Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Arquivado

Este Post foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Mi_GR

França - Regiões vinícolas - Guia de Informações

Posts Recomendados

[align=justify][info]Este é um tópico guia sobre vinhos, uvas e as regiões vinícolas na França.

Rotas, curiosidades, dicas, dúvidas, sugestões ou relatos sobre o assunto devem ser postados no tópico correto do fórum França.

A atualização das informações deste tópico contará também com a reunião de informações de usuários em outros tópicos.[/info]

[linkbox]Itália - Regiões vinícolas - Guia de Informações

Portugal - Regiões vinícolas - Guia de Informações

Espanha - Regiões vinícolas - Guia de Informações

Brasil - Roteiros de Vinhos Espumantes -RS

Roteiros - vinhos espumantes

Santiago - vinícolas

Mendonza - Guia de Informações

Outros destinos - Perguntas e Respostas

Cultura dos povos, atitudes exóticas e afins

Provence - Perguntas e Respostas

Itália - Roteiros de Viagens

Champagne - Perguntas e Respostas[/linkbox]

 

[t1]França - Regiões Vinícolas - Guia de Informações[/t1]

 

Aqui nasceram os vinhos finos e seu solo deu origem às uvas mais tradicionais: Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Malbec, Carmenère, Chardonnay, Sauvignon Blanc.

 

[t3]Regiões vinícolas:[/t3]

 

Alsace, Bordeaux, Bourgogne, Champagne, Corse, Côtes du Rhône, Jura, L`Est, Languedoc-Roussillon, Normandie, Provence, Savoie, Sud-Ouest, Val de Loire

 

Obs: localização aproximada das regiões vinícolas

[googlemap]http://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&hl=pt-BR&msa=0&msid=108401008336494560567.00046f69d5f6b1b69b10e&ll=46.286224,4.174805&spn=15.431105,27.729492&z=5[/googlemap]

 

[t3]Destaques:[/t3]

 

Bordeaux:

Os vinhedos de Bordeaux datam de 1855 – este não tem comparação. É a casa do Deus dos vinhos.

Casa da Cabernet Sauvignon, junto com a Merlot, Cabernet Franc, Petit Verdot, Carmenére e Malbec. Para os vinhos brancos, Sémillon, Sauvignon Blanc, inclusive, Sauternes fica em Bordeaux.

Muitos vinhos possuem uma denominação genérica “Bordeaux”, por isso uma dica é procurar nos rótulos a classificação do vinhedo (1 – premier, 2 – deuxiéme,... até 5).

Dois dos vinhos doces mais respeitados do mundo são de Sauternes e Barsac.

Além dessas, existem outras regiões produtoras ao norte e sul de Bordeaux.

Bordeaux possui mais de 9 mil “Châteaux” e é composta por 57 AOCs (Denominação de Origem Controlada – Appelation d’Origine Controlée)

 

Borgonha:

Região de vinhos fáceis de gostar, delicados e intensos.

Alguns dos tintos mais caros do mundo - Domaine de la Romanée-Conti, por exemlo, provém dessa região.

A região baseia sua produção em uvas Pinot Noir (tinta) e Chardonnay (branca).

Há centenas de denominações de brancos e tintos excepcionais.

 

O vinho Beaujolais é famoso e de excelente qualidade. São produzidos com uvas Gamay (próprias do produtor) e com o método tradicional. Os Beaujolais Nouveaux devem ser consumidos como um vinho branco: fresco. Não compre um Nouveaux após o mês de abril do ano seguinte à sua safra. Este é um vinho que se bebe novo, pois sua produção é feita com uvas com a casca e sem serem esmagadas, o que interfere na qualidade.

 

Loire:

Aqui nasceu o Chenin Blanc ou como é conhecido “Pineau de la Loire”. Há Sauvignon Blanc, Muscadet e Chasselas. As uvas tintas são Côt (Malbec, como conhecemos), Chenin Noir, Grolleau, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Pinot Noir, e Gamay.

As Muscadet são excelentes acompanhantes de frutos do mar.

 

Provence:

Aqui são produzidos grandes Rosés.

As principais uvas utilizadas na produção são: Cinsault, Grenache, Mourvèrde, Syrah, Tibouren, Carigan e Cabernet Sauvignon.

 

Alsace:

Aqui é produzido o segundo maior espumante depois do Champagne: o Crément d’Alsace.

A produção de vinhos brancos da região é muito respeitada. Suas uvas predominantes são: Riesling, Gewurtraminer, Pinot Gris, Muscat d’Alsace, Sylvaner e Pinot Blanc.

 

Champagne:

Terra dos espumantes! O confundimos com uma bebida que, simplesmente, faz espuma e tem bolhas. O nome Pérlage significa colar de pérolas, justamente por isso. São daqui os melhores espumantes do mundo.

Há nessa região, também, o Pinot Noir, Chardonnay e Pinot Meunier. As garrafas são espumatizadas nos sub-solos de muitas das principais adegas.

 

 

 

[creditos]Pesquisa realizada em bibliografias e internet.

Fontes: Didu Russo – Manual básico do mundo do vinho; Eduardo Viotti – Guia para gostar de vinhos; Academiadovinho.com[/creditos][/align]

Compartilhar este post


Link para o post

Visitante
Este post está impedido de receber novas mensagens


×
×
  • Criar Novo...