Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados


A clássica se faz apenas com agências contratadas, portanto sai entre US$ 200 e US$ 250. Dependendo da época do ano, dá pra dar uma chorada.

 

Salcantay pode-se fazer com agências contratadas (guias, porteadores,...) por pouco menos que isso, acho que uns US$ 150. Ou pode-se fazer de graça, se você levar tudo e for sozinho. Nesse meio termo há as mais diversas opções.

 

Aliás, de graça não, pq no preço acima já estão inclusos o ingresso no parque e o trem da volta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

se alguem quiser mais dicas, proucura o relato do "tempoamigo" (Tyago -editor do cicloturismo) no Fórum deRelatos...

ele fez a trilha de salcantay, e deixou bastantes infos no relato...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu queria ir pela salkantay, mas vou acabar optando pela inca

....fico bolado de perder alguma ruína legal e etc..

 

perde muita coisa quem não passa pela trilha inca??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vale mtoooooooooooooo!

Retornei há duas semanas do Peru/ Bolívia e vale mto a pena fazer a trilha de salkantay, não somente por ser uma segunda opção da trilha Inka, mas por ser uma trilha mais longa que tem uma série de dificuldades mas um visual impressionante!!! E não é todo dia que vc chega a 4.620 de altitude ao lado do Nevado de Salcantay ( Nevado Selvagem) que nunca foi escalado!

 

A Sensação que se tem lá de cima é que não há nada que o impeça de chegar mto longe!!! :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
eu queria ir pela salkantay, mas vou acabar optando pela inca

....fico bolado de perder alguma ruína legal e etc..

 

perde muita coisa quem não passa pela trilha inca??

 

Então não fiz a Inka, mas pelas fotos que vi não tem mtas ruínas assim para se lamentar..a inka tem mto mais turistas e vc pode perder a oportunidade de conviver com pessoas locais..e com vc mesmo!!! 65 km, se vc ver as fotos...não pensa duas vezes!!

 

Boa sorte 8)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

aiii Ká, que bom que deu tudo certo !

 

faz um relato, posta no tópico fixo pra galera ler !!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

fala galera!

 

mas entao...

Quando se vai para Machu Picchu por Salkantay contratando apenas um guia local e as mulas, nos podemos montar a barraca em qualquer lugar ou tem os lugares própios para montar a barraca?

eh mesmo necessario um guia??

consegue-se alugar barraca, colchoes e outros equipamentos por preços razoaveis? ou eh melhor leva-los daqui do brasil?

 

obrigado..!

flw!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Mariela Lima Duarte
      Gostaria da opinião de vocês sobre qual a melhor trilha para se fazer no Peru, Trilha Inca ou Salkantay? Se puder falar um pouco sobre o porquê da escolha eu agradeço. ☺️🙏❤️
    • Por FelipeCC
      Pessoal,
      Recentemente estive no Peru (Abril de 2018), meu objetivo principal desta viagem era fazer a trilha inca clássica até Machu Picchu 4 dias e 3 noites.
      Se alguém pretende fazer a trilha inca, eu recomendo e muito, mas vale lembrar que a reserva tem que ser feita entre 4 a 6 meses antes, pois apenas 500 pessoas por dia podem iniciar o trajeto. 
      Fiquei apenas 10 dias, 8 em Cusco e 2 em Lima. Caso alguém tenha alguma dúvida só perguntar, abaixo deixo um vídeo da trip.
       
       
    • Por landi
      Pessoal
       
      Alguém já fez essa trilha? É tão boa quanto a tradicional?
    • Por Lucas magedanz
      Olá caros mochileiros, gostaria de contribuir com algumas informações atualizadas sobre esta incrível jornada de 5 dias.
       
      Realizei esta trilha na 1ª semana de Março, quando ainda estamos na estação chuvosa do Peru, porém para quem gosta de trilhas e não se incomoda em pegar alguns momentos de chuva, vale muito a pena. Também, os 2 primeiros dias são os mais difíceis, em que se caminha por até 8h alcançando as maiores altitudes, então um pouco de preparo físico é interessante (mas para quem já é atleta de triathlon, corrida de aventura, ou outros esportes que lhe expõem continuamente por várias horas, estas trilhas não serão problema).
       
      Cheguei em Cusco 3 dias antes do início da trilha, e foi um ótimo período para aproveitar as atrações da cidade (plaza de armas, mercado público, museu inca, comidas típicas) e você já vai se ambientando na altitude de 3600m da cidade.
       
      Atentando aos vários relatos, decidi fechar o pacote da trilha em Cusco. Fiz o contrato com a agência SALKANTAY, que fica ao lado da Plaza de Armas, por um preço de US$220,00, o que inclui van até o início da trilha (que inicia e Mollepata), 4 cafés da manhã, 4 almoços, 4 lanches no final do dia antes do jantar, 4 jantares, sleeping bag, colchonete, barraca, ingresso à Machu Picchu, trem e bus de retorno à Cusco e noite em Hostel na quarta noite em Águas Calientes. O que não está incluso é o café da manhã do primeiro dia (7 soles) e a janta do 5º dia (10 - 20 soles). Fora estes gastos, há a opção de fazer um zipline (tirolesa) na manhã do 4º dia por 90 soles que recomendo bastante. Ao todo gastei 200 soles durante a trilha, 90 com o zip line, e restante com alimentos, mas as agências recomendam levar em torno de 350 soles.
       
      Nosso grupo tinha 11 pessoas, que fecharam por agências diversas, o que comprova que as agências conversam entre si para fechar grupos maiores. Em nosso grupo, os valores do pacote variaram entre US$215,00 e US$250,00 para o mesmo tratamento, e todos fecharam diretamente em cusco cerca de 2-5 dias antes do início da trilha.
       
      O passeio se desenvolveu sem grandes problemas, realmente tudo que me foi falado pela agência realmente ocorreu. Nosso guia Edwin, porém me forneceu o email dele, e é possível fechar o pacote diretamente com ele por um preço mais em conta (o email dele é [email protected]). Nossa trilha, por ter um grupo formado basicamente por estrangeiros, teve o inglês como língua principal de comunicação.
       
      De roupas, para esta época mais fria, tentei levar o mínimo possível: uma calça de treking, uma calça de suplex, 2 camisas de manga comprida, 1 camisa manga curta, 1 suéter térmico, 1 blusão de lã, 1 jaqueta corta-vento e 1 poncho para chuva, e só, sendo que apenas tinha uma pequena mochila nas costas que não pesava mais do que 4kg, e nem precisei deixar nenhuma mochila com os cavalos. Para mim acabou sendo a quantidade ideal de roupa, usei tudo, e não cheguei a passar frio, mesmo no salkantay em que pegamos temperatura de 0ºC.
       
      O 4º e 5º dias de trilha você passará por floresta subtropical, quente e úmida, então apenas precisará de uma jaqueta corta vento para se sentir confortável. Já a capa de chuva deve estar sempre disponível nesta época do ano.
       
      Bom, o resto da trilha deixo para vocês conferirem ao vivo, mas posso dizer que será uma experiência fascinante, principalmente se você não se importa em atravessar alguns perengues de vez em quando, afinal tudo é história depois.
       
      Abraços e boas trilhas.
    • Por LeoPera
      Pessoal,
       
      Primeiramente gostaria de agradecer a todos os que compartilham suas experiências aqui nesse fórum. As informações que eu consegui aqui foram muito úteis no primeiro trekking que fiz com a minha namorada: a Trilha Salkantay.
       
      Esse é o meu primeiro post e vou dar algumas dicas para os que também gostariam de fazer esse percurso. Não entrarei nos detalhes nem farei um relato diário da trilha, pois aqui já tem vários posts sobre isso, porém irei dar algumas dicas e informações atualizadas.
       
      Acabo de voltar do Peru e eu e minha namorada fizemos a trilha entre os dias 8 e 11 de Outubro, optamos pelos 5 dias (4 de trilha e 1 em MP). Seguem as dicas que eu gostaria de passar adiante, apenas lembrem de que essas dicas de maneira alguma estão certas ou erradas, são apenas as minhas impressões e o que eu faria diferente em outras oportunidades:
       
      - Muitos já disseram aqui, mas não esqueçam, deixem para fechar o pacote da trilha em Cusco. Tem saídas para todos os dias. O melhor valor que eu vi para a trilha de 5 dias foi de U$180 (dólares)
      - Eu fechei com a Inka Peru Travel (a do Rimber) mas me arrependi. Muito desorganizada, informações erradas e se eu não brigasse iria ficar sem o transporte da volta de Ollantaytambo até Cusco, o qual já estava incluso no pacote, mas quando cheguei lá não tinha carro algum esperando
      - Caso queira ir de avião de LIma pra Cusco pesquise a empresa LC Peru. Consegui 2 passagens ida e volta por apenas 120 dólares (valor total das duas passagens)
      - Façam aclimatização em Cusco, pelo menos 2 dias. A altitude pega mesmo, recomendo 3 dias para que aproveitem a cidade e façam um passeio pelo Vale Sagrado
      - Precisa comprar equipamentos específicos? Essa é uma pergunta complicada. Eu e minha namorada compramos grande parte do equipamento pois nossa intenção é continuar nessa vida de aventura. Se você quer apenas fazer essa trilha, alugue em Cusco a maior parte (mochila, capas de chuva, etc). Invista apenas em uma bota boa
      - Reforçando o que eu disse acima. COMPRE UMA BOTA DE BOA QUALIDADE. Eu comprei uma Salomon GTX e minha namorada uma Timberland. Não me arrependo. Mesmo ao fim dos 5 dias meus pés estavam muito bem, não tem nada como andar durante 8 horas, chegar no acampamento e estar com os pés secos e sem dor nenhuma
      - Bastões....se você souber usá-los eles são muito úteis. Comprei um em Cusco por 20 soles.....me arrependi, quebrou assim que a trilha começou....sorte consegui comprar um bastão de madeira por 5 soles...foi perfeito. Então a dica é, a não ser que você pretenda fazer outros trekkings e queira investir em bastões bons, sugiro que você compre os de madeira logo na saída da trilha
      - O que levar de roupas? Outra pergunta complicada. Eu levei roupa demais. Se fizesse novamente levaria: 5 cuecas (1 para cada dia), 4 meias (3 sintéticas e 1 de algodão), uma calça para caminhada, 1 bermuda, bota, par de chinelos, 3 camisetas Dry Fit, segunda pele (para a primeira noite e 2º dia), casaco tipo fleece, jaqueta impermeável, chapéu e quem sabe luvas (dependendo da época do ano)
      - O que levar de comida? Também levamos demais, pense em 1-2 duas barras de cereais por dia e mais umas castanhas, é mais do que suficiente. Leve folhas de coca
      - Não se esqueçam de protetor solar e repelente!
      - Preciso ser praticante de atividades físicas para fazer essa caminhada? Depende. Tenho 32 anos, faço academia, estou no meu peso ideal e mesmo assim não foi fácil. O fim do primeiro dia e a primeira metade do segundo são bem cansativos, a altitude pega mesmo. Sugiro que você se prepare com pelo menos 3-4 meses de antecedência para aproveitar o melhor do passeio e não sofrer. Minha namorada é sedentária e no segunda dia fez a subida até o Paso Salkantay de cavalo
      - O terceiro e o quarto dia de trilha são bem curtos e fáceis. Uma sugestão é fazer a trilha em 3 dias, porém eu gostei de poder ver MP e outras ruínas enquanto estava nos trilhos de trem no 4º dia
      - Chegando em MP....você tem a possibilidade de subir até os portões a pé ou de ônibus...se você pretende subir WP mais tarde eu aconselho que você suba de ônibus, para se preservar. Eu não achei que fosse cansar, mas ao chegar aos portões eu estava morto
      - Volta de trem....CUIDADO.....muitas pessoas sugerem a volta pelo trem Vistadome....eu comprei e me arrependo demais. Primeiro porque é muito mais caro.....segundo porque ele sai de Aguas Calientes muito mais cedo que os outros trens (o último Vistadome é 15:38), o que encurta seu tempo em MP...e último, após 4 dias de caminhada, subir MP e WP, no fim do dia você está cansado e quando chega no trem você quer dormir e não ficar vendo as mesmas paisagens que viu nos dias anteriores...ou seja, para mim não valeu a pena
       
      Bom, é isso, pelo menos o que eu me lembro hehehe. Recomendo esse trekking para todos, as paisagens são demais e apenas nos motivaram mais a seguir nessa vida de trilhas!!! Fim de semana que vem estamos indo para o Pico Paraná, vamos subir o Itapiroca. Mês seguinte vamos para o Caratuva e até o fim do ano iremos acampar no PP!!!


×
×
  • Criar Novo...