Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Entre para seguir isso  
Jonathan Job

4 DIAS NO RIO DE JANEIRO, FERIADO DE CORPUS CHRISTI

Posts Recomendados

Bom dia a todos, estive com minha esposa no Rio entre os dias 04 e 07 de Junho de 2015, deixo abaixo meu relato, minhas impressões e pontos de vista da cidade, a qual havia visitado apenas na adolescência, nos últimos anos resistia em ir novamente um pouco pelo receio da violência eu acho, isso me desestimulava de certa forma, mas acabei indo, e deixo abaixo o relato, procurei ser ao máximo sincero, espero que seja útil:

 

Partimos da Rodoviária do Tietê em 03/06 às 23:00h e chegamos no rio às 05:00hs do dia 04/06, pela Itapemirim, ônibus muito confortável, eu nem vi a viagem passar, estava cansado pelo dia de labor e literalmente desmaiei no ônibus. Chegando na Rodoviária Novo Rio, por dentro é bem agradável, bem menor que a do Tietê, mas muitos serviços disponíveis,tomamos café e tomei um banho por R$ 8,00 e assim dei uma despertada para o dia, achei excelente o serviço, do lado de fora da rodoviária a impressão não foi das melhores, a região é feia, suja, cheira mal, mal cuidada e etc. Pagamos R$ 30,00 por um táxi até o bairro Botafogo, onde ficava o Hostel que ficamos.

 

Ficamos no Rio Soul Hostel, R$ 220,00 se não me engano, por noite em um quarto privativo para casal, tinha depósito de bagagem, o que muito nos ajudou, TV a Cabo, bom chuveiro, porém péssima cama, dormimos mal todas as noites, e ainda tinha uma goteira no quarto, café da manhã simples, pão, mortadela e queijo, e alguns sucos, café e leite, algumas frutas, achei simples até demais. Enfim, cobram mais pela localização e pelos serviços que oferecem do que por conforto em si. Fui muito bem atendido pelo pessoal do Hostel, mas infelizmente o quarto não era confortável.

 

Após sair da região da rodoviária o clima melhorou, a cidade é bonita, bem arborizada, bem agradável, o bairro de Bota Fogo também é muito agradável, chegamos às 08:00 nos hostel guardamos as malas e fomos para o ponto de ônibus na avenida onde pegamos o ônibus para o bairro Cosme Velho, duas horas de fila para o trenzinho para o Cristo, mas sem fila, você compra o ingresso e depois aguarda a vontade, é hora marcada no ingresso, fomos ao Bobs próximo e fizemos nosso pequeno almoço, é impressionante a quantidade de estrangeiros, o passeio dura uns 20 min, e após você pode subir de escadas ou elevador, mas vá de escadas, a menos que alguém tenha dificuldade de locomoção, suba os degraus curtindo a vista, é lindo demais, e vale cada degrau. Lá de cima a vista é incrível. Custou uns de R$ 125,00 para duas pessoas, não me lembro ao certo.

 

Após o passeio fomos até Botafogo novamente, passamos no hostel, descansamos um pouco e voltamos para o ponto e pegamos o ônibus para o bairro da Urca, para o bondinho do Pão de Açúcar, chegando lá, muita fila, muita fila mesmo, mas até que anda rápido, pelo menos você não fica parado, uma dica, tem como pagar meia entrada para estudante, eu e minha esposa pagamos meia, total R$ 62,00 se não me engano, Na primeira estação a vista é ótima, na segunda melhor ainda, a única coisa ruim do passeio e que me incomodou foram que as filas eram cansativas, você pega uma fila a cada subida e descida, na segunda subida já subimos e em poucos minutos fomos pra fila pra descer, o cansaço bateu e a fila era longa, e o pior eram os guias brasileiros que levam os gringos e saem furando as filas, é inacreditável que os caras tragam estrangeiros pra cá e ensinem pra eles que nós somos trouxas, se um brasileiro vai lá e faz isso logo se manifesta o espírito de vira lata do povo, falando que brasileiro é mal educado e tau, mas quando é aqui todo mundo fica quieto e abaixa a cabeça, achei ridículo. Falam que paulistano gosta de filas, e por aqui furar uma fila principalmente quando ela é longa e cansativa é um forte motivo para você arranjar uma briga em São Paulo, kkkkkk, então me desculpem se parecer um pouco exagerada essa irritação, pode ser um pouco deste gosto por filas. Bem, fomos ao hotel, jantamos no Bota Fogo praia Shopping quase sempre, revezando entre os restaurantes do shopping, em média R$ 50,00 por refeição para duas pessoas.

 

No dia seguinte fomos para a ilha de Paquetá, fomos logo cedo ao centro, metrô até a estação carioca, o metro do rio funciona bem, é um pouco mal cuidado, mas pelo menos nunca demorou pra passar nesses dias e nunca pegamos cheio, da estação carioca fomos a pé até a praça XV, o centro do Rio é muito parecido com o centro de São Paulo, muita gente, muito comércio, cidade grande, o entorno da Praça XV é um pouco feio e sujo, mas nada de assustar, como em qualquer cidade grande. Pegamos a barca, uma hora de percurso até Paquetá, a ilha é muito bonita, muito rústico, alugamos bicicletas por R$ 20,00 duas bikes por 2 horas, demos a volta na ilha, paramos para tirar fotos, muito bonita, fora o passeio de barco que vale fotos maravilhosas, da pra comprar muitas coisas legais e baratas na ilha, achei bons os preços, e os cariocas são muito educados e gente fina, em todos os lugares que fui, fui muito bem atendido.

 

Voltando da ilha fomos tomar café na Confeitaria Colombo, que da pra ir a pé a partir da praça XV ou do metro carioca, paguei R$ 50,00 por um chá da tarde, que alimenta muito bem 2 pessoas, era tanta coisa que nem conseguimos terminar de comer tudo, nem jantar naquele dia, fora a qualidade, tudo muito bom, muito saboroso, e um atendimento de primeira, achei muito barato pela qualidade, aqui em São Paulo qualquer Padaria de esquina você gasta R$ 35,00 para um café da manhã para duas pessoas, com bem menos e com menos qualidade. Em um momento fui me espreguiçar alongando um braço e um garçom que estava atrás de mim veio na minha direção e perguntou se precisava de algo, digo isso pra terem uma ideia da qualidade do atendimento, fora a qualidade das louças, xícaras, etc, um ambiente extremamente aconchegante, não deixem de ir em hipótese alguma, da pra trocar por uma refeição tranquilamente, assim nem mesmo vai pesar no orçamento da viajem, assim como eu vocês irão desejar comer lá todos os dias, kkkkkkk. Fomos pro hostel, não conseguimos ter fome para jantar, compramos alguns nuts e fomos descansar para o dia seguinte.

 

Pela manhã do dia 06/06 fomos finalmente à praia, Copacabana, ficamos a parte da manhã, caso você não tenha ido, sabe aquilo que você vê na TV? Não é nada daquilo, É MUITO MELHOR!!!, a praia é linda, a orla é linda, a vista, tudo incrível, o mar não é bom para nadar, ondas pesadas, achei um pouco perigoso, somente para tomar um banho de mar mesmo e curtir o clima maravilhoso de estar em Copacabana debaixo de um guarda sol tomando água de coco, na areia a qualidade dos serviços é alta, o atendimento das barracas me surpreendeu, muitos vendedores na areia, mas todos muito educados, não ficam incomodando os turistas, você consegue fazer até tatuagem na beira da praia, alugamos duas cadeiras e guarda sol por R$ 17,00 , mais R$ 14,00 por dois cocos, guarda volumes por R$ 4,25, ou seja, por R$ 35,25 tivemos uma manhã maravilhosa, no almoço fomos andar pela avenida Nossa Senhora de Copacabana e almoçamos em um restaurante que não me lembro o nome, mas foi R$ 60,00 para duas pessoas, isso pegando por KG e sem pegar tanta comida assim, achei péssimo negócio, e nem acabamos de comer direito passaram recolhendo os pratos, odeio isso, você está acabando de almoçar e batendo um papo e o pessoal vem praticamente te pedindo para sair.

 

Pegamos um ônibus e fomos até a praia do Leblon onde passamos a tarde, a praia é muito bem frequentada, o mar já permite nadar um pouco, o ruim foi que pegamos bem um local que tinha um prédio enorme atrás, assim começou logo a fazer sombra e perdemos o sol, bem erro de turista mesmo, lkkkkkkk, mas a experiência foi ótima, gostamos muito da praia, na volta pegamos um ônibus e descemos em Copacabana novamente, fomos no forte de Copacabana ver o por do sol, lá também tem uma Confeitaria Colombo, mas tinha muita fila, então fomos somente para o topo dos canhões curtir o por do sol, mais uma vez, uma paisagem digna do Rio de Janeiro, maravilhosa. Após o show, voltamos ao Hostel.

 

No nosso último dia resolvemos passar o dia na praia de Ipanema, novamente fomos de metro, a estação General Osório fica muito próxima da praia, duvido que exista meio mais fácil de chegar se você tem acesso ao metro, na manhã tivemos uma má experiência, talvez por erro de turista novamente ficamos em um local muito mal frequentado, a situação era tão desconfortante que pensamos em ir para Copacabana, teve um momento que vi uma gritaria e o pessoal levantando pra olhar, fiquei com medo de que fosse arrastão, mas aparentemente não foi nada, os próprios cariocas ficavam atentos na praia como percebemos, uma pena, pois era sem dúvida a praia mais bonita, com o melhor mar, você pode estar com água até o peito e ainda consegue ver seus pés, simplesmente uma delícia de praia.

 

Fomos almoçar e depois fomos mais na direção do Arpoador, já melhorou o clima, e pudemos curtir a praia tranquilamente, infelizmente a praia de Ipanema foi o único lugar do Rio onde não nos sentimos totalmente seguros, isso especificamente naquele local, entre os postos 8 e 9 se não me engano, mais próximo o arpoador era bem tranquilo, tinha polícia, guarda municipal e um clima mais tranquilo. No por do sol fomos até o Arpoador, a vista é maravilhosa, é possível ver Copacabana e Ipanema e Leblon, o por do sol é um show a parte, muitas fotos.Voltamos para o Hostel, novamente de metro, pegamos as mochilas, táxi para a Rodoviária por R$ 28,00 , e esperamos sair o ônibus, chegamos às 04:15hs em São Paulo.

 

Adoramos o Rio de Janeiro, com certeza vamos voltar, a cidade é realmente linda, muito arborizada, o transporte público funciona bem na região dos pontos turísticos, tanto ônibus quanto metro, os ônibus são bons, limpos e confortáveis, o metro comparado com o de São Paulo é bem modesto, no geral um pouco mal cuidado, mas o funcionamento é muito bom, nunca esperei mais de 5 min por um trem, se é que esperei isso alguma vez, foi sempre rápido, vazio(se comparado as superlotações de são Paulo) e seguro, salvo o “desconforto” do episódio na praia de Ipanema, em momento nenhum nos sentimos inseguros no Rio de Janeiro.

 

Pretendemos voltar mais vezes com certeza, e quem não foi não pode deixar de ir, é incrível ver como os turistas estrangeiros, e eles são muitos, ficam deslumbrados com a beleza da cidade, portanto não á cabível que um brasileiro não visite o Rio pelo menos algumas vezes durante a vida, ao lado de Florianópolis foi um dos lugares mais bonitos que conheci. E o povo carioca é muito educado, sempre que parei na rua pra pedir informações( e foram várias, kkk) fui muito bem tratado, até no ponto de ônibus quando perguntava de alguma linha pra alguém o pessoal envolta já começava a me dar conselhos pra ajudar, foi muito bacana mesmo.

Espero que o relato tenha ajudado, procurei não me estender muito, muitos lugares não visitei por falta de tempo, mas espero que ajude, não consegui colocar as fotos no relato, está dando erro, vou ver como fazer direitinho e vou colocando em seguida, até mais!

Compartilhar este post


Link para o post

falae brother!! que show essa trip que vc fez... eu fikei de ir para o rio neste feriado, acabei amarelando....

eu fui pra paraty neste feriado, curti mto por la também!!

Compartilhar este post


Link para o post

Muito detalhado teu relato, vou pro Rio em janeiro , estou com um pouco de medo ::sos:: mas lendo isso, fico mais tranquila

Compartilhar este post


Link para o post
Muito detalhado teu relato, vou pro Rio em janeiro , estou com um pouco de medo ::sos:: mas lendo isso, fico mais tranquila

 

 

Olá lamlully, fique tranqüila, infelizmente coisas ruins podem acontecer em qualquer lugar, ainda mais em um pais com problemas sociais como o nosso, tomei os cuidados que tomo aqui em são Paulo, não ficar dando bobeira a noite a pé, não ostentar objetos como relógios, pulseiras, etc, e sempre saber muito bem onde e como vai para cada lugar, pelas estatisticas o Rio realmente ainda tem muito a melhorar, porem dai dizer que não da pra visitar acho exagero, ultimamente houve alguns problemas de arrastão nas praias mas quando eu fui foi tranqüilo, pelo menos pra mim que já vivo nesse estress de cidade grande foi tranqüilo, kkkkkkk, Boa viagem!!!!

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  


×
×
  • Criar Novo...