Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Recife, Porto de Galinhas e Bonito (PE) e Natal (RN)- 8 dias


Posts Recomendados

  • Membros de Honra

O bom das promoções relâmpagos que as companhias aéreas fazem é que dá pra você planejar bonitinho as suas férias e ainda programar junto com mais alguns amigos!

 

Foi o meu caso, peguei uma boa promoção da GOL e planejei com mais uma amiga e seguimos para Pernambuco no dia 13 de Julho.

 

[googlemap]http://maps.google.com/maps/ms?f=q&source=s_q&hl=pt-BR&geocode=&ie=UTF8&hq=&hnear=Olinda+-+Pernambuco,+Brasil&msa=0&msid=111222051955648664563.0004862cebe01d8a5281d&ll=-6.871893,-34.661865&spn=3.969512,7.064209&z=7[/googlemap]

 

RECIFE E PORTO DE GALINHAS / PE

 

Saí de São Paulo no dia 13/08 as 23h10 e cheguei a Recife as 2h15 e segui para o local onde ficaria hospedada, que no caso foi na casa de uma amiga.

 

1 ° Dia: Centro Antigo de Recife e Museu Ricardo Brennand

 

O centro Antigo de Recife é um local onde não deve-se deixar de visitar, eu particularmente adoro locais antigos, construções antigas e tombadas pelo patrimônio nacional.

 

Ao chegar ao centro antigo de Recife, procuramos um centro de informações turísticas, que fica na Praça do Arsenal, e pegamos um mapa dos pontos turísticos da cidade. Sinceramente, foi a melhor coisa que fizemos, pois não tínhamos muito tempo e queríamos conhecer o máximo possível do centro.

 

O centro é um charme e passear pelas ruas já é super agradável, mas como todo centro existem lugares e pessoas suspeitas, então todo cuidado é pouco... principalmente com os trombadinhas que ficam de olho nos turistas desavisados!

 

Fomos ao Marco Zero, que é um dos símbolos da cidade de Recife e no Parque das Esculturas do Francisco Brennad, que fica do outro lado de um canal e pra chegar lá tem que seguir de bote. Os “boteiros” cobram R$ 5,00 para te levar e buscar do outro lado.

As esculturas não são as mais bonitas que eu já vi (rs) mas vale a pena ir pela vista que você tem do mar, simplesmente linda! Aquele marzão de vários tons de verde e azul!

 

main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29211&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169cmain.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29214&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169c

 

Depois de almoçar um almoço caseiro delicioso , bem típico daquela região e preparado com todo carinho pela mãe da minha amiga, seguimos para o outro lado da cidade (literalmente) para visitar o Instituto Ricardo Brennad (Entrada R$ 5,00) que é uma instituição cultural que abriga museu, pinacoteca, biblioteca, etc.

Este instituto está localizado no bairro da Varzea, é longinho do centro de Recife e não tem nenhuma linha de ônibus que siga diretamente até o local, então optamos em pegar um taxi (R$ 23,00).

 

Realmente quem vai à Recife, não pode deixar de visitar este local. Além de ter um jardim maravilhoso, com muita área verde, o museu é instalado dentro de dois castelos simplesmente lindos! As obras de artes expostas fazem parte da coleção pessoal do próprio Ricardo Brennand e recebe exposições de outros artistas também, em Julho/09 estava a exposição “Frans Post e o Brasil Holandês”.

 

main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29217&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169cmain.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29221&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169c

 

Além das obras de arte, em outra parte do castelo existem também uma exposição de armas brancas de todas as épocas, realmente muito legal.

 

Dentro do instituto tem um Café, que dá para fazer uma pausa e comer uma típica tapioca ou um bolinho de aipim delicioso .

 

Saímos de lá as 18h00 quando o museu fechou e voltamos para o centro de Recife, onde estávamos hospedadas.

Fechamos o dia comendo uma pizza com a minha amiga (guest) e sua família.

 

 

2 ° Dia: Porto de Galinhas

 

Tivemos uma ajudinha máster neste dia, conseguimos um carro emprestado ::hãã2::, com isso facilitou muuuuuito a nossa viagem até Porto de Galinhas!

 

Aviso aos navegantes desavisados: o trânsito de Recife é tão complicado quanto o de São Paulo, principalmente na hora que o povo está saindo para o trabalho! E como nós só conhecemos um caminho para ir de Recife para Porto de Galinhas, então pegamos um trânsito animal até chegar em Jaboatão dos Guarapes, que pra ajudar estava com obras nas pistas! Enfim...

 

Outra coisa legal pra caramba, na hora que estávamos seguindo para Porto de Galinhas começou cair uma chuva torrencial em Recife, e (sim isso mesmo) Recife não tem um sistema de escoamento de águas eficiente, resultado: Alagou a maioria das ruas adjacentes da avenida que estávamos, então ficamos paradas por mais de 1 hora no trânsito dentro de Recife.

 

Porto de Galinhas fica a +/- 80km de Recife, então a viagem é tranqüila e relativamente rápida. Como eu e minha amiga já conhecíamos Porto de Galinhas, fomos para passar somente o dia.

 

O ponto negativo de visitar Porto de Galinhas é que é extremamente turística, existem muitos vendedores ambulantes que te irritam extremamente ::vapapu::, outro ponto é a faixa de areia da praia que está tão ocupada de barracas que quase não dá pra você caminhar, e se quiser sentar-se e curtir um solzinho, tem que pagar uns R$ 10,00 para os donos das cadeiras e guardas sóis (leia-se donos dos quiosques), pois não tem espaço pra você montar o seu!

 

O ponto alto deste dia foi a visita às piscinas naturais! Quando a maré está bem baixa dá pra ir andando até as piscinas naturais, mas não era esse o caso, por causa do lance da lua (não entendo muito bem disso, rs), então tivemos que seguir de barco a vela até o local das piscinas (R$ 10,00).

 

main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29226&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169cmain.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29224&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169c

 

Realmente é muito lindo ver os peixinhos, nadar junto com eles, interagir, etc, é emocionante. Mas (tudo tem um mas, rs), na minha opinião acho totalmente errado alimentar os peixinhos com aquela quantidade absurda de ração! Só contribui para que eles não sigam a natureza, fiquem dependentes da alimentação que a gente dá! É o mesmo lance de não alimentar os animais em zoo, etc. Sou totalmente contra isso, mas enfim.

 

Fim do dia em Porto de Galinhas, seguimos novamente para Recife.

 

Dica: Se você pretende visitar Porto de Galinhas não deixe de esticar (antes ou depois) uma passadinhas nas praias de Cabo de Santo Agostinho, que fica entre Jaboatão dos Guararapes e Porto de Galinhas. A praia de Calhetas e Gaibu são simplesmente lindas, um pequeno paraíso!

Indico a praia de Calhetas para almoçar... lá tem um restaurante que serve um peixe ao leite de coco, maravilhoso! E serve umas 4 pessoas por R$ 25,00! Mas fique atento, não é o primeiro restaurante grandão... é outro que fica ao lado direito... em um cantinho escondido... procure antes!

 

 

3 ° Dia: Bonito

 

Ir à Bonito não estava nos meus planos de viagem, aliás, trocamos a ida em João Pessoa de última hora para ir a Bonito!

As principais atrações de Bonito são suas cachoeiras, trilhas, locais para fazer rapel, tirolesa e cannyoning.

 

Bonito é uma cidadezinha que fica a 136 Km de Recife, seguindo pela BR 232 que liga Recife a Caruaru, O acesso à Bonito é feito pela cidade de Bezerros (depois de Gravatá).

 

Com o mesmo carro emprestado que comentei antes, seguimos para Bonito logo pela manhã, porém no dia anterior fizemos contato com um guia local e fechamos uma diária para nos acompanhar no trekking.

 

No caminho, paramos para abastecer nossa mochila com os suprimentos do dia: Compramos frutas (maças e bananas), barra de cereais e água.

 

Para fazer trekking e ter acesso ás cachoeiras é necessário um guia local. Claro que existem grupos de pessoas que se aventuram sem a companhia de um guia, mas optamos em contratar um guia que foi indicado. Pagamos R$ 50,00 pela diária do guia e não me arrependo nem um segundo por isso!

 

Chegamos em Bonito um pouco atrasadas, porque erramos um pouco o caminho ::putz:: . Pegamos o guia em uma praça próximo a Rodoviária da cidade e seguimos para o Parque das Cachoeiras.

 

O Parque das Cachoeiras é lindíssimo e neste primeiro fizemos 3 horas de trekking e conhecemos 3 cachoeiras: Véu da Noiva, Pedra Redonda e Corrente.

 

main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29228&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169cmain.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29230&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169cmain.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29232&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169c

 

Resolvemos ficar mais um dia na cidade para fazermos rapel na cachoeira Véu da Noiva no dia seguinte pela manhã.

 

4 ° Dia: Rapel no Véu da Noiva (Bonito)

 

Apesar de não termos programado ficar mais de um dia, conseguimos alugar um quarto (estávamos em duas) em uma pousadinha chamada Pousada Avenida por R$ 15,00 a diária com café da amanhã. A pousada é muito parecida com um hostel, então não tivemos problemas nenhum durante a nossa estadia.

 

No dia seguinte as 07h estávamos de pé para seguir para o rapel, chegamos ao local as 08h30 e todo equipamento estava montado nos aguardando para os testes.

 

main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29234&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169cmain.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29236&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169c

 

Seguimos de volta à Recife no horário do almoço.

 

NATAL / RN

 

5° e 6° Dia: Natal

 

Seguimos para Natal no primeiro ônibus (6h55) da viação Progresso S/A (R$ 61,66).

Chegamos à rodoviária de Natal as 11h40 e as 12h20 já estávamos no Hostel Lua Cheia, que fica em Ponta Negra.

 

Neste dia choveu o dia inteiro (sem brincadeira), sem possibilidade de colocar a cara pra fora e curtir uma prainha.

 

Além disso, fiquei doente durante a viagem, pois fui picada por um mosquito/borrachuro/muriçoca (sei lá) durante o trekking em Bonito/PE e começou a “fazer efeito” quando cheguei a Natal. Ainda bem que meu plano de saúde tem cobertura nacional.

 

Não teve jeito e tive que ir a um hospital, pois fiquei com as pernas e pés totalmente inchados e sentindo muitas dores, não conseguia nem ficar em pé. No hospital fiz exames de sangue e foi detectada uma infecção bacteriana grave e a médica do pronto socorro falou que eu teria que ficar internada em observação, porém depois de muita conversa ela me deu alta e eu pude tomar os remédios no hostel mesmo.

 

Neste dia devido ao meu problema de infecção somados a chuva torrencial que caiu em Natal, não fizemos nada durante o restante da tarde. A noite fomos ao Taverna Pub, um barzinho que fica no porão do hostel. Local muito legal e temático! Valeu muito a pena!

 

Iríamos para Pipa em algum dos dias de estadia em Natal, porém devido ao problema da infecção da minha perna, resolvemos tirar este local do nosso roteiro de viagem (infelizmente).

 

No dia seguinte, passamos o dia em Natal, na praia de Ponta Negra, por incrível que pareça, foi a segunda vez que paramos para curtir a praia em durante a nossa viagem, a primeira foi em Porto de Galinhas/PE e a outra em Ponta Negra/RN.

 

A praia de Ponta Negra é bem lotada de turistas, porém ao contrário de Porto de Galinhas, é bem mais tranqüila em relação aos vendedores ambulantes.

 

Recomendo: Compre uma porção de camarão ao óleo que as barraquinhas passam vendendo, são feitos na sua frente e são deliciosos, uma porção de +/- 200 gramas saí por R$ 10,00 e acompanha salada de tomate e alface.

 

Durante a noite nos reunimos com o pessoal que estavam hospedados no hostel e jantamos em um restaurante chamado Galo do Alto, que fica na Rua Dr. Manoel A. B. de Araújo, 142 (mesma rua do hostel). É um ótimo restaurante, mas em Ponta Negra você pode encontrar excelentes opções de restaurantes.

 

7° Dia: Litoral Sul de Natal

 

Tínhamos agendado na recepção do hostel um passeio de Bug no litoral norte de Natal (Dunas de Genipabu) com saída prevista para as 09h. Porém o bug do bugueiro resolveu “quebrar” e deixaram a gente na mão. Com isso tivemos que reprogramar nosso dia, neste momento conhecemos um casal de mineiros (Anderson e Carol) que fariam o passeio de bug com a gente. Eles estavam fazendo uma trip pelo litoral brasileiro, partindo da Bahia e indo até Fortaleza de carro e nos convidaram para conhecer o litoral sul de carro com eles.

 

O passeio foi ótimo, conhecemos a praia de Cotovelo, Búzios e Pirangi, ainda passamos para conhecer o maior cajueiro do mundo, que fica em Pirangi.

 

main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29239&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169c

 

No final do dia fomos provar as típicas tapiocas nordestinas, na Tapiocaria Casa de Taipas, que fica na Rua Dr. Manoel A. B. de Araújo, 130, na mesma rua do hostel Lua Cheia. Super indico, porque tudo lá é uma delícia sem tamanho!

 

 

8° Dia: Litoral Norte de Natal

 

Conseguimos um bugueiro chamado Dino, super bacana que nos levou para conhecer o litoral norte de Natal.

 

Choveu muito durante a manhã, muito mesmo! rs, mas seguimos mesmo assim para nosso passeio. No meio do dia o sol estava rachando!

 

Visitar as dunas de Genipabu não tem palavras, o visual é maravilhoso, um verdadeiro Oasis no meio do nordeste brasileiro.

 

O passeio tem duração de no mínimo 5 horas e custa R$ 60,00 por pessoa, porém precisa lotar um bug (4 pessoas), nesta hora tem que ser bem esperto e escolher pessoas legais pra compartilhar o bug, porque se compartilhar com pessoas frescas e medrosas o passeio não tem graça! O grande barato de passear de bug é exatamente “a emoção” que os bugueiros proporcionam! rs

 

main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29247&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169cmain.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29271&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169cmain.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=29275&g2_serialNumber=2&g2_GALLERYSID=8dbe525cf9750f660c6b0b6d0e48169c

 

Voltamos para São Paulo na noite do 8° dia de viagem! Esta foi a minha 2° viagem para o Nordeste brasileiro e pra quem não teve a oportunidade de conhecer, vale muito a pena!

Espero que gostem do meu relato!

Beijos.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 semanas depois...
  • Membros de Honra

Olá Wlandinpy!

 

Acredito que dá sim pra você fazer um roteiro parecido ou até igual!

 

De Recife para Natal tem ônibus partindo diariamente da Rodoviária, o valor é +/- R$ 65,00 por pessoa e 5 horas de viagem.

 

Não cheguei a pesquisar de Recife para Bonito, pois como fui de carro não precisei deste recurso, mas com certeza deve partir ônibus da Rodoviária.

 

Agora de Recife para Porto de Galinhas é moleza, se você negociar com o taxista, consegue até por R$ 80,00 o trajeto, se você estiver em mais pessoas acho que compensa... mas tem também vans e ônibus que saem do centro de Recife.

 

Talvez você pode deixar Bonito para uma outra oportunidade e aconcelho você incluir João Pessoa (que é caminho para Natal).

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Tenho uma dica também. Fui em janeiro/09 para PG e quando cheguei no aeroporto de Recife, resolvi ir de ônibus. O ponto fica há cerca de 200 metros, saindo à direita do aeroporto. Entretanto, por lá passa vários taxis voltando para Porto e consegui negociar por R$40,00. Vale a pena!!!

 

Abs. e boa sorte!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Membros de Honra

Olá Elaine, tudo bem?

 

Durante o relato eu coloquei os custos de alguns passeios, transportes, etc... Não parei para fazer o custo total.

Em relação às passagens aéreas é relativo, pois você pode pegar uma ótima promoção e aproveitar!

 

Se precisar de mais alguma informação específica me escreva aqui!

 

Abraços.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 meses depois...
  • Membros

Ingrid, adorei o relato e as dicas!

Serão muito úteis...

 

Na semana que vem, também graças a uma Big promoção da GOL :mrgreen: , vou para Recife passar 10 dias com uma de minhas irmãs e meus pais.

O destino final é São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, onde temos parentes, mas até lá pretendo conhecer Olinda, Porto de Galinhas e Natal.

Alguns dos lugares que você falou nem estavam na lista, mas já vou tratar de incluir no roteiro!

Vamos estar de carro todo os dias, o que facilitará e muito, se mais alguém tiver uma dica do que não podemos perder neste caminho Recife - Natal, me fale por favor!

 

Beijosss

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 ano depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...