Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Patagônia Argentina - preços e dicas - viagem entre 11/01/2015 a 22/01/2015


Posts Recomendados

  • Membros

Ushuaia e El Calafate – entre 11/01/2015 a 22/01/2015

 

Balanço geral – dicas e preços

 

Custo total, em Reais, com a passagem aéria, hospedagem, alimentação e TODAS as taxas bancárias e impostos (aquele que a elite reclama com bolsas cheias do duty free): aproximado R$3500, considerando que fiz R$1000 de câmbio negro (pois levei pouco dinheiro vivo (falta de informação)) e paguei 3,05 no câmbio com o Itaú fdp!!!

Detalhes dos passeios, custos e dicas:

 

Vou colocar incialmente os preços em pesos argentinos (AR$), mas o valor médio é R$1 para AR$4, ou seja, só dividir o peso argentino por 4.

 

Câmbio – tente fazer câmbio em Buenos Aires. Lá em Ushuaia consegui o melhor preço de R$1 para $AR4,20 (no câmbio negro). No Banco de lá Nacion, o real valia 3,35AR e, no Itaú, 3,06. Ou seja, leve muito real e troque no câmbio negro. Só cuidado com notas falsas, mas não se envergonhe de conferir, eles fazem isso na boa. Mem pensar fazer câmbio em el Calafate. Por lá, no câmbio negro o real valia 3,5AR.

OBS.: não acho que vale a pena levar dólar, vc paga por dois câmbios (quando compra o dólar aqui e quando compra o peso argentino lá). Ou seja, dois agentes comerciais devem lucrar com isso.

 

Hospedagem – Ushuaia – albergue Del Sur, 6 noites: 1200AR. El Calafate, Glaciar Libertador – 850 AR, 5 noites.

 

Passagem aérea – consegui promoção Rio – Ushuaia – El Calafate – Rio por R$1500,00. No aeroporto de Ushuaia cobram uma taxa de 24AR na volta. Se for sozinho, faça amizade e rache taxi em Ushuaia, o taxi total custou 70AR. En Calafate, pague a ida e volta no próprio aeroporto, custou 170AR.

Passeios mais caros: Pinguineira (750AR – uns R$180), Minitrekking no glaciar (1100AR – R$275) e tem outros que não fiz: andar na pinguineira é 1200AR, Big Ice no Glaciar custa 1600AR. Comi um rodízio de cordeiro no restaurante “La Estancia” por 275AR (R$70), vale muito a pena, comi quase um cordeiro inteiro!

A passagem para El Chanten de Calafate, ida e volta custa 550AR. Vale a pena, não fui por outros motivos hehe. El Chanten tem a visão parecida com Torres del Paine, no chile, só que é mais barato.

 

Clima e passeios –

 

Ushuaia - a patagônia é um lugar de extremidade. No tempo que fiquei lá a temperatura não ficou acima dos 9ºC, no verão. No inverno, dizem que não é tão congelante por causa do mar. O lugar se torna mais um local para esqui, mas muitas rotas de trilhas (trekking) ficam fechadas. Por mim, acho que devem ir no verão mesmo.. deixa os filhos do Eike esquiarem... vá caminhar, é lindo demais e infinitamente mais barato! Os passeios que fiz foram:

 

Caminhadas pelo parque nacional (entrada de $AR140 – tive a sorte de pagar apenas AR40, pois só tinham tickets para argentinos)(não lembro quanto gastei para chegar lá, mas foi por volta de uns 100AR). Leve lanche. Um dia só não dá conta. Fiz as rotas costeiras e das ilhas da Bahia Lapátia, isso me custou 10 horas, com paradas. Faltou a rota da montanha, só ela leva 8 horas.

Ida ao Gaciar Martial: é possível ir a pé, boa caminhada, ou dividir taxi, é tranquilo. O taxi deu uns 70AR, volte a pé, caminhe, é muito lindo o lugar!

Laguna Esmeralda – linda demais. Dividimos taxi também, deu uns 20AR para cada um, mais 40AR de entrada.

Playa larga – de onde dá pra ver perfeitamente a cidade ao fundo e as árvores tombadas pelo vento constante. É a 10KM da cidade. Da para ir a pé, e pegar carona na volta. Gratuito!

Passeio canal Beagle e Pinguineira – passeio caro, para turistão mesmo. Custou 750AR.

Comida – Ushuaia, na parte de baixo, é bem turista. Os pratos ficam por volta de 100 a 200AR. Nas avenidas acima, encontrei um “pf” por 65AR. Cozinhar no albergue é uma ótima opção. Apesar de ser zona franca, os preços para os caçadores de outlets n é tão diferente dos preços no Brasil.

Vida noturna – ia sempre para o “Dublin pub” – cheíssimo, cerveja Beagle e muita zoeira. A caneca custava 40AR (R$10).

 

El calafate –

Cidade puramente turística. Os passeios são monopolizados por agências, e muitos é pra ficar no conforto de ônibus e guias. Vale a pena para quem gosta. Não achei muito bom para trilhas. O principal passeio é a visita ao Glaciar Perito Moreno. O “minitrekking” custou 1100AR, com 150AR de entrada no parque. Na cidade de “El Chanten” não se cobra entrada, mas não tem o “minitrekking”. Não consegui ir no bar de gelo (140AR), pois perdi os horários por causa das bebedeiras e festas no albergue... Aconselho cozinhar no hostel ou viver vida de granfino. Vá casado para Calafate, ou tente arrumar alguém lá. A cidade é chata, mas romântica.

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 ano depois...

  • Membros

Obrigado pelos detalhes! É bem o que eu estava procurando de informação! Quanto você acha que sai por dia considerando passeios em média? As passagens de avião de São Paulo até Ushuaia estão em R$1500 aprox. e o peso argentino está em R$0,21. Vie em sites que lá fica mais barato fazer negócios em dólar, mas quando fui em 2010 não era assim., O que sugere?

Agradeço a atenção.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...