Ir para conteúdo
marcosplf

Meninas no Trekking - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

Ponto final JAMAIS hahah

 

Para as meninas interessadas, acabei de voltar de uma pequena travessia da serra do Lopo , em Extrema, sul de Minas na cia de mais duas meninas. Clube da Luluzinha na trilha mesmo hehehe Posto o relato daqui ha alguns dias.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É Kel, a mulherada anda meio parada, pelo visto rs

Está procurando dicas ou respostas pra duvidas? Ou já costuma sair trilhando por ai?

Compartilhe com a gente! Vamos movimentar esse topico rs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, pois é, tá parado isso aqui!

Então vou entrar com uma pergunta! UI! :D

Meninas, no trekking ou em longas travessias vcs carregam o proprio peso de suas mochilas, ou dividem o peso do material a ser carregado?

Estou perguntando isso pq sou uma menina muito besta e orgulhosa, e quero caregar as minhas coisinhas sozinhas (tudo meu! Tudo meu! :x )

Mas ae tenho que pensar no peso a ser carregado né! Afinal vou sofrer eu por mim mesma!

Outra questão é se alguma de vcs já usou uma daquelas barracas bivaque. Barracas para uma pessoa só. Tenho uma super Esquilo 2 da T&R e como sou eu sozinha, não tenho porque carregar o peso de 2 pessoas. Mas antes de comprar queria pensar mais um pouquinho e ter opiniões femininas a respeito (eu acho q a syll quer é sofrer mais...! ::putz:: )

Bem, é isso! :D

Bjins meninas! ::love::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Syll, seguinte

 

Depende muito do planejamento que voce faz antes da trilha.

 

Saindo em grupo a gente acaba firmando parceria com alguem quanto a divisão de barraca, quanto ao preparo do rango. Quanto mais longa a trip, mais importante isso. Autonomia tem um preço - ou nesse caso, um peso - e se a gente está com um condicionamento que permita encarar esse peso a mais. Se nao, nao vai ter nada de bonito ou orgulhoso ter que contar com a ajuda dos outros pra carregar parte do peso - ou a mochila toda - porque o peso que estamos levando deixou nosso rendimento muito baixo, ou estamos atrasando demais o cronograma da trip ou simplesmente, pipocamos! rs

 

Falo por planejamento dar aquela conversada com a galera que vai pra trip conosco, mesmo quando a gente tá caindo de paraquedas no grupo. Alem da barraca, alimentação tambem é planejada em dupla, já que viver só de miojo em 3, 4 dias de trilha é pura falta de critividade - ou de alguem com um modo muito espartano de trilhar hehehe . Por exemplo, vc tem uma SuperEsquilo, que é uma otima barraca, principalmente com tempo meio adverso, mas muito pesada pra ir solo, dependendo da trilha. De repente tem alguem do grupo sem barraca, mas que tenha fogareiro ou mesmo com uma barraca mais simples e disposto a dividir - basta um convite seu.

 

Entao eu sempre acabo dividindo a barraca e os itens a serem compartilhados com alguem, a nao ser quando quero mesmo dormir sozinha - deixo essas escolhas pra trilhas mais leves. Na maioria das vezes, fui com a minha Kapta da Nautica (2kg) e com alguem de carona. Ou solo. Nao tem sentido duas pessoas sairem com mochilas pesando quase 20kg levando cada uma panela, fogareiro, comida...se sao coisas que podem ter uso compartilhado em dois e reduzir fácil 2 a 4 kg na mochila de cada um.

 

Quanto a barraca... no caso da sua SE, o ideal é sair em dupla com alguem, por conta do peso - ou ir sozinha com ela numa trilha que seja mais leve, até pra testar seu condicionamento. Converse com quem vai, nao custa. já que sua barraca é mais pesada e leva-la sozinha vai ser osso. Pode aparecer um parceiro ou até mesmo uma vaga dividindo outra barraca mais leve com alguem.

 

"ah, mas é embaçado dividir barraca com um desconhecido!" Tudp bem, escolha sua... mas vai ter que partir pra uma barraca mais leve mesmo. Não gosto muito dessas barracas como a Bivak da Trilhas e Rumos, pois me sinto num CAIXÃO. A unica que me tentou foi a Ferrino LightTent 1p, mas caiu no mesmo mal que a Bivak - ela nao é auto-portante, ou seja, so fica armada bem esticada e com os espeques bem fixados . Isso reduz suas possibilidades de local pra acampar...por exemplo, se o local for um lajao de rocha, que nao tem onde prender os espeques... bem... vai ter mais trabalho, ter que armar ela na base da gambiarrra com anzol de pesca ou presa com pedras. Procurando bem - voce acha otimas barracas 2p auto portante e levíssimas, o que resolveria seu caso pra ir com ou sem cia. E principalmente, se tiver amigos indo passear lá fora, voce irá pagar pouco mais do que numa Bivak.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é Negra Bela, meu problema é que todas as minhas possibilidades de saidas são com pessoas que não conheço, e durmir com extranhos é algo realmente extranho!! rsrs (provavelmente vou ter q me acostumar...) :)

Ainda não esperimentei a bivak, mas ela me passou exatamente essa idéia de caixão. Outros modelos importados parecem casulos de borboleta! ::lol4::

Só um pouco mais poético...

Me explica, o q é exatamente barraca auto portante?

...vou subir a pedra do sino no feriadão de outubro com a minha ES e ve se aguento o trampo desta vez arrumando a mochila direito! ::dãã2::ãã2::'>

Ah! estou levando salompas pras costas e hipoglos pros pés!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

amigas mochileiras !!!!!

desculpa eu cair de para quedas ::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::

mas negra bela voce fez eu dar risada quando falou do " caixao " achei super engracado, eu uso uma mini pack aztec !!!! ::lol4::::lol4::::lol4::

amiga se voce for comprar uma barraca para 1 pessoa aconselho a minipack azteck, mas ela nao é autoportante !!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, menines ˆˆ

 

Eu atravessei os Lençóis Maranhenses e a Chapada Diamantina dividindo o peso de tudo com meu namorado. Mas como a gente vai só - sem guia que ajude a carregar as coisas - a minha mochila acaba sempre ficando um pouco pesada pra mim, que peso 50kg. Mas eu só estranho no primeiro dia, depois acostumo e acho normal. Quando bate o desespero, o Ram_Alen pega umas coisas da minha mochila e coloca na dele, mas geralmente a gente divide quase igual (ele sempre leva um pouco mais de peso porque é mais forte do que eu).

 

Acho que o segredo está na arrumação da mochila... Uma mochila desarrumada parece feita de chumbo! Além disso, é urgente que só se leve o necessário! Pra que cinco calcinhas se você pode lavar uma, usar outra e ter mais uma de reserva, não é mesmo? Pra que uma faca de Rambo, se você pode usar um canivete? Pra que um milhão de roupas e bregueços se o futuro é a morte, não é mesmo? ::tchann:: Pois é... Ah, a regulagem das fitas também influenciam muito, é preciso deixar cada pedaço da mochila no lugar certo do nosso corpo (acho que tem um tópico no fórum falando disso). De resto, a persistência meninal que só as menines tem! Rééé! ::otemo::

 

Besos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Pois é Negra Bela, meu problema é que todas as minhas possibilidades de saidas são com pessoas que não conheço, e durmir com extranhos é algo realmente extranho!! rsrs (provavelmente vou ter q me acostumar...) :)

Ainda não esperimentei a bivak, mas ela me passou exatamente essa idéia de caixão. Outros modelos importados parecem casulos de borboleta! ::lol4::

Só um pouco mais poético...

Me explica, o q é exatamente barraca auto portante?

...vou subir a pedra do sino no feriadão de outubro com a minha ES e ve se aguento o trampo desta vez arrumando a mochila direito! ::dãã2::ãã2::'>

Ah! estou levando salompas pras costas e hipoglos pros pés!

 

Bom, moça

Realmente é estranho ter que dividir barraca com alguem que voce nao conhece direito, mas pode haver trilhas em que nao há escapatoria , seja pra diminuir o peso em caso de uma trilha mais puxada, seja porque o espaço para pernoite cabem poucas barracas. Tente se programar de inicio em fazer parcerias com outras meninas, ja facilita bastante a quebrar o estran hamento.

 

"Barraca auto-portante" é como as sua S. Esquilo: um modelo que para em pé sozinha, basta armar as varetas e pronto. a barraca que eu tenho hoje (uma kapta2 da nautica - alias, boa dica pra quem tá começando: 2kg , com um pequeno avanco e custo baixo) primeiro eu armo depois posiciono ela onde achar melhor. Quando a barraca nao é auto-portante (caso da Bivak e da Ferrino que eu citei), não dá pra fazer isso e tem que observar bem o lugar para armá-la: ela só vai parar em pé quando está esticada, com ajuda dos cordeletes e espeques (aqueeele ferrinho pra prender a barraca no chão rs). Nem preciso dizer que dá um pouco mais de trabalho e que dependendo do lugar (lajes de pedra ou qualquer outro terreno onde voce nao tenha como fixar os espeques) vai ser dificil armar a barraca.

 

Espero que o rolê na Pedra do Sino tenha saido e tenha sido bom! depois passa por aqui pra contar hehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

FUI NUMA CAMINHADA ECOLÓGICA AQUI NO ES,MOXUARA,E A MULHERADA SOFREU PRA IR NO BANHEIRO,A CAMINHADA FOI CONSTITUDA,POR CRIANÇAS,JOVENS,ADULTOS,MAS ............FALTOU BANHEIRO QUÍMICO,A GALERA PASSOU APERTO,DICAS,QUANDO FOREM PARTICIPAR DE UM EVENTO DESTA NATUREZA,OBSERVE OS BANHEIROS.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
FUI NUMA CAMINHADA ECOLÓGICA AQUI NO ES,MOXUARA,E A MULHERADA SOFREU PRA IR NO BANHEIRO,A CAMINHADA FOI CONSTITUDA,POR CRIANÇAS,JOVENS,ADULTOS,MAS ............FALTOU BANHEIRO QUÍMICO,A GALERA PASSOU APERTO,DICAS,QUANDO FOREM PARTICIPAR DE UM EVENTO DESTA NATUREZA,OBSERVE OS BANHEIROS.

 

 

 

Banheiro? o.O [2]

 

Foi pra isso que Deus inventou a moita

 

::lol4::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
FUI NUMA CAMINHADA ECOLÓGICA AQUI NO ES,MOXUARA,E A MULHERADA SOFREU PRA IR NO BANHEIRO,A CAMINHADA FOI CONSTITUDA,POR CRIANÇAS,JOVENS,ADULTOS,MAS ............FALTOU BANHEIRO QUÍMICO,A GALERA PASSOU APERTO,DICAS,QUANDO FOREM PARTICIPAR DE UM EVENTO DESTA NATUREZA,OBSERVE OS BANHEIROS.

 

Evento?! Banheiro?! o.O [3]

Isso me soa a um "Há que curtir a natureza, mas sem jamais tirar a pantufa!" kkkkkk

 

Mulherada: Quando forem participar de "um evento dessa natureza" e a preocupação do "será que vai ter banheiro?" for grande, aceitem meu conselho: fiquem em casa!

Primeiro, porque contato com a natureza nao é um evento, é uma vivência. E para cada nível de intensidade dessa vivência, é preciso um proporcional desapego ao nosso excesso de conforto cotidiano. E o melhor teste para saber como está seu nivel de desapego são ser capaz de cagar no mato.

 

A natureza e a aventura estão ao alcance de todos, mas infelizmente, isso nao significa que todos estejam prontos para ela. Não estou dizendo que a fulana é melhor ou pior porque nao consegue usar o banheiro fora de casa, mas é necessario ter em mente que somos nós quem devemos nos adaptar para isso, e não esperar que a tal da natureza tenha infra-estrutura urbana (senão, simplesmente deixa de ser a "natureza"). Nem a privacidade de um banheiro químico, nem o conforto de um chuveiro quente, nem pavimentação em trechos totalmente elameados... Enquanto a pessoa achar que não é capaz de viver sem isso... simples: não vá, pois ela mesmo está dizendo que o local não é para ela.

 

(PS: eu confesso que sofri na primeira vez que minha unica escolha pra tomar banho era encarar a água gelada do rio...)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
FUI NUMA CAMINHADA ECOLÓGICA AQUI NO ES,MOXUARA,E A MULHERADA SOFREU PRA IR NO BANHEIRO,A CAMINHADA FOI CONSTITUDA,POR CRIANÇAS,JOVENS,ADULTOS,MAS ............FALTOU BANHEIRO QUÍMICO,A GALERA PASSOU APERTO,DICAS,QUANDO FOREM PARTICIPAR DE UM EVENTO DESTA NATUREZA,OBSERVE OS BANHEIROS.

 

É, camarada, se você vai para a Chapada Diamantina (fui pra lá e recomendo - antes de conhecer qualquer lugar fora do Brasil)... pode ir convencendo o pessoal aí de que banheiro é luxo. Se você for dormir nas casas dos moradores do Parque da Chapada, terá banheiros bem melhores até que banheiros químicos. Pessoal é arrumadinho, vai ter um bom feijão com arroz sem ter que se preocupar com isso na mochila. sem problemas! Infelizmente, nestes destinos mais famosos, muito gringo vem no estilo "aventureiro CVC" e não pode passar perrengue ::tchann:: . Então, para dar garantias a essa turma - que tira duas fotos sorrindo em cada ponto de contemplação do Parque e vai embora - as casas de gente que antes vivia um modo de vida simples se transformaram em pousadas. Você não terá energia elétrica a não ser que carregue consigo um painel portátil fotovoltaico para carregar equipamentos. Quanto a crianças, há colegas meus que têm filhos pequenos e saem vez ou outra para trilhas razoáveis. Claro, criança sempre irá limitar o passeio! Mas na boa parte das vezes é possível contornar as situações que vão aparecendo, claro!, se programando bem antes (embora crianças sejam sempre imprevisíveis... :roll: ).

 

Pra mim, quanto mais rústico o lugar, maior o prazer de se estar lá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala mulherada....

 

Eu recebi um email supersimpático de uma mocinha aqui do Mochileiros, com uma duvida que eu acho não só valida, como pertinente :

 

Se for possível...posso te pedir uma ajudinha? Tô numa sinuca de bico danada. Conheci um menino aqui no site dos mochileiros que vai fazer a travessia "x" e tô mega afim.

O problema é que são 3 caras e uma mulher.

Eu confesso que nem me preocupei. eu tenho mania de achar que todo mundo é amigo, mas acho q de tanto falaram na minha orelha, acabei me preocupando.

vc acha que posso ter algum problema?

 

Acho o seguinte:

A gente vive num mundo em que é necessário se precaver de entrar em furada. E a perspectiva de se enfiar no mato, com pernoite, acompanhada só de marmanjos que a gente nunca viu mais gordo (nem mais magro, sequer de mochila! ) e só "conhece" pela internet é sim preocupante, mas não acho impedimento imediato.

 

Basicamente, no seu lugar, eu iria ( alias, já fui ::otemo:: , ó: uma-noite-encharcada-no-pico-do-selado-monte-verde-t42998.html ), mas só depois de tomar alguns cuidados:

 

Acima de tudo: Conheça o melhor que puder seus companheiros de trilha. O ideal é marcar um encontro "ao vivo" - uma breja, uma pizza, uma desculpa qualquer - pra um bate-papo fora do mundo virtual antes da trip - até mesmo quando é só uma Cia pra uma viagem qualquer, o conselho é válido (levante a mão quem já foi parar num rolê com uma galera que não tinha naaaada a ver com o que a gente esperava - o/).

 

Mas acho que pra fazer trilha, ainda mais quando trata-se de travessias mais pesadas, com mais de dois dias de caminhada, conhecer quem vai junto passa a ser fundamental - e mais ainda se for a primeira vez que você vai fazer uma trilha com pernoite. Tendo chance mesmo, o ideal mesmo seria até marcar uma caminhadinha bate-e-volta antes. Assim, alem de conhecer, você também sente a vibe da galera que vai te acompanhar na parada - afinal, na hora de um aperto eventual, serão essas pessoas que você terá pra contar ; e elas, idem.

 

Se não dá pra fazer um encontro off-line antes... troque o máximo de informações on-line. Procure, dentro do próprio Mochileiros, e leia outros tópicos que as pessoas que vão na trip participam, converse por MSN e Facebook com os meninos, abra suas duvidas gerais sobre a trilha e tudo o mais (vai dividir barraca com alguém ou vai levar a sua? Como vai ser feito o planejamento da comida? etc).

 

Avalie tudo muito bem, inclusive o que conhece de si mesma e a respeito da trilha que pretende fazer. Eu , como boa "Pantufa", sou lenta (molenga não rs) em trilhas mais pesadas, só me meto a ir junto quando acho que aguento a parada... mas ja aviso nas conversas com as pessoas que vou mais ou menos qual o meu ritmo. Assim já se preparam as expectativas das duas partes, eu nao me sinto atrapalhando a trip e eles nao se sentem carregando uma "mala com uma cargueira nas costas" rs

 

Avalie também se não vale a pena deixar essa travessia que voce citou no email para uma próxima vez e ir ampliando o numero de conhecidos trilheiros nesse meio tempo, para poder fazê-la com uma galerinha mais parceira - independente de ter só homem ou não rs

 

Ok, Cris, a galera é bacana, me sinto confiante, mochila nas costas e vamb.... PÉRA!

 

Outra regra que todo o mochileiro deveria seguir: Informe pra onde voce vai e com quem vai. Segurança por duas vias: se acontece algum imprevisto, fica mais fácil localizar as informações. Faz quase um ano que perdemos um amigo do forum por causa de uma fatalidade que talvez poderia ser remediada se não fosse o fato de que ninguém sabia que trilha ele foi fazer naquele dia. Bota lá no facebook que vai partir pra travessia tal com fulano e beltrano no feriado. Avisa pai, avisa mae, avisa vó, vizinha, troca telefone e etc.

 

Uma ultima coisa: Mesmo mantendo um clima de "amigões" que temos aqui dentro do mochileiro, isso não é impedimento para pilantras tentarem se infiltrar. Quando virem por ai tópicos de companhia pra viajar / cia pra trilha com uma conversa um tanto esquisita, não pensem duas vezes e dê um toque pra um dos Editores... pode não ser nada, mas melhor alguem ficar de olho, ne?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×