Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Well Santos

Primeiro camping. Uma história

Posts Recomendados

Não sou um mochileiro, campista, trekker, sobrevivencialista ou qualquer coisa do gênero.

Sou um cara nascido e criado na cidade com quase 40 anos de idade. Fã de videogame, do Corinthians, de conforto e do mínimo esforço.

Sempre viajei procurando conforto e facilidades. Quanto mais completo o resort, melhor!

Ex-fumante e bebendo como um marujo, também não posso me considerar um atleta (apesar de não estar acima do peso).

 

Lendo relatos de viagens, travessias e experiências aqui no fórum resolvi experimentar essa prática.

Em setembro, nas minhas férias, partirei para meu primeiro acampamento.

Quero passar 15 dias acampado, selvagem e sozinho.

Para preparar essa viagem criei um blog, que, no final das contas, servirá como diária dessa experiência.

Desde a seleção do local, passando pela definição do equipamento até o relato da vigem estará neste blog.

 

Quem quiser conhecer e visitar:

https://campingsobrevivencia.wordpress.com/

 

Mas fica aqui uma pergunta:

Onde passar 15 dias acampado selvagem com pouco ou nenhum contato humano?

Minhas pesquisas indicam o cerrado (Goiás), mas agradeço sugestões.

 

Abraços,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, acampar selvagem 15 dias, sozinho (com contato nenhum mesmo), não é uma brincadeira no parque. Sem ter experiência nenhuma então... nem se fala. Não se deixe levar pelos programas no Discovery, as coisas passam bem longe do que é mostrado ali (apesar de serem muito maneiros! hehe).

Esse tipo de coisa é muito difícil, exige acima de tudo prática, muita prática e consequentemente experiência.

 

Eu li os textos que já postou no blog e conheço muito bem o seu ponto, já fui entusiasta de McCandless e Ruess, e me sinto na obrigação de te alertar que a emoção não pode estar acima da razão nesse caso, por mais incrível que pareça. Determinadas falhas em determinados locais podem lhe custar a vida, e aí nem 10 horas de trabalho por dia, nem 10 incríveis lugares que você poderia ter conhecido durante a vida. Num quadro menos extremo, você falha em determinado ponto e acaba tendo que voltar mais cedo, tornando a sua trip um fiasco.

 

Eu não vou saber responder a sua pergunta sobre aonde fazer isso. Sei que tem bons lugares aqui pelo Brasil, mas nesse nível de coisa confesso que não vou saber te indicar, espero que apareça alguém com essa resposta.

Mas em resumo, te aconselho a usar esse tempo até lá pra criar experiência! Tentar acampar com alguém que entende do assunto é um ponto excelente, te ajuda a aprender e desenvolver técnicas que ajudam muito, porque não pode achar que vai montar acampamento, ficar lá cozinhando, tomando banho de rio e pensando na vida, porque não é assim que funciona, a natureza exige muita dedicação pra manter o acampamento em estado decente e garantir que você vai se sair bem.

Se vc trabalha muito, tenta usar os feriadões pra ir fazendo algumas trips e tal, vai te ajudar muito

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde, Thiago!

Reconheço que esse tipo de experiência não é brincadeira e que uma decisão tomada no calor da "paixão" pode até custar a minha vida.

Apesar de há muito acompanhar programas de "sobrevivência", não foram eles que me motivaram a tomar essa decisão.

Estou encarando essa experiência mais como um novo começo de vida do que uma aventura de verão.

Até minhas férias tenho aproximadamente 150 dias. Quero utilizar esse tempo para me preparar física e materialmente para a viagem.

Desde a semana passada tenho caminhado cerca de 50/60 km por semana e quero passar dos 100 km até setembro.

Vou aproveitar feriados e finais de semana para colocar algumas teorias em prática. Inicialmente quero fazer um longo trekking, em seguida acampar em um local estruturado num feriado prolongado. Pretendo também fazer algo na área de sobrevivência, primeiros-socorros e montanhismo.

Gostaria de agradecer pela sua honesta preocupação e pelas suas indicações.

Esse tipo de postura que fez com que eu me decidisse por viver essa experiência.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Well,

 

Quando você diz "Quero passar 15 dias acampado, selvagem e sozinho", o que você define por "selvagem"? Vai ser sem barraca? Fazendo fogo com técnicas? Caçando e colhendo para comer? Ou pretende levar barraca, panela, fogareiro, faca e rango suficiente pra 15 dias? Não posso abrir seu blog no trabalho, então não sei se já detalhou isso lá, e fiquei curioso para saber.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tarde, Nathan!

 

Ainda não coloquei muita coisa lá no blog, mas pelo que pesquisei (e peço que vocês que têm experiência com acampamento me corrijam aqui), camping selvagem se opõem ao estruturado por ser em uma área não preparada para isso.

O local que estou pesquisando fica a cerca de 15 km de qualquer construção. Vou levar barraca, e comida liofilizada. Apesar de não ter problema em me alimentar de caça (seja ela qual for) tenho impressão de que existem restrições legais par fazer isso. Vou tentar pescar e coletar.

Fogo pretendo fazer com técnica, nada de fogareiros ou algo do tipo.

Minha lista básica de equipamentos é:

Barraca;

Saco de dormir;

Comida liofilizada;

Vara de pescar;

Dois livros;

Roupa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é cara, você tem que definir bem isso aí. Não dá pra contar com caça e pesca se você não tiver experiência com ambos e não conhecer muito bem a região que vai acampar. A intenção de quem está colocando obstáculos - como eu, não é te desanimar, pelo contrário, é te indicar os riscos e o que você não deve fazer, para que assim você consiga ter uma experiência positiva e volte com boas histórias para contar.

 

Se eu entrasse numa empreitada dessas, levaria comida suficiente para pelo menos uma boa refeição por dia. E se você não conseguir caçar e nem pescar nada?

 

Eu colocaria em prática técnicas para fazer fogo, mas levaria um isqueiro para último caso;

Eu tentaria pescar ou colher alimentos nas proximidades, mas levaria comida para pelo menos uma refeição diária;

Eu levaria um facão;

Eu consideraria acampar em um lugar onde tivesse - ou fosse próximo de onde tivesse - sinal de celular. Manteria-o desligado desde minha partida. Mas ele pode salvar sua vida no caso de algum imprevisto, como picada de cobra, hipotermia, contaminação por consumo de agua com algum microorganismo prejudicial a sua saúde.

 

É uma aventura e tanto! Sentir-se imerso na natureza é um prêmio e revigora quem leva a vida nas grandes cidades, enfiado 8h por dia em um escritório, olhando para paredes. Saindo de casa com o sol nascendo e chegando com ele se pondo, assistindo qualquer coisa na TV e indo dormir. Eu compartilho de seu sentimento, por isso acho que opino com propriedade. Entretanto, há de se ter responsabilidade com a vida. A selva vai muito além dos programas da Discovery, os sobreviventes que você vê nele são biólogos, pessoas do exército... Enfim, pessoas treinadas, estudadas e preparadas para aquele tipo de situação. Para eles parece - e é - muito mais fácil imergir neste meio, do que pra nós.

 

Muito cuidado para não ir com muita sede ao pote, tentando fugir de suas frustrações (seja elas quais forem) se jogando no mato, sem conhecimento, nem experiência. Aqui no fórum tem muita, mas muita informação sobre este assunto. Pesquise, leia bastante, e tenha respeito pela sua vida, e principalmente pela natureza. Não subestime-a.

 

Matenha-nos informados aqui no tópico dos avanços de seus planos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nathan, bom dia!

Não acho que você esteja colocando obstáculos. Na verdade achei muito bacana a sua postura de conscientizar sobre as dificuldades que envolvem a proposta de fazer um primeiro acampamento da forma como estou sugerindo.

Fico muito agradecido mesmo.

Sobre o que levar:

Pederneira/isqueiro (gostaria de tentar fazer fogo sem nada, caso não consiga pederneira, caso continue sendo um fracasso partirei para o esqueiro);

Faca de caça (que dependendo do local pode ser substituída por facão/ou os dois);

Vara de pescar;

1 refeição liofilizada por dia (vou verificar a quantidade mínima de calorias que devem ser consumidas por dia para compor essa refeição);

Barraca/saco de dormir;

 

Lugar com sinal de celular não é muito garantido, mas por diversas questões levarei um carregador solar. Pretendo registrar tudo pela celular/tablet e vou precisar de uma forma de manter as baterias carregadas.

 

Vou ler os tópicos que você indicou.

 

Abraços,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...