Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

andreiac

MINITRIP 12 dias - Bolívia e Peru: do Salar de Uyuni a Machu Picchu

Posts Recomendados

Andreia, tô adorando! E esse Tour do Salar foi TOP hein. Já li gente que comeu atum enlatado. Vou em julho e esse era um dos meus receios. Continua que está muito bom!

 

suellensza, na verdade no terceiro dia a gente comeu atum enlatado ::tchann::

 

Mas além de atum tinha outras coisas, como arroz, legumes, salada, etc, então tava bom ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acompanhando o relato, que por sinal está bem completo, e anotando as dicas, no aguardo dos próximos capítulos rsrsrs :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou acompanhando também!

 

Pretendo fazer esse roteiro + Chile no jeito mais mochileiro possível... será que com 3 mil reais consigo fazer isso? (Sem contar as passagens)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Estou acompanhando também!

 

Pretendo fazer esse roteiro + Chile no jeito mais mochileiro possível... será que com 3 mil reais consigo fazer isso? (Sem contar as passagens)

 

Lari, vai depender de quantos dias você passar na estrada, mas eu acho que com 3 mil reais você faz a festa por lá! Eu gastei cerca de 800 dólares comendo em restaurantes mais turísticos, ficando em quarto privado e comprando um bocado de presentes. 3 mil reais dá quase mil dólares, então comparando, acho que dá tranquilo ::cool:::'>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segue mais uma parte, galera:

 

DIA 04: SALAR (Segunda)

 

No dia seguinte, acordamos 6h, tomamos café (chá, pão, doce de leite, manteiga, geléia, leite.. um banquete pros padrões bolivianos!) e fomos pra estrada.

 

Nesse dia saímos do Salar e já começamos a adentrar nos desertos do altiplano boliviano, então a paisagem muda totalmente. Primeiro passamos por uns campos de quinoa, e depois paramos num povoado (San Juan? Não lembro bem...) onde tem umas vendinhas. Se você estiver desabastecido de água e lanchinhos, aproveite, pois depois dessa parada não encontramos mais nenhum mercadinho até voltar para Uyuni.

 

Seguimos deserto adentro e começamos a visitar as lagunas. Primeiro passamos pelo vulcão Ollague, um vulcão ativo, só de fumarolas, que fica na divisa entre Chile e Bolívia, e depois vamos para a Laguna Negra, onde fizemos também nossa parada para o almoço. Depois do almoço, seguimos para as Lagunas Cañapa, Hedionda e Honda. Depois entramos no Deserto de Siloli e passamos pela Arbol de Piedra, que é uma formação rochosa esculpida pelo vento, gente! E não foi a toa, ventava muito! Jesuis, nessa hora estava congelante, eu mal consegui sair do carro pra tirar foto! Foi só bater a foto e correr pra dentro de volta! Foi um dos momentos que mais passei frio na viagem toda, e olha que estava de dia, com sol..

 

598dc85b6e908_35.1Salar.JPG.da2e6934b069ae58b8d1537485b4bd51.JPG

598dc85b8d064_36.1SalarNegra.JPG.cf84ea781d9a8f8c66d889a169870515.JPG

598dc85bae376_39SalarCanapa.JPG.31a1a5e2420d93974580465315f4ee2e.JPG

598dc85bd4cec_42SalarHedionda.JPG.64f5af43e0844abfc87e53554dddb6b4.JPG

598dc85c42543_45SalarHonda.JPG.ab6af5e575478b899eb8df4fcff116a7.JPG

598dc85c6a2b3_46SalarArbol.JPG.270b3ce07bf57cddffc1a310c65a71d3.JPG

De lá partimos para a Laguna Colorada (linda, linda, e lotada de flamingos!), já no finzinho da tarde, e nessa hora paramos num posto de controle e todo mundo tem que pagar 150 bolivianos à parte, pela entrada na Reserva Eduardo Avaroa. Lembrando que esse valor é sempre pago à parte, diretamente pros fiscais da reserva (desconfie se a agência te disser que está tudo incluído), e eles dão um papel de comprovante do pagamento com carimbo (se quiser também dá pra pedir pra eles carimbarem seu passaporte! Aparentemente eles não estão muito acostumados com isso, mas eu fui na cara de pau mesmo e pedi!). Dica: nos pediram essa papel no dia seguinte, em outro posto de fiscalização, então guarde-o bem junto com seu passaporte!

 

598dc85c88ff5_49SalarColorada.JPG.402bd8a5208ff022fc840915e1a0a8f8.JPG

Saímos de lá e fomos pro abrigo em que passaríamos a noite. Acho que já estávamos um pouco atrasados em relação aos outros grupos, pois passamos por uns dois ou três alojamentos, e já estávamos todos lotados, até que finalmente achamos um que tinha vaga. Mas até que foi bom, pois Pedro tinha nos alertado que nesse segundo dia era bem provável que não tivesse ducha quente e nem eletricidade, mas nesse alojamento que ficamos no final era bem quentinho (tinha "calefação" no refeitório, que consistia em uma lareirinha improvisada, rs), e teve banho quente e energia pra galera recarregar os eletrônicos durante um período de umas três horas. Nesse dia eu fui a única do grupo que tomou banho, rs, e novamente, foi bem tranqüilo, nada daquele terrorismo todo que eu tinha ouvido. Pagava 15 bolivianos pela ducha.

 

Novamente, primeiro Pedro nos serviu chá com biscoitos, e depois a janta, que foi até um mini luxo: primeiro sopa e pão, e depois macarrão, e teve até vinho pra acompanhar!

 

598dc85cb13b0_51Salar.JPG.bca15418fbd1e16f0548960620d3db72.JPG

Nesse dia cada grupo ficava junto em um mesmo quarto, então depois de jantar, nós ficamos um tempão no quarto rindo, conversando e inventando brincadeiras pra passar o tempo. Rolou polícia e detetive, mímica, qual animal eu sou.. Tínhamos comprados dois packs de cerveja naquele dia cedo em San Juan, então foi uma noite bem animada, rs Depois até apagaram a luz geral por lá, mas brasileiro sempre arruma um jeito de bagunçar, então ligamos nossas lanternas e tava tudo certo ::otemo::

 

598dc85cdcd1d_52Salar.JPG.48c3227d47bc9609793de256b1444859.JPG

 

Gastos do dia:

40 bs: cerveja em San Juan (cada pack com 6 latinhas custava 50 bolivianos, então o grupo rachou)

10 bs: chocolates em San Juan

4 bs: banheiro - San Juan

300 bs: entrada Reserva Eduardo Avaroa

15 bs: ducha - Salar

Total de gastos do dia: 369 bolivianos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 05: SALAR - LA PAZ (Terça)

 

Depois de ficar até tarde jogando e bebendo, acordei às 4h da manhã ainda um pouco "borracha".. ::dãã2::ãã2::'>

 

Nesse dia a primeira parada são os Geiseres Sol de Mañana, e eles são mais fortes logo cedinho, antes do sol sair, por isso nesse dia precisamos acordar tão cedo. Todos tomamos café rapidinho (mesmo cardápio do dia anterior: pão, geléia, manteiga, doce de leite, chá, leite e iogurte) e 4:30 já estávamos na estrada, e chegamos nos gêiseres antes de amanhecer. Nessa hora estava bem frio, mas suportável.

 

598dc85df297b_54Salar.JPG.fed981ae48f2d552cf0b9742ae386c31.JPG

598dc85e4b3fb_56Salar.JPG.91622ea90bf78bc50e7f5a8cc4154c05.JPG

Ficamos lá um tempo e seguimos para a próxima parada: as águas termais. Como eu disse, na correria de arrumar as mochilas, acabei esquecendo roupa de banho.. então fiquei lá só enrolando, enquanto a galera aproveitava :( Pra quem não for tão relapso quanto eu, ali nas termas tem uma casinha com uma espécie de vestiário pro pessoal se vestir. Paga pra usar as termas e o vestiário, mas como não fui, não lembro o valor, mas acho que era coisa de 6 bolivianos.

 

598dc85e77904_58Salar.JPG.2177c59eeb3b2c114842b3f9914353f9.JPG

598dc85eb7614_57Salar.JPG.f30c9b9da658c1f5d61690df7a41313e.JPG

Ficamos uns 40 minutos nas termas, e de lá Rafael se despediu do grupo e seguiu para San Pedro de Atacama em outro carro, e nós seguimos para o Deserto de Dalí e para as Lagunas Blanca e Verde (que não estava verde, fuén, fuén, fuén.. porque pra lagoa ficar verde, tem que ter vento, e como não tinha vento, a lagoa não estava colorida. Pra pegar a lagoa colorida tem que ser mais perto do meio-dia, então tem que enrolar bastante nas termas).

 

598dc85eed4ea_59SalarBlanca.JPG.cfeb55db9e59d56b6476a5fb5b35cc1d.JPG

598dc85f3a7fa_61.1SalarDali.JPG.00109bb8c493b3ad070c1d4b8e3f41aa.JPG

Depois passamos por uma outra laguna muito bonita, acho que é Marejon o nome dela, paramos em um outro lugar no meio de um morro pra almoçar (esse foi o dia mais "pobrinho" do almoço, era basicamente tudo enlatado, com exceção dos legumes: arroz, legumes, atum enlatado, salada de tomate, milho, pepino e champignon, pêssegos em calda de sobremesa, coca e água), e começamos a fazer o caminho de volta pra Uyuni, a maior parte só no carro, parando uma outra ou outra pra tirar umas fotos, como no Vale de las Rocas.

 

598dc85f59011_63SalarMarejon.JPG.b11f7af6bf78515ac4c51bff96cd3c7d.JPG

598dc85f7ab60_64Salar.JPG.539bf2054788756beaaefc9ce12bd78b.JPG

* Aliás, queria abrir um parênteses aqui porque uma vez vi uma pergunta de uma menina querendo saber como é que faz pra ir no banheiro, durante o passeio pelo salar, principalmente considerando a recomendação de beber muita água no deserto. Então, gente, banheiro é todo lugar onde você possa ir discretamente e se esconder (HAHAHAHAHA ::lol4:: ), ou então se você for mais desinibida, pode fazer como a Sabrina, que mandou todo mundo entrar e foi atrás do carro, ali no vento gelado mesmo :? . Mas nas condições normais, o vale de las rocas é, tipo, o paraíso!! hahaha. Eventualmente a gente até achava um banheiro, como no museu de sal ou no povoado de San Juan, mas normalmente era ao ar livre mesmo. Virou até piada interna, o Pedro já informava pra gente se a próxima parada teria muitas pedras ou não ::tchann::

(Só pra reforçar: leve seu próprio papel higiênico pra todo lado e, obvious, recolha seu lixinho no final e descarte-o corretamente!)

 

598dc85fae940_66SalarRocas.JPG.2b3eadcb49dbacdc1dc454d8b4e1b920.JPG

Seguindo viagem, paramos rapidinho em um povoado chamado San Cristobal, que na verdade não tinha nada de mais, acho que foi só uma parada estratégica pro Pedro tirar uma água do joelho (aliás, a gente morria de rir, porque Pedro era muito prestativo, mas em outras horas ele era tão prático que era quase ríspido. Tipo, a gente tinha acabado de almoçar e ele queria recolher as coisas todas, então virava pra gente e falava: "agora vão caminhar um pouco que depois eu chamo vocês", e a gente sabia que isso não era exatamente uma sugestão que a gente podia acatar ou recusar, rs). ::lol3::

 

DSCF1333.JPG.68e7eed95801d02503cdfa18fbd58aff.JPG

598dc86587428_71Uyuni.JPG.2d7ed69d1c64c886fa7ff04719c4cb9c.JPG

De lá, só paramos quando chegamos em Uyuni, por volta de 17:30h. Nosso ônibus para La Paz era às 20h, então fomos procurar um lugar pra jantar antes. Como perdemos um tempinho ajeitando as coisas na agência, estávamos com o tempo corrido e acabamos voltando na Casa del Turista novamente, só pra não perder tempo procurando outro lugar. Nesse dia jantamos uma pizza que até estava bem gostosa e acho que valeu a pena (71 bs, pizza média + bebida), mas deu uma confusão com o lanche da Maís e do Fred, e eles ficaram numa má vontade pra resolver (tinha sido erro deles), que eu definitivamente não recomendo o lugar. :evil:

 

Depois de jantar, passamos na agência pra pegar nossas mochilas cargueiras, que estavam lá desde o dia que saímos para o Salar, e pegamos o ônibus para La Paz, onde só chegaríamos no dia seguinte.

 

Gastos do dia:

50 bs: propina Pedro (obs: "propina", em espanhol, não é como no português, é "gorjeta"!)

71 bs: janta Casa del Turista

10 bs: baño e mercado

Total de gastos do dia: 131 bolivianos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acompanhando, fui para Bolívia em Junho do ano passado e quando cheguei no aeroporto de sucre pegamos um taxi por $50 cada que nos deixou em Potosí em 2 horas em um carro super confortável. E logo compramos a passagem para Uyuni num onibus fedendo muito que levou 5 horas até lá.

Outra observação o segundo abrigo que fiquei no Salar era muito rustico sem chuveiro e as 21h o luz se apagava geral.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Acompanhando, fui para Bolívia em Junho do ano passado e quando cheguei no aeroporto de sucre pegamos um taxi por $50 cada que nos deixou em Potosí em 2 horas em um carro super confortável. E logo compramos a passagem para Uyuni num onibus fedendo muito que levou 5 horas até lá.

Outra observação o segundo abrigo que fiquei no Salar era muito rustico sem chuveiro e as 21h o luz se apagava geral.

 

Valeu pelas informações, Rafael! ::otemo::

 

Infelizmente na época eu não tinha muitos detalhes sobre o táxi pra Potosí, fora que rolava o medo de ficar sem transporte de Potosí para Uyuni, né. Você lembra a que horas saiu o ônibus de Potosí?

 

No segundo abrigo que fiquei era bem completo, mas também apagou tudo ás 21 horas (mas sacamos nossas lanternas e continuamos :lol: )

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...