Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Posts Recomendados

Muito legal meu amigo, continua aí que tá bacana. ::otemo:: Não consegui filmar minha jornada, em determinado momento a câmera parou de reconhecer o cartão SD. Dá próxima invisto mais e compro uma câmera decente. ::putz::

Valeu Marcelo :) A minha eu tinha que formatar todo dia de manhã para não dar problemas, senão dava pau na gravação.

 

Olá hlirajunior!

 

Olha eu aqui já acompanhando de pertinho seu novo relato.

Conseguiu uma fã de carteirinha já... risos

 

Minha primeira dúvida: na minha viagem, vamos entrar no Chile para ir em São Pedro do Atacama e voltar pra Argentina, entrando no Chile depois pra ir em Santiago. Acha indispensável a carteira de motorista internacional?

 

Onde fez a sua?

 

Abraço e aguardando muito o relato, fotos, vídeos... risos ::hãã::

Valeu Roberta :) A PID não é obrigatória, eu fiz por que na época custava em torno de 40 reais, agora deve custar um pouco mais. Você pode solicitar ela no detran da sua cidade ou diretamente pelo site dependendo do estado.

 

Parabens, esperamos pela continuação.

valeu vandy, vou tentar por um relato por semana, já que os videos demoram para ser editados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 02 - 26/12 - Curitiba a San Ignacio - AR via Dionisio Cerqueira - Bernardo de Irigoyen - 840km

dia02_zpsxsvbhebr

Trajeto do dia

 

Passamos em Curitiba para buscar meus pais e acertarmos os últimos detalhes da viagem. Abasteci o carro no dia anterior e já deixamos o porta malas meio arrumado, faltando pouca coisa para organizar antes da partida. Saimos as 08hs com o tempo meio fechado e aquele friozinho na barriga. Rapidamente pegamos a BR 476 sentido Lapa, optamos por esse caminho por ser o mais curto até a fronteira com a Argentina (em torno de 100km a menos do que indo pela BR 277 por Foz do Iguaçu) e também pelo menor número de pedágios, apenas um pedágio na Lapa. Porém a estrada em muitos trechos possui bastante ondulações, asfalto gasto e buracos.

 

No começo da viagem ficava imaginando o enorme caminho que iríamos percorrer, as paisagens, cidades e pessoas que encontraríamos pelo caminho, mas conforme fomos nos afastando da cidade essa ansiedade foi diminuindo. O caminho até a cidade da Lapa é excelente, mas é pedagiado. Após a Lapa a estrada alterna bastante entre boa e razoável. O movimento é baixo, composto principalmente de caminhões que vão para Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O movimento aumenta quando a estrada passa por algumas cidades como São Mateus do Sul, União da Vitória e General Carneiro.

 

Paramos para almoçar no Restaurante Trevo do Horizonte, quase chegando em Santa Catarina. Logo depois desse restaurante há um trevo e deve-se virar a direita sentido Palmas, se continuar reto já entra no estado de Santa Catarina. A partir desse ponto entramos na BR 280, que vai até a fronteira com a Argentina. A estrada está bem desgastada e há muitos remendos e buracos. Chegamos em Barracão-PR e Dionísio Cerqueira - SC, fronteira com Bernardo de Irigoyen por volta das 15hs. Na aduana brasileira passamos direto e na aduana Argentina nos solicitaram o Seguro Carta Verde e os documentos para conferência.

 

Depois disso, estacionamos na rua ao lado da aduana e fomos fazer a migração. É relativamente rápido, apresentamos os passaportes e o documento do veículo. Haviam muitos motociclistas e carros no horário que chegamos, levamos em torno de 20 minutos para fazer tudo. O carro e a bagagem não foi verificado, ao contrário das demais aduanas que passamos. Ao lado da aduana há um parque bonito e vários cambistas para comprar pesos argentinos.

Nosso GPS demorou um pouco para se localizar, mas logo chegamos a Ruta 14 na saída da cidade de Bernardo de Irigoyen. Rodamos um pouco por ela e em seguida pegamos a RP 17 sentido Eldorado. A estrada é boa, mas em alguns locais é bem estreita e há buracos escondidos, a sinalização também não é muito boa, o mato em alguns trechos estava bem alto. Levamos cerca de uma hora até chegar a cidade de Eldorado, onde pegamos a Ruta Nacional 12 sentido Posadas. É uma estrada pedagiada e bem conservada, há 3º faixas (tercera trocha) e muitos locais para ultrapassar. Nesse horário, o sol batia meio de frente e atrapalhava um pouco a visão.

 

O destino era San Ignacio, onde chegamos no final da tarde. Na entrada da cidade, do lado esquerdo da rodovia há um restaurante chamado La Missionera, vale a pena comer ali. Depois de jantarmos fomos em direção a cidade a procura do hotel que reservamos pelo Booking( La Toscana) e demoramos um pouco para achar, pois ficava em uma rua estranha e chegando lá não constava nossa reserva. Fizemos a reserva umas duas semanas antes e o hotel que estava praticamente lotada não tinha visto a reserva. Nos restou um quarto para quatro pessoas que a dona disponibilizou na última hora. Como estávamos cansados e já era noite, ficamos ali mesmo.

 

Hotel La Toscana

- é um bom local para dormir, possui garagem e café da manhã além de piscina

- as reservas devem ser feitas por telefone

- 600ARS o quarto para quatro pessoas

- http://www.booking.com/hotel/ar/la-toscana.pt-br.html

 

Gastos com combustível R$ 319,20 - Lembrando que abasteci antes de sair de Curitiba e no final do dia já abasteci pra deixar o carro pronto para o próximo dia.

 

Pedágio: Lapa - R$11,00

 

Nesse dia tirei poucas fotos.

Nesse dia tirei poucas fotos.

img_20151226_155248_zpsfwyw4ra4
Chegando na aduana brasileira.

img_20151226_155319_zpswhn0umlx
Aquele friozinho na barriga de estar saindo do país.

img_20151226_162930_zps47fxvqoq
Carro estacionado para fazer os trâmites aduaneiros

img_20151226_162916_zpsma8ben2x
Parque na divisa entre Brasil/Argentina

img_20151226_162934_zpsfchzvgks
Parque na divisa entre Brasil/Argentina

 

Trajeto de Curitiba a San Ignacio na Argentina, via Dionisio Cerqueira- SC/Barracão - PR - Bernardo de Irigoyen - AR

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá hlirajunior !

 

Obrigada pela informação sobre a PID, mas aqui em SP olha o Preço: R$ 221,54 + R$ 11 pela entrega via Correios ::ahhhh::

 

Então já que não é obrigatória, vou passar esse gasto... mesmo no Chile não teremos problemas, né?! :cry:

 

Vou colocando minhas dúvidas aqui para ajudar a todos? Pode ser? Pois conforme vai escrevendo vou te encher de perguntas... :oops:

 

Vamos lá então:

- seguro de vida - como não citou nada e sempre que viajo pra fora do Brasil eu faço, fiquei na dúvida, afinal, seria um seguro diferente de quando vamos de avião, enfim... consegue me ajudar?

- no site que citou já no primeiro relato sobre a Carta Verde, eles tem opção da carta verde que engloba o Chile e li que na carta verde tem que mencionar que o Chile está englobado no seguro pois assim não é necessário o SOAPEX. Pelo que li você sempre fez a carta verde e o SOAPEX, acha que é melhor mesmo fazer dividido?

 

Agradeço muito a ajuda e o relato estou acompanhando de pertinho! ::love::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá hlirajunior, mais um acompanhando por aqui. Moro pertinho de Floripa e sempre vejo vc comentando em todos os posts de viagens da America do Sul principalmente, assim como eu sempre acompanhando e anotando idéias. Ainda não tive a oportunidade de fazer uma viagem desse nível, mas acredito que em breve irei ao atacama.

 

 

Parabens pelo relato muito bem detalhado, aguardando aqui ansioso por mais... Não esqueça de nós que estamos aqui acompanhando.

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Olá hlirajunior !

 

Obrigada pela informação sobre a PID, mas aqui em SP olha o Preço: R$ 221,54 + R$ 11 pela entrega via Correios ::ahhhh::

 

Então já que não é obrigatória, vou passar esse gasto... mesmo no Chile não teremos problemas, né?! :cry:

 

Vou colocando minhas dúvidas aqui para ajudar a todos? Pode ser? Pois conforme vai escrevendo vou te encher de perguntas... :oops:

 

Vamos lá então:

- seguro de vida - como não citou nada e sempre que viajo pra fora do Brasil eu faço, fiquei na dúvida, afinal, seria um seguro diferente de quando vamos de avião, enfim... consegue me ajudar?

- no site que citou já no primeiro relato sobre a Carta Verde, eles tem opção da carta verde que engloba o Chile e li que na carta verde tem que mencionar que o Chile está englobado no seguro pois assim não é necessário o SOAPEX. Pelo que li você sempre fez a carta verde e o SOAPEX, acha que é melhor mesmo fazer dividido?

 

Agradeço muito a ajuda e o relato estou acompanhando de pertinho! ::love::

Nossa tá super cara a PID ai :shock: Não compensa mesmo esse gasto, não terá problemas em ir só com a CNH. Pode sim ir colocando as dúvidas aqui.

 

- O seguro de saúde eu fiz pela Porto Seguros, o PLANO PORTO AMERICA LATINA. Deu em torno de 200 reais por pessoa para 30 dias, foi o mais em conta que achei. Em Lima precisamos usar ele e foi tudo bem. Dá pra usar da Mondial e outras seguradoras tb.

 

- No meu caso tenho seguro do veículo pela Porto Seguros e ela só emite o seguro Carta Verde para países do Mercosul e o Chile não pertence ao Mercosul. Somente Argentina, Uruguai e Paraguai poderiam ser incluidos no carta verde. No Chile é obrigatório ter o SOAPEX (não foi solicitado em nenhum momento), mas pelo baixo valor 11USD é melhor fazer, por que é uma apólice separada e vai que resolvem encrencar ou barrar a entrada no país, nunca se sabe. E também dai você fica tranquilo durante a viagem. ::otemo::

 

Olá hlirajunior, mais um acompanhando por aqui. Moro pertinho de Floripa e sempre vejo vc comentando em todos os posts de viagens da America do Sul principalmente, assim como eu sempre acompanhando e anotando idéias. Ainda não tive a oportunidade de fazer uma viagem desse nível, mas acredito que em breve irei ao atacama.

 

 

Parabens pelo relato muito bem detalhado, aguardando aqui ansioso por mais... Não esqueça de nós que estamos aqui acompanhando.

 

Abraço!

Valeu juniorvaz, vou ir colocando os relatos na medida que conseguir ir editando os videos de cada dia, assim quem lê também tem uma idéia de como são as estradas. Vai curtir muito o atacama ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá hlirajunior!

 

Olha eu aqui de novo com mais umas dúvidas... :)

 

Quando cita - O seguro Carta Verde adquirimos pela nossa seguradora, Porto Seguros sem custo adicional - você teve que imprimir a Carta ou eles te mandaram pelo Correio?

Como consegui pela minha seguradora (Allianz) sem custos também, fiquei assim pois eles disponibilizam para impressão e já li que o papel precisa ser verde... kkkkkkkkkk...

 

Com relação ao dinheiro, já tem noção de quanto gastou em reais na Argentina? Estou pensando em quanto levar mas sem noção ainda.

 

Abraço,

Roberta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Buenas Hlirajunior!!!

 

Mais um relato... estamos acompanhando novamente....

 

Abraço

Eae Diego, por anda anda? Valeu por acompanhar, abs ::otemo::

 

Olá hlirajunior!

 

Olha eu aqui de novo com mais umas dúvidas... :)

 

Quando cita - O seguro Carta Verde adquirimos pela nossa seguradora, Porto Seguros sem custo adicional - você teve que imprimir a Carta ou eles te mandaram pelo Correio?

Como consegui pela minha seguradora (Allianz) sem custos também, fiquei assim pois eles disponibilizam para impressão e já li que o papel precisa ser verde... kkkkkkkkkk...

 

Com relação ao dinheiro, já tem noção de quanto gastou em reais na Argentina? Estou pensando em quanto levar mas sem noção ainda.

 

Abraço,

Roberta

Olá Roberta, na verdade quem imprimiu pra mim foi meu corretor, ele tinha papel verde rsrs, mas conversando com seu corretor ou a seguradora, eles mandam pelo correio, pelo menos a Porto segundo meu corretor iria fazer isso caso ele não tivesse o papel verde. Na Argentina gastamos cerca de 8500 pesos para 4 pessoas. O nosso maior gasto foi em combustível e hospedagem. Cada quarto saia em média 600-650 pesos e um tanque cheio (50l) em torno de 750 pesos. Convertendo 8500 pesos para reais deu em torno de 2380 reais. Dormirmos 5 noites na Argentina. abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mais algumas imagens do dia 02 tiradas da câmera no carro, o próximo relato já está pronto, só faltando enviar o video para o youtube :)

0201_zpsf0kznrpd
Pegando a BR 476 na saída de Curitiba

0202_zpswspzylaq
No começo tempo fechado

0203_zpsvpahq78g
Estrada tranquila

0204_zpsbn2fouef
Parando para o almoço

0205_zpssdfqjk3p
BR 280 sentido Palmas

0206_zpsxaf98ek5
Usina eólica

0207_zpsalvcxm7d
Pouco movimento também

0208_zpsoj5kf7so
Aduana Argentina a direita

0209_zpstoswhsj9
Alguns buracos escondidos

0210_zpsykixrk4a
No geral a estrada é boa

0211_zpshdjqa7ub
Ruta Nacional 12

0212_zpswazyzyzy
Restaurante na entrada de San Ignacio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Chique, to anotando as dicas, pretendo fazer essa viagem em 2018 (ano que vem é ushuaia!)

 

Qual carro te levou?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por edufehrer
      esse foi nosso roteiro, ordem dos passeios:
       
      ·        Cusco
       
      ·        Valle Sagrado
      (Pisac, Salinas de Maras, Moray, Chinchero,  Ollamtaytambo)
       
      ·        Valle Sul
      (Tipon e Pikillaqta, Andahuaylillas)
       
      ·        Macchu Pichu + Wayna Picchu
       
      ·        Banhos Termais de Colcamayo (Santa Teresa)
       
      ·        Laguna Humantay
       
      ·        Cerro Colorado/Montañas de Colores/Rainbow Mountain
    • Por fegama
      Bolívia (Salar de Uyuni) + Chile (Atacama) + Peru (Cusco)
      Oi mochileiros podem me ajudar? Fiz um roteiro com objetivo de conhecer uyuni, atacama e cusco em 20 dias em julho/agosto deste ano. Podem criticar pra ver se não estou fazendo besteira no roteiro abaixo. É meu primeiro mochilão fora do Brasil. E se quiserem podem me indicar agência e hostel (já até reservei mas tenho cancelamento grátis daí dá p mudar..)
      Roteiro
      Dia 1 – São Paulo x Santa Cruz de La Sierra (avião) – chego de noite
      Dia 2 – Bolívia - Santa Cruz de La Sierra x Sucre (avião - manhã) + Sucre x Uyuni (ônibus)
      Dia 3 – Bolívia - Fechar passeio do salar, ver câmbio etc. (mais alguma coisa neste dia?)
      Dia 4, 5 e 6 – Bolívia - Passeio do salar de uyuni + chegada no atacama (negociar passeios e ver câmbio etc)
      Dia 7 – Atacama - Valle de la luna e valle de la muerte (manhã) + lagunas escondidas (tarde)
      Dia 8 – Atacama - Piedras rojas e Lagunas Altiplacas
      Dia 9 – Atacama - Vulcão lascar + tour astronômico
      Dia 10 – Atacama - Salar de tara (manhã) + Atacama X Arica (ônibus - tarde/noite)
      Dia 11 e 12 – Peru – Arica X Tacna (ônibus) + Tacna X Arequipa (ônibus) + Arequipa X Cusco (ônibus)
      Dia 13 – Cusco - city tour + câmbio + negociar passeios e talvez valle sagrado (Sacsayhuaman, Kenko, Pukapukara, Tambomachay, Pisaq)
      Dia 14 – Cusco - Chinchero, Salinas de Maras, Moray e Ollantaytambo
      Dia 15 – Cusco - ida p águas calientes de van + caminhada hidrelétrica
      Dia 16 – machu picchu (ingresso comprado, esse dia ñ dá p alterar) + volta para Cusco de van
      Dia 17 – Cusco - laguna humantay
      Dia 18 – Cusco – puno (dúvida, ñ sei o q fazer direito neste dia)
      Dia 19 – Cusco - montanha de 7 cores
      Dia 20 – Cusco x São Paulo (avião)


×
×
  • Criar Novo...