Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

PriPri Nunes

Eurotrip - Novembro 2014 - Planilha, roteiro e fotos! 21 dias - Madri, Barcelona, Paris, Amsterdan, Bruxelas, Bruges, Londres e Liverpool!

Posts Recomendados

*********************** EM CONSTRUÇÃO ********************************

 

Oi pessoal!

 

Bom primeiramente vou me apresentar! Me chamo Priscilla, sou do RJ e frequento o Mochileiros desde 2009 quando comecei a planejar meu primeiro mochilão. E embora o avatar aí do lado diga que eu sou usuária desde 2013, eu, como toda pessoa cabeça de pudim que sofre de esquecimento crônico, perdi meu perfil. Simplesmente deletei da cabeça meu nome de usuário, senha, e-mail, e antes que alguém pense - Ah você poderia ter ido em um dos tópicos que participava procurar pelo meu nome de usuário e depois clicar em esqueci a senha! Sim.. poderia, mas eu até aquela data não tinha nenhuma postagem! ::mmm: Ficava sempre quietinha só colhendo informação. Pois sou do tipo de pessoa que só vai fazer uma pergunta se eu realmente não conseguir achar a informação por outros meios!

 

Deixando o blá blá de lado vamos ao meu primeiro relato! Sim, primeiríssimo! Embora eu seja uma pessoa que ame fazer roteiros (faço verdadeiros guias turísticos - meus amigos adoram :D ) sempre achei que não tinha talento pra contar uma história, mas hoje, enquanto separava as melhores fotos para imprimir, quase 3 meses depois da viagem, as coisas começaram a se reavivar na minha memória e resolvi tentar. Assim, espero que de alguma forma esse relato possa ser útil pra quem o lê. E estou aqui a disposição para responder as dúvidas que surgirem! ::otemo::

 

[t3]O Planejamento[/t3]

Nunca havia planejado fazer um mochilão pela Europa, primeiro porque eu sempre achei que não teria a grana pra bancar essa trip e segundo porque eu tinha outras viagens na minha lista de prioridades, embora desde que me entenda por gente sonhasse conhecer Londres!

Eu e meu melhor amigo, o Anderson – Pitanguinha para os intímos, estávamos planejando tirar férias juntos. Ele nunca havia ido para o exterior, e nas nossas conversas ele comentou que queria muito ir a Portugal visitar um amigo e a Itália... conversa vai, conversa vem, decidimos ir pra Europa. Mas acabou que na hora de decidir quais países iríamos visitar, Portugal e a Itália acabaram ficando de fora do roteiro hahahahahaha! Vai entender! ::lol4::

 

O roteiro: https://mega.co.nz/#!1dQExDpC!2l5W9Q09H_SoI48q1EdRYLgVWMj-nwspzgVK0f80zjM

A planilha: https://mega.co.nz/#!1V5m2Dib!Njh5ns8KOgXdLvSksI4mg8coGoNFXh3kcPKTF6RcDKI

 

[t1]Roteiro:[/t1]

Saida RJ – Madri

Dia 1 – Chegada Madri às 11hrs – Voo Barcelona às 20:45

Dia 2 - Barcelona

Dia 3 - Barcelona

Dia 4 - Barcelona

Dia 5 - Barcelona – Conexão de 8hr em Madri - Paris

Dia 6 -Paris

Dia 7 - Paris

Dia 8 -Paris

Dia 9 -Paris

Dia 10 - Paris

Dia 11 -Paris – Amsterdã (trem)

Dia 12 – Amsterdã (Zaanse Schanz)

Dia 13 -Amsterdã – Bruxelas (trem)

Dia 14 - Bruxelas – Brugges (trem)

Dia 15 - Bruges – Bruxelas

Dia 16 - Bruxelas – Londres (trem)

Dia 17 - Londres

Dia 18 -Londres

Dia 19 - Londres

Dia 20 -Londres – Liverpool – Londres (trem)

Dia 21 -Londres

Voo pra casinha

 

[t1]Passagem[/t1]

Compramos as passagens pela Ibéria, e os trechos foram os seguintes:

RJ – Barcelona (com escala proposital de 10 hrs em Madri)

Barcelona – Paris (com escala de 8hr em Madri a contragosto)

Londres – RJ (com escala de 1:45 em Madri, que na verdade eram 0:45 minutos, já que em Madri havia horário de verão, Londres não). Foi um desespero sem fim! No relato do último dia vocês vão saber!

 

O valor total com a taxas foi de R$ 1.970,00 parcelados em 10 x sem juros!! ::hahaha::

Achei o preço ótimo, ainda mais que no aeroporto de Londres as taxas são super altas. Em todas as outras cias esses trechos só achava acima de 3mil reais.

 

Sobre a Ibéria: Compramos as passagens com 7 meses de antecedência - paguei a ultima parcela do cartão esse mês \O/ . Durantes os 7 meses eles mudaram o meu voo de Barcelona a Paris 11 vezes! E não eram mudanças bobas, coisas de malha aérea não. Esse voo de Barcelona inicialmente faria conexão em Madri de 2hrs (como quase todos os voos da Iberia, será todos? Não tenho certeza!). Tínhamos comprado este trecho com o menor tempo possível já que queríamos chegar antes de anoitecer em Paris para dar aquela voltinha tranquila de reconhecimento da cidade... Nessas trocas todas que eles fizeram acabamos em uma conexão de 7hrs! Fiquei P da vida! :oops::oops: Tentei trocar as duas primeiras vezes no auto atendimento da cia mas a resposta era que o voo havia sido cancelado que só tinha aquele!

Achei por fim não me irritar mais e arrumar alguma coisa pra fazer nessa outra conexão. ::essa::

O voo da ida foi bem tranquilo, os aviões eram espaçosos, entretenimento individual, serviço de bordo normal, comida mediana, abusei do vinho vagabundo e dormi a viagem toda que nem um anjinho! :lol: Os voos das conexões, Madri-BCN e BCN-Madri eram bem fraquinhos, estilo gol, só servia bebida, pelo menos não era só água, tinha suco e refri também!

O trecho de Londres – Madri foi operado pela British, meu amigo disse que foi ótimo o serviço, que as aeromoças eram muito educados, que o Croissant estava uma delícia e etc. Mas eu dormi antes do voo decolar e acordei com ele aterrisado já! 21 dias de viagem depois, uma noite mal dormida no frigorífico de Heathrow ::Cold:: , e um voo às 06:45, não havia hipótese de eu ficar acordada. Sou dessas que avião tem efeito sonífero, durmo mais rápido que em ônibus. Por fim, o trecho de volta pra casa foi operado em uma aeronave bem antiga, sem entretenimento individual e a tela central no corredor que eu estava ainda estava preto e branco :roll: . Mas por outro lado o voo estava mega vazio, o que possibilitou que sentássemos naquelas primeiras poltronas com bastante espaço pra esticar as pernas.

 

[t1]Quanto gastei[/t1]

Quando decidi viajar pra europa uma das minhas preocupações era da onde iria sair dinheiro! Eu nunca consigo guardar dinheiro, nunca! Mesmo sendo bancária e sabendo da importancia do planejamento financeiro, isso nunca funcionou comigo. O que eu fiz pra não me enrolar e conseguir viajar tranquilamente foi o seguinte, depois de traçado os roteiros, e definidos os dias, comecei a pagar tudo o que eu podia daqui. Na Europa o que pude perceber é que comprando os tíckets das atrações turísticas, hospedagem, trem, pela internet geralmente é mais barato, aí colocando o valor do IOF do cartão acabava saindo “elas por elas”. O trem, a diferença é absurda. Impossível comprar uma passagem na hora. Então todo mês eu gastava em torno de R$ 400,00 a R$ 500,00 com a viagem. E quando viajei faltava pagar um ou outro passeio que não pude fechar aqui e a diária dos hostels. Levei em espécie 700 Euros e 400 libras.

 

Os meus gastos totais foram:

Em euros

Hospedagem: 245,00

Deslocamentos Trem: 131,00

Atrações Turísticas / Passeios: 490,50

Alimentação: 350,00

TOTAL: 1216,50

 

Em libras

Hospedagem: 76,50

Deslocamento Trem: 26,50

Atrações Turísticas / Passeios: 439,70

Alimentação: 150

Total: 692,70

 

Com o euro a uma cotação de R$ 3,30 e a libra a R$ 4,10, incluindo a passagem o valor que eu gastei foi R$ 8.835,00. Era possível gastar menos. Fiz muitos passeios pagos e londres encareceu demais essa conta. Conseguiria viajar sem sacrificar a viagem com menos 1000 reais tranquilamente. Os detalhes dos gastos vocês podem acompanhar na minha planilha (lá em cima)

 

[t1]Dicas[/t1]

-> O site que eu uso para estimar os gastos que terei com alimentação e transporte ao longo das minhas trips é o http://www.numbeo.com/cost-of-living/ Excelente!

-> Para andar na cidade usei o aplicativo Ulmon – City Maps 2 go. É disparado o melhor aplicativo de mapas que já usei. Peguei a dica aqui no mochileiros. Na época na app store paguei 5,00 USD na versão pro – você pode baixar quantos mapas quiser. A versão free você pode baixar até 5 cidades. Mas não conheço uma pessoa que tenha o aplicativo que não tenha feito o upgrade. Além dele funcionar offline o mapa é mto fácil de ser compreendido, tem pontos de interesse, restaurantes próximos e você ainda pode salvar seus lugares prediletos. O Gps nunca me deixou na mão. Super recomendo. ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

[t3]Dia 1[/t3]

[t3]Rio – Madri – Barcelona[/t3]

[t1]Pontos de Interesse: Plaza Mayor, Mercat de San Miguel, Palácio Real, Templo de Debot, Parque do Retiro[/t1]

 

Chegamos em Madri por volta de 11hrs da manhã. Como nossas malas iam direto pra Barcelona foi só sair do aeroporto. Compramos o ticket de metro (turismo 1 dia – valor 7,60 Eur). Esse ticket dá direito a usar o metrô ilimitado + o aeroporto. A linha que leva ao aeroporto de Bajaras é um pouco mais caro do que o ticket comum, acho que era por volta de 5 euros, então, como íamos nos deslocar o dia todo na cidade, optamos pelo passe de 1 dia.

O metro de Madri é super fácil de usar e ainda tem um aplicativo que facilita mto a vida!

 

Fomos direto pra Plaza Mayor. Chegamos no meio de uma festa popular, uma passeata onde as pessoas vestidas em trajes típicos desfilavam juntamente com um rebanho de ovelhas. Estava tão eufórica naquele primeiro dia de viagem que nem perguntei a ninguém que festa era aquela.

16408331728_417b33f1e3.jpgDSCN9388 by priscilla_gansa, on Flickr

 

Andamos toda aquela região. Interessante ver a quantidade de artistas de rua espalhados pela Plaza Mayor em um dia de domingo. Almoçamos por lá mesmo. Nesse dia, conseguimos garantir nosso almoço e lanche por 5 euros para cada. Compramos 6 fatias de pizzas (ótimas) + batata frita e 2 refris por 10 euros. ::hahaha::::hahaha::

 

16594744892_9cef6196d8.jpgDSCN9396 by priscilla_gansa, on Flickr

 

Seguimos andando em direção ao Mercado de San Miguel, achei lindo mas também achei tudo caro! Tirei umas fotos e seguimos em frente até o Palácio Real. Fizemos a visita: 10 EUR. Achei que vale muito a pena! O Palácio é lindo por dentro. Tem uns locker super grandes pra deixar a mochila, só colocar uma moedinha de 1 euro para trancar e depois na volta pegá-la de volta.

Do Palácio seguimos caminhando até a Plaza España para o Templo de Debot. O templo foi um presente do Egito a Espanha. O visual do templo no parque é muito interessante, ele destoa completamente da arquitetura madrilenha. Acho que é gratuita a visita mas como tava uma fila gigantesca para entrar e o tempo era curto resolvemos seguir em frente.

 

Pegamos o metrô e fomos para o Parque do Retiro. O Parque é lindo e em um Domingo ele fica ainda mais especial. Lotado! Andamos tranquilamente o quanto pudemos e depois retornamos ao Aeroporto. Queria muito ter ido ao Museu do Prado, que neste dia era até de graça (aos domingos de 17:00 às 20:00) mas não deu tempo. :(

 

16594751072_16cca17e3b.jpgDSCN9538 by priscilla_gansa, on Flickr

 

Chegando em Barcelona achei o aeroporto muito mal sinalizado, não indicava onde era a retirada de bagagens e ficamos parados um tempão em uma esteira com outras pessoas e nada delas ligarem ou aparecer um funcionário. Quando apareceu, vi que estávamos no lugar errado. Quando finalmente achamos já estavam levando nossas mochilas embora! Pra ir pro hostel pegamos o Aerobus (5,60 - ônibus a cada dez minutos), ele faz três paradas. Sendo a última na Plaza Cataluña, onde ficamos. Dali fomos caminhando para o hostel, uns 15 minutos.

 

Ficamos hospedados no Black Swan - Calle Ali Bei 15, próx. Plaza Cataluna e Arc de Triomph / EUR 6,90 diária em dormitório misto 14 camas. Apesar do café da manhã ser somente suco, leite e cereal (nada mais) o clima do hostel era ótimo. As camas boas, os banheiros excelentes. Ficaria lá de novo. Só tivemos problemas com um careca maluco do leste euroupeu que estava no nosso quarto que se achava o dono do mundo. O infeliz chegava de manhã das baladas e se achava no direito de xingar as pessoas que levantavam de manhã para sair e que precisavam abrir seus lockers. Todo mundo super de boa no hostel, fazendo aquele barulhinho normal de quem levanta, vai tomar banho.. Pra vocês terem uma ideia no nosso primeiro dia assim que levantamos e tomamos café caiu um temporal, daqueles rápidos mas que é impossível sair. Voltei pra cama pra dormir até a chuva passar... quando o louco viu que eu estava deitada ele acordou começou a xingar e abriu TODAS as cortinas e janelas do quarto. Mas só fez isso uma vez, quando levantei, antes de sair contei na recepção o ocorrido e eles falaram que duas pessoas do quarto já haviam feito a mesma reclamação. Resultado: ele foi expulso do hostel. ::tchann::::tchann::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

[t3]Dia 2 - Barcelona[/t3]

[t1]Pontos interesse: Parc Guell, Ramblas, Mercat de La Boquería, Port Veill[/t1]

 

Como disse no início do relato, enquanto estávamos tomando café da manhã pra sair do hostel caiu um pé d'agua por mais ou menos 1hr, já tava até tristinha achando que meu primeiro dia em BCN seria de muita chuva. ::mmm: Mas assim que parou a chuva o tempo começou a limpar super rápido (coisa muito comum nos dias em que estávamos lá – chovia e 30 min depois um sol lindão). Como o tempo havia melhorado decidimos ir ao Parc Guell. Para chegar lá pegamos o ônibus 24 na Plaza Cataluña, o ponto fica na esquina do El Corte Inglés. A vantagem de ir de ônibus é que ele te deixa bem na porta do parque o que evita que você precise subir várias ladeiras se optar pelo metrô, e embora existam escadas rolantes para levar as pessoas até o parque não é em todos os trechos. O valor da entrada é 7,00 euros, não compramos com antecedência, e conseguimos entrar no horário que chegamos, mas uma amiga que foi em outubro só conseguiu entrada pra duas horas depois da chegada, então, se você for principalmente em alta temporada, vale se programar e comprar o ingresso antes. Pode comprar pela internet ou lá mesmo em BCN tem umas lojinhas de turismo que vendem somente os ingressos (não sei se cobram comissão). O Parc Guell é uma das atrações imperdíveis de BCN, não deixem de ir!

Depois pegamos o mesmo ônibus de volta sentido Plaza Cataluña e fomos almoçar no lugar que se tornou o nosso predileto em Barcelona – Fresc co!!! Para quem quiser morrer de tanto comer dá uma olhadinha nos endereços: http://www.frescco.com/

Pra mim é a melhor opção em BCN pra encher a pança sem gastar muito. Almoço pra mochileiro mesmo!! ::love:: O Fresc co. é uma Rede de restaurantes com buffet livre a preço fixo (10 euros). Nesse valor tá incluído muitas saladas, uma quantidade razoável de pratos quentes, incluindo massas e pizzas. Se quiser acrescentar um grelhado (bife, peixe) paga-se mais 1,00 euro mas no buffet de pratos quentes sempre tinha uma opção de proteína. A bebida também era a vontade – não alcoólica. Ainda tinha sobremesa (sorvete, bolos), expresso e frutas (que eu botava na mochila pro fim da tarde). E a qualidade da comida era bem razoável! O que fazíamos sempre era tomar um café bem reforçado e almoçar por volta das 15hr, aí como comíamos muito no Fresco e a noite ainda estávamos sem fome, comíamos só uma besteirinha, pão, biscoito.. Com isso não gastei mais do que 15 euros por dia com comida em BCN.

Depois que almoçamos resolvemos caminhar pelas ramblas para desgastar toda a comida!

Paramos no Mercat de La Boquería e ali eu me perdi entre cores, cheiros e sabores por mais 2 horas! Eu como sou apaixonada por gastronomia e mercados municipais fiquei em êxtase ali! Os preços no La boquería também são bem mais atraentes do que o mercado de Madrid.

 

16579613986_c9b1b30b23.jpgMercat de La Boquería 2 by priscilla_gansa, on Flickr

 

16419764439_b961a9e112.jpgMercat de La Boquería 3 by priscilla_gansa, on Flickr

 

Como já havíamos comido muito fomos só experimentar as famosas Cavas. Eu fui de Rosé, e amei! Tem uma loja no mercado que além de uma ótima variedade de cavas e vinhos, vende taças de desgutação. Acho que a Cava era 3,00.

 

16418394948_16a9aabf84.jpgMercat de La Boquería 1 by priscilla_gansa, on Flickr

 

Continuando nosso caminho descemos toda a Rambla até chegar ao Mirador de Colóm e ao Port Veil. E que sorte termos chegados bem no horário do sol se por! Vista fantastica e muitas gaivotas!!! O porto é lindo! Se puder programe a visita perto do sol se por!

 

16605007982_7751c3019f.jpgPort Veill by priscilla_gansa, on Flickr

 

Quando o sol se foi, pegamos o metrô e fomos a Primark do Shop Diagonal Mar, HORRÍVEL!!! ::essa:: Esssa Primark parece loja da 25 em dia de liquidação! As roupas todas jogadas no chão, tudo embolado, você não consegue ver nada! Só valeu porque comprei uma pantufinha pequena da Minnie por 2 euros que seriam minhas companheiras nas noites frias que viriam!! E um tênis com pelinho por dentro (10,00), e por mais que ele já esteja com o solado descolando, é uma delícia andar com o pé quentinho!!

Depois do shop retornamos para o hostel e desmaiamos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

olá, Pri. Td bem.??? Estive em Madri em outubro do ano passado e adorei a cidade e vendo vc dizer que passou reto no Mercado de San Miguel, quase enfartei!!!! Aquele lugar é o paraiso. Come-se deliciosas tapas por 1 euro ou 2,00..depende da banca....Me acabei por lá. ::lol4:: bjs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

[t3]Dia 3 - Barcelona[/t3]

[t1]Pontos interesse: Sagrada Família, Casa Bathló, Passeig de Gracía, Barrio Gótico, Parc de La Ciutadella[/t1]

 

Esse dia amanheceu um pouco nublado. Resolvemos então pela parte da manhã fazer os passeios mais internos. Mais uma vez pegamos o metrô e fomos a Sagrada Familia. Também não tivemos problemas para comprar os ingressos, fizemos a visita com audioguia (19,50 – caro, como toda obra de Gaudí). Não optei pela visita com as Torres pois todos os meus amigos que já haviam feito disseram que não valia a pena, que de interessante só a vista e que existem milhões de pontos pra você ver a cidade – como o Parc Guell e o Mirador em Montjuic. Queria muito ter feito a visita com o guia mas chegamos lá às 10 e essa visita não tem todos os horários. É bom dar uma olhada no site antes se este for o seu interesse. Mas o audioguia é ótimo também, tem a opção de Português (Portugal).

Sempre tive muita vontade de conhecer a Basílica então pra mim foi um dia mágico. Ficamos umas 3hrs lá dentro.

 

15986021703_f4f1226605.jpgIMG_5253 by priscilla_gansa, on Flickr

 

Saímos de lá e fomos visitar mais uma obra de Gaudí. Primeiro passamos por La Pedrera, e tiramos fotos somente na fachada. Não entramos pois já havia lido em vários relatos que a casa não era muito grande e que das obras de Gaudí era a menos interessante, e que só valia a pena pelo por do sol dali ser lindo. Optamos então por ir a Casa Bathló (21,50) que é apaixonante! Em cada cantinho daquele lugar você vê a genialidade de Gaudí. Para mim a Batlhó é mais uma parada obrigatória de BCN. ::love::

Depois de ficarmos ali mais um par de horas, descemos todo o Passeig de Gracía. É uma caminhada muitissímo agradável. Além das lojas chiques de marca, a arquitetura dos prédios é impressionante. Um charme!

Depois do almoço no nosso querido Fresco, fomos explorar o Barrio Gótico. Fomos a Plaça de Sant Jaume e a Catedral de Barcelona – escandalosamente linda!!! Andamos em cada ruela do bairro gótico. Dos lugares que visitei também era o melhor local para comprar lembrancinhas, tanto no preço quanto nos itens, você acha coisas bem interessantes e diferentes!

 

16579797406_297f27ae72.jpgIMG_5411 by priscilla_gansa, on Flickr

 

Como o sol apareceu decidimos não ir ao Museu Picasso e seguir em direção ao Parc de La Ciutadella. Além dos jardins e da fonte belíssima, passamos pelo Castell dels Tres Dragons, Parlament de Catalunya, até chegar ao Arc de Triumph com o sol se pondo. Foi uma caminhada linda. Voltamos para o hostel mortos de tanto andar!

 

15983600864_86179bc589.jpgIMG_5466 by priscilla_gansa, on Flickr

 

16419938579_541a36d395.jpgIMG_5579 by priscilla_gansa, on Flickr

 

Descansamos um pouco e a noite saimos pra beber e comer alguma coisa em um lugar que amei também em Barcelona – Cerveceria 100 Montadittos ::love:: . Fomos duas noite na filial da Ronda de Sant Pere, bem pertinho do nosso hostel. A caneca (grande) da cerveja custa 1,50! E os sanduichinhos (montaditos) custa em média 1,50 também. Tem ainda Batata frita, Guacamole, e alguns outros petiscos. Dia de quarta-feira é tudo por 1,00 euro (menos a cerveja) ::hahaha:: . É um local cheio de jovens e em dias de jogos fica lotado!!! Gostamos muito!

 

16604430121_a72b3cc952.jpgCerveceria 100 Montaditos by priscilla_gansa, on Flickr

 

16398481167_ec047e92ab.jpgIMG_5623 by priscilla_gansa, on Flickr

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Martinha acho que foi porque era o primeiro dia de viagem! Estava achando tudo caro! Pelo menos as barraquinhas que eu passei as tapas eram por volta de 3,00 euros ::ahhhh::! No La Boquería me perdi várias vezes ali! Eu estava lendo agora há pouco seu relato da Patagônia! Muito legal! To montando roteiro pra lá agora!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente no início da viagem ficamos com medo de enfiar o pé na jaca logo de cara.....kkkkk

 

Demais vc ir para Patagônia. Vc não vai se arrepender. É lindo demais...surreal!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...