Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Entre para seguir isso  
Geotur

Viagem a Bolívia via Mato Grosso do Sul, Sozinha

Posts Recomendados

Antes de ir a Bolívia vi muitas mensagens aqui e fiquei um pouco assustada até por que ia viajar sozinha. Mas é mega tranquilo de boaaaaaa.

 

Partir de Goiânia por volta das 17:00 horas com destino a Campo Grande, cheguei de manhã e quase na hora já embarquei com destino a Corumbá. A rodoviária é bem legal e limpa. Até Corumbá passamos pelo pantanal, muitos km de água e mato, mas foi legal, devo dizer que fui em junho de 2014 e estava bem nublado no Mato Grosso.

 

Quando cheguei em Corumbá, já eram quase 18 horas pensei em dormir na cidade para atravessar a fronteira no outro dia, pensei que talvez estivesse fechado mas encontrei uma senhora que estava indo para Santa Cruz que disse que estava tranquilo então pegamos um táxi e fomos para a fronteira. Passamos de forma muito tranquila, primeiro na fronteira brasileira para dar saída e logo em frente, cruzando a ponte a fronteira da Bolívia. É importante dizer que na entrada entregam um papel verde com a data e na saída você deve devolvê-lo não e bom perder esse, nos hotéis geralmente pedem esse.

 

Então passei a fronteira e fui para Porto Puerto Quijaro, um frio de doer, muito mesmo. Pensei em tomar banho mas só tinham chuveiro com água fria. O pessoal é legal, comprei passagem para umas 20:00 horas e enquanto isso fiquei na lan house. Sai nesse horário de cheguei em Santa Cruz de la Sierra às 08:00, cidade ótima muito tranquila, povo legal tudo ótimo.

 

Fiquei hospedada no Loro loco Hostel, até bom pessoal simpático muitos estrangeiros. Andei bastante pela cidade, a comida que mais encontrada e frango frito e batata mas tem de tudo, facilidade para trocar moeda (cambio), muitos táxis e artesanato.

 

Fiquei uns 2 dias e gostei bastante tem teatro, muitas lojas e o povo é legal. Daí parti para Cochabamba, fui de ônibus em média uns 80 reais, devo dizer que as coisas na Bolívia tem preços acessíveis.

 

O caminho foi tenso, saímos por volta de 08:00 h e o ônibus só parou por volta das 12:00 e não tinha banheiro no ônibus, muita pobreza e falta de estrutura no caminho, triste mesmo. Mas as pessoas são simpáticas, conversam se você tentar conversar. O caminho é por montanhas paisagem legal mas anda muito devagar devido a estrada sinuosa.

 

Cheguei a noite, fiquei no Filipez hotel, como era mais caro do que eu imaginava fiquei só até as 12:00 do outro dia e fui para La Paz. Cochabamba é uma cidade grande, cercada por uma paisagem bela e tranquila de passear.

 

Cheguei em La Paz a noite, a cidade é grande, fiquei no Pirwa Hostel, tranquilo com café da manhã e pessoal legal, cama boa e cobertor quentinho. Estava bem frio mas de manhã e a noite, durante o dia faz um solzinho. Andei bastante tem muitas opções de comida, passeios, lugares. Devo dizer que o transito é difícil e não é plano então prepare-se para o dia inteiro subir e descer ruas.

 

É tudo muito tranquilo, tem muita coisa diferente para ver como as cholas, o mercado de las brujas e passeios. Fiz um bela cidade que foi muito legal, desses que compra em agências de viagens a guia é bem legal e explica tudo.

 

Não tive saroche, acho que é por que fui aos poucos daí me acostumei com a altitude. A intenção era continuar ir para o Peru mas fiquei cansada, e resolvi voltar peguei um avião até a Santa Cruz, custou por volta de uns R$ 300 reais e de lá voltei de ônibus. Devo dizer que a fronteira só abre as 08:00 se chegar antes tem que esperar. Na volta de Santa Cruz para Puerto Quijaro a polícia parou o ônibus e solicitou documentação, de forma tranquila, como era estrangeira pediram o papel verde que me deram na entrada, mostrei e ficou tudo certo, seguimos viagem.

 

Enfim tudo é muito tranquilo, há opções para sacar dinheiro (apesar que recomendo levar por causa das taxas), casas de câmbio, tudo é muito legal e ha várias opções, também me senti segura sempre.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, quando cruzei a fronteira já eram por volta de 18:00 horas e nesse período não havia a opção de ir de trem. Então fui de ônibus, acho que sai por volta das 21:00 horas, comprei passagem na hora. Se você for prefira o andar superior e as cadeiras individuais que são mais confortáveis. Eles também quase não fazem parada para ir ao banheiro, tem que ir no ônibus mesmo.

 

Cheguei em Santa Cruz bem cedo a viagem é tranquila.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ah esqueci de contar isso, eu precisei de médico ::essa:: . Tenho alergia a amendoim e ao chegar em santa cruz fui almoçar e a entrada era sopa de maní, vi aquele negócio branco e pensei que era batata e comi ::hein: . Quando descobri o que era fiquei com medo e procurei uma clínica próxima ao hostel, não lembro o nome, paguei barato na consulta, não fiz agendamento nem nada, só cheguei e consultei. Fui bem atendida, essa clínica tinha todas as especialidades médicas, era simples, mas o remédio foi eficiente. Gostei do atendimento.

 

Realmente a Bolívia tem pobreza, mas o que vi achei semelhante ao Brasil, ou seja pobreza e riqueza convivendo lado a lado.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desculpe, mas estava falando de outro tipo de medico, para problemas graves.

Infelizmente, precisei, estou vivo por acaso, se dependesse desse pais pauperrimo e de Evo Morales, no dia 23, completaria 2 anos de morte.

Tem relato por ai Bolívia nunca mais, só para quem quer morrer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não lembro todas as linhas mas existem muitas opções na rodoviária, lembro da Andorinha que faz esse trajeto mas é tranquilo de comprar na hora.

 

A partir de Goiânia para Campo grande, por volta de R$ 120,00 o ônibus sai as 17:00 horas e chega lá por volta de 07:00 h.

Quando descer do ônibus já compre a passagem para Corumbá, é por volta de R$ 80,00 e sai de manhã antes das 08:00 h.

 

Chega em Corumbá - passando por Miranda e Aquidauana, por volta das 17:000 horas.

 

Táxi para fronteira R$ 30,00 mais outro táxi até a rodoviária de Puerto Quijaro R$ 10,00.

 

Ônibus para Santa Cruz de La Sierra R$ 150,00. Eu fiz tudo na sequência, gostei, tb seria bom ir parando para curtir os lugares, em Corumbá tem muitas opções de passeios. Eu estava tão ansiosa para chegar na Bolívia que fiz tudo na sequência. Gostei demais, na Bolívia tem muitas opções de passeios o salar, o lago titicaca e outros tudo é muito legal e cheio de aventuras.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

D Fabiano,

 

Já sabemos seu "infortúnio" se você não gosta da Bolívia, "ponto" à Europa "espera por você" com toda a civilidade de Barajas.

 

Maria Emília

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estamos planejando conhecer a Bolívia...estamos bem perdidos nunca saímos do Brasil

Você lembra quanto mais ou menos gastou lá? Quanto em média são os valores dos hoteis?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...