Ir para conteúdo
Vinicius Monteiro

Travessia da Juatinga (Paraty) Carnaval 2015 - Relato simples e completo!

Posts Recomendados

Ai vai um relato compacto e completo! ::otemo::

 

Esse é um roteiro simples e foi feito para quem tem pouco tempo e quer conhecer muito. Vou mostrar como otimizar o tempo de forma econômica e aproveitar bastante essa linda travessia.

 

Vale a pena ler o relato! =)

 

TRECHO LARANJEIRAS - PRAIA GRANDE (Passando por Cachoeira das Galhetas, Cachoeira do Saco Bravo, Martin de Sá e outros lugares lindos!)

 

Trajeto.png.23284fa9fc17f60250abf91fd220bf0b.png

 

- Ao final de cada dia coloco uma planilha com informações detalhadas sobre o roteiro. Se você não tem muita paciência de ficar lendo e já conhece um pouco do trajeto, vá direto para a planilha e veja os pontos chaves.

 

1° Dia

 

Saímos de Curitiba de carro as 22 horas da noite (Eu, Luciana e Lucimara) , passamos em São Paulo para encontrar um amigo (Igor Caolho) e descemos até Laranjeiras. Chegamos após 16 horas de muito transito, deixamos o carro no estacionamento ao lado da entrada da trilha. Pagamos R$15,00 o pernoite lembrando que Laranjeiras é super seguro para deixar o carro!

De Laranjeiras existe a opção de pegar um barco para praia do Sono, esse barco custa R$40,00 reais e leve 6 pessoas por vez. Eu vi muitas pessoas com grandes caixas de isopor, nesse caso é a única forma de chegar a praia do Sono, como não era nosso caso fomos andando =)

Iniciamos a trilha para Pr. Do Sono as 15:00 horas, nós estávamos preparados fisicamente além de já ter o habito de praticar trekking, então conseguimos fazer os trechos mais rápidos do que o que indicaram que gastaríamos. Mas o foco dessa viagem não era performance e sim relaxar e conhecer os lugares que estávamos passando e por isso de cara já fizemos uma parada em praia do sono, conversamos com algumas pessoas e tiramos fotos.

Lá é um ótimo lugar para quem quer conciliar sossego durante o dia e festa durante a noite.

De Pr. Do Sono seguimos até Praia dos Antigos fizemos uma pausa pra lanche, fomos até a cachoeira da Galheta tomamos um banho gostoso e depois fomos até Ponta Negra.

 

Em ponta Negra ficamos no Camping da Dona Branca foi bem tranquilo e pagamos 15 reais por pessoa. Dona Branca vende algumas “laricas” sobremesas, como bolo de fubá e brigadeiro, além disso ela tem um barzinho com uma estrutura legal.

 

Dia1.PNG.7dac37106972a355aab107798a4a9d41.PNG.

 

*** obs:

 

- O GPS não localiza a praia de laranjeiras e nem a vila oratória então se você for de carro, na Rio Santos no trecho entre Ubatuba e Paraty você vai chegar ao Bairro do Patrimônio, nesse bairro você deve entrar a direita onde tem um placa indicando a Vila Trindade. A partir dai você vai subir um morro até bifurcação e deve entrar a esquerda sentido Laranjeiras. É bem tranquilo e a estrada é asfaltada...

- Durante a trilha não tenha medo de chegar às vilas e ficar perdido, sempre vai ter alguém te oferecendo camping e te ajudando no caminho.

- Por mais que as quilometragens sejam baixas, leve em consideração que se trata de trilha então as caminhadas são mais intensas do que caminhar no Parque ;)

- A minha planilha de custo foi feita com base no nosso grupo de 4 pessoas.

 

Praia do Sono

1sono.jpg.7a8ed153d58273e5074892f76fc79389.jpg

Mirante Praia do Sono

2sono.jpg.e9bced7bc4a5529b9779fda52b8f8cdc.jpg

Antigos

3antigos.jpg.c7f7a3baa17acf26fb31929d0d895980.jpg

Cachoeira Galheta

4cachugalhetas.jpg.5798ac675d5b7c7880bf4259b2c1d2f8.jpg

Pr. Galheta

5galhetas.jpg.f0988724663524963f4d3704cf736911.jpg

Ponta Negra vista de dentro da barraca no Camping da Dona Branca

598dc442725d7_6pontanegra.jpg.de01e66adf15145d6aecd741cb0ea966.jpg

 

2° Dia.

 

A cachoeira do Saco Bravo é um dos lugares mais belos da travessia, porém ela não fica no caminho entre Ponta Negra e Martin de Sá, para chegar até lá é preciso caminhar 4,2km e depois mais 4,2km para retornar até Ponta Negra para então seguir até Martin.

O trecho entre Ponta Negra e Martin é o mais difícil da travessia e tem pouco visual pois o caminho é por dentro da mata, em média as pessoas levam 6 horas para fazer o trajeto.

Como conhecer o saco bravo e seguir viagem em um mesmo dia?

Para conhecer a cachoeira do Saco Bravo (um dos lugares mais belos da travessia) e seguir a viagem até Martim de Sá em um único dia, pela manhã negociamos com os barqueiros da vila um valor de 60 reais por pessoa para nos levar até Martin de Sá. O valor não é tão caro pensando que isso te possibilita conhecer a cachoeira do saco bravo.

Logo após negociar com eles e ter certeza que o preço não ficaria mais do que 60 reais, fomos para a cachoeira. Aproveitamos ao máximo lá e retornamos de tarde.

O barqueiro nos levou até Martin de Sá, no trajeto pudemos contemplar outra visão do saco bravo e pudemos ver a ponta da Juatinga.

Chegando a Martin só tem um camping que é do seu Maneco! O lugar é paradisíaco com ondas muito boas para quem gosta de surf. Ainda deu tempo para tomamos um banho de mar e aproveitarmos o local.

 

Dia2.PNG.448c0dadae77fd2bf72fd7421e183555.PNG

 

** obs:

 

- Em ponta negra existe um sistema de fila de barqueiros, a negociação é direta com o barqueiro que está na vez. Não tenha medo de chorar um valor mais baixo pois se o barqueiro da vez não aceita o preço, o próximo pode aceitar. Para o barqueiro que está em segundo ou terceiro na fila pode ser vantajoso pois ele corta a fila quando aceita a corrida.

- O inicio da trilha do saco bravo não tem muita água, é importante levar no mínimo 500ml.

 

Saco Bravo

7sb.jpg.382624d226e78a9e780a517acd147795.jpg

8sb.jpg.bb7cf621581a7ac11dfd6caa1517e3c5.jpg

9sb.jpg.70822449d487e9d9e01588a2a77221a2.jpg

Lancha de Ponta Negra a Martin de Sá

10lancha.jpg.9c8f88a57a7a5e480177ec826e4800ea.jpg

Martin de Sá

598dc442c98ea_10-5martins.jpg.54d18314df000e2a3f562a0d0c0a7060.jpg

Camping do Seu Maneco

11manoel.jpg.ed8f37211a36a6b8e79be93bd8285fdc.jpg

12manoel.jpg.a3d35a051f7be3decd3d2f68ccb2dd7c.jpg

Martin de Sá

598dc443433e2_13martins.jpg.96633475e148eab14fcbbc354d0d2b8a.jpg

 

 

3° Dia

 

Acordamos tarde saímos as 11:45h de Martin Sá para Praia do Pouso de Cajaíba, o trecho duro 1:20h e teve uma subida considerável no inicio.

A vila de Pouso do Cajaíba é grande e tem mercearia e padaria, nós compramos pão para o café da manhã do dia seguinte e ficamos um tempinho lá aproveitando o visual.

Seguindo a trilha para Itanema e no caminho avistamos uma prainha chamada Montijo, descemos até lá para tomar banho e praticar snorkeling. Valeu muito a pena! Muito linda a pequena prainha!

Fomos até a Itanema, nos outros dias apenas lanchávamos próximo ao horário de almoço, nesse dia a fome falou mais alto e comemos um PF de peixe por R$ 15,00 pila.

Após o almoço ficamos curtindo o visual aproveitando o dia, sem preocupação de querer chegar logo ao destino final.

De Itanema caminhamos até Praia Grande passando pelas praias de Calhaus e Itaoca. Em Praia Grande, tomamos um belo banho de mar e ficamos no camping do seu Altamiro.

Ainda na praia negociamos com os filhos do seu Altamiro para nos levar no outro dia cedo de barco para Paraty por R$ 50,00 reais por pessoa. Quem tem um dia a mais pode andar até paria do engenho, praia do cruzeiro e conhecer o pão de açúcar, mas não tenha a ilusão de que o preço do barco diminui.. de acordo com os filhos do seu Altamiro o preço de lá é o mesmo pois as distancias são parecidas.

 

Dia3.PNG.fc67ca3eefe6c518dbfe2807438aa24c.PNG

 

**obs:

 

- Pouso Cajaíba é tão movimentando quanto praia do Sono, pois recebe de barco os turistas que saem de Paraty.

- Praia Itaoca e Praia Grande são excelentes opções para quem busca sossego.

 

Praia de Itapema - Parada para almoço

14praigrande.jpg.6a3367e467eca6f90fa0ab1801a21b97.jpg

Praia Grande - Minutos antes da partida

IMG_20150217_084133005_HDR.jpg.93db674628e515ba5310673fc66dfe5a.jpg

 

 

 

4° Dia

 

Como tínhamos que trabalhar na quarta-feira de cinzas, fomos cedinho de barco até Paraty, lá conhecemos os centro histórico tomamos uma cachacinha tradicional e pegamos um buzão na rodoviária por incríveis R$ 3,60 até laranjeiras.

 

Dia4.PNG.445fcc062b0d6bb911254bf48723b255.PNG

 

**obs:

 

- Observe que nessas ultima planilha contabilizei o gasto total por pessoa para sair de Curitiba e passar o Carnaval na travessia da Juatinga e o gasto sem o custo do carro.

- Leve impresso as 4 planilhas durante a trilha, pois vai te auxiliar em saber as distancias e o tempo necessário para percorrer os trajetos.

 

 

Lancha Praia Grande a Paraty

15.jpg.be153231b0105468bfefe0d551ba02eb.jpg

IMG_20150217_090556621_HDR.jpg.f17e27cf10642d01cb734cbd79c4eaf7.jpg

Paraty

IMG_20150217_100433924_HDR.jpg.d30bd91a586e23903a1483d71dd9fc82.jpg

IMG_20150217_101935673.jpg.1b65f0ded50c191b68d8d4c6f0ab2fcb.jpg

IMG_20150217_102912493_HDR.jpg.d200dd0d09722146baba966a6399af18.jpg

IMG_20150217_104547587_HDR.jpg.02ff9ae5618e1a7c9d3200ed1d0895ff.jpg

 

 

* Agradecimento especial ao Papel Kozechen!

 

Qualquer dúvida estou a disposição =)

Abraçooo ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vinicius, muito top seu relato.

Certamente essa travessia está em meus planos para 2015.

 

Poderia enviar os tracklogs para meu e-mail?

 

[email protected]

 

Obrigado e continue nos encorajando com ótimos relatos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pra variar a cargueira da Luciana é maior que ela... :mrgreen:

Show de bola, Juatinga tá no caderninho faz tempo, lugar abençoado!!!

E vai preparando a palestra pra a AMC ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa, Vinicius!

Parabéns pelo relato detalhado e por compartilhar conosco essa bela travessia!

Realmente um lugar mágico!

Grande Abraço

Papa

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótimo relato Vini!!! ::kiss::

Minha dica é evitar dormir em Paraty, fica extremamente caro nos feriados, queriam nos cobrar 100R$ por pessoa no camping ::vapapu:: por isso, fomos para lá de manhã, deu para conhecer a parte histórica, fazer compras e ir embora no mesmo dia.

 

Evelyn, usamos suas dicas de cachaças de Paraty, trouxemos uma excelente para você ::bruuu::

 

Otávio, minha mochila já serve como saco de dormir tbm ::lol4::

 

Última dica: não calculem apenas o tempo de deslocamento, reservem tempo para parar a qqr momento na trilha e aproveitar esse paraíso ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ótimo relato... adoro a Juatinga!

Certamente aproveitaram bem o seu tempo e, na minha opinião, pra uma travessia descompromissada de conhecer tudo, não faz tanto mal não conhecer o outro pedaço de praias mais pra Paraty Mirim. Passou de Praia Grande, é só mais das mesmas belezas com aquela vibe tranquila e vontade de ficar, tudo com camping tranquilo e restaurante do mesmo dono, com poucas pessoas indo e chegando de barco.

Vi que botaram umas madeiras na subida da praia do Sono pra Antigos, não tinha.

Não sei se colocaram de novo, mas a ponte de Galhetas tinha caído e não havia mais sinalização na trilha do Saco Bravo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×