Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Florença e 4 bate e volta pela Toscana - Monterrigioni, Siena, San Gimignano e Siena em 2015


Posts Recomendados

  • Membros

Monteriggioni e San Gimignano são cidades próximas e imperdíveis de serem visitadas como um bate-e-volta de Firenze!

 

Há fotos no meu blog de toda a viagem feita em maio/junho 2015 pela Itália. Não consigo postar as fotos neste relato, ainda não entendi o porquê...

 

Bem, optamos por não alugar carro nessa viagem, por isso, para ir até Siena (incluindo guia em Siena e o bilhete de entrada do Duomo), Monteriggioni e San Gimignano (incluindo uma degustação de vinho e azeites), contratamos um passeio da empresa Sightseeing que custou 45 euros por pessoa. Eu havia pesquisado passeio similar na empresa Viator para comprar ainda no Brasil, mas achei um pouco salgado. Realmente, comprar em Firenze saiu mais barato.

 

Não deixem de ler outros posts de bate-e-volta de Firenze como Pisa (facílima de ser visitada sozinha de trem) e Siena nos links abaixo:

 

http://europaemdetalhes.blogspot.it/2015/05/siena-uma-linda-cidade-medieval.html

http://

http://europaemdetalhes.blogspot.com.br/2015/06/pisa-muito-alem-da-torre.html'>http://europaemdetalhes.blogspot.com.br/2015/06/pisa-muito-alem-da-torre.html

 

O ônibus saiu de uma Praça na rua lateral da estação de trem principal, uma guia foi nos acompanhando e explicando os pontos turísticos que passamos em Firenze até a primeira parada em Monteriggioni.

 

Monteriggioni é uma verdadeira joia medieval no topo de uma colina. Construída em 1203 tornou-se 10 anos depois em um posto militar. Altas muralhas, com 14 torres fortificadas, foram construídas para proteger as fronteiras do norte de Siena contra invasões florentinas, e ainda hoje rodeiam totalmente a cidade. Pode-se ver melhor as intactas muralhas a partir da estrada Colle di Vald'Elsa.

 

Dentro da fortificação, a cidade oferece pouco mais que uma grande Praça, uma bela igreja românica, algumas casas, poucas lojas de artesanato, restaurantes e enotecas, onde podem ser comprados muitos dos vinhos Castello di Monteriggioni produzidos lá.

 

Depois fomos para Siena, mas há um post específico, informado acima, sobre Siena pois há muita informação importante sobre a cidade!

 

 

A fundação de San Gimignano remonta a tempos antigos. Segundo a lenda, em 63 aC dois irmãos, Muzio e Silvio, dois jovens patrícios que escapam de Roma após a sua implicação na conspiração de Catilina, abrigada em Vald'Elsa e construiu dois castelos: o Castelo de Mucchio e o Castelo de Silvia, que se desenvolveria no futuro San Gimignano.

 

O primeiro documento histórico mencionar o nome da cidade é datado de 30 de agosto 929, quando Ugo di Provenza doado ao bispo de Volterra o chamado Monte da Torre "prope Sancto Geminiano adiacente" (ao lado de San Gimignano). O nome de San Gimignano provavelmente vem do bispo de Modena. Segundo a lenda, durante as invasões bárbaras do santo apareceu milagrosamente nas muralhas da cidade, e salvou a cidade de ameaça de Totila. - Conheça mais sobre a história da cidade em: http://www.sangimignano.com/en/art-and-culture/town-history.asp#sthash.VKSdEneE.dpuf

 

 

San Gimignano[ é uma das preciosidades da Toscana. Seu conjunto arquitetônico medieval, restaurado a partir do século 19, funciona como um impecável cenário para os visitantes que circulam pelos cafés, lojas e restaurantes de suas ruelas. Entre os edifícios de destaque no complexo está o Duomo, igreja românica que data do século 12, conhecida também por abrigar um belo acervo de obras de arte, que passa pelas esculturas de madeira de Jacopo della Quercia e pelos afrescos de Benozzo Gozzoli. No lado esquerdo da praça, fica o o Palazzo Podesta, conhecido também como “Palácio do Povo”, sede da prefeitura e do Museo Civico, rico em obras de arte compiladas a partir do século 14. À direita aparece a maior das torres remanescentes da cidade (hoje só restam cerca de 13 das mais de setenta que chegaram a ser construídas por famílias rivais) de onde se pode contemplar as belezas toscanas.

 

Para fechar o dia: degustação de vinho na Ternuta Torciano em San Gimignano, A família Giachi produz vinho desde 1720. A degustação foi com 6 vinhos diferentes, entre branco e tinto, como o Chianti clássico, Brunello de Montalcino, Cavaliere "Super Tuscan", dentre outros, além do melhor azeite trufado que já experimentei na vida!

 

Além da Toscana, fomos à Milão, Veneza e Roma!

 

CIao!

 

Visite o blog para ver relatos de minhas viagens pela Europa http://europaemdetalhes.blogspot.com e curta nossa página no face https://www.facebook.com/EuropaemDetalhes?fref=ts

Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...