânia e Israel então se precisar de dicas é só falar

E se quiser ler especificamente sobre as cidades do Egito fiz posts detalhados no meu blog dá uma olhadinha lá http://vamocomagente.com/category/egito/

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pô Vítor, relato tá show, vou pra lá em outubro fazer Egito, Jordânia e Israel sozinho. Dps mando msg pra pegar mais dicas ::tchann::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Victor, cara tenho que te falar que meu primeiro mochilão foi feito baseado 100% no relato em vídeo que vcs fizeram na Bolívia, me megaaaa ajudou! Depois não parei mais e já foram uns 6 mochilões.

O Egito estava na lista do país que queríamos visitar, mas declinamos devido ao clima tenso que lemos e tivemos informações que o país vive, triste isso! O mundo poderia viver um momento melhor para todo mundo, e inclusive melhor para nós humildes mochileiros. Acabamos indo para o Marrocos e falo que amamos o país, foi a decisão certa.

Teu relato tá aqui guardadinho, vai que daqui a pouco dá pra rolar uma viagem para o Egito! Abraços!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poxa que legal, aquele relato tem história kkkkk

Viajar é bom demais né, quando pega o gosto já era... Sou doido pra ir no Marrocos deve ser um país bem interessante, e não deixe de visitar o Egito em outra oportunidade não vai se arrepender.

Abraço boas trips ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Nix1982!

Não foi tranquilo não kkkkkk

Acho que fiquei mofando umas 3 horas na fronteira porque além dos U$25 do visto eles queriam cobrar mais U$35 de uma taxa para uma empresa de turismo intermediar o processo, pois não era permitido fazer sozinho, absurdo! Depois de muito bate boca e de falar com todos os oficiais e superiores do lugar minha unica alternativa seria voltar para Israel e pegar o visto na embaixada, como era sabado estava fechado ai não teve jeito... Morri nos U$ 60 :(

Recomendo fortemente já chegar lá com o visto, mas é aquilo né, foi a minha experiência posso ter dado azar.

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou indo em agosto/2019. Pelo que li no seu relato, @Victorcolonna, vocês não reservaram nada previamente e pagaram até mais barato do que eu imaginava em várias coisas como hospedagem, e até o cruzeiro eu achei que seria mais caro. Estava com uma preocupação aqui se preciso ou não reservar as coisas previamente. Não precisa né?

 

No Egito vou chegar dia 7 e ir embora dia 16. Será que dá pra pra conhecer bem? Minhas prioridades são as pirâmides de Giza e o Vale dos Reis, mas quero também ir no Museu Egípcio e tentar ver o máximo de templos que der. Pelo que entendi, com um desses cruzeiros já inclui passeios para vários dos templos né...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...