Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Membros
1 minuto atrás, Carah disse:

Bom dia Fabio, tudo bem e vc?

O rangido é interno, vem de dentro do calçado, como se alguma parte da estrutura atritasse internamente. No começo achei que era da alma de aço da Jackal, depois a Santiago Pro também começou a apresentar o mesmo rangido.

 

Estranho... Preciso ver a bota pra te dizer algo. Voce pode manda-las para nos?

So uma coisa. Entramos em ferias amanha e so retornamos apos o dia 5 de janeiro, entao por favor, envie somente em janeiro, pode ser? 

Abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 1,8k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Como administrador do site e pelo que eu acompanho aqui ao longo dos anos e já são quase 20 anos de Mochileiros.com ( posso dizer isso com total isenção pois nunca tivemos parceria comercial com eles)

Mochileiras e Mochileiros, venham para o lançamento das novas Botas Vento Gaia e Cronos.  Será na terça-feira, dia 04/06, as 19 horas aqui na Loja Arco e flecha (Nepal). Na Rua Tito, 542 - Vila R

@Valante como vai?  Gravei esse video pra te responder: A parte das botas militares ficará pra outro video, ok? Me chama no zap q te explico. Abravos

Posted Images

  • Membros de Honra

Boa tarde, pessoal 

Volto aqui ao fórum após 3 meses para contar o desfecho da minha história, que foi um problema com o forro e o solado da bota Finisterre Nanox. Aliás se todos voltassem para contar a solução (ou não) dos problemas relatados aqui a gente teria um perfil mais fiel da qualidade dos produtos e dos serviços da Vento e dos outros fabricantes de equipos de aventura, não acham?

Bem, em setembro eu contei que a Finisterre com apenas 3 meses de uso havia descolado todo o forro do pé esquerdo e uma camada interna (uma espécie de palmilha rígida) havia se esfacelado, soltando muita sujeira nas meias e tornando o caminhar desconfortável. Além disso os solados dos dois pés já apresentavam rachaduras por onde a tal palmilha interna saía em pedaços. 

Entrei em contato com o SAC da Vento e o atendimento foi muito bom. Não precisei enviar as botas, apenas fotos mostrando os defeitos. A troca foi autorizada e pude comprar um par novo no site a custo zero (inclusive frete). Fiquei muito satisfeito com o serviço de pós-venda.

No envio da bota o correio cometeu um erro e a bota voltou para Curitiba após um mês e meio de espera. Prontamente o Bruno postou a encomenda de forma expressa e já estou com a bota pronta para as próximas trilhas. Nota dez para a equipe!

Espero ter mais sorte com a Finisterre nova pois continuo fã do conforto e segurança que essa bota me proporciona em travessias, por mais longas que sejam.

Parabéns ao pessoal da Vento!

  • Gostei! 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Olá mochileiros.

Estou procurando uma bota impermeável Vento para trilhas, montanhismo e camping e cheguei nos seguintes modelos: Finisterre, Titã e GS 3000. O atentente online da loja Alta Montanha me disse que as duas últimas são mais técnicas, atendendo melhor meu objetivo.

Infelizmente, estou com dificuldade de encontrar meu tamanho da Titã (e da Finisterre também) para comprar pela internet. Então decidi comprar a GS 3000 mesmo. Alguém tem experiência com esse modelo? E com o solado Amazonas?

Pesquisando um pouco mais, me pareceu que esse modelo (GS 3000) não carrega a logo da Vento, mas da Milipol. Sabem me informar se é a mesma marca? Terei a mesma assistência pós-venda que a marca Vento, caso a compre? (Creio que o Fabiomon poderá responder essa última pergunta).

Grata :)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Bom dia, Amanda. 

A GS3000 é basicamente a Finisterre com a sobrebiqueira de borracha. A mais de 3 anos paramos de utilizar solados da Amazonas, entao, so compre se o solado ja for o CarbonGrip Extreme. 

A Milipol era nossa marca militar mas, resolvemos unir as marcas e ficou tudo VENTO. 

Uma dica, veja a data de fabricaçao da bota. Prefira sempre botas fabricadas a menos de um ano, ok? Isso vale pra qualquer marca. 

Abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Caros,

Deixo aqui o meu relato sobre a péssima qualidade das botas vento. Adquiri uma bota modelo Finisterre que com menos de dois anos de uso teve o seu solado totalmente rachado ao meio. Entrei em contato com o SAC e fui informado que nada poderiam fazer, afinal a garantia é de seis meses e/ou 18 meses após a data de fabricação.

A bota foi muito pouco usada, como pode se perceber pelo estado do solado nas imagens. A própria vento destacou esse ponto na análise, mas segundo eles essa foi a causa do problema. Ou seja, ao contrário de qualquer outra bota,  esta bota se danifica sem uso (imagino com estaria se a usasse em caminhadas pesadas, provavelmente acabaria descalço).

Fiquei muito insatisfeito com essas botas e com o atendimento do SAC.IMG-20180111-WA0009.thumb.jpg.701039481e21ea2234b4f82e3429c88e.jpgIMG-20180111-WA0017.thumb.jpg.d3e8f4badb22bbdb05d35c70690a8832.jpg

Enfim, deixo meu relato para que sirva de referência para quem estiver pensando em comprar uma bota desta fábrica.

Seguem as fotos do produto.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
22 horas atrás, cotero disse:

Adquiri uma bota modelo Finisterre que com menos de dois anos de uso

Caro Cotero, como vai? Espero que esteja tudo bem com voce e sua família. 

Você pode nos informar a data de fabricação de sua bota? 

Abraços, Fábio

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
22 horas atrás, cotero disse:

Fiquei muito insatisfeito com essas botas e com o atendimento do SAC.

Caro Cotero, como vai?

Permita-me tecer alguns comentários sobre seu post para que os demais colegas Mochileiros possam conhecer um pouco mais sobre o caso.

Primeiro, gostaria de informar à todos que TODA nossa politica de troca e devolução, assistência técnica, e Certificado de Garantia estão publicados em nosso site justamente para dar amplo conhecimento à todos nossos consumidores. Voce pode acessar o certificado de garantia no seguinte link https://botasvento.com.br/certificado-de-garantia

Perguntei sobre seu caso para a Paulinha, que trabalha no nosso SAC e ela me enviou a troca de email que voces tiveram.

 Pouco diferente do que voce informa aqui, no contato com nosso SAC voce informou que sua bota foi comprada em 6/09/2014Entao, ela tem três anos e cinco meses de uso. Nao preciso dizer que a bota esta COMPLETAMENTE FORA DA GARANTIA, né? Mas, como costumamos tratar muito bem nossos clientes e como acreditamos que bom senso deve sempre prevalecer, no dia 18 de janeiro de 2018 a Paulinha, muito educadamente, lhe pediu que nos enviasse a bota para análise para que pudéssemos ver o que ocorreu e lhe oferecer uma solução: "...Teria interesse em nos encaminhar a bota para uma analise mais minuciosa e assim ver a possibilidade de um reparo? Caso a resposta seja positiva segue nosso endereço..."

MAS, VOCÊ SE NEGOU A ENVIAR A BOTA!

Desculpe, mas tem casos onde é necessário que analisemos o defeito pra propor uma solução. Quando conseguimos analisar por fotos, fazemos isso e nem pedimos a bota com defeito, acho que somos a unica empresa Brasil que faz isso. Mas, no seu caso, uma bota comprada a mais de 3 anos e meio, com um solado que há mais de 4 anos nao usamos, precisávamos analisar. Fui eu que pedi para que a bota fosse nos enviada. E seria eu que a veria e diria o que deveria ser feito. Mas, voce nao enviou a bota e deixou claro que nao tinha interesse em nos envia-la. Mesmo assim, a Paulinha escreveu:  "Sr. Camilo. Lamentamos o senhor não nos enviar a bota para analise, pois só assim poderíamos analisar melhor o caso, mas, ainda estamos a disposição". Mas, voce deixou claro que nao tinha interesse em nos enviar as botas para análise. 

Bem, nossa proposta continua valendo e temos interesse em achar uma soluçao para sua bota. Mas, realmente. Nao posso autorizar a ressola sem ver sua bota. Entao, peço encarecidamente que nos envie a bota para que eu possa analisa-la. Mesmo que ela esteja a mais de 3 anos fora da garantia. Mesmo assim queremos achar uma soluçao pra voce. Mas, como falei, sem eu ver suas botas, nao posso autorizar uma ressola. Ok? 

Fraternal Abraço, 

Fabio Monroe.'. Botas Vento.

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Caro Fabiomon,

Se você viu a nossa troca de email. Você certamente viu que eu entrei em contato a primeira vez sobre o problema em julho de 2016 quando detectei o problema. A bota foi adquirida em setembro de 2014 e o primeiro contato ocorreu 1 ano e oito meses da compra ter sido feita. Na ocasião desta primeira toca de e-mails iniciais, fui informado que a fábrica passava por mudanças e que o serviço de ressola estava temporariamente indisponível. Me pediram para entrar em contato 5 meses depois. Demorei mais que isso, aproximadamente um ano e meio, para entrar em contato novamente, o que foi feito agora em janeiro de 2018. Ou seja, dizer que "ela tem três anos e cinco meses de uso" é desconsiderar esse primeiro não atendimento. Ou seja, o solado rasgou com um ano em oito meses, na verdade menos que isso, pois detectei o problema na véspera de uma viagem de um mês em que usaria a bota e só entrei em contato com vocês após meu retorno de férias. 

Na nossa troca de e-mails recente, fui informado que bastava enviar fotos para análise que o problema seria resolvido, pois era política da empresa, acreditar no cliente. Enviei as fotos e aí sou informado que não será feito, que o produto está fora da garantia. Ora, da primeira vez que entrei em contato com vocês (um ano e oito meses após a compra) já estava fora da garantia. Poderíamos ter resolvido tudo naquela ocasião.

Ainda acredito que o problema de solado seja de fabricação, pois não é normal (ou não deveria ser) que uma bota (que é feita para ter resistência e durabilidade) tenha seu solado rasgado de tal maneira. A própria Paula, analisando as fotos, identificou que a bota não estava muito usada pois o solado não tinha desgaste e, somente após sua negativa de reparo e da minha demonstração de insatisfação, pediu que eu enviasse a bota para uma nova análise.

Caro Fabio, entenda já tinha recebido uma negativa da Vento e diante da minha insatisfação me foi solicitado o envio do produto. Sinceramente, não acredito que uma nova análise alteraria a posição da Vento, entendo isso como uma tentativa de prolongar a situação que apenas acarretaria em mais dispêndios financeiros da minha parte e de tempo, aumentando o desgaste com esse problema.

Gostaria que ficasse claro que a minha insatisfação se deu pelo atendimento, se tivessem me solicitado o envio da bota logo de início, eu teria enviado. Se após a análise das fotos, me informassem que seria necessária uma análise mais detalhada e me solicitassem o envio da bota, eu teria enviado. Mas, ao contrário, recebi uma negativa de reparo, sem que me explicassem o porquê de o solado ter rachado e, somente após a minha insatisfação, me propuseram o envio. Enfim, espero que dessa vez cheguemos a um acordo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...