Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Cartografia - Dicas e Construção de Mapas


Posts Recomendados

  • Membros

Atualmente é tudo muito mais facil... só tenho de levar pilhas extras...

Levo tudo (inclusive Guias de Papel) dentro do meu Garmin Oregon 300.... basta pegar a carta e transformá-la para .jpg ; por ex. se for de papel eu escaneio, se for do ibge eu converto... calibro pelo oziexplorer e depois exporto como .KMZ pelo GlobalMapper...

 

Pronto... meu Oregon está com os "mapas tradicionais" dentro dele.

 

Assim ao inves de GPS X MAPAS TRADICIONAIS ... tenho no GPS os mapas vetoriais e os "mapas tradicionais"...

 

 

mais info:

 

http://www.garmin.com/garmin/cms/us/onthetrail/custommaps

 

E se quiserem algo a mais tem o BirdEye...

 

https://buy.garmin.com/shop/shop.do?pID=70144#imageTab

 

 

Aí o bicho pega.... ::otemo::

 

 

 

_

 

_

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 49
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros de Honra

Márcio

 

Se o problema fosse somente falta de pilhas, carregar um estoque resolveria.

 

Mas um problema no equipo pode ocorrer. Dependendo do tipo de aventura que você vai fazer, não dá pra desprezar o mapa guardado dentro do plástico.

 

Sou um defensor com faca na boca do uso do gps em trilhas. Mas em aventuras mais técnicas sempre levo o mapa.

 

 

 

Abração

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

O que o Marcio falou, colocar imagens de mapas, guias, etc no gps, realmente enriquece muito a utilidade do aparelho. Mas se o GPS der um bug no meio do nada, todos os mapas e cartas e tudo mais pode não adiantar de nada.

 

Por isso, vou no time do Piacitelli: Nada melhor que usar o gps na trilha, mas sempre é bom ter uma bússola e cartas guardadinhos ali na mochila,principalmente em trilhas mais ''técnicas'' , pois se der alguma bronca no aparelho a pessoa não vai fica na mão...

:roll:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 11 meses depois...
  • Membros

caro baeta,

 

sabe a escala gráfica? pois é, com base nela dá pra obter a escala imdependetemente do tamanho da impressão... esse esquema foi pensado exatamente pra conpensar variaçoes pequenas no tamanho do papel, em função de variação de umidade - mas cai como uma luva pra quem copia ou imprime a sua carta, hehehe...

 

abração!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros de Honra
Mto boa a dica.

 

Tava procurando no site deles msm e não tinha achado.

 

Fica agora a dúvida na impressão. Q tamanho de papel devo utilizar para a escala ficar fidedigna??

 

abraços!

Olá Baeta.

Veja como é simples chegar na proporção:

Para exemplificar utilizarei a carta Agulhas Negras (http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/mapas/GEBIS%20-%20RJ/SF-23-Z-A-I-4.jpg) que tem escala numérica de 1:50 000. Ou seja: 1 centímetro no mapa equivale a 50.000 centímetros no plano real que é equivalente a 500 metros.

Muito bem... Observe que as medidas UTM estão equidistantes em 2000 metros podendo ser constatado também pela escala gráfica:

 

[align=center]20110426105940.jpg[/align]

Desta forma chegamos na razão de que as distâncias das quadrículas UTM precisam ser ajustadas em 4 centímetros na impressão. (2000 dividido por 500 é igual a 4).

 

Vejamos agora como determinar o tamanho necessário para uma mídia de impressão:

Conte a quantidade de quadrículas UTM na horizontal e vertical.

Na horizontal são doze inteiras mais um pedaço de cada lado, então consideramos treze.

13 x 4 cm = 52 cm. Adicione pelo menos mais 2 cm de cada lado como margem e precisaremos de uma folha com pelo menos 56 cm de largura.

Na vertical são 13 quadrículas inteiras mais um pedaço de cada lado, serão então 14.

14 x 4 cm = 56 cm. Adicione mais 4 cm para o cabeçalho e 14 cm para conter todo o rodapé.

56 + 4 + 14 = 74 cm de comprimento.

 

Agora é só comparar em um gabarito universal para medidas de folhas qual o tamanho atende esta carta topográfica:

 

[align=center]A_size_illustration.png[/align]

A folha necessária é a A1.

 

Abraço e boas trilhas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 anos depois...
  • Membros

Boa tarde pessoal!

 

A Universidade Federal de Santa Maria/RS disponibilizou em seu site um aplicativo onde é possível visualizar as cartas topográficas georreferenciadas do estado gaúcho, onde estão inseridas dentro do aplicativo Google Earth. Achei interessante, pois é possível traçar trilhas simultaneamente sobre as cartas topográficas como também sobre as imagens (basta selecionar a caixa "cartas", situado no canto esquerdo do GE). Talvez para a maioria isso não seja novidade, mas eu particularmente não tinha conhecimento desse aplicativo!

 

Segue o link para Download

http://coral.ufsm.br/cartografia/index.php?option=com_content&view=article&id=40:navegacao-no-google-earth-cartas-topograficas&catid=2:mapas-e-imagens&Itemid=36

 

Grande abraço

Rodrigo Bruxel

Carta.jpg.a4f262c3efbcb435e35cdb65d46c26f3.jpg

Imagem.jpg.6b3ee88e9087f41966aaf793b5885f0f.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei unpinned this tópico
  • 8 meses depois...
  • Membros

Olá, galera.

Pra resolver o problema de variação do papel na hora da impressão, eu decidi colar um pedaço de fita crepe na régua da minha bússola e desenhar a lápis nela as marcações da legenda do mapa. Assim, independente do papel, eu sempre vou ter a escala na bússola e não preciso me preocupar com discrepâncias. 

Abraços e boas aventuras. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...