Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Isla Margarita- Nueva Esparta- Venezuela


Posts Recomendados

  • Membros

Olá

Finalmente realizamos o sonho de ir à Ilha de Margarita, na Venezuela e por isso mesmo espero ajudar a outros que lá queiram chegar.Nossa viajem foi de dez dias.

É importante frisar que muitos amazonenses tem escolhido este trecho e muitos brasileiros também.

Saímos de Manaus às 2h da madrugada. Muita gente sai neste horário para pegar a reserva Yanomami abrindo. A BR174 passa por dentro de uma área indígena que só pde ser cruzada entre as 5h da manhã até as 18h30 da tarde, no horário noturno apenas ônibus passam.

Chegamos à reserva próximo das 5h da manhã e já estava aberta então seguimos viagem.

Fomos em uma van fretada para 15 pessoas, minha família e alguns amigos. Cada passagem foi R$ 750,00. Passamos na reserva estava amanhecendo. É importante informar a quem for fazer esse trajeto, tome um remedinho para enjoo pois muitas horas no carro enjoa mesmo.

Chegamos à Rorainópolis pela manhã e tomamos café na estrada.

Outra dica legal é levar uns lanchinhos pois na estrada não tem muita coisa e às vezes não é muito limpo. Ah, leva papel higiênico tbm, alguns banheiros não o tem.

Seguimos viagem direto até Boa Vista, capital de Roraima, chegamos um pouco depois do meio dia e almoçamos. Comi algo leve porque eu estava bem enjoada. Compramos umas bolachas e uma água tônica e seguimos viagem.

Em Pacaraima (ultima cidade do Brasil) vc tem que registrar sua saída do Brasil e entrada na Venezuela. Vc pode usar seu passaporte (aí tem que ir à PF lá mesmo e ao posto venezuelano) ou apenas seu RG (tirado nos últimos dez anos) outros documentos não são aceitos. Se vc estiver com crianças, tem que ter o doc caso um dos genitores não esteja e ir à PF registrar e depois ir ao posto venezuelano. Tanto PF como o posto ficam próximos, 10 minutos de caminhada. Se vc estiver de carro, tem que ter o registro do carro (pesquise todos os docs). O registro do carro é bem demorado ás vezes. Em Pacaraima vc pode fazer o câmbio mas tome cuidado pois como é muito dinheiro (não necessariamente muito poder de compra), podem acontecer golpes.

Um dica legal é ser cortês com polícia venezuelana. O povo venezuelano reclama muito da empáfia dos brasileiros e por isso mesmo eles já são "escaldados" conosco.

Após os registros, seguimos para uma pousada em Santa Helena. A hospedagem em Santa Elena custa a partir de R$60,00 . Nas hospedarias alguns proprietários fazem o câmbio, eu acho mais seguro fazer aí pois tem o contador de cédulas e tudo.

Santa Elena é muito agradável, com clima ótimo e bom para fazer compras, principalmente porque não tem a venda controlada da Ilha (produtos como creme dental, leite e outros não podem ser vendidos em quantidades). Em Santa Elena se come muito bem, principalmente comida chinesa, mas cuidado porque os restaurantes fecham cedo, por volta das 20h e tudo lá é em bolívar então, calculadora na mão.

Dormimos bem e nos arrumamos para sair às 5h, tomamos um café com leite pois não havia estimativa de paradas para um cafezinho. Seguimos viagem, parando apenas para o banheiro. O motorista que estava conosco já conhecia todas as paradas então não foi difícil mas se vc não conhece, procure parar apenas em postos de gasolina ou nas al cabalas, os postos policiais que às vezes tem banheiro. Em solo venezuelano a gasolina é de preço irrisório, nem dá para contar em real mas para se ter ideia, o tanque da van encheu com 2 bolívares, e cada real equivalia, no cambio que fizemos, a 160 bolívares.

A viagem em solo venezuelano é muito linda, passamos pela Gran Savana, um local de cerrado lindo, cheio de cachoeiras e com uma visão linda, inclusive do belíssimo monte Roraima, um espetáculo...Além disso a Venezuela é rica em serras o que garante um visual lindíssimo. Na ida para Venezuela, descemos a serra, uma viagem perigosa e muito linda, às vezes os trechos são escorregardios e com muitas curvas. Na passagem tem muitas paradas bacanas para ver e prestigiar. Daí para frente são muitas cidades menores,onde é difícil comer, nós paramos apenas em Atahualpa, que tinha uns restaurant legais onde se come muito bem pagando pouco. Lá tivemos um primeiro contato com o espanhol, tentando descobrir o nome de colher, uma cuchara... ::lol4:: Pagamos R$ 48,00 (convertendo) por um almoço delicioso para quatro pessoas, com suco e duas cervejas.

Seguimos viagem até Puerto La Cruz, onde não havia hospedagem e por isso, mesmo sendo quase noite, fomos para o porto do Ferry boat, onde se pega o navio para Ilha, são quatro horas de travessia do mar. Alguns ferrys são maiores e mais confortáveis, outros menores e com poucos lugares. Atravessamos no pior, e passei a noite sentada no chão mas meus filhos dormiram e isso que importa.

Chegamos cedinho ao hotel Puerta del Sol e nossa suite não estava pronta, então fomos tomar café na Panaderia (padaria) para fazer hora até aprontar. O hotel era muito bom em estrutura embora não tivesse um pessoal muito competente. Descansamos o resto do dia e só saímos a noite para jantar .

No 2o dia na ilha fomos à praia. Começamos em la Parquito, uma praia para surfistas (onde comemos uma lagosta maravilhosa por R$60,00), depois La Playa, uma praia muito linda, e por último Saragozza, praia calma ,bom para as crianças tomarem banho.

Voltamos para o hotel e a noite fomos jantar na churrascaria Margarita Grill, onde comemos muito bem e tomamos mojito por R$2,00.

No terceiro dia na Ilha, nossos amigos fizeram o passeio para ilha de Coche, com mergulho e fotos. Nós não fomos porque meu marido passa mal em barcos e o catamaran, qu é o barco grande, estava muito caro, volta de R$70 por pessoa, como estávamos em quatro, saía muito caro.Então fomos ao shopping Sambil e andamos o dia inteiro, encontramos uns amigos brasileiros que nos deram dicas por lá, fomos e voltamos de táxi, já que a van estava com o pessoal de Coche mas o taxi lá é muito barato pagamos 400 bolivares, cerca de 3 reais do centro ao shopping.

No terceiro dia fizemos um jeep tour, um passeio de jeep muito bom que vai do Parque Nacional à Restinga, onde se vai de voadeira por dentro do lago lindo, lindo....Vale super a pena.. segue até uma praia linda chamada La Parede, que eu ouso dizer ser a mais bela praia que vi.

No quarto dia fomos ao Parque El Água, as crianças adoraram, é um pouco longe mas tem tobogãs, piscina de ondas, passeio de boias e muitas piscinas. Lá a comida é bem cara e não é gostosa. Como quase não se encontrava água mineral, eles deixavam entrar com água. Não acho que esse passeio tenha valido a pena, não faria de novo porque prefiro o natural mas fomos e aproveitamos.

No quinto dia fomos fazer compras no Cojenero e ao centro da cidade para fazer compras.É mto importante tomar cuidado porque há ladrões, como em toda cidade grande e como o volume de dinheiro é muito grande, todo cuidado é pouco. Outro cuidado é com os produtos piratas, principalmente perfumes.

No sexto dia fomos à uma praia linda chamada La Galera e nos despedimos daquele mar lindo.

A viagem de volta levou dois dias, Margarita- Santa Elena- Manaus....

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá! Tudo bem? :) Adorei o relato da sua experiência na viagem até Isla Margarita. Estou com viagem praticamente marcada para o dia 19 de Fevereiro com destino final em Isla Margarita. Por gentileza, queria lhe perguntar se é em conta comprar roupa ou eletro-eletrônicos na Venezuela? , dentro do limite permitido, é claro. O câmbio é bom nos Shoppings? Muito obrigado :)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 8 meses depois...
  • 3 meses depois...
  • Membros

Poxa gente.. mil perdões... eu não visualizei os posts de vcs

Então... na época em que eu fui os preços estavam muito altos e não consegui fazer compras

o melhor lugar para fazer o câmbio é em Santa Helena, nas pousadas mesmo porque na ilha as vezes falta dinheiro

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...