Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Entre para seguir isso  
Felipe Cardoso

Relato Viagem Marrocos. (Marrakesh, Alto Atlas, Aït Ben Haddou, Gargantas e Deserto do Saara)

Posts Recomendados

Relato Viagem Marrocos. Marrakesh, Alto Atlas, Aït Ben Haddou, Gargantas e Deserto do Saara

Introdução:

 

Sempre tive muita vontade de conhecer o Marrocos, onde o Islã é a religião oficial e os preceitos do islamismo estão profundamente arraigados na sociedade, contudo os costumes estrangeiros são respeitados, principalmente em Marrakesh, uma cidade turística conhecida pelo seu ótimo e excêntrico comercio. Quando viajamos para um lugar com os hábitos culturais bastante diferentes dos quais estamos acostumados, é importante fazer uma boa pesquisa antes, para não correr riscos e possibilitar um maior respeito do turista com os costumes do local visitado.

Fechei a viagem entre os dias 5 e 9 de Julho de 2015, com a agencia Viaje en Marruecos. Não tenho nada de negativo para descrever os servicos desta empresa. Atenciosos do inicio ao fim, altamente pontuais e cumpriram tudo aquilo que haviam prometido, desde a reserva até o transfer de volta ao aeroporto. O pacote era com quase tudo incluído, traslados, guias, transporte, acomodações e algumas refeições, isso tudo saiu por 170 Euros.

Como não consegui companhia, fui sozinho mais uma vez e não tenho o que reclamar, pois conheci ótimas pessoas, o grupo que me acompanhou durante todos os 5 dias foi composto por: uma argentina, um brasileiro, dois mexicanos e um Irlandês (sonâmbulo, falarei mais sobre isso depois).

 

Dia 1:

Como estava morando na Irlanda, comprei as passagens Dublin – Marrakesh, pela velha e boa amiga Rayanair (podem falar o que for, mas eu amo essa Cia) por 195 Euros. O primeiro dia foi bem tranquilo. Passamos pela imigração, onde o agente pede somente o comprovante da passagem de volta e o nome do Hotel em que se hospedará, com um Inglês nada entendível. Ainda no aeroporto conheci o grupo em que faria o Tour durante os 5 dias e o Dono da Agencia, que inclusive já nos aguardava com a plaquinha.

Em seguida ele nos levou até o Hotel Islane, explicou um pouquinho do que iríamos fazer nos próximos dias e foi-se, no próprio hotel tinha uma pequeno local para trocar o dinheiro, troquei 100 Euros o que deu mais ou menos 1000 Dihans. A proporção era essa mesmo, dez pra um. Esse dinheiro foi mais que o suficiente para comer bem, comprar muita água e comprar regalitos, lembrando que algumas refeições já estavam inclusas no Tour.

E finalmente fomos sair para comer, sem nem trocar de roupa, o que foi uma ótima escolha, pois ao sair do hotel percebemos que estava tendo uma tempestade, não só estava chovendo água, como chovia areia também, sim, uma tempestade de areia logo no primeiro dia. Era impossível andar sem óculos ou a mão na frente dos olhos (no meu caso). Para completar, estava eu andando tranquilo no meio da tempestade, sem conseguir enxergar nada, ate que sinto algo estranho pairar sobre meus ombros, quando olho pro lado para ver o que estava acontecendo, tinha uma bela cobra no meu ombro, isso mesmo, uma cobra... Esses encantadores de cobras engraçadinhos quando veem turistas querem logo aparecer para ganhar dinheiro, e fazem de tudo para chamar atenção.

Passado os sustos da tempestade e da cobra, achamos um restaurante bem legal, na praça principal de Marrakesh, la tinham outros turistas e um bom preço. Comi um sanduíche de carne, que sinceramente não sei se era de boi, mas estava ótimo, com a bebida deu por volta de 90 Dihans. Conversamos um pouco e voltamos para o hotel e descansar para a longa jornada dos próximos dias.

 

Dia 2:

Acordamos às 8h, tomamos um bom café da manhã servido pelo hotel e já incluso no pacote. Logo encontramos o guia que nos esperava no saguão do hotel, Said foi um ótimo guia, falava Árabe, Espanhol e Frances, ele nos acompanhou e dirigiu muito bem, durante toda jornada até o Deserto do Saara. Esse tour que faz Marrakesh e Saara, fica-se muitas horas dentro do carro, isso é um pouco chato mas tentávamos sempre conversar, escutar musicas marroquinas ou dormir para o tempo passar mais rápido.

A primeira parada foi em um dos pontos mais altos do Alto Atlas, que esta a mais de dois mil metros de altitude. Lugar muito bonito e perigoso, as estradas possuem muitas curvas, um período bem fácil de enjoar. Em seguida passamos por pequenos vilarejos, até chegar a tão esperada Aït Ben Haddou, uma antiga cidade situada no pé do Auto Atlas, cenário de filmes famosos e mais recentemente, a serie Game of Thrones.

Dentro de Aït Ben Haddou, fomos guiados por um outro rapaz, também muito simpático. Que nos explicou toda a historia e curiosidade da cidade fortificada. O passeio também inclui conhecer a arte manual local, que inclusive é a principal fonte de renda dos habitantes que ainda vivem por la. Após o passeio comemos em um bonito restaurante típico marroquino, essa foi a refeição mais cara que fizemos e mesmo assim nada comparado a Europa. Toda a refeição deu um total de 200 Dihans, com entrada, prato principal, sobremesa e bebida.

Em seguida pegamos mais algumas horas de estrada até o Vale do Dades, um bonito lugar perto das secas montanhas e onde estava localizado a nossa segunda acomodação. Um hotel bem simpático, mas infelizmente não me recordo o nome. O hotel possui toda estrutura marroquina e quartos normais, o jantar já estava incluído no pacote, comemos o tradicional Tajine, comida típica marroquina. E então dividimos os 3 quartos disponíveis por 6, ficaram 2 em cada quarto, e "afortunadamente" tive que dormir com o Irlandês, que no meio da noite acordou gritando, eu assustado não entendi nada e pedi pra ele ir dormir, ele obedeceu sem refutar e eu demorei a pegar no sono.

 

marroc.jpg.c81dbbf3f116e2e2db8a4d2003a4d903.jpg

 

Dia 3:

Acordamos cedo, tomamos o café da manha razoável do hotel e seguimos viagem para as Gargantas de Todra, para mim o lugar mais bonito que visitei no Marrocos, as duas grandes e belas montanhas cortadas pelo rio no meio, possui uma beleza rara. Ficamos nas gargantas por mais ou menos uma hora e meia.

Em seguida pegamos mais varias horas de estrada em direção as dunas do deserto, nesse trajeto fizemos varias paradas em cidades Berberes, para ir ao banheiro e comprar água. Nesse dia almoçamos em um lugar tranquilo, na beira da estrada, a comida era muito boa e barata, pratos entre 70 e 120 Dihans.

Depois de mais horas dentro do carro, já podíamos ver as dunas do Deserto do Saara, realmente o lugar era muito bonito e diferente. As vezes me perguntava o quão distante estava de alguma civilização, estávamos no interior do interior do Marrocos, esse sentimento é bem curioso, amedrontador e ao mesmo tempo prazeroso.

Finalmente chegamos ao hotel que fica a beira das dunas do deserto, esse hotel era bem interessante, pois possuía uma bonita piscina com vista para o deserto, mas por motivos óbvios, as instalações eram precárias, como luz elétrica era bem racionada, o lugar era bastante empoeirado e as instalações bem quentes. Tivemos cerca de três horas para aproveitar um pouco a piscina, relaxar, tomar banho, e preparar uma pequena bolsa para o acampamento no meio do deserto.

Após tudo estar preparado nos encontramos com um novo guia nascido e criado no deserto, para nos levar de dromedário, ate o acampamento em que passaríamos a noite. A aventura começa quando subimos no dromedário, que apesar de darem impressão de serem bem tratados, fedem bastante. O passeio é realmente incrível, pois as paisagens misturadas com o silencio absoluto do deserto é algo realmente distinto de tudo que estamos acostumados. O passeio ainda teve uma parada para a pratica bem sucedida de Sandboard. ::otemo::

Já era noite quando chegamos no acampamento, ele ate que era bonito para um acampamento, com algumas barracas largas, e no meio um espaço aberto com umas mesinha para comer. Todo o acampamento era coberto por empoeirados tecidos marroquinos. Após o jantar, os guias tocaram os instrumentos tradicionais Bérberes, e nos ensinaram a tocar.

Enfim era chegada a hora de dormir, porem apesar de muito cansado, isso não foi muito agradável. Mesmo a noite, quando a temperatura no deserto esta agradável, as barracas eram preparadas para o frio do inverno, por isso fazia muito calor dentro delas, alem disso, besouros com tamanhos razoáveis não paravam de aparecer dentro da barraca, rs ::hahaha:: . E para completar a noite o Irlandês não parava de ter crises e gritar enquanto dormia. Resultado que dormimos menos de uma hora e já tínhamos que estar de pé, pois o guia havia marcado às 4h da manha, para vermos o nascer do sol na volta para o hotel. (Detalhe que o maldito do irlandês falou que dormiu muito bem...) ::vapapu::

 

 

Saara.jpg.85c2698f5a17934f44660aefa0afaa40.jpg

 

Dia 4:

Esse dia foi o mais sem graça da viagem, acordamos bem cedo para voltar ao hotel na beira do deserto dirigindo nossos amigos dromedários. No hotel tomamos um saudoso banho e comemos um maravilhoso café da manha, não sei se era porque estava com muita fome, mas esse café da manha estava divino, até azeitona tinha.

Reencontramos Said, nosso guia definitivo, e começamos a jornada de volta a Marrakesh, o total foram 11 horas de viagem, com algumas poucas paradas para comer e ver algumas paisagens bonitas. Por esse lado foi bom não ter dormido nada na noite anterior, no carro deu pra dormir muito bem.

Chegando no hotel de Marrakesh, tomamos mais um banho e fomos procurar cerveja pra beber, não foi uma tarefa fácil achar cerveja em Marrakesh, principalmente no Ramadã, mas conseguimos encontrar, foram caras mas valeram a pena. Estávamos tão cansados que resolvemos comer pelo hotel mesmo e ir dormir muuuito. Sem nenhum Irlandês gritando no ouvido.

 

Dia 5:

Acordamos muito bem e descansados para fazer um pequeno Tour caminhando por Marrakesh com um outro guia da agencia, ele nos explicou sobre o Islamismo, historias e curiosidades interessantes da cidade e da cultura marroquina. Visitamos mesquitas, palácios antigos e as ruas de Marrakesh. Em seguida almoçamos pizza marroquina que não achei muito boa, por 80 Dihans, e fomos as compras. Como falei no inicio, Marrakesh é famosa por seu comercio e pelas inúmeras negociações que poder ser feitas para comprar qualquer tipo de produto.

Prestem atenção na hora de fazer compras, saibam que algumas vezes pode-se conseguir levar uma lembrança pela metade do preço que o vendedor oferecia de inicio, peguei tanto gosto pelas negociações ate o dono de uma loja me expulsar, por achar minha oferta ofensiva, mesmo assim quando estava saindo ele ainda me fez uma outra oferta, eles não gostam mesmo de perder o cliente para uma outra loja. Indico pesquisar bem, pois existem muitas lojas parecidas, que vendem os mesmos produtos.

Por fim, voltamos ao hotel para arrumar as bagagens e fomos de transfer para o aeroporto, nos despedir desse pais excêntrico e encantador.

 

Meu Insatagram: felipecard4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

V IAJAR PARA MARROCOS

 

Pacote de 9 dias , Cidades imperiais e Deserto

 

 

Dia 1: Casablanca-

 

Chegar ao aeroporto de Casablanca, será recebido pelo nosso guia que fala Português você será recebido e transferido para o seu hotel no centro da cidade de Casablanca, as maiores e mais cosmopolitas cidades de Marrocos .

 

Dia 2: Casablanca – Rabat- Fes

 

Depois de café da manhã visitaremos a Mesquita de Hassan II. E logo após seguiremos para visitar cidade de Rabat. E chegaremos á tarde em Fes diretamente para Riad

 

Dia 3: Passeios de Fes

 

Depois do café da manhã será apresentado um guia local que os levaram a conhecer a cidade mais antiga no Marrocos, andando em seus becos e ruas pequenas. Nossa visita começara

Entrando nessa Medina é fazer um recuo em séculos de histórias, é sentir os cheiros e escutar os sons das suas 9000 ruas. Visita a fábrica de Curtumes, à Universidade Karueein e escolas. E às portas do Palácio Real, passaremos no bairro dos Judeus e vista panorâmica da cidade. Regresso ao Riad para descanso.

Jantar livre e alojamento em Riad.

 

Dia 4: Fes – Ifrane-Midelt-Erfoud - Merzouga.

 

As 8:00 da amanhã deixaremos Fes viajando rumo Ifran uma vila de belas montanhas, conhecido como “a Suíça de Marrocos” . Durante essa jornada, você experimentará vislumbres das montanhas do Atlas .Parando no meio da floresta de cedro famoso – o maior em Marrocos – onde você podera ver Macaco Barbary ., continuando a Midelt magníficas colinas e montanhas do Atlas. através seuas curvas sinuosas *Tiz Ntalghamt* com seus desfiladeiro de Ziz , você vai perceber como as mudanças de cenário vai revelando dicas do deserto. Entrando na cidade d´Errachidia, logo seguir o Vale do Ziz . Faremos uma parada para uma vista panorâmica, em seguida para Erfoud e Rissani e chegamos em Merzouga na tarde. / hotel (BDB).

Dia 5: Merzouga (visitar o coração do Deserto) passeio em Dromedário

visitar o povo Gnawa, originalmente escravos trazidos do Sudão, para experimentar a sua música e estilo de vida. Você também pode visitar a casa de fio nômade onde muitos artesanatos berbere são fixados o preço mais baixos do que nas grandes cidades. Na tarde que você irá montar seu camelo, guiado por um homem experiente de camelo para explorar dentro o mar de areia dourada de Merzouga. Jantar na frente da tenda onde passará a noite. (o campo está equipado com flush-toaletes

Dia 6 : Merzouga-Gargantas du Todra-Dades

Acordar cedo de manhã para assistir o que de melhor que o nascer do sol. Depois deixando o hotel com malas prontas para ser colocada no jeep. Seguindo para visitar as famosas Gargantas Du Todra e ver os incríveis penhascos e desfiladeiros de 200 metros de altura. Seguir pelo Vale Du Dades, ou a estrada dos Mil Kasbahs como também é conhecida.

Paisagens de cortar a respiração para relaxar e chegar ao vale de Dades para jantar e alojamento.

Dia 7: Vale de Dades –Ouarzazate- Ait-ben Haddou Kasbah – Marrakesh

 

Saída do hotel em direção através do vale de Dades , Kalaat Mgouna e Ouarzazate. Indo no vale de Dades e o caminho de mil Kasbah – proporcionando inúmeras oportunidades para levar alguns de seus melhores fotográfias da viagem. Em seguida, o vale de rosas e Skoura. Continue a Ouarzazate, “a Hollywood da África”. Almoço é no famoso kasbah Ait Ben Haddou, Kasbah o mais antigo em Marrocos. Após a turnê deste local histórico patrimonial da UNESCO, nossa viagem vai continuar através do majestoso Tizi N’ tichka passar (2260m) sobre montanhas do Alta Atlas. Temos tempo para parar e desfrutar de uma vista impressionante e visita a cooperativa onde se encontra o famoso óleo de argan. Chegaremos em Marrakech, no final da tarde.

Dia 8: Marrakech (visitar a cidade antiga *Medina*)

 

Depois do café da amanhã acompanhados com guia local você pode começar explorando Marrakech “a cidade vermelha de Marrocos”. Asseguraremos que você vê os mais importantes locais de interesse histórico e cultural, incluindo os jardins Majorelle, a torre de Koutoubia, os túmulos Saadian, o Palácio Bahia. Após o almoço em um restaurante perto da Praça, você irá percorrer os souks e ver centenas de artesanatos. À tarde, você terá tempo livre para passear em outras partes da cidade inclusive os domadores de serpentes na praça.

 

Dia 9: Marrakech-Casablanca,

 

Translado diretamente ao aeroporto e termino do nosso serviço.

 

Valor :

 

 2600 Reais por pessos ( menimo 6 pessoas )

 

• * Inclui *

 

• •Viatura com motorista/guia 9 dias

• •Hotel em Casablanca (Só com café da manhã )

• •Riad em Fes, 2 noites (Só com Café da manhã)

• .Hotel em Erg chebbi (Merzouga) Café da manhã e Jantar.

• •Passeio em dromedário e noite na tenda (café da manhã e Jantar).

• .Hotel em Boumalen Dades (café da manhã e Jantar).

• .Riad em Marrakech, 2 noites ( Só com Café da manhã).

• .Visitas guiadas conforme programae em Fes e Marrakech.

 

• Não Inclui

> Despesas com passagens aéreas

• Almoços

• Bebidas

• Suplemento Individual

• Extras em Hotéis

• Entradas nos locais a visitar

 

E-mail : [email protected]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...