Ir para conteúdo

Imigração em Londres


Posts Recomendados

  • Membros

Olá mochileiros!

Viajo para Londres em janeiro onde vou passar 18 dias na casa da minha irmã por parte de Pai de apenas 13 anos, ela mora com a mãe e o padrasto ( Devidamente legalizados) , eles me enviaram uma carta convite que está a caminho. De Londres vou para Paris, Amsterdam, Veneza, Milão, florença e Roma, de cada cidade já tenho as devidas passagens de trem e de avião compradas, retorno ao brasil de Roma no dia 05/03 (tenho também alguns ingressos de atrações como por ex:Disney). Minha condição na data da viagem é a seguinte: me formo em odontologia agora em Dezembro, dependo dos meus pais, minha colação de Grau será em janeiro ( dois dias antes da viagem) a viagem será um presente de formatura.

Dúvidas:

Devo apresentar na imigração os extratos bancários do meu pai?

Estarei formada a dois dias, posso levar o documento de uma clinica odontológica que diga que eu devo voltar em março para prestar serviços ou um contrato de trabalho por exemplo? autenticado em cartório? qual melhor opção?

Se eles me perguntarem qual a minha atual condição devo dizer o que? desempregada?

Não falo nem entendo Inglês, embromo um espanhol rsrs, na imigração ao pedir um Intérprete se necessário, isso pode causar uma má impressão e poderá prejudicar a minha entrada?

Se tudo der certo na entrada em Londres vou passar pela imigração na estação de trem indo para Paris, vou ter entrada livre nos próximos paises que vou visitar? (Holanda e Itália)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

Leve a fatura do seu cartão de crédito, mesmo que seja como adicional, viajar com cartão de outra pessoal é considerado delito na Europa. Para comprovar recursos, alem da fatura do seu cartão de crédito ou do seu pai caso seja um adicional, leve extrato do VTM e outros recursos que estejam em seu nome.

 

Se lhe perguntarem o que faz, fale a verdade, que você acabou de se formar em odontologia, e que é uma viagem de comemoração antes de começar a trabalhar, isto é algo bem comum na Europa/EUA.

 

Não precisa de contrato de trabalho ou declaração da clínica, o que você tem que levar é passagem de volta marcadas, reservas de hospedagem, passagens entre as cidades, seguro saúde com cobertura de 30.000 Euros e dinheiro suficiente, o resto, é desnecessário, você leva só se quiser, para servir como "amuleto" ou apoio psicológico.

 

Você vai passar na imigração no aeroporto em Londres e depois quando for a Paris passa por outra imigração na estação de trem, uma vez na França, você pode se deslocar livremente para qualquer país do espaço Schengen, entre eles Amsterdam e Roma, no máximo vai haver uma conferência simples de passaportes na hora de embarcar.

 

Falar ao menos um pouco de inglês sempre ajuda, afinal as perguntas são bem simples, tente decorar algumas perguntas e respostas em inglês, mas se a coisa apertar mesmo, você pode solicitar interprete caso necessário, mas ai o processo pode demorar um pouco, afinal de contas eles não tem várias pessoas falantes de português sentadas lá esperando, eles vão ter que correr atrás de alguém para traduzir, mas a princípio não deve lhe impedir de entrar se estiver tudo certo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...