Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Tailândia Passo a Passo - Bangkok, Koh Tao e Koh Phi Phi - 15 dias (Abr/15) - Gastos detalhados, Fotos e Mapas.


Posts Recomendados


  • Respostas 80
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Maravilhoso teu relato! Tenho algumas dúvidas,  eu e meu namorado pensamos em fazer essa mesma viagem, mas não falamos inglês, tu acha que teremos muitos problemas indo somente com celular tradutor?

Posted Images

  • Membros

Fala Marcelo,

 

Sinta-se a vontade para perguntar, não é incomodo algum!

Tomei a liberdade de responder sua pergunta aqui no canal aberto pois pode ser a dúvida de outras pessoas.

 

Mercado flutuante

Existem vários mercados flutuantes em Bangkok e cidades próximas, porém nós optamos por não conhecer nenhum.

O motivo era que grande parte das avaliações não eram muito positivas e o mais conhecido, o qual não lembro o nome, ficava a +ou- 1h de Bangkok e funcionava apenas nos finais de semana.

Fique atento a isso, alguns funcionam só finais de semana! O pessoal também comenta que o preço para andar nas barcas é extremamente inflacionado.

 

No lugar eu colocaria o Chatuchak Weekend Market.

Um mercadão com ótimas avaliações que não tivemos a oportunidade de conhecer pois funciona só finais de semana.

 

Templo dos tigres

Em um primeiro momento tivemos vontade de conhecer, mas depois de algumas pesquisas vimos que a maioria dos relatos confiáveis diziam que os tigres aparentavam estar dopados.

E nós não gostamos muito de passeios que exploram e maltratam animais.

 

No lugar eu colocaria o Patara Elephant Farm (Elephant Owner for a Day).

Um lugar diferenciado e com ótimas avaliações também.

Não me lembro muito bem, mas parece que você passa o dia como responsável por um Elefante, cuidando, alimentando, dando banho...

Ele se diferencia pois respeita e cuida dos animais.

Não tivemos a oportunidade de conhecer pois descobrimos somente após o roteiro estar meio fechado e fugiria muito do nosso roteiro.

 

O ponto forte dos hotéis que escolhemos eram as localizações, então se ficará próximo de algum deles com certeza estará bem localizado!

 

Aproveite a viagem! Será uma experiência muito bacana!

 

E qualquer outra dúvida é só perguntar!

 

Abs!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Bom dia viajantes.

 

Confesso que também pondero a questão quanto a visitar ou não o Templo dos Tigres. Ouvi avaliações positivas de um outro "templo" porém na região de Chiang Mai (algo assim) mas fica muito longe. Ainda estou pensando sobre.

 

Por coincidência, estarei no mesmo hotel escolhido pelo Costa em Phi Phi (PP Charlie). E aproveito para questionar se as reformas existentes no local chegam a atrapalhar a estadia!?

 

Em relação a restauração do Wat Arun, lamentável. Também não vou conseguir aproveitar o local.

 

Por fim, compartilho uma dica que acredito ser valiosa. Antes de comprar minha passagem para Singapura (partindo de Krabi) não fui atrás de verificar os horários dos ferrys que levam de Phi Phi para Krabi. Como eu havia comprado a passagem para de manhã 10h00 eu não teria tempo hábil para sair de Phi Phi e chegar no aeroporto no mesmo dia (primeira partida do ferry é 09h00), sendo assim vou precisar sair um dia antes e pernoitar em Krabi, mas faz parte né, nem tudo sai conforme o combinado.

 

Abraços e obrigado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá Marcelo,

 

Em Chiang Mai realmente tem alguns passeios legais, mas a questão deslocamento realmente atrapalha um pouco.

Uma dica é contabilizar certinho o tempo gasto em passeios, como eu havia comentado no relato somando tudo perdemos alguns dias da viagem. =/

 

PP Charlie

A localização é ótima, principalmente depois que você percebe que há uma saída por trás que caí no meio da bagunça (descobrimos só no dia seguinte).

Há obras praticamente na ilha toda, mas não atrapalham não.

A não ser que vá dormir de tarde, o que não acredito que seja o caso! =D

Talvez seja bom só utilizar chinelo próximo aos canteiros, melhor não arriscar pisar em um prego.

 

DICA: Peça nota/recibo de todos os pagamentos que fizer no PP Charlie e GUARDE!

Fizemos a reserva via Booking.com e ao retornar para o Brasil vimos que estávamos sendo cobrados pelo hotel no Cartão de Crédito.

Em todos os hoteis o pagamento total era realizado no check-in, como explícito na reserva.

O PP CHarlie não respondeu a nenhum contato nosso referente a cobrança incorreta.

E o Booking disse que contactou o hotel várias vezes mas eles alegavam que não efetuamos o pagamento e queriam ver o recibo.

Infelizmente não guardamos o recibo e tivemos que suspender o pagamento com a operadora do cartão de crédito.

O pagamento foi suspenso e até o momento não tivemos problemas.

 

Tomando esse pequeno cuidado não terá problemas!

 

Abs!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • Membros

Amei o relato! Só me deixou mais ansiosa para a minha viagem em Outubro!

 

Tenho alguns amigos que já foram para a Tailandia, e uma dica que ajudou muito e que não aumenta muito o custo de viagem é tentar fazer os percursos (Bangcoc > Norte > Sul > Bangcoc) de avião!

As Cias. aéreas de lá têm promoções muito boas (teve uma passagem da Thai Lion Air que paguei USD 10) e economiza um tempão da viagem!

 

Dúvida: você levou tudo em USD ou chegou a sacar algum valor direto em baths lá?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá Paula e Pat,

 

Se gostaram do relato não imaginam o quanto irão gostar da Tailândia!

 

Paula, as companhias áreas são muito baratas mesmo!

Por serem low cost é só ficar atendo a algumas pequenas diferenças e aproveitar.

 

Quanto ao dinheiro, eu levei do Brasil tudo em dólar e em Bangkok troquei por Baht, uma parte no aeroporto e outra parte em uma agência próxima ao hotel (rua Rambuttri). No segundo dia, naquela emoção de turista achei que o dinheiro não iria ser suficiente e saquei em Baht o equivalente a USD 150. Foi simples, prático e aparentemente seguro (na fatura do cartão de crédito veio tudo lançado certinho). Os caixas eletrônicos estão espalhados em todos os cantos, foi só escolher a opção de sacar do cartão de crédito, informar o valor e a maquininha "cuspiu" os milhares de Baht!!! Um perigo para o turista descontrolado!!!! rss...

No final da viagem havia sobrado ainda milhares de Baht... No próprio aeroporto de Bangkok fizemos a troca por dólares, foi uma conversão ao meu ver justa até!

 

Se tiverem mais dúvidas é só perguntar! Aproveitem!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 5 semanas depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...