Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

glimaz

De moto na Estrada Real

Posts Recomendados

Desde o lançamento do Fiat Doblo Adventure serie Estrada Real, quando eu tive o conhecimento dessa estrada, eu fiquei com vontade de conhece-la. Imaginando que fosse, como em partes é, uma estrada por onde seria possível conhecer um pouco da história do Brasil. Saí de casa com a ilusão de começar em Diamantina e terminar em 5 dias em Paraty. Doce ilusão, a estrada que eu pensei que fosse de terra, mas boa, é na verdade um grande canteiro de obras, com diversos tratores e caminhões, vários sulcos na pista, que se não tomar cuidado, é chão na certa.

Mas, começando a viagem pelo começo, o primeiro dia foi São Paulo - Diamantina, foram 962,8km em 14 horas. A viagem foi bem tranquila, com lindas passagens, mas foi bastante cansativa por causa da distância e do sol escaldante.

O segundo dia foi basicamente um passeio a pé por Diamantina, infelizmente, por ser uma segunda-feira, todas as atrações culturais estavam fechadas, falha no planejamento, e o começo da decepção foi chegar no apoio ao turista e eles não terem quase nenhuma informação sobre a ER. O que pude perceber de Diamantina, nessa pequena estada, é que é uma cidade bem diferente de Ouro Preto, há pouco artesanato e um comercio parecido, mas inferior ao da outra cidade.

O terceiro dia foi de fato o início da ER para mim. E o Caminho dos Diamantes é difícil, cruel, com muito sobe e desce, obras, muitas curvas e muitos animais na pista. Alguns lugares foram particularmente difíceis devido à moto estar muito pesada, afinal, eu estava levando bagagem, mais barraca, tudo amarrado atrás. Com isso a frente da moto na estrada de terra está bem boba, e toda curva era uma emoção. Na verdade foram cinco quase tombos, dos quais quatro foram por causa da instabilidade da frente, e um por causa de um bezerro que resolveu atravessar a pista na minha frente. Fato curioso é que enquanto eu descia para Ouro Preto, cruzei com 5 motoqueiros, de BMWs e XTs subindo sentido Diamantina. Além das motos deles serem maiores que a minha, ainda estavam com carro de apoio, carregando as "tralhas". Creio esse ser o melhor jeito de aproveitar a ER. Demorei 5 horas para fazer 200km, a sinalização não é das melhores, me perdi em alguns lugares, e estava tocando a moto com muito cuidado, até que eu cansei.

Continue a ler o relato em meu blog http://www.glimaz.net/estrada-real/

Algumas fotos:

ER3.jpg

camping_sao_pedro-1024x683.jpg

ER-1024x683.jpg

ER4-1024x683.jpg

Ouropretana.jpg

Ride_for_peace-1024x683.jpg

Congonhas2-1024x683.jpg

 

O vídeo da viagem:

http://www.youtube.com/embed/WgB9LFZ0JXU

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vc saltou Ipoema? Entrei em sua página super animada para ver se havia relato sobre Ipoema e só vi os clichês Ouro Preto, Diamantina e São João Del Rey...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola Janes87,

 

No dia que eu fiz Diamantina - Ouro Preto, eu fiquei umas 10 horas em cima da moto, tudo o que eu queria era uma cama para ver se meu corpo parava de tremer como o motor monocilindro da Ténéré! Por conta disso, minha única preocupação era chegar em um lugar conhecido antes de anoitecer, assim tive que cortar alguns lugares.

 

De qualquer forma, ainda voltarei a fazer a ER, de jipe e não de moto, e com certeza passarei em Ipoema e em também em Itabira!!!

 

até!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...